EX-TESTEMUNHAS DE JEOVÁ
Seja muito Bem-vindo!

Regista-te aqui e descobre a verdade sobre a "verdade"

Lê as regras e respeita-as

Alguma duvida a Adm/Mod está pronta a ajudar.



"Quando aceitamos tudo o que a Organização diz sem verificar, mostramos confiança na Organização. Mas, se mantivermos um espírito atento e examinarmos 'quanto a se estas coisas são realmente assim' (Atos 17:11), então, mostramos zelo para com Jeová. Para quem você mostra zelo?"

Filme "To Verdener" - Mundos Separados

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Filme "To Verdener" - Mundos Separados

Mensagem por MariaL em Sab Jun 02 2012, 23:50

Acabei de ver o filme Mundos Separados.
Fiquei espantada com a forma absolutamente real como retrata as rotinas da TJ, as frases feitas, a linguagem, tudo! Afinal devemos mesmo ser iguais em todas as partes do mundo. Ou seremos robôs?
Pela primeira vez, desde que comecei (há quase 2 anos) este processo de afastamento, chorei muito.
Até certo ponto é a minha história. Percebo agora que será a história de muitas e muitas pessoas, e isso, em vez de me confortar, assusta-me.
E também pela primeira vez senti raiva.
Raiva dos velhinhos do CG e dos anciãos da minha congregação que se acharam no direito de me dizer o que fazer com a minha vida e depois se puseram à margem.
Mas principalmente, raiva de mim própria, por ter sido tão estúpida e por ter permitido que me enganassem e manipulassem.
Espero que não estejam já fartos das minhas questões existenciais...mas conto com vocês para desabafar.
Voltando ao filme, a minhas perguntas para vocês são:
Qual é a vossa opinião sobre o mesmo?
Como se sentem, actualmente, quando encontram material novo? Já conseguiram ultrapassar a barreira de ver as coisas sem reagir emotivamente?

MariaL
Sócio APVIPRE
Sócio APVIPRE

Mensagens : 973
Likes : 83
Data de inscrição : 12/05/2012
Idade : 42
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Filme "To Verdener" - Mundos Separados

Mensagem por DoC em Dom Jun 03 2012, 05:12

Eu vi o filme já há bastante tempo, ainda estava nos confins da "Torre". Achei-o bastante real em alguns aspetos mas foge à realidade noutros. Na altura lembro-me de ter ficado "zangado" com algumas coisas no filme. Outras coisas deixaram-me a refletir. O final do filme é forte e lembro-me de ter ficado como se me tivesse caído o chão. No fundo é o que acontece a muita gente quando percebem o engano e saem das saias da Watchtower.

Smile


DoC

DoC
Membros
Membros

Mensagens : 882
Likes : 81
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 35
Localização : Norte

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Filme "To Verdener" - Mundos Separados

Mensagem por TJ Curioso em Dom Jun 03 2012, 09:32

Vi o filme praticamente ao ser lançado no mercado, porque acompanhava o fórum americano que está sempre muito atualizado com novidades.

Achei-o bastante realista e no geral mostrava muito bem o funcionamento da metadologia usada nas comissões judiciais e o processo de desassociação.

TJ Curioso
Forista desativado

Mensagens : 9048
Likes : 416
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 43

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Filme "To Verdener" - Mundos Separados

Mensagem por pascoalnaib em Dom Jun 03 2012, 17:01

Apesar de estar afastado há aproximadamente 12 anos só assisti esse filme 2 vezes!
Sinceramente é algo doloroso rever certas atitudes e situações que fazem familiares se distanciarem por causa dessa religião.
Mas, tenho o filme e sempre que possível vou distibuindo para conhecidos para evitarem e confrontarem essa discriminação praticada pela Torre de Vigia!

pascoalnaib

Mensagens : 1061
Likes : 38
Data de inscrição : 23/10/2011
Idade : 42
Localização : Fortaleza-CE

Ver perfil do usuário http://extestemunhasdejeova.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Filme "To Verdener" - Mundos Separados

Mensagem por MariaL em Dom Jun 03 2012, 17:35

Sem naturalmente desvaloizar a questão dos dissidentes que são rejeitados pela família, para mim foi particularmente doloroso ver a violência emocional e psicológica da conversa com os anciãos/comissão judicativa.
E o facto de o filme mostrar que quer queiramos quer não, a lavagem cerebral a que fomos sujeitos faz de nós pessoas diferentes, tipo híbridos, e, como isso influência nossas relações.
Sara, no final, apesar de decidir não voltar a ser TJ, termina o relacionamento com o namorado. Não por não gostar dele, mas por serem muitas as diferenças. Ou seja, perde a família e o namorado.

MariaL
Sócio APVIPRE
Sócio APVIPRE

Mensagens : 973
Likes : 83
Data de inscrição : 12/05/2012
Idade : 42
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Filme "To Verdener" - Mundos Separados

Mensagem por Índigo em Seg Jun 04 2012, 12:18

Se ela não fica com o namorado então é pk ele tb não valia a pena! eheheh!


Vamos trabalhar juntos para manter neste fórum um ambiente limpo e amigável. Bons comentários!

Índigo
Colaborador
Colaborador

Mensagens : 3348
Likes : 218
Data de inscrição : 07/05/2012
Localização : Norte

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Filme "To Verdener" - Mundos Separados

Mensagem por Índigo em Seg Jun 04 2012, 12:30

Para mim os procedimentos não estão errados, são é mtas vezes mal aplicados pelos anciãos locais! É a imperfeição!

Tenho um caso na familia de começar a namorar com alguém fora da religião! É uma situação que não é apoiada por várias razões, mas não é proibida!

O problema é que namorar com alguém que não tem os mesmos principios! Ou seja, são raras as vezes que não acabam por terem relações sexuais antes do casamento. Algo condenado pela bíblia!

Aí sim existe intervenção para ver se a pessoa se arrepende do que fez e dar-lhe a oportunidade de mostrar que está arrependida!

Os anciãos só intervêm nestes casos em nome "da limpeza na congregação"!

Qdo alguém se torna testemunha sabe e aceita os princípios bíblicos. Se algum dia deixa de os cumprir ou defender não faz sentido ser identificada como testemunha.

Por isso deixa de pertencer ao grupo!

Acho que é simples! A pessoa que não cumpre é pk já não se identifica por isso a pessoa tb não deve kerer ficar!

Acho que o filme dramatiza demasiado a situação!

A Sara ficou "chocada" pelos procedimentos! Não mostrou arrependimento porque queria continuar uma relação que por si só era problemática! E depois tb não quer o rapaz! A culpa não é nem da biblia nem da religião! Ela é que não soube o que queria!

Por teimosia foi contra tudo e contra todos ... mas no fim quem perdeu foi ela! Se gostava mesmo do rapaz a ponto de deixar para trás toda a sua vida anterior porque não ficou com ele! A história é mto mal construida!


Vamos trabalhar juntos para manter neste fórum um ambiente limpo e amigável. Bons comentários!

Índigo
Colaborador
Colaborador

Mensagens : 3348
Likes : 218
Data de inscrição : 07/05/2012
Localização : Norte

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Filme "To Verdener" - Mundos Separados

Mensagem por TJ Curioso em Seg Jun 04 2012, 12:34

Gostava só de mencionar que o caso dramatizado neste filme, foi inspirado num caso real que tinha sido relatado em um jornal dinamarquês, contado pela própria Sara.

Um realizador interessou-se pela história e pelo processo de excomunhão praticado entre as TJ e resolveu contatar a própria Sara e foi baseado no seu relato pessoal que o filme foi feito.

TJ Curioso
Forista desativado

Mensagens : 9048
Likes : 416
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 43

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Filme "To Verdener" - Mundos Separados

Mensagem por ellipsis em Seg Jun 04 2012, 13:40

Na altura quando esse filme saiu não havia legendado. Entretanto houve alguém que o legendou no forum Ex-TJ e todos puderam ver o filme.

Para quem ainda não viu pode fazer o download AQUI

As legendas pode obtê-las AQUI

Ou pode vê-lo no youtube. Ele está dividido em 11 partes.

Coloco aqui a parte 1 de 11





Vamos trabalhar juntos para manter neste fórum um ambiente limpo e amigável. Boas postagens!


Admn sugere:
     
Respeite as regras do fórum e seja um bom membro.
Antes de criar um novo tópico faça uma pesquisa rápida.Podes começar por AQUI
Se perdeu a senha do fórum, contate um administrador por MP.


ellipsis
Admin
Admin

Mensagens : 8065
Likes : 275
Data de inscrição : 20/09/2011
Idade : 42
Localização : Vila de Cucujães

Ver perfil do usuário http://escravodaverdade.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Filme "To Verdener" - Mundos Separados

Mensagem por ellipsis em Seg Jun 04 2012, 13:45

Aqueles que veêm pela primeira vez, acham esquisito um ancião usar barba.
Não devem achar estranho, porque na Noruega é permitido usar barba.

Mais uma incongruência da ORGA.




Vamos trabalhar juntos para manter neste fórum um ambiente limpo e amigável. Boas postagens!


Admn sugere:
     
Respeite as regras do fórum e seja um bom membro.
Antes de criar um novo tópico faça uma pesquisa rápida.Podes começar por AQUI
Se perdeu a senha do fórum, contate um administrador por MP.


ellipsis
Admin
Admin

Mensagens : 8065
Likes : 275
Data de inscrição : 20/09/2011
Idade : 42
Localização : Vila de Cucujães

Ver perfil do usuário http://escravodaverdade.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Filme "To Verdener" - Mundos Separados

Mensagem por so em Seg Jun 04 2012, 16:57

A ORG podia comentar o filme seria intrigante


Conhecereis a internet e a internet vos libertará.

so
Sócio APVIPRE
Sócio APVIPRE

Mensagens : 1965
Likes : 58
Data de inscrição : 01/03/2012
Localização : Norte

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Filme "To Verdener" - Mundos Separados

Mensagem por Regis Medina em Seg Jun 04 2012, 18:21

A Sara do filme é uma personagem fictícia, mas a história se baseia no que aconteceu com a dinamarquesa Tabita Brøner que faz uma ponta no filme na cena final do trem.
Perceberam que a câmera mostra inexplicavelmente tempo demais uma jovem loira que cumprimenta a Sara no trem?

A história dela que despertou a atenção esta aqui:
http://www.b.dk/kultur/nu-toer-tabita-se-sig-selv-i-spejlet

http://www.bt.dk/underholdning/tabita-broener-jeg-kan-ikke-hade-min-far

E ela é linda.


Acredita porque é cego ou é cego porque acredita Question

Regis Medina
Membros
Membros

Mensagens : 320
Likes : 6
Data de inscrição : 04/10/2011
Idade : 46
Localização : Araçoiaba da Serra S.P. Brasil

Ver perfil do usuário http://exjeovaceticos.foro.bz/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Filme "To Verdener" - Mundos Separados

Mensagem por MariaL em Seg Jun 04 2012, 19:24

Desiludida escreveu:

O problema é que namorar com alguém que não tem os mesmos principios! Ou seja, são raras as vezes que não acabam por terem relações sexuais antes do casamento. Algo condenado pela bíblia!

Aí sim existe intervenção para ver se a pessoa se arrepende do que fez e dar-lhe a oportunidade de mostrar que está arrependida!

Os anciãos só intervêm nestes casos em nome "da limpeza na congregação"!

Qdo alguém se torna testemunha sabe e aceita os princípios bíblicos. Se algum dia deixa de os cumprir ou defender não faz sentido ser identificada como testemunha.

Por isso deixa de pertencer ao grupo!

Acho que é simples! A pessoa que não cumpre é pk já não se identifica por isso a pessoa tb não deve kerer ficar!

Acho que o filme dramatiza demasiado a situação!


Respeito a sua opinião. No entanto, a questão está longe de ser simples, como a retrata. Mas já ouvi muitos manifestarem o mesmo ponto de vista, natural e felizmente porque nunca passaram pelo mesmo.

Quando vi o filme, vi o conflito interior de alguém que era TJ por convicção e que desejava continuar a sê-lo.
Podemos sair se quisermos? Claro que sim! Mas não queremos, porque acreditamos que é a única forma de agradar o deus que amamos.
É algo muito difícil de gerir. Não para os hipócritas ou para os que não respeitam os princípios da bíblia/instituição TJ. Esses não têm conflitos interiores nem problemas de consciência.

Também, a questão é muito mais ampla do que praticar ou não imoralidade. Afinal, isso também pode acontecer (e acontece) entre 2 TJ, certo?

Será isto tão difícil de entender?

E também, não é verdade que os anciãos só intervêm para defender a "limpeza da congregação". Afinal a "limpeza da congregação" é fácil de restabelecer. Ou há arrependimento ou há expulsão! Talvez devessem era estar mais preocupados com o estado emocional e psicológico das suas "ovelhas".

Já que fui eu que lancei o tópico, gostaria de ouvir mais opiniões sobre o namoro/casamento de TJ com pessoas de fora. Pode ser?

MariaL
Sócio APVIPRE
Sócio APVIPRE

Mensagens : 973
Likes : 83
Data de inscrição : 12/05/2012
Idade : 42
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Filme "To Verdener" - Mundos Separados

Mensagem por Investigando a Torre em Seg Jun 04 2012, 20:07

Desiludida escreveu:O problema é que namorar com alguém que não tem os mesmos principios! Ou seja, são raras as vezes que não acabam por terem relações sexuais antes do casamento. Algo condenado pela bíblia!
Sem que nos estejamos a referir a "prostituição", onde é que de forma explícita se encontram condenadas na Bíblia as relações sexuais antes do casamento?

IT


Vamos trabalhar juntos para manter neste fórum um ambiente limpo e amigável. Bons comentários!

"Quem alberga a Verdade no seu coração, não deve temer que lhe falte força na língua e persuasão"
J. RUSKIN
«Stones of Venice», 11

Investigando a Torre
Admin
Admin

Mensagens : 8325
Likes : 307
Data de inscrição : 21/09/2011
Idade : 57
Localização : Vila Nova de Santo André

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Filme "To Verdener" - Mundos Separados

Mensagem por ellipsis em Seg Jun 04 2012, 20:49

Desiludida escreveu:

Os anciãos só intervêm nestes casos em nome "da limpeza na congregação"!


Quantas congregações tens anciãos qualificados para lidar com pessoas.
Digo, quantos estão preparados para lidar com o ser humano nos seus diversos estados.

Muito poucos.

E isso da limpeza é subjectivo. Por vezes a limpeza devia começar por cima.




Vamos trabalhar juntos para manter neste fórum um ambiente limpo e amigável. Boas postagens!


Admn sugere:
     
Respeite as regras do fórum e seja um bom membro.
Antes de criar um novo tópico faça uma pesquisa rápida.Podes começar por AQUI
Se perdeu a senha do fórum, contate um administrador por MP.


ellipsis
Admin
Admin

Mensagens : 8065
Likes : 275
Data de inscrição : 20/09/2011
Idade : 42
Localização : Vila de Cucujães

Ver perfil do usuário http://escravodaverdade.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Filme "To Verdener" - Mundos Separados

Mensagem por DoC em Seg Jun 04 2012, 22:34

Desiludida escreveu:Para mim os procedimentos não estão errados, são é mtas vezes mal aplicados pelos anciãos locais! É a imperfeição!

(...)

Os anciãos só intervêm nestes casos em nome "da limpeza na congregação"!

Eu tinha respondido antes mas não sei o que fiz ao post ele desapareceu scratch

Aqui vai de novo, a ver se sai mais ou menos igual.

Desiludida,

Respeito o que dizes, mas infelizmente não ocorre tão dessa forma (devia ser, mas não é).

O sistema judicativo TJ está pensado e estruturado para apanhar os "peixes" menores, sendo muito mais relaxado para os "peixes" grandes. As TJ apregoam a famosa "limpeza da congregação", mas que limpeza? O que é que na verdade suja e contamina a congregação?

Por outras palavras, se alguém tem relações sexuais com alguém com quem não está casado (ambos solteiros), ou é apanhado a fumar ou a fazer qualquer outra coisa que, na pior da hipóteses, prejudica a si mesmo, é alvo de comissões e mais comissões, resultando comummente na desassociação. Essa pessoa é vista como uma impureza que contamina a congregação e que deve ser removida. É falada nas bocas do povo, isolada e as notícias vão e espalham-se depressa pelos arredores.

Mas acontece que muitos dentro das congregações, especialmente os que têm cargos hierárquicos lá dentro, são os que mais potencial para prejudicar outros (e realmente prejudicam) e contaminar a congregação têm. Conheço inúmeros casos (parece haver sempre um em cada congregação) de anciãos que "espancam" a congregação constantemente, por anos, e continuam aí. A menos que sejam completamente descarados ou conflituem com outros "peixes" de grande porte, raramente são levados ao castigo por essas atitudes. O pior é que toda a gente vê e sabe mas ninguém atua. Porquê?

Na minha opinião, depois de analisar o panorama global e observá-lo de fora, vejo o sistema judicativo TJ como pretensiosamente moralista e puritanista, onde o sexo é tabu, fora do casamento é crassamente imoral. Mas leia-se o NT, leia-se o que Jesus mais condenou (já que se consideram cristãos, seguidores dele). Tão ou mais imoral do que o sexo fora do casamento é a hipocrisia, a soberba, o egoísmo, a falsidade, a tagarelice, a ganância, a falta de tolerância, a falta de perdão, etc, poderia citar muitos outros. Mas estas más qualidades que Jesus denunciou são sempre menos penalizadas no seio TJ e muitos dos que as praticam, para perjúrio de terceiros saem, não raro, ilesos. São vistas como defeitos de personalidade, imperfeição, etc... desculpas para a vista grossa que se faz a inúmeros casos desses. Porquê?

Afinal o que é que mais contamina a congregação?

O senso moralista TJ é muito deficiente neste aspeto e não encaixa no fluxo de pensamento que se encontra nos evangelhos. A moral TJ é sexo, drogas, fumo, álcool, e tudo que seja derivado destes. As outras más qualidade que citei acima e que Jesus tão bem condenou são delitos menores. Serão? Não sei onde se baseiam para esses critérios, mas no ensino de Jesus não é de certeza.

Eu bem sei do que falo. Conheço o sistema de dentro para fora e dezenas de casos consecutivos.

A juntar a isto ainda defendem (as TJ) que este modo de atuar se trata de justiça divina. Mas que divina que ela é...!

Cumprimentos,


DoC

DoC
Membros
Membros

Mensagens : 882
Likes : 81
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 35
Localização : Norte

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Filme "To Verdener" - Mundos Separados

Mensagem por Crystal em Ter Jun 05 2012, 17:38

@MariaL escreveu:

Já que fui eu que lancei o tópico, gostaria de ouvir mais opiniões sobre o namoro/casamento de TJ com pessoas de fora. Pode ser?

MariaL, eu fui uma das que decidi não obedecer a esta regra. E confesso que não me arrependi absolutamente nada de o ter feito! É lamentável que vi imensas pessoas casarem apenas porque o respectivo namorado(a) era testemunha; como se ter o apelido tj fosse sinónimo de ser alguém compativel e com bons principios. Vi no meu marido qualidades que não vi em algumas pessoas tj. Acho incrivel que as pessoas pensem que o simples facto de alguém não pertencer à religião, torna imediatamente tal pessoa não recomendável, quando existe tmb tantas pessoas pouco recomendáveis dentro da organização. Tanto ele quanto a familia sempre me respeitaram; e agora que vejo as coisas do "outro lado", admiro a paciência e compreensão deles durante os 18 anos de casamento em que seguia as normas. Posso no entanto, dizer que apesar de continuar na organização depois de casada, o facto de escolher alguém de fora, foi suficiente para que fosse colocada de parte pelas pessoas de lá. Tal descriminação, porém, nunca aconteceu com os de fora. Assim se vê o real interesse nas pessoas.
Observei mais incompatibilidade entre pessoas tj casadas entre si, do que eu e meu marido bem como outros casos que conheci pessoalmente. Não tem a ver com religião, mas sim com o intimo; a índole da pessoa; o respeito e compreensão.
Já agora, quero aproveitar para dizer que concordo em absoluto com as palavras do Doc. Costuma-se dizer que o maior número de desassociados é devido a imoralidade sexual. Alguém já se perguntou como seria se os culpados de ganãncia e extorsão também fossem desassociados? Não tenho certezas, mas acho que a balança iria ficar muito equilibrada, ou até ultrapassada. Ao longo destes anos, observei casos e sei ainda de alguns, que como se costuma dizer, é de bradar aos céus! affraid




Crystal

Mensagens : 310
Likes : 37
Data de inscrição : 28/12/2011
Idade : 48
Localização : Sintra

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Filme "To Verdener" - Mundos Separados

Mensagem por Índigo em Qua Jun 06 2012, 14:52

@DoC escreveu:
Desiludida escreveu:Para mim os procedimentos não estão errados, são é mtas vezes mal aplicados pelos anciãos locais! É a imperfeição!

(...)

Os anciãos só intervêm nestes casos em nome "da limpeza na congregação"!

Eu tinha respondido antes mas não sei o que fiz ao post ele desapareceu scratch

Aqui vai de novo, a ver se sai mais ou menos igual.

Desiludida,

Respeito o que dizes, mas infelizmente não ocorre tão dessa forma (devia ser, mas não é).

O sistema judicativo TJ está pensado e estruturado para apanhar os "peixes" menores, sendo muito mais relaxado para os "peixes" grandes. As TJ apregoam a famosa "limpeza da congregação", mas que limpeza? O que é que na verdade suja e contamina a congregação?

Por outras palavras, se alguém tem relações sexuais com alguém com quem não está casado (ambos solteiros), ou é apanhado a fumar ou a fazer qualquer outra coisa que, na pior da hipóteses, prejudica a si mesmo, é alvo de comissões e mais comissões, resultando comummente na desassociação. Essa pessoa é vista como uma impureza que contamina a congregação e que deve ser removida. É falada nas bocas do povo, isolada e as notícias vão e espalham-se depressa pelos arredores.

Mas acontece que muitos dentro das congregações, especialmente os que têm cargos hierárquicos lá dentro, são os que mais potencial para prejudicar outros (e realmente prejudicam) e contaminar a congregação têm. Conheço inúmeros casos (parece haver sempre um em cada congregação) de anciãos que "espancam" a congregação constantemente, por anos, e continuam aí. A menos que sejam completamente descarados ou conflituem com outros "peixes" de grande porte, raramente são levados ao castigo por essas atitudes. O pior é que toda a gente vê e sabe mas ninguém atua. Porquê?

Na minha opinião, depois de analisar o panorama global e observá-lo de fora, vejo o sistema judicativo TJ como pretensiosamente moralista e puritanista, onde o sexo é tabu, fora do casamento é crassamente imoral. Mas leia-se o NT, leia-se o que Jesus mais condenou (já que se consideram cristãos, seguidores dele). Tão ou mais imoral do que o sexo fora do casamento é a hipocrisia, a soberba, o egoísmo, a falsidade, a tagarelice, a ganância, a falta de tolerância, a falta de perdão, etc, poderia citar muitos outros. Mas estas más qualidades que Jesus denunciou são sempre menos penalizadas no seio TJ e muitos dos que as praticam, para perjúrio de terceiros saem, não raro, ilesos. São vistas como defeitos de personalidade, imperfeição, etc... desculpas para a vista grossa que se faz a inúmeros casos desses. Porquê?

Afinal o que é que mais contamina a congregação?

O senso moralista TJ é muito deficiente neste aspeto e não encaixa no fluxo de pensamento que se encontra nos evangelhos. A moral TJ é sexo, drogas, fumo, álcool, e tudo que seja derivado destes. As outras más qualidade que citei acima e que Jesus tão bem condenou são delitos menores. Serão? Não sei onde se baseiam para esses critérios, mas no ensino de Jesus não é de certeza.

Eu bem sei do que falo. Conheço o sistema de dentro para fora e dezenas de casos consecutivos.

A juntar a isto ainda defendem (as TJ) que este modo de atuar se trata de justiça divina. Mas que divina que ela é...!

Cumprimentos,



Tens toda a razão ....

Sabes o que eu acho pelo que tenho lido por aqui?! Que pessoas que já tiveram lá no meio por serem "peixes grandes" abriram os olhos mais cedo do que alguns abrirão sendo "peixe pequeno"!

Eu sou do peixe pequeno por isso ainda estou abrir os olhos ....

Quem já foi ancião ou mais alto na hierarquia está a anos luz em relação às ovelhas!

Índigo
Colaborador
Colaborador

Mensagens : 3348
Likes : 218
Data de inscrição : 07/05/2012
Localização : Norte

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Filme "To Verdener" - Mundos Separados

Mensagem por TJ Curioso em Qua Jun 06 2012, 15:08

Desiludida escreveu:Tens toda a razão ....

Sabes o que eu acho pelo que tenho lido por aqui?! Que pessoas que já tiveram lá no meio por serem "peixes grandes" abriram os olhos mais cedo do que alguns abrirão sendo "peixe pequeno"!

Eu sou do peixe pequeno por isso ainda estou abrir os olhos ....

Quem já foi ancião ou mais alto na hierarquia está a anos luz em relação às ovelhas!

Nem imaginas como agora disseste a verdade. Se as pessoas assistissem a algumas reuniões de corpos de anciãos, principalmente quando estão reunidos vários corpos de anciãos de diversas congregações (quando o salão é partihado), veriam coisas que certamente os fariam ver esses anciãos com outros olhos. Não me estou a referir a todos, mas existem sempre aqueles que acham que a sua opinião é mais válida e importante do que os outros e tentam impôr a sua vontade.

Estas reuniões às vezes têm discussões e troca de palavras que revelam a verdadeira espiritualidade de alguns destes homens da dianteira. E normalmente são aqueles mais "queridos" e influentes a nível da Filial.

TJ Curioso
Forista desativado

Mensagens : 9048
Likes : 416
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 43

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Filme "To Verdener" - Mundos Separados

Mensagem por liberto em Sex Jun 08 2012, 02:36

vi o filme duas semanas antes da minha comissao judicativa e ainda bem porque vi claramente como os anciaos kerem saber de todos os promenores do que se passou e deixou de passar.. entao se for de cariz sexual, perguntam coisas k sao demasiado obscenas para relatar aqui!! Respondi de modo firme que nao iria contar promenores e claro ficaram todos ofendidos.. "Menino vais ser desassociado!" e respondi: "Eu ja o sabia, adeus" e fui me embora!! Finalmente Liberto!!




liberto
Membros
Membros

Mensagens : 993
Likes : 42
Data de inscrição : 28/12/2011
Idade : 29
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Filme "To Verdener" - Mundos Separados

Mensagem por Independe em Seg Ago 13 2012, 11:49

Desiludida escreveu:

O problema é que namorar com alguém que não tem os mesmos principios! Ou seja, são raras as vezes que não acabam por terem relações sexuais antes do casamento. Algo condenado pela bíblia!


Dizer que a biblia condena é no minimo redutor, mais irónico ainda é as TJ condenarem fora do casamento civil, pois como se sabe um casamento é apenas uma oficialização civil de 2 pessoas perante o Estado, portanto se há coisa absurda no sentido que é contraditória é o mundo das tj fugirem e não participarem em nada do Estado e depois darem uma importancia desmedida a uma oficialização/contrato (sim o casamente é um contrato juridico) feita pelo Estado.

Independe

Mensagens : 187
Likes : 0
Data de inscrição : 08/08/2012
Idade : 46
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Filme "To Verdener" - Mundos Separados

Mensagem por Independe em Seg Ago 13 2012, 12:03

@MariaL escreveu:Acabei de ver o filme Mundos Separados.

Voltando ao filme, a minhas perguntas para vocês são:
Qual é a vossa opinião sobre o mesmo?
Como se sentem, actualmente, quando encontram material novo? Já conseguiram ultrapassar a barreira de ver as coisas sem reagir emotivamente?

O filme está longe de ser uma obra prima cinematográfica mas está um filme interessante e agradavel, bastante dramático e com o realismo normal do cinema europeu.
Na realidade não sei que inpacto e interpretação tem este filme nas pessoas comuns, mas para quem conhece e passou anos e decadas no munda das TJ tem um forte impacto, eu que ha mais de 20anos que sai...o filme fez-me reviver aquilo que passei embora no meu caso a causa nao fosse namoro, mas o resto identifico-me neste filme ate no caso da separação dos meus pais. Confesso que mesmo ai fim destes anos todo o filme alem de me ter tocado teve partes que me emocionou pelo revivalismo que me criou.


Independe

Mensagens : 187
Likes : 0
Data de inscrição : 08/08/2012
Idade : 46
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Filme "To Verdener" - Mundos Separados

Mensagem por MariaL em Qua Ago 15 2012, 14:37

@Independe escreveu:
@MariaL escreveu:Acabei de ver o filme Mundos Separados.

Voltando ao filme, a minhas perguntas para vocês são:
Qual é a vossa opinião sobre o mesmo?
Como se sentem, actualmente, quando encontram material novo? Já conseguiram ultrapassar a barreira de ver as coisas sem reagir emotivamente?

O filme está longe de ser uma obra prima cinematográfica mas está um filme interessante e agradavel, bastante dramático e com o realismo normal do cinema europeu.
Na realidade não sei que inpacto e interpretação tem este filme nas pessoas comuns, mas para quem conhece e passou anos e decadas no munda das TJ tem um forte impacto, eu que ha mais de 20anos que sai...o filme fez-me reviver aquilo que passei embora no meu caso a causa nao fosse namoro, mas o resto identifico-me neste filme ate no caso da separação dos meus pais. Confesso que mesmo ai fim destes anos todo o filme alem de me ter tocado teve partes que me emocionou pelo revivalismo que me criou.


Concordo que como obra cinematográfica não é mesmo nada de especial, mas para quem viveu o mundo TJ concerteza que diz muito mesmo em pequenos detalhes que nada têm a ver com o tema central.


MariaL
Sócio APVIPRE
Sócio APVIPRE

Mensagens : 973
Likes : 83
Data de inscrição : 12/05/2012
Idade : 42
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Filme "To Verdener" - Mundos Separados

Mensagem por MariaL em Qua Ago 15 2012, 14:44

@Independe escreveu:
Desiludida escreveu:

O problema é que namorar com alguém que não tem os mesmos principios! Ou seja, são raras as vezes que não acabam por terem relações sexuais antes do casamento. Algo condenado pela bíblia!


Dizer que a biblia condena é no minimo redutor, mais irónico ainda é as TJ condenarem fora do casamento civil, pois como se sabe um casamento é apenas uma oficialização civil de 2 pessoas perante o Estado, portanto se há coisa absurda no sentido que é contraditória é o mundo das tj fugirem e não participarem em nada do Estado e depois darem uma importancia desmedida a uma oficialização/contrato (sim o casamente é um contrato juridico) feita pelo Estado.

É mesmo.

Hoje é assim, mas no AT as relações sexuais fora do casamento nem sempre eram condenadas.

Atualmente o argumento usado pela Torre para impor o casamento civil é que as TJ não podem viver em oposição às leis do Estado. Como se as pessoas que vivem em união de facto violasse alguma lei ou como se o Estado estivesse minimamente interessado em controlar quem dorme com quem. Rolling Eyes

MariaL
Sócio APVIPRE
Sócio APVIPRE

Mensagens : 973
Likes : 83
Data de inscrição : 12/05/2012
Idade : 42
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Filme "To Verdener" - Mundos Separados

Mensagem por pascoalnaib em Qua Ago 15 2012, 14:46

MariaL cita:
Concordo que como obra cinematográfica não é mesmo nada de especial, mas para quem viveu o mundo TJ concerteza que diz muito mesmo em pequenos detalhes que nada têm a ver com o tema central
Sabe por que o filme as vezes não surpreende quem nunca foi TJ? Minha namorada assistiu (ela é católica) e simplesmente não acreditou que em pleno século XXI existe uma religião que faz aqueles absurdos. Ela achava que era exagero até começar a acessar os fóruns e ver os relatos que recebo por email. A sociedade não conhece esses absurdos da Torre e por isso temos a responsabilidade de denunciar! Wink





pascoalnaib

Mensagens : 1061
Likes : 38
Data de inscrição : 23/10/2011
Idade : 42
Localização : Fortaleza-CE

Ver perfil do usuário http://extestemunhasdejeova.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Filme "To Verdener" - Mundos Separados

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 16:26


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum