EX-TESTEMUNHAS DE JEOVÁ
Seja muito Bem-vindo!

Regista-te aqui e descobre a verdade sobre a "verdade"

Lê as regras e respeita-as

Alguma duvida a Adm/Mod está pronta a ajudar.



"Quando aceitamos tudo o que a Organização diz sem verificar, mostramos confiança na Organização. Mas, se mantivermos um espírito atento e examinarmos 'quanto a se estas coisas são realmente assim' (Atos 17:11), então, mostramos zelo para com Jeová. Para quem você mostra zelo?"

Arquivos Secretos da "Santa Inquisição" ou "Santo Ofício"

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Arquivos Secretos da "Santa Inquisição" ou "Santo Ofício"

Mensagem por mjp em Ter Abr 01 2014, 22:23

Seria verdade que a Inquisição teria exterminado’ milhões’ de pessoas? O que nos diz a VERDADE histórica?



Para muitos estes supostos dados de “milhões de mortes” são as provas claras e literais do obscurantismo e corrupção da Igreja católica durante a “Idade das Trevas” podemos então afirmar a veracidade destes números que pressupõem que um verdadeiro “holocausto” foi promovido por parte do clero da Igreja Católica?

É comum vermos na literatura secular, em filmes e documentários, pior nas escolas do ensino fundamental e médio e até em faculdades e universidades, a afirmativa de que a Igreja “torturou e matou milhares”, alguns dizem milhões de pessoas aniquiladas pela Inquisição. Há também diversos ambientes acadêmicos no Brasil em que é nítido tal interpretação, são muitos autores e professores universitários a partilhar dessas objeções.

É inegável a atuação da Inquisição assim como os julgamentos, qualquer contraposição é uma aberração, um erro grotesco de história, a crítica veiculada neste texto é dirigida aos números de mortes e incidentes referentes aos cerca de 386 anos de actuação, deste tribunal eclesiástico.


Muitos podem até dizer que números não importam, contudo ela “matou e torturou”, a questão é que nesta situação os números representam o maior pretexto e fonte de contradições a temática, pois tendem a alimentar e propagar a ideia de uma tragédia histórica, sem controle, um crime, um perverso e criminoso ato, vindo da Igreja contra a humanidade. Não levando em conta os factores, o contexto e as posições religiosas da época estaria correto colaborar com estas argumentações e afirmações? Teria sido uma ferramenta de perseguição e extermínio de quem ousava pensar diferente? ou trata-se de posições subjetivas oriundas do homem contemporâneo?

Vale salientar que estas sociedades eram claramente ligadas ao bem e ‘alegria social’ (Pernoud, 1997) e da religião “em função da fé cristã” (Daniel Rops, Vol. III. p. 43), tinham como ferramentas de prevenção, a condenação de grupo ou individuo, para evitar a contaminação de confusões e divisões que ruíam ‘todo o sistema e ordem social da época’ (Gonzaga, 1994) além de evitar a propagação de heresias e divisões entre os fieis na Cristandade, assim os códigos penais abraçavam e previam comumente a tortura e a morte do réu. E o povo entendia que estes eram os princípios jurídicos e inquisidores (cf. Mt 18,6-7) que evitavam a expansão de cismas e heresias.

Mas seriam verdadeiros estes indicies sobre a Inquisição? Ou é maquinação vinda dos inimigos da religião que tiram proveito não só da Inquisição ou das Cruzadas, centram-se também nos erros e faltas morais de alguns filhos da Igreja para fazê-los de “cavalo de batalha na sua guerra contra a religião e para perpetuamente as estarem lançando em rosto à Igreja.” como disse o historiador e Pe. W. Devivier, S.J.  Fato que “é da natureza da Igreja provocar ira e ataque do mundo” segundo Hilaire Belloc.

A principal finalidade do artigo não é amenizar os efeitos da Instituição ou fazê-la mais branda, mas trazer a tona os fatos e verdadeiros números da referida instituição, cujos estudiosos sérios testemunham para que possamos construir uma justa interpretação do tema, sem nos veicularmos a nenhuma propaganda anticatólica.

Vamos tomar como referência as Atas do grande Simpósio Internacional sobre a Inquisição, em que 30 grandes historiadores participaram vindos de diversas confissões religiosas, para tratar historicamente da Inquisição, proposta motivada pela Igreja. O Papa João Paulo II afirmou certa vez: “Na opinião do publico, a imagem da Inquisição representa praticamente o símbolo do escândalo”. E perguntou “Até que ponto essa imagem é fiel à realidade”.

O encontro realizou-se entre os dias 29 e 31 de Outubro de 1998. Com total abertura dos arquivos da Congregação do Santo Oficio e da Congregação do Índice. As Atas deste Simpósio, foram anos depois reunidas e apresentadas ao público, sob forma de livro contendo 783 paginas, intitulado originalmente de “L’Inquisione” pelo historiador Agostinho Borromeo, professor da Universidade de La Sapienza de Roma. O mesmo historiador lembrou “Para historiadores, porem, os números têm significado” (Folha de S. Paulo, 16 junho 2004).

As atas documentais do Simpósio, já foram utilizadas em vários obras de historiadores, e continuam a ser, tais documentos são resultados de uma profunda pesquisa sobre os dados de processos inquisitoriais: as seguintes afirmações foram declaradas pelo historiador Agostinho Borromeo.


Sobre a “famigerada e terrível” Inquisição Espanhola:
“A Inquisição na Espanha celebrou, entre 1540 e 1700, 44.674 juízos. Os acusados condenados à morte foram apenas 1,8% (804) e, destes, 1,7% (13) foram condenados em “contumácia”, ou seja, pessoas de paradeiro desconhecido ou mortos que em seu lugar se queimavam ou enforcavam bonecos.”

Sobre as famosas “caças às bruxas”.
“Dos 125.000 processos de sua historia [tribunais eclesiásticos], a Inquisição espanhola condenou a morte 59 “bruxas”. Na Itália. 36 e em Portugal 4.”

E a propaganda de que “foram milhões”.

Constatou-se que os tribunais religiosos eram mais brandos do que os tribunais civis, tiveram poucas participações nestes casos, o que não aconteceu com os tribunais civis que mataram milhares de pessoas.

Sentenças de um famoso inquisidor:
“Em 930 sentenças que o Inquisidor Bernardo Guy pronunciou em 15 anos, houve 139 absolvições, 132 penitências canônicas, 152 obrigações de peregrinações, 307 prisões e 42 “entregas ao braço secular” ([citado em] AQUINO, Felipe. Para entender a Inquisição. 1 ed. Cleofas. Lorena. 2009, p. 23).

O Simpósio conclui que as penas de morte e os processos em que se usava-se tortura, representam números pouco expressivos, ao contrario do se imaginava e foi propagado. Os dados são uma verdadeira demolição e extirpação de muitas ideias falsas e fantasiosas sobre a Inquisição.

“Hoje em dia, os historiadores já não utilizam o tema da inquisição como instrumento para defender ou atacar a Igreja. Diferentemente do que antes sucedia, o debate se encaminhou para o ambiente histórico com estatísticas sérias” (Historiador Agostinho Borromeo, presidente do Instituto Italiano de Estudos Ibéricos: AS, 1998).

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------



http://blog.comshalom.org/carmadelio/39426-seria-verdade-que-inquisicao-teria-exterminado-milhoes-de-pessoas-o-que-nos-diz-verdade-historica
avatar
mjp
Forista desativado

Mensagens : 6491
Likes : 223
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 57
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Arquivos Secretos da "Santa Inquisição" ou "Santo Ofício"

Mensagem por estudante eterno em Ter Abr 01 2014, 23:17

Ponto 1: Esta informação foi também baseada num site de uma comunidade católica! Portanto como seria de esperar, esta informação apoia a igreja católica. Mais uma vez, seria como explicar a história e a pedofilia na TJ com literatura da STV, por exemplo...

Ponto 2: O Vaticano decidiu, em 1998, abrir uma parte dos arquivos para consulta sobre dados da inquisição (uma parte! Aquela que deveria interessar, de facto), daí os resultados se apresentarem viciados, logo à partida.

Ponto 3: Sobre o senhor Agostinho Borromeo, convido qualquer pessoa a fazer uma pesquisa sobre as ligações de este homem à ICAR (pensam que um homem destes alguma vez iria dizer mal da igreja não? Morrer a rir Morrer a rir Morrer a rir )

Toda esta informação encontra-se viciada, totalmente desprovida de verdadeiro rigor histórico e científico.


Sobre os milhões de mortos, volto a perguntar: Qual foi a atitude da ICAR durante séculos com respeito à educação? Como a educação de milhões poderia ter mudado o rumo cientifico, promovendo a investigação e o conhecimento? Como a falta de conhecimento cientifico e médico foi responsável pela morte prematura de milhões de seres?

Pois ai está....






avatar
estudante eterno
Forista desativado

Mensagens : 950
Likes : 38
Data de inscrição : 19/12/2013
Idade : 38

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Arquivos Secretos da "Santa Inquisição" ou "Santo Ofício"

Mensagem por River raid em Qua Abr 02 2014, 16:06

Estudante, tua teoria é a do copo meio cheio ou meio vazio.

Por exemplo, referes que a ICAR não apoiava o ensino na Idade Média? Isso é falso porque as maiores instituições de ensino da época eram pertença de Ordens Religiosas. Tal mantém-se até hoje e nos dias que correm ninguém é Padre sem formação superior.

Dás a entender que houveram "milhões de mortos" por causa da ICAR. Quando, onde e porquê? Cita fontes.

Se não concordas com a info duma postagem mandam as regras da boa educação que refutes com fontes que julgues credíveis.

Ao referires milhões de mortos recordo-te que no passado 1/3 da população europeia foi devastada pela peste negra. Foi um cataclismo biológico sem precedentes. Pensava-se que era o fim do mundo.

São acontecimentos como esse que fortalecem as religiões porque as pessoas não têm mais onde se agarrar. Quem deu a mão aos sobreviventes? Foi a ICAR que, sem pestanejar, acolheu milhares de enfermos ao longo dos séculos pagando um preço altíssimo.

Não vejo nem nunca verei empresas religiosas de "topo" (como a STV) ajudando os pobres e idosos. A ICAR faz isso e muito mais.

Não sou católico mas não sou cego.






River raid
Membros
Membros

Mensagens : 4565
Likes : 204
Data de inscrição : 02/09/2013
Idade : 42
Localização : Maia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Arquivos Secretos da "Santa Inquisição" ou "Santo Ofício"

Mensagem por estudante eterno em Qui Abr 03 2014, 00:31

River raid escreveu:Estudante, tua teoria é a do copo meio cheio ou meio vazio.

Por exemplo, referes que a ICAR não apoiava o ensino na Idade Média? Isso é falso porque as maiores instituições de ensino da época eram pertença de Ordens Religiosas. Tal mantém-se até hoje e nos dias que correm ninguém é Padre sem formação superior.

Dás a entender que houveram  "milhões de mortos" por causa da ICAR. Quando, onde e porquê? Cita fontes.

Se não concordas com a info duma postagem mandam as regras da boa educação que refutes com fontes que julgues credíveis.

Ao referires  milhões de mortos recordo-te que no passado 1/3 da população europeia foi devastada pela peste negra. Foi um cataclismo biológico sem precedentes. Pensava-se que era o fim do mundo.

São acontecimentos como esse que fortalecem as religiões porque as pessoas não têm mais onde se agarrar. Quem deu a mão aos sobreviventes? Foi a ICAR que, sem pestanejar, acolheu milhares de enfermos ao longo dos séculos pagando um preço altíssimo.

Não vejo nem nunca verei empresas religiosas de "topo" (como a STV) ajudando os pobres e idosos. A ICAR faz isso e muito mais.

Não sou católico mas não sou cego.




Também não sou católico nem cego (graças a Deus)


Esqueces te que quem tinha acesso ao ensino era apenas quem estava intimamente ligado à igreja católica, ou alguns filhos de alguns nobre com bastante influência. O povo, em geral, ficava isento de qualquer formação escolar.

"A Igreja enquanto administradora, educadora e moralizadora da Idade Média, foi capital para a reconstrução e o aprimoramento do conhecimento, bem como da arte de civilizar. Nesse sentido, foram os mosteiros que legaram a nós os benefícios de uma civilização culta. O estudo se dava a partir do latim, literatura, gramática, dialética e retórica. Deve-se ainda aos beneditinos a organização final das sete artes liberais: gramática, dialética, retórica aritmética geometria, astronomia e música."  http://www.alessandrogarcia.org/news/educa%C3%A7%C3%A3o-na-idade-media,-preserva%C3%A7%C3%A3o-e-consolida%C3%A7%C3%A3o-dos-saberes/


Quem frequentava os mosteiros, quem frequentava?

Quem lutou ferozmente contra o conhecimento cientifico, quem foi quem foi? Esqueces te que os estudantes de medicina tinham, inclusivamente, de estudar a anatomia de noite ou as escondidas, pois essa prática era condenada ICAR.

"Sobre aspectos da reprodução humana, como a contracepção e o aborto, o Vaticano tem assumido uma posição conservadora, rejeitando qualquer contracepção, inclusive a esterilização.
Em relação à epidemia da AIDS/HIV, a ICAR defende a monogamia e abstinência antes do casamento, condenando o uso de camisinhas. Apesar de ser um líder mundial no cuidado aos pacientes de HIV/AIDS, declarações como a do então Papa Bento XVI, de que as camisinhas pioram a epidemia de AIDS, tem atraído críticas severas dos especialistas." http://hypescience.com/igreja-catolica-e-ciencia-uma-relacao-complicada/


"No campo da pesquisa com células-tronco, a ICAR tem manifestado-se contra o uso de células embrionárias, porque crê que a vida inicia-se na concepção." http://hypescience.com/igreja-catolica-e-ciencia-uma-relacao-complicada/

Lembras te o que aconteceu com o Galileu? O que achas? Vamos fechar os olhos a isto tudo? Então, que tal fechar os olhos também às testemunhas de Jeová? Ou às matanças proporcionadas pelos muçulmanos?


Já agora, para alguns que acham que o ateísmo é mau: http://expresso.sapo.pt/os-dez-paises-mais-felizes-do-mundo=f841235


A não ser o México, país tradicionalmente católico, todos ou outros são países muito pouco religiosos, onde uma grand epercentagem de pessoas afirma não acreditar num Deus.

Aí esse Suecos, Islandeses ou Noruegueses, são cá uns burros (hás de ver a imagem da sueca, a primeira, aquela que segura a bandeira, essa é das mais burras... conheço pessoas que não se importava, de dar uma volta com "burras" dessas  Morrer a rir Morrer a rir Morrer a rir )


Última edição por Atena em Qui Abr 03 2014, 12:08, editado 1 vez(es) (Razão : Edição da citação)
avatar
estudante eterno
Forista desativado

Mensagens : 950
Likes : 38
Data de inscrição : 19/12/2013
Idade : 38

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Arquivos Secretos da "Santa Inquisição" ou "Santo Ofício"

Mensagem por estudante eterno em Qui Abr 03 2014, 12:09

Para quem ainda duvida do sofrimento causado pela icar, aqui vai a história resumida de tomas de torquemada, pela enciclopédia britânica.
http://www.britannica.com/EBchecked/topic/600065/Tomas-de-Torquemada
avatar
estudante eterno
Forista desativado

Mensagens : 950
Likes : 38
Data de inscrição : 19/12/2013
Idade : 38

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Arquivos Secretos da "Santa Inquisição" ou "Santo Ofício"

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum