EX-TESTEMUNHAS DE JEOVÁ
Seja muito Bem-vindo!

Regista-te aqui e descobre a verdade sobre a "verdade"

Lê as regras e respeita-as

Alguma duvida a Adm/Mod está pronta a ajudar.



"Quando aceitamos tudo o que a Organização diz sem verificar, mostramos confiança na Organização. Mas, se mantivermos um espírito atento e examinarmos 'quanto a se estas coisas são realmente assim' (Atos 17:11), então, mostramos zelo para com Jeová. Para quem você mostra zelo?"

Carta recente recebida em Betel (Brasil)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Carta recente recebida em Betel (Brasil)

Mensagem por TJ Curioso em Qua Abr 18 2012, 16:29

Esta carta anónima foi recebida no Betel do Brasil e foi disponibilizada no facebook pelo Altair Matos que faz parte do grupo BRAZIL AND PORTUGAL.

Leiam e tirem as vossas conclusões.



Prezados Irmãos:

Antes de tudo, me desculpem por não me identificar. Gostaria que julgassem esta carta segundo os seus próprios méritos, sem a influência de considerações sobre minhas motivações. Se ela não é razoável, ou se falta com a verdade, simplesmente a desconsiderem; mas se ela contém informação útil, fidedigna, por favor, em nome do bem estar espiritual de tantos sob seus cuidados, façam algo a respeito.

Não há dúvidas de que os servos de Jeová apreciam de coração quaisquer atividades feitas pelos varões da dianteira em favor do rebanho. (w99 1/6 9 §1) De fato, há anciãos extremamente diligentes no que diz respeito a cumprir com os deveres de um pastor. Alguns são especialmente zelosos em oferecer cuidados práticos aos irmãos. Há anciãos que são pioneiros. Há outros que cuidam de tarefas que aparentemente estão além de suas capacidades, e as realizam bem. Há aqueles conhecidos especialmente por sua capacidade de ensino e por um estilo de vida que concorda com o mesmo ensino que sai de suas bocas. Varões assim são verdadeiras “dádivas em homens” e merecem nossos sinceros elogios. (Efésios 4:Cool Tenho muito carinho por esses homens devotados e é por isso que lhes escrevo esta carta.

É lamentável reconhecer, porém, que alguns de nossos anciãos tem se apegado a um estilo de vida notavelmente conflitante com os valores cristãos. Ao passo que constantemente lemos nas publicações muitos incentivos para simplificarmos a vida, a fim de nos empenharmos mais na pregação, vemos também, na contramão disso, anciãos e mais anciãos que se empenham avidamente em adquirir dinheiro e bens. Estão sempre com casas cada vez melhores; carros cada vez mais caros; e itens de última geração.

Há aqueles que possuem imóveis alugados gerando renda de milhares de reais por mês e, ainda assim, empregados em grandes firmas e bancos, trabalhando horas extras e fazendo faculdade como exigência de seus empregadores para não perderem seus empregos claramente desnecessários. Alguns destes homens nem conseguem preparar as reuniões ou ir ao serviço de campo, e dificilmente fazem visitas de pastoreio, tantas são as atividades seculares em que desnecessariamente se empenham. (Recentemente realizei com um ancião uma visita de pastoreio a uma irmã que há muitos anos luta com graves problemas de saúde, incluindo depressão. Ela comentou que estava bem surpresa com a visita, já que haviam se passado sete anos que não recebia uma.)

Muitos possuem todas as condições para servir quais pioneiros e não se vê o menor esforço da parte deles neste sentido porque, como o jovem governante rico que recusou o convite de Cristo, são eles também ‘muito ricos’. (Lucas 18:23) Estes são homens que não se preparam para o fim deste sistema, mas para enriquecer e deixar muitas posses materiais para os filhos. São homens para esta vida. Amantes de altos padrões de vida. Carnais. Suas poucas atividades são como uma vara de sustentar barraca; simplesmente um modo de não ficar no zero, na inatividade, mantendo assim uma aparência de boa espiritualidade. Tenho a impressão de que, como um cardíaco, morrerão espiritualmente a qualquer hora.

Pior do que isso, no entanto, é perceber que estes mesmos homens às vezes ocupam posições de destaque nos circuitos, proferindo discursos de peso nos congressos, assumindo ares de autoridade e calando qualquer crítica justa apenas pelo peso de sua presença. Em contrapartida, anciãos com boa oratória, humildes nos modos, homens de excelente espiritualidade, mas materialmente pobres, sem atrativos materiais, são colocados de lado, não usados como deveriam. (Provérbios 28:6) E estes humildes estão sempre lá nos eventos teocráticos ouvindo da boca de “homens que são menosprezados na congregação” o alimento espiritual servido por Jeová. (1Corintios 6:4) Como isto pode ser encarado como normal entre nós? (Provérbios 26:Cool

Como homens assim poderão aconselhar os irmãos, quer da tribuna, quer pessoalmente, sobre assuntos tais como ‘manter o foco em coisas espirituais’, ‘manter o olho singelo’, ‘levar uma vida abnegada e simples’, ‘empenhar-se por alvos’ e ‘gastar-se no serviço de Deus’? (Lucas 21:34; Mateus 6:22; Lucas 9:23; Hebreus 12:1,2; Filipenses 3:13,14; 2Corintios 12:15) De que modo poderão os do rebanho encontrar nestes homens exemplos dignos de serem imitados? Como os poderão encarar quais colunas da congregação e como forças estabilizadoras? (Hebreus 13:7; Gálatas 2:9)

Como agravante adicional desta situação, há o caso dos Superintendentes de Circuito. Infelizmente, alguns destes queridos e tão necessários irmãos dão o seu aval à cultura de materialismo que, como um terrível câncer, se espalha entre as congregações. Como fazem isso? Ora, estão sempre hospedados nas casas desses homens ricos, embora outros irmãos possam oferecer a eles hospedagens razoáveis. O caso é que os irmãos em muitos lugares se sentem acanhados quanto a oferecer suas casas, uma vez que não podem competir com os ricos e com o gosto manifesto dos viajantes pelas casas destes. Quando visitam cidades que possuem um bom número de congregações, não raro ficam hospedados meses inteiros em uma única casa, privando vários irmãos de sua companhia. É também cada vez mais comum que os viajantes sejam levados para almoçar em restaurantes caros, e que tenham estes homens mais abastados entre suas mais visíveis e íntimas companhias.

Tudo isso contribui para criar uma linha invisível que puxa milhares de irmãos para o lamaçal do materialismo. Os nossos jovens percebem que o dinheiro faz toda a diferença e se preparam para também conseguir mais dele. É inegável que certos anciãos têm aceitado metas materialistas e têm, por força de seu mau exemplo, encorajado membros de suas congregações nesta direção.

É cada vez mais fácil encontrar anciãos cujos filhos estão sendo preparados para este sistema por se empenharem pelo ensino superior. Se pelo menos se tratassem de jovens com alvos espirituais, que vislumbrassem utilizar sua educação para Jeová, poder-se-ia dizer que se tratava de gente sábia. No entanto, são jovens e mais jovens que pretendem construir belas carreiras seculares e ganhar muito daquilo que o mundo ama: dinheiro! (Mateus 6:32)

E estou falando de filhos de anciãos. Aliás, a maioria dos que se envolvem com ensino superior provém de famílias com bom poder aquisitivo, cujas circunstâncias dificilmente justificariam tal envolvimento. Os jovens de famílias pobres notam esta onda negativa e dificilmente encontram entre seus superintendentes congregacionais vozes que incentivem francamente o empenho por objetivos mais nobres. Como poderia ser comum ouvir da boca de anciãos com filhos em faculdade incentivo para empenhar-se por alvos espirituais? E se mesmo assim eles o fazem - como acontece quando por ocasião de assembléias e congressos, em que as matérias exigem isso -, que forças terão suas palavras?

Não é o caso de um ou outro nesta situação. É o caso de numa congregação após outra encontrarmos anciãos e seus filhos nesta situação. Certamente não por falta de incentivo do Corpo Governante que, nas publicações, desaconselha fortemente o ensino superior e aconselha o envolvimento com a obra do reino. O que me preocupa é o efeito da progressão dessa tendência, de ver cada vez mais anciãos que não fazem caso desses conselhos. Isso contribui para limitar ainda mais o número de varões verdadeiramente habilitados para tomar a dianteira, em meio ao mais notável crescimento já dado por Deus à obra de pregação. E esta situação, se for tolerada, será uma semente ruim plantada em nosso meio, cujo crescimento representará em longo prazo um terrível abaixamento no padrão espiritual dos homens que tomam a dianteira entre nós.

Não há dúvidas de que um modo de vida bastante confortável está guerreando contra o empenho individual de muitos cristãos na obra do reino. A excessiva busca pelo conforto afeta diretamente, e de forma negativa, o zelo dos indivíduos. É algo contra o qual se deve lutar com todas as armas de combate disponíveis, uma vez que o materialismo e o secularismo têm se mostrado, ao lado da imoralidade sexual, as armadilhas mais terríveis de nossa época.

Parece que um fator determinante que facilita a criação de homens assim, terrivelmente limitados quanto à visão espiritual, é a pouca ênfase que se dá a importância do desenvolvimento do caráter cristão para que o homem seja recomendado para privilégios especiais. É bem verdade que, como já dito, as publicações enfatizam a importância das habilitações Bíblicas; mas, a triste realidade do que acontece na prática é outra. É comum supervalorizar a folhinha de relatório de serviço de campo, como se a mesma servisse para definir o tipo de cristianismo que a pessoa pratica. A verdade é que ela oferece uma maneira excelente para que esses homens mascarem sua real situação perante Jeová. Alguns estão acima da média de horas, no entanto, ainda longe de alcançar a madureza espiritual que deveria caracterizar um homem da dianteira entre as testemunhas de Jeová. Se for com este tipo de dianteira que desejamos inspirar as ovelhas, então devo lamentar: pobres ovelhas! (Provérbios 29:2; aplicação em âmbito local)

Grato por sua bondosa consideração, eu espero ter feito uma pequena contribuição para o bem estar da congregação cristã.

Sem mais.

Abraços.

TJ Curioso
Forista desativado

Mensagens : 9046
Likes : 417
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 44

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Carta recente recebida em Betel (Brasil)

Mensagem por Investigando a Torre em Qua Abr 18 2012, 17:26

Penso que o texto desta missiva reflecte aquilo que a Organização no seu todo induz a estes homens que toma a dianteira nas congregações.

A Organização é a primeira a colocar em evidência a importância que dá a questões materias. É também e a primeira a demonstrar por A+B que o propalado fim deste mundo não está nos seus horizontes!

Então, o que esperam aqueles que ingenuamente acreditam nessas patranhas, à semelhança do autor da carta?

IT


Vamos trabalhar juntos para manter neste fórum um ambiente limpo e amigável. Bons comentários!

"Quem alberga a Verdade no seu coração, não deve temer que lhe falte força na língua e persuasão"
J. RUSKIN
«Stones of Venice», 11
avatar
Investigando a Torre
Admin
Admin

Mensagens : 8437
Likes : 318
Data de inscrição : 21/09/2011
Idade : 58
Localização : Vila Nova de Santo André

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Carta recente recebida em Betel (Brasil)

Mensagem por ellipsis em Qua Abr 18 2012, 17:57

Esta carta parece-me de alguém que acredita perfeitamente na Organização, mas que ao mesmo tempo ama a Jeová e padroniza a sua vida pelo que aprende. Existe muitas TJ que são assim, justas e humildes.
Felizmente ele não se identificou, pois provavelmente já conhece a organização ou melhor os homens que a compõem.
Pois esta carta certamente irá ser considerada tagarelice, e se ela fosse identificada e ao que parece é de um ancião ele iria sofrer na pele.





Vamos trabalhar juntos para manter neste fórum um ambiente limpo e amigável. Boas postagens!


Admn sugere:
     
Respeite as regras do fórum e seja um bom membro.
Antes de criar um novo tópico faça uma pesquisa rápida.Podes começar por AQUI
Se perdeu a senha do fórum, contate um administrador por MP.

avatar
ellipsis
Admin
Admin

Mensagens : 8084
Likes : 277
Data de inscrição : 20/09/2011
Idade : 43
Localização : Vila de Cucujães

Ver perfil do usuário http://escravodaverdade.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Carta recente recebida em Betel (Brasil)

Mensagem por TJ Curioso em Qua Abr 18 2012, 18:02

ellipsis escreveu:Esta carta parece-me de alguém que acredita perfeitamente na Organização, mas que ao mesmo tempo ama a Jeová e padroniza a sua vida pelo que aprende. Existe muitas TJ que são assim, justas e humildes.
Felizmente ele não se identificou, pois provavelmente já conhece a organização ou melhor os homens que a compõem.
Pois esta carta certamente irá ser considerada tagarelice, e se ela fosse identificada e ao que parece é de um ancião ele iria sofrer na pele.


É realmente revelador, este ancião não se ter identificado. Mostra como dentro da Organização não existe liberdade de expressão e até mesmo anciãos como ele, provavelmente uma pessoa madura e espiritual, tem medo de se revelar.

Pareceu-me um sincero apelo, de alguém que está atento ao rumo que as coisas estão a tomar, refletindo claro, a orientação da organização sobre a questão do ensino e a busca de uma vida melhor, mas ao mesmo tempo apercebido de que, ajuizar sobre a espiritualidade de alguém, baseado num relatório de campo, é no mínimo enganador.

TJ Curioso
Forista desativado

Mensagens : 9046
Likes : 417
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 44

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Carta recente recebida em Betel (Brasil)

Mensagem por so em Qui Abr 19 2012, 09:39

Agora eu gostava que a ORG tomasse uma atitude publica para corrigir esses homens , lol!
avatar
so
Sócio APVIPRE
Sócio APVIPRE

Mensagens : 1973
Likes : 58
Data de inscrição : 01/03/2012
Localização : Norte

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Carta recente recebida em Betel (Brasil)

Mensagem por EDDIE SKULL MORGAN em Dom Maio 27 2012, 13:36

infelizmente, tenho que concordar com os demais, há de fato alguns anciãos em algumas congregações que fazem e agem conforme citado, eu creio que estamos todos nadando a esmo e não sairemos em lugar nenhum se tentarmos encontrar algum grupo ou organização que realmente sirva somente aos interesses de Deus e de seu Filho, mas eu tenho uma dúvida: esses anciãos, superintendentes, esse povo tem alguma espécie de salário tal qual os pastores de outras igrejas??
avatar
EDDIE SKULL MORGAN
Membros
Membros

Mensagens : 308
Likes : 1
Data de inscrição : 12/05/2012
Idade : 39
Localização : são paulo-sp

Ver perfil do usuário http://noticias-do-reino.comunidades.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Carta recente recebida em Betel (Brasil)

Mensagem por pascoalnaib em Seg Maio 28 2012, 23:53

A Torre de Vigia devia ter um curso básico para anciãos-pastores, pois colocar a vida de pessoas e seus problemas (que vão desde o psicológico até os financeiros) nas mãos de pessoas despreparadas é muito falta de responsabilidade.
avatar
pascoalnaib

Mensagens : 1061
Likes : 38
Data de inscrição : 23/10/2011
Idade : 43
Localização : Fortaleza-CE

Ver perfil do usuário http://extestemunhasdejeova.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Carta recente recebida em Betel (Brasil)

Mensagem por MariaL em Dom Jun 17 2012, 11:46

pascoalnaib escreveu:A Torre de Vigia devia ter um curso básico para anciãos-pastores, pois colocar a vida de pessoas e seus problemas (que vão desde o psicológico até os financeiros) nas mãos de pessoas despreparadas é muito falta de responsabilidade.

Em vez disso, acham que estar na Torre lhes dá capacidade e autoridade para tudo. E a arrogância é tanta, que nem se dão conta do mal que fazem.
avatar
MariaL
Sócio APVIPRE
Sócio APVIPRE

Mensagens : 973
Likes : 83
Data de inscrição : 12/05/2012
Idade : 43
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Carta recente recebida em Betel (Brasil)

Mensagem por hibridizado em Ter Jun 19 2012, 07:27

TJ Curioso escreveu:
ellipsis escreveu:Esta carta parece-me de alguém que acredita perfeitamente na Organização, mas que ao mesmo tempo ama a Jeová e padroniza a sua vida pelo que aprende. Existe muitas TJ que são assim, justas e humildes.
Felizmente ele não se identificou, pois provavelmente já conhece a organização ou melhor os homens que a compõem.
Pois esta carta certamente irá ser considerada tagarelice, e se ela fosse identificada e ao que parece é de um ancião ele iria sofrer na pele.


É realmente revelador, este ancião não se ter identificado. Mostra como dentro da Organização não existe liberdade de expressão e até mesmo anciãos como ele, provavelmente uma pessoa madura e espiritual, tem medo de se revelar.

Pareceu-me um sincero apelo, de alguém que está atento ao rumo que as coisas estão a tomar, refletindo claro, a orientação da organização sobre a questão do ensino e a busca de uma vida melhor, mas ao mesmo tempo apercebido de que, ajuizar sobre a espiritualidade de alguém, baseado num relatório de campo, é no mínimo enganador.
O que ele escreveu é a pura realidade, não há o que contestar. Não se identifica por medo de sofrer represálias de seus conhecidos anciãos e não ser mais incluído em nada, afinal, ele seria conhecido como alguém que escreveria a betel por qualquer coisa que acontecesse.
avatar
hibridizado

Mensagens : 359
Likes : 16
Data de inscrição : 28/04/2012
Idade : 62
Localização : Pasárgada

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Carta recente recebida em Betel (Brasil)

Mensagem por putonovo em Ter Jun 19 2012, 10:34

So ai uma coisa que me deixa pensar e que so agora e que dao conta de isto ou estao cegos ou nao querem ver. Todo o mundo sabe no mundo em que vivemos e mesmo sendo testemunhas de jeova nao somos perfeitos e muitos nao siguem as coisas que aprendem a risca. Eu mesmo ja encontrei anciaos e servos ministriales em discotecas donde eu frequentava. Mas sera que isso deve me influenciar em mim a ponto de estar contrangido contra o cg por causa destes? Eu penso que nao o cg nao manda em nos da concelhos que para mim nao sao nenhuma bestialidade mas muitos de esses concelhos me ajudaram ao longo da vida e a algums de esses tenho o que tenho em esta vida (alegria) Morrer a rir Morrer a rir mas apesar de todo cada um e libre e que faça o que quiser eu nao quero saber da vida de ninguem mmas sim da minha. E isso que eu nao compreendo porque temos de estar sempre a olhar para os demas nao temos cada um de nos problemas que encima temos que estar a ver os problemas dos demais. Cada um que faça o que quiser como se quer dar um tiro na cabeça isso e problema seu a biblia diz que cada um vai ser julgado por sus proprias açoes nao por aquilo que fazem os demais que nos nao gostamos. E se estou errado prefiro pensar assim do que pensar se esse ou o outro esta bem ou mal eu sei de mim e ponto e o unico que importa.
avatar
putonovo

Mensagens : 105
Likes : 0
Data de inscrição : 15/06/2012
Idade : 31
Localização : famalicao

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Carta recente recebida em Betel (Brasil)

Mensagem por Pássaro em Qui Jun 21 2012, 10:21

No mundo tj existe a encenação para o público e a realidade! São poucos que aceitam conviver com a realidade!
avatar
Pássaro

Mensagens : 129
Likes : 1
Data de inscrição : 01/05/2012
Idade : 37
Localização : Bahia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Carta recente recebida em Betel (Brasil)

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum