EX-TESTEMUNHAS DE JEOVÁ
Seja muito Bem-vindo!

Regista-te aqui e descobre a verdade sobre a "verdade"

Lê as regras e respeita-as

Alguma duvida a Adm/Mod está pronta a ajudar.



"Quando aceitamos tudo o que a Organização diz sem verificar, mostramos confiança na Organização. Mas, se mantivermos um espírito atento e examinarmos 'quanto a se estas coisas são realmente assim' (Atos 17:11), então, mostramos zelo para com Jeová. Para quem você mostra zelo?"

Sentinela de Estudo - Como tratar filhos desassociados

Página 4 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Sentinela de Estudo - Como tratar filhos desassociados

Mensagem por Elisabete em Qua Nov 28 2012, 21:43

Boa noite a todos,
Tal como vós, também tenho experiência nesse campo. Felizmente nenhum dos meus familiares são TJ. Mas quando deixei a Org. todas as pessoas deixaram de me falar, mesmo aquelas que considerva a amigas do coração, apesar de não ter sido desassociada.
Apenas uma amiga restou e mais tarde percebi porquê. No entretanto, eu ajudava-a com as designações de apresentação nas reuniões de quinta-feira. Mas tudo mudou, quando a minha irmã lhe chamou a atenção para o facto de me estar a usar, com a desculpa de me manter próxima da Org. e de Jeová. Desde então a amizade acabou.
A minha irmã fez-me um grande favor, porque apesar de acreditar na sinceridade dessa amizada, independentemente da ajuda prestada, no fundo não era verdadeira.
Não conheço, mas posso imaginar a dor daqueles que são ostracizados pela própria família à conta das instruções superiores.

Elisabete

Mensagens : 4
Likes : 1
Data de inscrição : 26/11/2012
Idade : 39
Localização : Santarém

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sentinela de Estudo - Como tratar filhos desassociados

Mensagem por Maurício Silva em Qui Nov 29 2012, 09:36

@Morganna escreveu:
@Maurício Silva escreveu:
Perfeitamente. Mas imagina que um grande amigo testemunha e respeitando a tua opinião em relação as testemunhas de Jeová decidisse cadastrar-seno fórum para falar apenas bem das testemunhas de Jeová. Tu aceitarias isso de bom grado sem nenhum problema?
Maurício, eu sei que a pergunta não era para mim, mas se uma pessoa TJ praticante, que acreditasse piamente no que estava a seguir se juntasse a este fórum para expor o seu ponto de vista eu aceitaria isso de muito bom grado.
Evidente que não poderia era haver discussões e fanatismos descabidos, mas se nós expomos as nossas ideias de maneira civilizada, porque não poderia uma TJ activa fazer o mesmo? Smile


Concordo em pleno contigo Morganna. O facto de expor as nossas ideias de uma forma civilizada é uma excelente forma de crescermos como pessoas, e aprendermos a vivermos numa sociedade onde todos tem direito a opinião Smile

Maurício Silva
Forista desativado

Mensagens : 550
Likes : 43
Data de inscrição : 20/08/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sentinela de Estudo - Como tratar filhos desassociados

Mensagem por liberto em Qui Nov 29 2012, 23:46

@Condor escreveu:
@Maurício Silva escreveu:Os amigos são e serão sempre feitos para as ocasiões. "Nothing last forever" dizia o outro.

Discordo em absoluto.
Para mim será mais: Os amigos revelam-se é nas ocasiões!

muito bem!! é mesmo!!




liberto
Membros
Membros

Mensagens : 993
Likes : 42
Data de inscrição : 28/12/2011
Idade : 29
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sentinela de Estudo - Como tratar filhos desassociados

Mensagem por Jorge R. em Dom Mar 10 2013, 14:42

@hibridizado escreveu:
@TJ Curioso escreveu:Pois é…

O amoroso CG volta à carga, com seus conselhos bondosos e amorosos, dados num estilo cordial.
Estilo idêntico aos mafiosos simpáticos e afáveis ao lidar com as pessoas, mesmo antes de lhes espetar uma bala na cabeça.

O artigo da Sentinela, 15 de Janeiro de 2013, volta a insidir no tratamento aos desassociados, desta vez, aos filhos que saíram da religião. Leiam vocês mesmos e tirem as vossas conclusões.













A parte que mais me dói é quando fala no parágrafo:" Tome sua posição contra o Diabo..."

Terrível!
Este é o fim de semana em que se estudará este artigo nas congregações!
Que impacto terá especialmente naqueles que vivem esta triste realidade de manterem relações cortadas com seus familiares a quem devem amor, dedicação e afeto em troca de uma lealdade cega e insensível !?
É mais uma anestesia (carregada de falsas boas intenções)da Orga pra manter os corações entorpecidos !
Hoje gostava especialmente de ir a uma reuniao só pra ouvir os comentários a este estudo !
Este parag. em particular.........
A irma já citada disse: “Eu sei que preciso estar ocupada no serviço de Jeová e me manter espiritualmente forte para que eu tenha condições de ajudar minha filha quando ela voltar para Jeová.”
Será que este raciocínio míope irá passar despercebido !!!!
....quer isto dizer que enquanto "ela" não voltar para Jeová ,melhor dito,para a Organização, ela poderá esquecer qualquer tipo de ajuda!!!
Agem como pastores impiedosos que conduzem suas ovelhas para o abate...para uma morte social e afetiva com seus familiares e amigos!
É muito triste esta forma de manipulação .... Mad







´

Jorge R.

Mensagens : 43
Likes : 9
Data de inscrição : 24/11/2012
Idade : 43
Localização : leiria

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sentinela de Estudo - Como tratar filhos desassociados

Mensagem por Jorge R. em Dom Mar 10 2013, 15:27

E quão diferente é esta norma imposta pela Organizaçao do verdadeiro "ensino do Cristo" ensino este que estes senhores afirmam que nós "apóstatas" abandonámos!!!
Muitos de nós, senão todos, fomos deixados "semimortos",como na ilustração do Bom Samaritano...fomos despojados de bens preciosos como a amizade, o amor e o convívio com nossos familiares e amigos,que são "obrigados " a passar "pelo lado oposto",tal qual o sacerdote e o levita quando se cruzam connosco.
Este distanciamento imposto pela Orga é bem diferente da atitude do bom samaritano que se "aproximou dele" e "agiu misericordiosamente"!!

Jorge R.

Mensagens : 43
Likes : 9
Data de inscrição : 24/11/2012
Idade : 43
Localização : leiria

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sentinela de Estudo - Como tratar filhos desassociados

Mensagem por TJ Curioso em Dom Mar 10 2013, 18:45

Quanta dor este artigo trará aos pais daqueles que estão desassociados e dissociados. A imposição deste tipo de normas apenas servirá para inculcar na mente dos pais TJ um sentimento de culpa e dor, por desejarem continuar a conviver com seus filhos.

É claro que para os pais mais "fanatizados" isso apenas reforçará aquilo que eles acreditam ser correto e provocará um endurecimento da sua posição perante seus filhos fora da religião.

Depois venham pregar o amor e dizer que são discípulos de Cristo...

TJ Curioso
Forista desativado

Mensagens : 9048
Likes : 416
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 43

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sentinela de Estudo - Como tratar filhos desassociados

Mensagem por hobbit em Dom Mar 10 2013, 20:52

Meus pais acabaram de sair para o salão.

Fico pensando como eles vão se sentir quando chegar nessa parte do estudo. Eu sou seu único filho e sou dissociado a menos de um ano.

O que o Corpo Governante faz com as famílias é realmente desumano. Eu encaro como meu dever e obrigação ajudar meus pais a se libertar dessas ideias doentias e anticristãs.

Eu pesquisei, para mostrar para eles depois da reunião, uma antiga A Sentinela que continha orientações sobre como tratar desassociados. Não por coincidência esse artigo tinha sido escrito por R. Franz quando era redator da Torre. Embora defenda o procedimento de desassociação, o redator tentou amenizar o máximo possível a regra, sem cair em "apostasia". Veja só que light o parágrafo sobre como tratar familiares desassociados:

21 Quanto a membros desassociados da família (não filhos ou filhas menores), que moram fora do lar, cada família terá de decidir até que ponto mantenham associação com tais. Não é algo que os anciãos congregacionais podem decidir por eles. O que interessa aos anciãos é que o “fermento” não seja novamente introduzido na congregação pelo companheirismo espiritual com os que foram removidos por serem tal “fermento”. Assim, quando um progenitor desassociado visitar o filho ou a filha, ou for ver os netos, e se lhe permitir entrar no lar cristão, não é isto de interesse para os anciãos. Tal pessoa tem o direito natural de visitar seus parentes consangüíneos e a sua prole. De modo similar, quando filhos ou filhas honram um progenitor, embora desassociado, por visitá-lo para ver como está passando ou quais as necessidades que possa ter, este ato em si mesmo não é companheirismo espiritual.(w74 15/11, p. 691, § 21)

Como a Torre decaiu! Agora, quem estabelece o limite é a Torre. No artigo de hoje eles proibem até mesmo enviar e-mails, quanto mais visitar! Minto: eles não proíbem. Eles insinuam que quem envia e-mail pra filho desassociado não ama a Jeová e procura desculpa para desobedecê-lo. O Corpo Governante é um bando de FDP mesmo.

hobbit

Mensagens : 64
Likes : 8
Data de inscrição : 24/08/2012
Idade : 24
Localização : Brasil

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sentinela de Estudo - Como tratar filhos desassociados

Mensagem por ellipsis em Dom Mar 10 2013, 21:22

Este tópico foi para o índice - EXPULSÃO




Vamos trabalhar juntos para manter neste fórum um ambiente limpo e amigável. Boas postagens!


Admn sugere:
     
Respeite as regras do fórum e seja um bom membro.
Antes de criar um novo tópico faça uma pesquisa rápida.Podes começar por AQUI
Se perdeu a senha do fórum, contate um administrador por MP.


ellipsis
Admin
Admin

Mensagens : 8065
Likes : 276
Data de inscrição : 20/09/2011
Idade : 42
Localização : Vila de Cucujães

Ver perfil do usuário http://escravodaverdade.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sentinela de Estudo - Como tratar filhos desassociados

Mensagem por Dream5 em Dom Mar 10 2013, 21:31

São uns anormais,agora vou despedir o meu pai e a minha mãe só para a torre lhes pagar o ordenado.há... e ainda mais se eles estiverem doentes os fihos desassociados têm a obrigação de os acompanhar em tudo.....aí já não faz mal ser desassociado.....oiéééé. aprt mão




Dream5
Membros
Membros

Mensagens : 1008
Likes : 94
Data de inscrição : 04/12/2012
Idade : 42
Localização : palmela

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sentinela de Estudo - Como tratar filhos desassociados

Mensagem por elektra em Dom Mar 10 2013, 22:05

Bem... é realmente muito triste. Em relação aos meus pais, já não espero muita coisa se calhar ligo à minha mãe amanhã só para ver a reação dela, já não falamos desde o verão passado!!
O que mais me preocupa é o meu filho mais velho, que teve estasemana com o pai. Amanhã vou buscá-lo e já deve vir com um comportamento estranho... já devo ter sido motivo de conversa lá em casa... Sad


Elektra

elektra
Membros
Membros

Mensagens : 148
Likes : 10
Data de inscrição : 26/12/2012
Idade : 38
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sentinela de Estudo - Como tratar filhos desassociados

Mensagem por TJ Curioso em Dom Mar 10 2013, 22:19

O Corpo Governante com este tipo de matérias apenas instiga nas pessoas que estão fora da religião, mais ódio e descontentamento por esta.

Mas não se esqueçam que isso serve a um propósito muito bem planeado.

TJ Curioso
Forista desativado

Mensagens : 9048
Likes : 416
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 43

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sentinela de Estudo - Como tratar filhos desassociados

Mensagem por Heidi Klum em Seg Mar 11 2013, 11:20

Eu ontem perguntei à minha Mãe o que ela tinha achado do artigo de estudo e ela respondeu "falava dos desassociados". Quando lhe chamei a atenção em concreto para a questão do "não arranjar desculpas para enviar emails" ela disse que não se tinha apercebido disso. Das duas uma: ou a explicação do parágrafo foi "dada a correr" ou realmente as pessoas mais ingénuas como a minha Mãe e as pessoas completamente formatadas são incapazes de entender concretamente até onde vai a prepotência desta "provisão amorosa". De facto, com o aumento do uso da internet para aceder ao site oficial e enviar publicações por email, não vá um Pai ou uma Mãe pensar enviar um email ao filho/a desassociado ou dissociado...quem diz pai ou mãe diz filho ou outro parente. Realmente o amor seria o sinal identificador dos verdadeiros cristãos.

Outra coisa, que nada tem a ver com este assunto mas que me despertou a curiosidade. A minha mãe disse que no discurso o orador disse que a pregação nunca vai acabar. Este ensino também teve novas luzes? Então a pregação não iria acabar e até se dizia: "depois os mundanos vão querer que nós lhes preguemos mas depois não vamos poder, acabou-se!".


Heidi

Heidi Klum
Membros
Membros

Mensagens : 91
Likes : 12
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 41
Localização : Norte

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sentinela de Estudo - Como tratar filhos desassociados

Mensagem por TJ Curioso em Seg Mar 11 2013, 11:25

@Heidi Klum escreveu:Eu ontem perguntei à minha Mãe o que ela tinha achado do artigo de estudo e ela respondeu "falava dos desassociados". Quando lhe chamei a atenção em concreto para a questão do "não arranjar desculpas para enviar emails" ela disse que não se tinha apercebido disso. Das duas uma: ou a explicação do parágrafo foi "dada a correr" ou realmente as pessoas mais ingénuas como a minha Mãe e as pessoas completamente formatadas são incapazes de entender concretamente até onde vai a prepotência desta "provisão amorosa". De facto, com o aumento do uso da internet para aceder ao site oficial e enviar publicações por email, não vá um Pai ou uma Mãe pensar enviar um email ao filho/a desassociado ou dissociado...quem diz pai ou mãe diz filho ou outro parente. Realmente o amor seria o sinal identificador dos verdadeiros cristãos.

Outra coisa, que nada tem a ver com este assunto mas que me despertou a curiosidade. A minha mãe disse que no discurso o orador disse que a pregação nunca vai acabar. Este ensino também teve novas luzes? Então a pregação não iria acabar e até se dizia: "depois os mundanos vão querer que nós lhes preguemos mas depois não vamos poder, acabou-se!".

Sem dúvida que para algumas TJ, estas matérias passam ao lado. Ainda bem para ti. Wink

Com respeito à pregação, tem havido várias versões sobre se haverá um fim a ela. Mas cada um diz uma coisa diferente. Creio que essa foi mais uma opinião pessoal.

TJ Curioso
Forista desativado

Mensagens : 9048
Likes : 416
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 43

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sentinela de Estudo - Como tratar filhos desassociados

Mensagem por antonio1965 em Seg Mar 11 2013, 12:14

@Heidi Klum escreveu:Eu ontem perguntei à minha Mãe o que ela tinha achado do artigo de estudo e ela respondeu "falava dos desassociados". Quando lhe chamei a atenção em concreto para a questão do "não arranjar desculpas para enviar emails" ela disse que não se tinha apercebido disso. Das duas uma: ou a explicação do parágrafo foi "dada a correr" ou realmente as pessoas mais ingénuas como a minha Mãe e as pessoas completamente formatadas são incapazes de entender concretamente até onde vai a prepotência desta "provisão amorosa". De facto, com o aumento do uso da internet para aceder ao site oficial e enviar publicações por email, não vá um Pai ou uma Mãe pensar enviar um email ao filho/a desassociado ou dissociado...quem diz pai ou mãe diz filho ou outro parente. Realmente o amor seria o sinal identificador dos verdadeiros cristãos.

Outra coisa, que nada tem a ver com este assunto mas que me despertou a curiosidade. A minha mãe disse que no discurso o orador disse que a pregação nunca vai acabar. Este ensino também teve novas luzes? Então a pregação não iria acabar e até se dizia: "depois os mundanos vão querer que nós lhes preguemos mas depois não vamos poder, acabou-se!".

A atitude da tua mãe reflete aquilo em que a esmagadora maioria das TJ´s se tornou - apáticas. A partir do momento em que lhes foi inculcado na mente que aquilo que o escravo diz é a verdade, elas passam a digerir tudo sem pensar. Nem se dão ao trabalho de pensar por sí próprias.




antonio1965
Membros
Membros

Mensagens : 1260
Likes : 85
Data de inscrição : 23/08/2012
Idade : 51
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sentinela de Estudo - Como tratar filhos desassociados

Mensagem por hobbit em Seg Mar 11 2013, 12:27

Ontem, depois da reunião perguntei pro meu pai:

- Depois que eu sair de casa, você não vai seguir o que tá na A Sentinela de hoje, de não enviar nem sequer um e-mail?

- Por que? Você leu o artigo?

- Mas é claro.

Daí eu li pra ele aquele parágrafo 21 da Sentinela de 1974. Ele ficou pensativo e disse:

- Deixa ai na minha mesa que eu vou ler depois esse artigo.

Minha mãe escutou tudo no corredor, e vi que ficou um pouco pensativa também.. Smile

hobbit

Mensagens : 64
Likes : 8
Data de inscrição : 24/08/2012
Idade : 24
Localização : Brasil

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sentinela de Estudo - Como tratar filhos desassociados

Mensagem por Heidi Klum em Seg Mar 11 2013, 13:57

Hobbit,
qual é esse parágrafo da Sentinela de 1974?


Heidi

Heidi Klum
Membros
Membros

Mensagens : 91
Likes : 12
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 41
Localização : Norte

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sentinela de Estudo - Como tratar filhos desassociados

Mensagem por hobbit em Seg Mar 11 2013, 14:30

@Heidi Klum escreveu:Hobbit,
qual é esse parágrafo da Sentinela de 1974?

É esse daqui:

21 Quanto a membros desassociados da família (não filhos ou filhas menores), que moram fora do lar, cada família terá de decidir até que ponto mantenham associação com tais. Não é algo que os anciãos congregacionais podem decidir por eles. O que interessa aos anciãos é que o “fermento” não seja novamente introduzido na congregação pelo companheirismo espiritual com os que foram removidos por serem tal “fermento”. Assim, quando um progenitor desassociado visitar o filho ou a filha, ou for ver os netos, e se lhe permitir entrar no lar cristão, não é isto de interesse para os anciãos. Tal pessoa tem o direito natural de visitar seus parentes consangüíneos e a sua prole. De modo similar, quando filhos ou filhas honram um progenitor, embora desassociado, por visitá-lo para ver como está passando ou quais as necessidades que possa ter, este ato em si mesmo não é companheirismo espiritual.(w74 15/11, p. 691, § 21)

Esse artigo foi escrito pelo Raymond Franz, como ele conta nos seus livros.

hobbit

Mensagens : 64
Likes : 8
Data de inscrição : 24/08/2012
Idade : 24
Localização : Brasil

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sentinela de Estudo - Como tratar filhos desassociados

Mensagem por ellipsis em Seg Mar 11 2013, 19:01

@hobbit escreveu:

21 Quanto a membros desassociados da família (não filhos ou filhas menores), que moram fora do lar, cada família terá de decidir até que ponto mantenham associação com tais. Não é algo que os anciãos congregacionais podem decidir por eles. O que interessa aos anciãos é que o “fermento” não seja novamente introduzido na congregação pelo companheirismo espiritual com os que foram removidos por serem tal “fermento”. Assim, quando um progenitor desassociado visitar o filho ou a filha, ou for ver os netos, e se lhe permitir entrar no lar cristão, não é isto de interesse para os anciãos. Tal pessoa tem o direito natural de visitar seus parentes consangüíneos e a sua prole. De modo similar, quando filhos ou filhas honram um progenitor, embora desassociado, por visitá-lo para ver como está passando ou quais as necessidades que possa ter, este ato em si mesmo não é companheirismo espiritual.(w74 15/11, p. 691, § 21)

....Para quem nunca sofreu tal perda, talvez seja difícil entender quão devastadora ela pode ser. No entanto, não seria sábio permitir que o proceder impróprio de um membro da família desassociado distanciasse você de Jeová. Como, então, você pode lidar com a profunda tristeza de ver um membro da família abandonar a Jeová?

18 Não se culpe pelo que aconteceu. Jeová dá aos humanos uma oportunidade de escolha, e todo membro de família que é dedicado e batizado tem de ‘levar sua própria carga’ de responsabilidade. (Gál. 6:5) Em última análise, Jeová considera o pecador — não você — o culpado por sua escolha. (Eze. 18:20) Também, não culpe outros. Respeite o arranjo de Jeová para prover disciplina. Tome sua posição contra o Diabo — não contra os pastores que agem para proteger a congregação. — 1 Ped. 5:8, 9.
Não é errado ter esperança de que um ente querido retorne para Jeová

19 Por outro lado, se você escolher o caminho do ressentimento contra Jeová, você se distanciará dele. Realmente, o que seu querido membro da família precisa ver em você é sua firme determinação de colocar Jeová acima de tudo o mais — incluindo o vínculo familiar. Assim, para enfrentar a situação, cuide para não perder a sua própria espiritualidade. Não se isole de seus fiéis irmãos cristãos. (Pro. 18:1) Expresse seus sentimentos a Jeová em oração. (Sal. 62:7,Cool Não procure desculpas para se associar com um membro da família desassociado, como, por exemplo, trocando e-mails...15 de Janeiro de 2013 pag. 16


Vejam a diferença




Vamos trabalhar juntos para manter neste fórum um ambiente limpo e amigável. Boas postagens!


Admn sugere:
     
Respeite as regras do fórum e seja um bom membro.
Antes de criar um novo tópico faça uma pesquisa rápida.Podes começar por AQUI
Se perdeu a senha do fórum, contate um administrador por MP.


ellipsis
Admin
Admin

Mensagens : 8065
Likes : 276
Data de inscrição : 20/09/2011
Idade : 42
Localização : Vila de Cucujães

Ver perfil do usuário http://escravodaverdade.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sentinela de Estudo - Como tratar filhos desassociados

Mensagem por elektra em Seg Mar 11 2013, 23:01

Provavelmente sentem-se mais "ameaçados"!! Devem ter feito algum tipo de estatística que indicou que associar-nos com familiares desassociados pode fazer com que a pessoa "enfraqueça" espiritualmente.

Isto mostra que eles indicam as doutrinas conforme a maré! Ou então foi a "LUZ" que mostrou mais claramente o que se deve fazer!!! lol!

Nem vos digo o que me apetece dizer!!! Explodindo


Elektra

elektra
Membros
Membros

Mensagens : 148
Likes : 10
Data de inscrição : 26/12/2012
Idade : 38
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sentinela de Estudo - Como tratar filhos desassociados

Mensagem por Luna em Seg Mar 11 2013, 23:23

Esta matéria dá me vomitos.... Vómito
A minha mae ja está avisada, se corta ligaçoes comigo, pode esquecer que tem uma filha. Vamos ver de quem ela tem mais respeito....ao c.g. ou á minha pessoa.... Twisted Evil




Luna
Sócio APVIPRE
Sócio APVIPRE

Mensagens : 370
Likes : 20
Data de inscrição : 22/11/2012
Idade : 33
Localização : Sintra

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sentinela de Estudo - Como tratar filhos desassociados

Mensagem por hobbit em Seg Mar 11 2013, 23:51

@elektra escreveu:Provavelmente sentem-se mais "ameaçados"!! Devem ter feito algum tipo de estatística que indicou que associar-nos com familiares desassociados pode fazer com que a pessoa "enfraqueça" espiritualmente.

Isto mostra que eles indicam as doutrinas conforme a maré! Ou então foi a "LUZ" que mostrou mais claramente o que se deve fazer!!! lol!

Nem vos digo o que me apetece dizer!!! Explodindo

O que aconteceu foi o seguinte:

Até 74, a Torre mantinha a política de não se associar com desassociados. Muitos levaram isso a extremos, ao ponto de descuidar de pais idosos desassociados ou de ajudar um desassociado em alguma necessidade extrema. Por isso foi publicado esse artigo de 74 para amenizar a situação. É interessante que até aí, as TJs cortavam relações apenas com os desassociados, e não com os dissociados, já que esses últimos teriam saído não por um pecado, mas por livre vontade. Até essa época havia uma saída digna da Torre.

Mas com os episódios de "apostasia" em Betel nos anos 80, a Torre empreendeu a histórica "caça às bruxas" e, entre outras coisas, retomou as políticas pré-74 de forma ainda mais dura. À partir dos anos 80 seria proibido qualquer contato seja com desassociados ou dissociados. O contato com filhos adultos que deixassem o lar, deveria ser reduzido ao mínimo. O Corpo Governante não voltou nem um centímetro para trás dessa política maldita, como atesta o artigo de domingo.

hobbit

Mensagens : 64
Likes : 8
Data de inscrição : 24/08/2012
Idade : 24
Localização : Brasil

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sentinela de Estudo - Como tratar filhos desassociados

Mensagem por Ana Oliveira em Ter Mar 12 2013, 21:26

Agora percebo a atitude da minha mãe este mês....pioneira...não me liga, está fria...a mim só me dá vontade de chorar, porque amo a minha mãe acima de tudo, sempre amei, sempre a pus em primeiro lugar, se calhar por isso não tomei certas decisões mais cedo, nem tomo agora...para não a magoar...sinceramente revolta-me no mais íntimo de mim ver que a minha mãe condiciona o seu amor por mim devido a conselhos de outras pessoas que, tanto quanto sei, são tão imperfeitas quanto eu ou outro humano qualquer...Acima de tudo, estou triste. Mas não ajo da mesma forma.




Ana Oliveira

Mensagens : 10
Likes : 0
Data de inscrição : 17/12/2012
Idade : 31
Localização : Almada

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sentinela de Estudo - Como tratar filhos desassociados

Mensagem por Ana Cláudia em Ter Mar 12 2013, 21:30

@Ana Oliveira escreveu:Agora percebo a atitude da minha mãe este mês....pioneira...não me liga, está fria...a mim só me dá vontade de chorar, porque amo a minha mãe acima de tudo, sempre amei, sempre a pus em primeiro lugar, se calhar por isso não tomei certas decisões mais cedo, nem tomo agora...para não a magoar...sinceramente revolta-me no mais íntimo de mim ver que a minha mãe condiciona o seu amor por mim devido a conselhos de outras pessoas que, tanto quanto sei, são tão imperfeitas quanto eu ou outro humano qualquer...Acima de tudo, estou triste. Mas não ajo da mesma forma.

Se precisares de alguma coisa já sabes tass bem

Beijinho

Ana Cláudia
Forista desativado

Mensagens : 3331
Likes : 140
Data de inscrição : 16/05/2012
Idade : 34

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sentinela de Estudo - Como tratar filhos desassociados

Mensagem por hocosi em Ter Mar 12 2013, 21:35

No meu caso, dissociado há 11 anos, meus pais sempre me recebem muito bem em sua casa, no entanto há 11 anos que não pôem os pés em minha casa. També já desistiram de me convidar a voltar para a organização, pois já perceberam que não vale a pena. Também eu já desisti de falar sobre a religião. Pelo menos esforço-me para não dizer nada contra, embora às vezes tenha que fazer um grande esforço. Penso que não vale a pena estar a contrariar aquilo em que acreditam há já 40 anos, e agora na casa dos 80 e tal anos.






"Podemos facilmente perdoar uma criança que tem medo do escuro. A real tragédia da vida são os adultos que têm medo da luz" . Platão

hocosi
Membros
Membros

Mensagens : 2577
Likes : 346
Data de inscrição : 28/12/2011
Idade : 61
Localização : Braga (Distrito)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sentinela de Estudo - Como tratar filhos desassociados

Mensagem por Condor em Ter Mar 12 2013, 22:04

@Ana Oliveira escreveu:Agora percebo a atitude da minha mãe este mês....pioneira...não me liga, está fria...a mim só me dá vontade de chorar, porque amo a minha mãe acima de tudo, sempre amei, sempre a pus em primeiro lugar, se calhar por isso não tomei certas decisões mais cedo, nem tomo agora...para não a magoar...sinceramente revolta-me no mais íntimo de mim ver que a minha mãe condiciona o seu amor por mim devido a conselhos de outras pessoas que, tanto quanto sei, são tão imperfeitas quanto eu ou outro humano qualquer...Acima de tudo, estou triste. Mas não ajo da mesma forma.

Olá Ana,

É com tristeza que leio estas tuas palavras. Acredita que sei bem o que isso custa, contudo lembra-te que o que a tua mãe tem sido, e continua a ser, sujeita a uma lavagem cerebral muito forte. Por causa disso ela age dessa forma. Direi que cabe a quem despertou, perdoar e ter compaixão pelos que ainda dormem e sonham um mundo de ilusões. A minha sugestão é que não deixes de fazer a tua vida seja por quem for, deves seguir em frente, viver o que achas que deve ser vivido, ser feliz com a tua existência, ou então também terás desperdiçado a tua vida e sido escrava da escravidão de terceiros.

Um grande abraço... e sabes que sempre podes contar comigo.


"Tomei consciência que as minhas verdades, construídas ao longo de anos, foram as minhas prisões - não a minha liberdade" - Condor

Condor
Membros
Membros

Mensagens : 367
Likes : 41
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 53
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sentinela de Estudo - Como tratar filhos desassociados

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 18:32


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum