EX-TESTEMUNHAS DE JEOVÁ
Seja muito Bem-vindo!

Regista-te aqui e descobre a verdade sobre a "verdade"

Lê as regras e respeita-as

Alguma duvida a Adm/Mod está pronta a ajudar.



"Quando aceitamos tudo o que a Organização diz sem verificar, mostramos confiança na Organização. Mas, se mantivermos um espírito atento e examinarmos 'quanto a se estas coisas são realmente assim' (Atos 17:11), então, mostramos zelo para com Jeová. Para quem você mostra zelo?"

Personagens biblicos: quem seria desassociado?

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Personagens biblicos: quem seria desassociado?

Mensagem por River raid em Sex Jul 28 2017, 14:03

Boas

Como sabem as regras farisaicas da torre de vigia levam muitos  serem ostracizados e humilhados em praça publica por diversos motivos.

A verdade é ke "todos pecamos e estamos longe da gloria de Deus".

Tambem a nova biblia omite descaradamente a passagem de Marcos no qual Jesus disse "quem nunca pecou atire a primeira pedra". Só essa passagem destroi qualquer argumento para desassociação que esteja relacionado com amor ou adultério. Jesus condenou o adulterio (a samaritana) mas deu a perceber que matar uma pessoa por causa disso é excessivo.

Quantos personagens biblicos seriam alvo de uma comissão judicativa?

Sansão fornicava com Dalila sem ser casado.
Raabe era prostituta e dona de casa de alterne.
David cometeu adulterio e assassinato.
Manassés passou os filhos pelo fogo.
Salomão cometeu apostasia judaica.

O que podemos concluir?

Por favor, comentem outros exemplos no qual esses personagens biblicos qye os anciãos tanto "admiram" seriam alvo do tribunal inquisitivo da Torre.

River raid
Membros
Membros

Mensagens : 4565
Likes : 204
Data de inscrição : 02/09/2013
Idade : 42
Localização : Maia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Personagens biblicos: quem seria desassociado?

Mensagem por HALDYS em Sex Jul 28 2017, 19:35

è absolautamente iimpossivel aplicar as regras da desassociaçao aos tempos do antigo testamento desde Moises que cometeu homicidio a Abrao disposto a matar seu proprio filho, a Jael que matou Sizera, a Lo que se embebedou ao ponto de cometer incesto, e a lista nao tem fim
avatar
HALDYS
Membros
Membros

Mensagens : 442
Likes : 51
Data de inscrição : 04/09/2014
Idade : 38
Localização : porto

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Personagens biblicos: quem seria desassociado?

Mensagem por Vermute Rossi em Sex Jul 28 2017, 22:00

@River raid escreveu:Boas

Como sabem as regras farisaicas da torre de vigia levam muitos  serem ostracizados e humilhados em praça publica por diversos motivos.

A verdade é ke "todos pecamos e estamos longe da gloria de Deus".

Tambem a nova biblia omite descaradamente a passagem de Marcos no qual Jesus disse "quem nunca pecou atire a primeira pedra". Só essa passagem destroi qualquer argumento para desassociação que esteja relacionado com amor ou adultério. Jesus condenou o adulterio (a samaritana) mas deu a perceber que matar uma pessoa por causa disso é excessivo.

Quantos personagens biblicos seriam alvo de uma comissão judicativa?

Sansão fornicava com Dalila sem ser casado.
Raabe era prostituta e dona de casa de alterne.
David cometeu adulterio e assassinato.
Manassés passou os filhos pelo fogo.
Salomão cometeu apostasia judaica.

O que podemos concluir?

Por favor, comentem outros exemplos no qual esses personagens biblicos qye os anciãos tanto "admiram" seriam alvo do tribunal inquisitivo da Torre.


O que podemos concluir? Primeiro, que a desassociação não tem qualquer cabimento, da forma como é aplicada, na nossa sociedade. Depois, que Deus agiu da mesma forma como muitos anciãos agem hoje: Protegeu os mais abastados, os mais bem posicionados hierarquicamente, enquanto que matou (e mandou matar) dezenas de milhares de pessoas que pertenciam às classes sociais mais baixas. Vejo um paralelo em muitas congregações hoje, onde, em muitos casos, filhos e filhas de anciãos são protegidos, enquanto que o resto da congregação tem um tratamento bastante diferente.
avatar
Vermute Rossi
Membros
Membros

Mensagens : 306
Likes : 69
Data de inscrição : 30/06/2016
Idade : 26
Localização : Centro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Personagens biblicos: quem seria desassociado?

Mensagem por hocosi em Sab Jul 29 2017, 18:58

@Vermute Rossi escreveu:

O que podemos concluir? Primeiro, que a desassociação não tem qualquer cabimento, da forma como é aplicada, na nossa sociedade. Depois, que Deus agiu da mesma forma como muitos anciãos agem hoje: Protegeu os mais abastados, os mais bem posicionados hierarquicamente, enquanto que matou (e mandou matar) dezenas de milhares de pessoas que pertenciam às classes sociais mais baixas. Vejo um paralelo em muitas congregações hoje, onde, em muitos casos, filhos e filhas de anciãos são protegidos, enquanto que o resto da congregação tem um tratamento bastante diferente.

Na mouche!



"Podemos facilmente perdoar uma criança que tem medo do escuro. A real tragédia da vida são os adultos que têm medo da luz" . Platão
avatar
hocosi
Moderador
Moderador

Mensagens : 2699
Likes : 360
Data de inscrição : 28/12/2011
Idade : 61
Localização : Moçambique

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Personagens biblicos: quem seria desassociado?

Mensagem por EdenOne em Sab Jul 29 2017, 19:30

Judá teve relações com a nora viúva a quem tomou por uma prostituta ... e não só não foi sancionado, como ainda se tornou antepassado de Jesus Cristo. Já o Onã, por, digamos, se recusar a engravidar a referida senhora, sua cunhada, foi morto. Dois pesos e duas medidas...?


"O homem que não pensa por si próprio é um escravo, um traidor de si mesmo e dos seus companheiros". - Robert G. Ingersoll
"A religião é encarada pelas pessoas comuns como 'a verdade'; pelos sábios como falsidade; e pelos governantes como útil". - Séneca
"Se fosse possível raciocinar com pessoas religiosas, não haveria pessoas religiosas." - Gregory House
avatar
EdenOne
Moderador
Moderador

Mensagens : 448
Likes : 114
Data de inscrição : 25/03/2016
Idade : 45
Localização : Portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Personagens biblicos: quem seria desassociado?

Mensagem por Kristy123 em Dom Jul 30 2017, 15:52

Pelas infundadas regras que a organização impõe (para criar, entre outros muitos fatores, um senso de culpabilização enorme) quase todas as personagens biblicas seriam alvo de uma comissão judicativa!

Sendo assim, quase todas estas personagens bíblicas não serviriam de exemplo para ninguém.

Mas será que Deus matou ou mandou matar dezenas de milhares de pessoas, ou não foram antes as próprias pessoas, consoante a época e os hábitos e costumes, que o fizerem?

Para mim, considerar a actuação de Deus dessa forma, está completamente errada. Se eu pensasse assim, eu deixaria de acreditar nesse Deus assassino. É por isso, que a maior parte de vós, deixou de acreditar em Deus????

Mas eu acredito num Deus que não interfere no que as pessoas fazem individualmente, mas num Deus de AMOR que deu a vida por nós.

Todos nós somos pecadores e fazemos coisas erradas e é por isso que Jesus falou que não deveríamos atirar pedras para o próximo.
Porque cada um terá que responder por sí próprio individualmente.

A maior parte de vós tem uma forma de pensar errada, no que diz respeito a "adultério" e "fornicação".
Alguém quer abrir um tópico novo sobre este tema?
avatar
Kristy123
Moderador
Moderador

Mensagens : 4415
Likes : 248
Data de inscrição : 15/10/2013
Idade : 98
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Personagens biblicos: quem seria desassociado?

Mensagem por EdenOne em Dom Jul 30 2017, 16:53

Eu partilho da opinião de que aquilo que ficou escrito na Biblia, sobretudo no Antigo Testamento, tratam-se de mitos vagamente inspirados em uns (poucos) factos reais, e que destinavam a construir uma identidade nacional e legitimar a supremacia de uma elite religiosa monoteista e fundamentalista pós-exilio. Ainda agora foi publicado um estudo de ADN que demonstra que a narrativa biblica de aniquilação dos povos cananeus pelos hebreus não ocorreu, porque os actuais libaneses são descendentes directos dos cananeus em cerca de 95% do seu legado genético.

Portanto, as narrativas de um deus Yahweh que ordenava o genocidio de homens, mulheres e crianças cananeias, e que punia os hebreus rebeldes matando-os aos milhares não passam de invenções que tinham o proposito de instilar medo nos crentes, vincar a superioridade do deus nacional sobre os deuses estrangeiros, e induzir o povo á obediência.

No entanto, se o deus do Antigo Testamento realmente não ordenou tais atrocidades, porque permitiu que fossem registadas e tidas como factuais e aceites como "escrituras sagradas"? Poque permitiria deus que escritos que o retratam como um monstro moral o representem? Porque permite que milhões de crentes cristãos reverenciem a Biblia como "A Palavra de Deus"? Porque Jesus se referiria a tais escritos como "a tua palavra é a verdade"? Porque escreveria Paulo, referindo-se ao Antigo Testamento, que "TODA a Escritura é inspirada e proveitosa..."?

Para mim, a resposta é bastante simples: porque o deus apregoado pelas Escrituras não existe, nunca existiu, e é tão real como Zeus, Odin, Baal, Brahma ou o bicho papão.

Eden


"O homem que não pensa por si próprio é um escravo, um traidor de si mesmo e dos seus companheiros". - Robert G. Ingersoll
"A religião é encarada pelas pessoas comuns como 'a verdade'; pelos sábios como falsidade; e pelos governantes como útil". - Séneca
"Se fosse possível raciocinar com pessoas religiosas, não haveria pessoas religiosas." - Gregory House
avatar
EdenOne
Moderador
Moderador

Mensagens : 448
Likes : 114
Data de inscrição : 25/03/2016
Idade : 45
Localização : Portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Personagens biblicos: quem seria desassociado?

Mensagem por Kristy123 em Dom Jul 30 2017, 17:48

O Deus apregoado pelas escrituras não existe! E sabes porquê? Porque aquilo que uma pessoa ou um grupo de pessoas apregoam, corresponde exactamente à realidade dessa pessoa ou desse grupo, ou seja, é aquilo que a pessoa PENSA ou que JULGA ser uma realidade.

Mas na realidade.... a realidade não é aquilo o que se pensa!
O que é afinal a realidade.... uma ilusão!
Tanto a nível optico, como espacial ou temporal!
A História da humanidade já foi escrita..... ela não acontece de frente para tráz, mas de tráz para a frente.
E agora mesmo, neste presente, em que eu estou a escrever isto, já foi passado!
Vivemos numa realidade muito limitada, em que olhamos para todos os minutos...  

E lá vem a mesma linha de pensamento: .... "porque deus permitiu isto ou aquilo"
As pessoas que pensam que Deus é culpado de tudo, por permitir, deixam consecutivamente de acreditar Nele!
Eu penso ao contrário! EU própria sou culpada pelos meus actos e não uso Deus nenhum, para o culpabilizar dos meus próprios erros!
Nao: Deus é uma força cósmica, que permite tudo ao ser humano e cabe somente a ti próprio, fazeres, pensares e actuares, como quiseres, em que as consequências, serás também mesmo tu próprio a teres que as assumir! Poderei chamar isto de "Justiça Divina".

A Biblia em sí, tem sim o seu valor, porque não fala somente de mortes e coisas negativas.
Este livro também contém mensagens bonitas e de esperança.

Deveriamo-nos focalizar somente nessas palavras positivas, porque o resto é história!! Deveriamos olhar para a Frente/futuro e não para tráz/passado! Vocês não encontram mensagens positivas na biblia ou noutros livros? Vão lá à procura! Coloquem aqui tudo o que é POSITIVO!

O que é afinal a Palavra de Deus? Nada mais, do que o próprio Jesus. Será somente nessa Palavra que deveríamos acreditar, e em MAIS NADA! É Ele que é a Palavra da verdade, MAIS NINGUÉM!

Se na biblia está escrito que a escritura é inspirada e proveitosa, também existem outros livros que também o são.
TODOS ELES escritos por seres humanos imperfeitos. E quê? Qual é o problema? Sejamos mais abrangentes e permissivos e não estáticos!

Dizem que todas as criaturas, tal como o bicho papão de uma forma ou outra, também existem!
Acho que ele deve ser muito feio e gordo, porque papa tudo! Morrer a rir Morrer a rir
avatar
Kristy123
Moderador
Moderador

Mensagens : 4415
Likes : 248
Data de inscrição : 15/10/2013
Idade : 98
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Personagens biblicos: quem seria desassociado?

Mensagem por EdenOne em Dom Jul 30 2017, 19:44

Kristy,

O chamado "paradoxo de Epicuro" diz o seguinte, aplicando-se a três características geralmente atribuídas ao deus hebraico:

"Se deus é Omnisciente e Omnipotente, então com certeza tem conhecimento de todo o mal e pode acabar com ele. Se não o faz, então não é Omnibenvolente; por outro lado, se deus é Omnipotente e Omnibenevolente, então quer e tem o poder de impedir ou acabar com todo o mal, mas, não o faz, porque não sabe onde e quando o mal ocorre. Então não é Omnisciente; por outro lado, se ele sabe acerca de todo o mal, então  quer impedi-lo ou resolvê-lo. Mas, não o faz, porque é incapaz. Então, ele não é Omnipotente."

A existência e persistência do mal é um poderoso argumento contra a existência de um deus to tipo judaico / cristão / muçulmano, isto é, um deus que se importa com os humanos e intervém no mundo físico. Embora possa ser argumentado que algum mal é causado por humanos a si mesmos ou ao seu semelhante, e Deus não pode ser responsabilizado por isso, então como explicar o mal causado por fenómenos naturais, como um terremoto, tsunami ou furacão? As mortes de pessoas inocentes apanhadas nessas tragédias poderiam ser evitadas por um deus que se importasse.

Das três uma:

1) Ou deus não existe, e isso explica a existência e persistência do mal, em todas as suas formas; ou
2) Deus existe, mas não se interessa pelo sofrimento humano e nada faz para impedir o mal, ainda que apenas o mal causado pela natureza. Nesse caso, porque mereceria mais do que apenas mera curiosidade da minha parte? ; ou
3) Deus não sabe, não pode, ou não quer impedir o mal. Nesse caso, tal personagem merece ser chamado deus e ser adorado? Porquê?

Eu não culpo "deus" pelo sofrimento dos humanos. Não faz sentido culpar alguém cuja existência eu não reconheço.

Agora, será que a Bíblia tem algumas mensagens positivas? Claro, tanto quanto o "Mein Kampf" de Adolf Hitler também diz algumas verdades. Será que isso faz desse livro algo que deva ser prezado? Não me interpretes mal: Eu acho a Bíblia um conjunto de documentos fascinante, do ponto de vista histórico e sociológico e de psicologia. Mas daí a ter a Bíblia como guia moral vai um grande salto, um salto que me recuso a dar.

Mas tu, como tantas outras pessoas, consideras que Jesus é Deus. Dizes:

Kristy escreveu:O que é afinal a Palavra de Deus? Nada mais, do que o próprio Jesus. Será somente nessa Palavra que deveríamos acreditar, e em MAIS NADA! É Ele que é a Palavra da verdade, MAIS NINGUÉM! 

Mas, tens a certeza de que o que consta nos Evangelhos como sendo as palavras e os actos de Jesus, correspondem a factos? Talvez fizesses bem em ler o livro do Bart D. Ehrman "How Jesus Became God: The Exaltation of a Jewish Preacher from Galilee" e percebesses como se formou o mito de que o pregador Jesus da Galiléia veio a ser considerado como deus.

Agora repara: Eu respeito que se possa reverenciar uma certa ideia de Jesus e do Cristianismo, e a partir daí construir uma doutrina moral e ética que sirva como guia para a vida de uma pessoa. Nada tenho contra isso, é apenas mais uma filosofia como tantas outras, tem aspectos positivos e aspectos negativos. Pessoalmente, acho que esperança fundada em irrealidade é falsa esperança, mas se funciona para certas pessoas, as motiva e dá força, não tenho nada a opôr, desde que não me venham impôr a mim uma moralidade baseada nessa filosofia, apelando para uma suposta "autoridade divina". 

Afirmar que isso se fundamenta em realidades factuais, já não papo disso (e isso prova que não sou o bicho papão ... ) Morrer a rir

Eden


"O homem que não pensa por si próprio é um escravo, um traidor de si mesmo e dos seus companheiros". - Robert G. Ingersoll
"A religião é encarada pelas pessoas comuns como 'a verdade'; pelos sábios como falsidade; e pelos governantes como útil". - Séneca
"Se fosse possível raciocinar com pessoas religiosas, não haveria pessoas religiosas." - Gregory House
avatar
EdenOne
Moderador
Moderador

Mensagens : 448
Likes : 114
Data de inscrição : 25/03/2016
Idade : 45
Localização : Portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Personagens biblicos: quem seria desassociado?

Mensagem por EdenOne em Dom Jul 30 2017, 20:04

Já agora: Aquilo que a maior parte das pessoas conhece como "Cristianismo" tem muito pouco a ver com a mensagem do Jesus histórico , um pregador judeu radical que viveu, pregou e morreu na Palestina. Essa mensagem é quase inteiramente da autoria de São Paulo, o verdadeiro inventor de uma nova religião. Para mais informação, recomendo a leitura de "Jesus and Paul - How The Apostle Changed Christianity", de James D. Tabor.

Eden


"O homem que não pensa por si próprio é um escravo, um traidor de si mesmo e dos seus companheiros". - Robert G. Ingersoll
"A religião é encarada pelas pessoas comuns como 'a verdade'; pelos sábios como falsidade; e pelos governantes como útil". - Séneca
"Se fosse possível raciocinar com pessoas religiosas, não haveria pessoas religiosas." - Gregory House
avatar
EdenOne
Moderador
Moderador

Mensagens : 448
Likes : 114
Data de inscrição : 25/03/2016
Idade : 45
Localização : Portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Personagens biblicos: quem seria desassociado?

Mensagem por Vermute Rossi em Dom Jul 30 2017, 23:00

Kristy,

Esqueci-me de referir que, na minha mensagem anterior, me estava a basear totalmente no ponto de vista de uma testemunha de Jeová crente, ou seja, Deus existe, ele mandou matar muitas pessoas no seu livro inspirado a Bíblia e hoje, os anciãos, homens abençoados por Ele, também "imitam" a sua disciplina "amorosa", por deixar transparecer interesses pessoais e beneficiar algumas pessoas, como Deus fez na Bíblia.

Agora, não significa que acredite nisso, de todo! Morrer a rir Morrer a rir

E, já que a conversa tomou um rumo mais pessoal também, gostaria de esclarecer que, assim como disse o forista EdenOne, numa excelente explanação pessoal e histórica (gosto imenso dos teus comentários, já agora), não tenho nada contra alguém afirmar que acredita naquilo, apesar de para mim ser um absurdo, de todos os pontos de vista lógicos!



avatar
Vermute Rossi
Membros
Membros

Mensagens : 306
Likes : 69
Data de inscrição : 30/06/2016
Idade : 26
Localização : Centro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Personagens biblicos: quem seria desassociado?

Mensagem por Vermute Rossi em Dom Jul 30 2017, 23:06

"O Deus apregoado pelas escrituras não existe! E sabes porquê? Porque aquilo que uma pessoa ou um grupo de pessoas apregoam, corresponde exactamente à realidade dessa pessoa ou desse grupo, ou seja, é aquilo que a pessoa PENSA ou que JULGA ser uma realidade. "


São as tua palavras Kristy, pensa um pouco nelas Smile
avatar
Vermute Rossi
Membros
Membros

Mensagens : 306
Likes : 69
Data de inscrição : 30/06/2016
Idade : 26
Localização : Centro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Personagens biblicos: quem seria desassociado?

Mensagem por Kristy123 em Ter Ago 01 2017, 13:24

Olá EdenOne,

Consegui encontrar o livro que referiste, do Bart D. Ehrman "How Jesus Became God",
em português:  

https://drive.google.com/file/d/0B2pACqM5Xy8wT2NvRTVKWVYxUS1SMkV5NnhCZ0lKVTVmd3lv/view

Vou ler...


O outro livro, do James D. Tabor, ainda não consegui encontrar online, em português.



Olá Vermute Rossi,

Não fui eu que escrevi isso, foi a Kristy  Morrer a rir  Morrer a rir  Very Happy
Volto a dizer, que a nossa realidade é uma grande ilusão.

Se eu supostamente atirasse a Biblia para um poço, não deixaria de acreditar em Deus. Ou seja, se eu não soubesse sequer da existência desse livro (ou de outro livro idêntico), eu poderia acreditar à mesma em Deus. Não excluo a hipótese de se conseguir alcançar Deus, através de diversas formas de espiritualidade e para isso nem sequer seria preciso ler um livro e até se poderia ser um analfabeto!

O conhecimento intelectual, que abraça ou recusa crenças religiosas, não tem a haver com a sabedoria espiritual!

A linha e a forma de pensamento dos seres humanos, está completamente errada.
Começa logo no início, quando se tenta definir e aplicar a simples palavra : "Deus"

Existe o saber, o ver, mas também existe o sentir!

Ohhh yeeehh
Kristy
avatar
Kristy123
Moderador
Moderador

Mensagens : 4415
Likes : 248
Data de inscrição : 15/10/2013
Idade : 98
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Personagens biblicos: quem seria desassociado?

Mensagem por Vermute Rossi em Ter Ago 01 2017, 18:43

@Kristy123 escreveu:Olá EdenOne,

Consegui encontrar o livro que referiste, do Bart D. Ehrman "How Jesus Became God",
em português:  

https://drive.google.com/file/d/0B2pACqM5Xy8wT2NvRTVKWVYxUS1SMkV5NnhCZ0lKVTVmd3lv/view

Vou ler...


O outro livro, do James D. Tabor, ainda não consegui encontrar online, em português.



Olá Vermute Rossi,

Não fui eu que escrevi isso, foi a Kristy  Morrer a rir  Morrer a rir  Very Happy
Volto a dizer, que a nossa realidade é uma grande ilusão.

Se eu supostamente atirasse a Biblia para um poço, não deixaria de acreditar em Deus. Ou seja, se eu não soubesse sequer da existência desse livro (ou de outro livro idêntico), eu poderia acreditar à mesma em Deus. Não excluo a hipótese de se conseguir alcançar Deus, através de diversas formas de espiritualidade e para isso nem sequer seria preciso ler um livro e até se poderia ser um analfabeto!

O conhecimento intelectual, que abraça ou recusa crenças religiosas, não tem a haver com a sabedoria espiritual!

A linha e a forma de pensamento dos seres humanos, está completamente errada.
Começa logo no início, quando se tenta definir e aplicar a simples palavra : "Deus"

Existe o saber, o ver, mas também existe o sentir!

Ohhh yeeehh
Kristy


Kristy,

O sentir que mencionas está relacionado com a realidade que dizes ser uma ilusão... pode isso fazer sentido?

Sentimos aquilo que a realidade nos mostra, nos faz sentir. É um facto, é inegável. Estou vivo, logo posso cheirar o belo frango de churrasco que o meu vizinho está a preparar para mim, estou vivo, logo vou o saborear, e deleitar-me a olhar para ele. Toda esta realidade está ligada aos sentidos e à minha realidade, vivida por mim! Como pode ser uma ilusão?

Quando afirmas que a nossa realidade é uma ilusão, não serão os sentidos, ligados à realidade que vives em cada momento (a que chamas ilusão) que te ajudaram a chegar a essa conclusão?

Eu sei que todos nós gostaríamos, ou quase todos nós, ou uma parte vá lá, de acreditar que as fantasias de um Deus que nos ama, e que vamos viver viver bem depois da nossa morte, em paz e em sossego, mas.... vamos todos falecer, um dia mais cedo ou mais tarde Kristy. Do ponto de vista lógico, é muito díficil concordar com a maioria das coisas que dizes em relação à espiritualidade, porque é tudo tão vago, que chega a ser contraproducente quando se tenta falar de crenças, diferentes certo, de pontos de vista diferentes, mas que se baseiam em algo palpável. Pensa novamente nas palavras que referiste e que mencionei a negrito na última mensagem, que são tuas.... Pensa bem Smile
avatar
Vermute Rossi
Membros
Membros

Mensagens : 306
Likes : 69
Data de inscrição : 30/06/2016
Idade : 26
Localização : Centro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Personagens biblicos: quem seria desassociado?

Mensagem por HALDYS em Ter Ago 01 2017, 22:21

Das três uma:

1) Ou deus não existe, e isso explica a existência e persistência do mal, em todas as suas formas; ou
2) Deus existe, mas não se interessa pelo sofrimento humano e nada faz para impedir o mal, ainda que apenas o mal causado pela natureza. Nesse caso, porque mereceria mais do que apenas mera curiosidade da minha parte? ; ou
3) Deus não sabe, não pode, ou não quer impedir o mal. Nesse caso, tal personagem merece ser chamado deus e ser adorado? Porquê?

ola EdenOne parece que pode existir uma opção 3' que seria:

3') Deus sabe, pode, e quer mas ao seu tempo irá impedir o mal.

Kristy ; Deus sabe que nem todos os humanos tem a capacidade de filosofar, meditar e chegar à conclusao que além da Biblia , há outros livros inspirados e proveitosos... porque não deixou isso bem claro? porque deixa as pessoas lutarem para que o livro revelado no qual acreditam, seja o único inspirado. E como é possivel vários livros inspirados com mensagens contraditorias.( o Corao supostamente é inspirado e salvo erro considera os cristaos uns infieis)
Deus sabendo como sao os humanos deveria deixar uma mensagem clara. Porque tanta ambiguidade que serve para certos espertos se aproveitarem dos mais fracos?

avatar
HALDYS
Membros
Membros

Mensagens : 442
Likes : 51
Data de inscrição : 04/09/2014
Idade : 38
Localização : porto

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Personagens biblicos: quem seria desassociado?

Mensagem por Altar em Qua Ago 02 2017, 19:18

@HALDYS escreveu:Das três uma:

1) Ou deus não existe, e isso explica a existência e persistência do mal, em todas as suas formas; ou
2) Deus existe, mas não se interessa pelo sofrimento humano e nada faz para impedir o mal, ainda que apenas o mal causado pela natureza. Nesse caso, porque mereceria mais do que apenas mera curiosidade da minha parte? ; ou
3) Deus não sabe, não pode, ou não quer impedir o mal. Nesse caso, tal personagem merece ser chamado deus e ser adorado? Porquê?

ola EdenOne parece que pode  existir uma opção  3' que seria:

3') Deus sabe, pode, e quer mas ao seu tempo irá impedir o mal.

Kristy ; Deus sabe que nem todos os humanos tem a capacidade de filosofar, meditar e chegar à conclusao que além da Biblia , há outros livros inspirados e proveitosos... porque  não deixou isso bem claro? porque deixa as pessoas lutarem para que o  livro revelado no qual acreditam, seja o único inspirado. E como é possivel vários livros inspirados com mensagens contraditorias.( o Corao supostamente é inspirado e salvo erro considera os cristaos uns infieis)
Deus sabendo como sao os humanos deveria deixar uma mensagem clara. Porque tanta ambiguidade que serve para certos espertos se aproveitarem dos mais fracos?
   

vi há dias um documentário, não sei se no Odisseia, sobre as pessoas que estavam no corredor da morte numa das prisões do Texas - EUA

se estão lá é porque cometeram crimes bárbaros

mas o engraçado é que na altura de receberem a injecção letal, na altura de SOFREREM a morte, a maioria deles pediu perdão e mostraram-se arrependidos dos seus actos, e pode-se dizer que morreram em paz sabendo que Deus lhes perdoou

foi o sofrimento que os fez converter, se calhar se fosse em Portugal tinham 25 anos de prisão e saíam mais cedo por bom comportamento, e não se arrependiam, e provavelmente voltariam a cometer os mesmo crimes

eis por exemplo aqui um exemplo porque é que Deus permite o sofrimento

reparem que, se vocês considerarem como eu que Jesus é Deus, ele debruçava-se sempre sobre os enfermos e aqueles que sofrem para curar, mas dizia sempre "vai que a tua fé te salvou", ou seja para Deus o mais importante é salvar a alma não o corpo, e o sofrimento é por vezes uma via de salvar a alma como por exemplo aqueles no corredor da morte no texas que morreram CURADOS NA ALMA, obviamente assustados e amedrontados pelo sofrimento da injecção letal e morte

quando o sofrimento é abraçado por amor a Deus então acontece uma transformação, uma ressurreição ainda dentro do sofrimento aqui neste mundo, um significado redentor do sofrimento

em Portugal teriam sido condenados tipo a 25 anos mas sairiam mais cedo por bom comportamento, mas não estariam curados aos olhos de Deus, basta ver que muitos deles voltam a reincidir nos mesmo crimes.

Deus pode curar e acabar com o sofrimento claro, mas para Ele o fundamental é a salvação do nosso EU, a nossa alma

reparem só que S. Paulo disse que tinha uma "ferida" na carne, que Deus lhe deu um sofrimento qualquer para o lembrar de ser humilde, há um versículo desses, até se tem especulado que doença S. Paulo teria tido



avatar
Altar
Membros
Membros

Mensagens : 1824
Likes : 57
Data de inscrição : 06/05/2013
Idade : 48
Localização : Lisboa - Alverca

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Personagens biblicos: quem seria desassociado?

Mensagem por EdenOne em Qua Ago 02 2017, 20:01

Portanto, Altar, se Deus não impediu que as 64 pessoas morressem no incêndio de Pedrógão Grande, é porque foi da vontade dele que o sofrimento deles os salvasse, e assim morreram em paz. Não fossem eles morrer de morte natural e nunca se arrependerem...

Desculpa, mas é um argumento perfeitamente descabido e só faz de Deus um monstro moral.


"O homem que não pensa por si próprio é um escravo, um traidor de si mesmo e dos seus companheiros". - Robert G. Ingersoll
"A religião é encarada pelas pessoas comuns como 'a verdade'; pelos sábios como falsidade; e pelos governantes como útil". - Séneca
"Se fosse possível raciocinar com pessoas religiosas, não haveria pessoas religiosas." - Gregory House
avatar
EdenOne
Moderador
Moderador

Mensagens : 448
Likes : 114
Data de inscrição : 25/03/2016
Idade : 45
Localização : Portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Personagens biblicos: quem seria desassociado?

Mensagem por EdenOne em Qua Ago 02 2017, 20:51

Haldys,

Não sei se tens filhos, mas deixa que te pergunte:

Se tivesses um filho ou filha que estivesse num sofrimento atroz, e estivesse na tua mão eliminar de forma total e permanente esse sofrimento, será que irias esperar, esperar, esperar, deixar andar ... observando o seu sofrer, dando umas palavrinhas de apoio moral, até que tu decidisses que a tua criança agora estava pronta para entender o teu gesto caridoso, ou que agora é que os vizinhos iam compreender quão boa tu eras? Faz sentido?

É ilógico! É irracional! É moralmente aberrante! Um deus BONDOSO simplesmente não iria deixar alguém sofrer sem necessidade, estando no poder da sua mão acabar com esse sofrimento. Não existe justificação suficiente no universo. Ou então aceitemos que esse tipo de Deus, a existir, é moralmente defeituoso. E se assim for, porquê merece ser adorado?


Última edição por EdenOne em Qua Ago 02 2017, 21:09, editado 2 vez(es)


"O homem que não pensa por si próprio é um escravo, um traidor de si mesmo e dos seus companheiros". - Robert G. Ingersoll
"A religião é encarada pelas pessoas comuns como 'a verdade'; pelos sábios como falsidade; e pelos governantes como útil". - Séneca
"Se fosse possível raciocinar com pessoas religiosas, não haveria pessoas religiosas." - Gregory House
avatar
EdenOne
Moderador
Moderador

Mensagens : 448
Likes : 114
Data de inscrição : 25/03/2016
Idade : 45
Localização : Portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Personagens biblicos: quem seria desassociado?

Mensagem por Altar em Qua Ago 02 2017, 20:52

@EdenOne escreveu:Portanto, Altar, se Deus não impediu que as 64 pessoas morressem no incêndio de Pedrógão Grande,

é porque foi da vontade dele que o sofrimento deles os salvasse, e assim morreram em paz.


porque é que morremos ?

o que sabemos pela bíblia é que foi devido a um pecado original, algo que fizemos provavelmente uma desobediência a Deus

mas acho que a morte haveria sempre mesmo sem pecado original, apenas seria diferente

Foi Jesus quem disse que se um grão de trigo não for lançado ao solo fica sozinho, mas se for lançado ao solo produz muitos frutos....uma vida totalmente nova

não sei, ninguém sabe, se calhar tu na tua morte apenas vais notar o teu "desabrochar" tal como o grão trigo que é lançado à terra, e a tua alma a bem dizer o teu EU floresce e nasce para a vida eterna


@EdenOne escreveu:

Não fossem eles morrer de morte natural e nunca se arrependerem...


mas nós temos o poder de acabar com o sofrimento no mundo, porque devemos culpar Deus ?

se nos amassemos todos uns aos outros e não houvessem incendiários, ladrões, corruptos, traficantes, ditadores, esclavagistas, assassinos, violadores, adúlteros, psicopatas, pedófilos, sanguinários...etc...etc...

a morte é o aguilhão do pecado

acho que nos devíamos perguntar o que posso fazer para minorar o sofrimento no lugar de culpar Deus por tudo

por exemplo o que fizeste hoje para minorar o sofrimento de alguém que sofre ? deste de comer a um sem-abrigo com fome ou estás a culpar Deus pela miséria dessa pessoa ?

somos nós todos per si que temos o poder de melhorar o mundo e erradicar o sofrimento, Deus disse como, mas não nos obriga

@EdenOne escreveu:

Desculpa, mas é um argumento perfeitamente descabido e só faz de Deus um monstro moral.


ou nós é que somos os monstros e egoístas

não sei, é tudo muito complicado, mas não devemos culpar Deus pelas nossos pecados, é que tens sempre a escolha de escolher o bem em vez do mal...tens sempre essa escolha

porque é que devemos culpar Deus pelas nossas escolhas erradas ?



avatar
Altar
Membros
Membros

Mensagens : 1824
Likes : 57
Data de inscrição : 06/05/2013
Idade : 48
Localização : Lisboa - Alverca

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Personagens biblicos: quem seria desassociado?

Mensagem por EdenOne em Qua Ago 02 2017, 21:08

@Altar escreveu:porque é que morremos ? o que sabemos pela bíblia é que foi devido a um pecado original, algo que fizemos provavelmente uma desobediência a Deus

Pelo que vejo ainda estás na doutrina da Torre de Vigia ... ainda não assimilaste que essa não é a doutrina da ICAR.

@Altar escreveu:a morte é o aguilhão do pecado

Errado. A morte é um processo natural do ciclo da vida que nós temos a tendência de recusar a aceitar e fazemos tudo para adiar e tornar o menos dolorosa possível. Até Jesus, supostamente perfeito, morreu.

@Altar escreveu:ou estás a culpar Deus pela miséria dessa pessoa ?

Eu não "culpo" alguém em cuja existência eu não tenho evidência suficiente para acreditar - seria idiota. Os argumentos apologéticos dos crentes é que constroem um deus moralmente defeituoso. Mas facilmente eu acreditaria na existência de um deus desinteressado e distante (porque mais plausível e consistente com a realidade que observo) do que num deus amoroso e interessado no bem-estar dos humanos. E nesse ponto concordo contigo: Quem culpa a deus mas não faz nada pelo próximo tem uma costela hipócrita.

@Altar escreveu:ou nós é que somos os monstros e egoístas

Concordo. Usualmente é assim. Deus é o reflexo de nós.

@Altar escreveu:mas não devemos culpar Deus pelas nossos pecados, é que tens sempre a escolha de escolher o bem em vez do mal...tens sempre essa escolha

Portanto, da próxima vez que um terremoto, vulcão ou tsunami matarem milhares de pessoas, foram elas que escolheram sofrer esse mal. Tem muita lógica.


"O homem que não pensa por si próprio é um escravo, um traidor de si mesmo e dos seus companheiros". - Robert G. Ingersoll
"A religião é encarada pelas pessoas comuns como 'a verdade'; pelos sábios como falsidade; e pelos governantes como útil". - Séneca
"Se fosse possível raciocinar com pessoas religiosas, não haveria pessoas religiosas." - Gregory House
avatar
EdenOne
Moderador
Moderador

Mensagens : 448
Likes : 114
Data de inscrição : 25/03/2016
Idade : 45
Localização : Portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Personagens biblicos: quem seria desassociado?

Mensagem por Altar em Qui Ago 03 2017, 10:25

@EdenOne escreveu:
@Altar escreveu:porque é que morremos ? o que sabemos pela bíblia é que foi devido a um pecado original, algo que fizemos provavelmente uma desobediência a Deus

Pelo que vejo ainda estás na doutrina da Torre de Vigia ... ainda não assimilaste que essa não é a doutrina da ICAR.


Não entendi, a ICAR não acredita no pecado original ?



avatar
Altar
Membros
Membros

Mensagens : 1824
Likes : 57
Data de inscrição : 06/05/2013
Idade : 48
Localização : Lisboa - Alverca

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Personagens biblicos: quem seria desassociado?

Mensagem por hocosi em Qui Ago 03 2017, 15:15

A doutrina da ICAR inclui o pecado original. No entanto, como acontece com quase tudo é uma doutrina de Fé e não necessariamente factual. O catecismo diz:



P.29 PECADO ORIGINAL

Pecado original verdade de fé


P.29.4
§388 Com o progresso da Revelação, é esclarecida também a realidade do pecado. Embora o Povo de Deus do Antigo Testamento tenha conhecido a dor da condição humana à luz da história da queda narrada no Gênesis, não era capaz de entender o significa do último desta história, que só se manifesta plenamente à luz da Morte e Ressurreição de Jesus Cristo. É preciso conhecer a Cristo como fonte da graça para conhecer Adão como fonte do pecado. E ó Espírito-Paráclito, enviado por Cristo ressuscitado que veio estabelecer "a culpabilidade do mundo a respeito do pecado" (Jo 16:Cool, ao revelar Aquele que é o Redentor do mundo.

§389 A doutrina do pecado original é, por assim dizer, "o reverso" da Boa Notícia de que Jesus é o Salvador de todos os homens, de que todos têm necessidade da salvação e de que a salvação é oferecida a todos graças a Cristo. A Igreja, que tem o senso de Cristo, sabe perfeitamente que não se pode atentar contra a revelação do pecado original sem atentar contra o mistério de Cristo.

Quer dizer que a doutrina da queda da humanidade apenas foi entendida com a novidade de que Cristo veio salvar o Mundo. Antes ninguém sabia nada disso. Como acontece atualmente com as Testemunhas de Jeová, e as outras religiões também, constrói-se toda uma hermenêutica, fruto da interpretação pessoal de humanos que se consideram iluminados.

Vale a pena estudar um pouco também como se deu forma às doutrinas da ICAR.



"Podemos facilmente perdoar uma criança que tem medo do escuro. A real tragédia da vida são os adultos que têm medo da luz" . Platão
avatar
hocosi
Moderador
Moderador

Mensagens : 2699
Likes : 360
Data de inscrição : 28/12/2011
Idade : 61
Localização : Moçambique

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Personagens biblicos: quem seria desassociado?

Mensagem por Altar em Qui Ago 03 2017, 18:18

@hocosi escreveu:A doutrina da ICAR inclui o pecado original. No entanto, como acontece com quase tudo é uma doutrina de Fé e não necessariamente factual. O catecismo diz:

sim, claro

mas alguma coisa no Genesis é factual ? isso é mais para a doutrina TJ



avatar
Altar
Membros
Membros

Mensagens : 1824
Likes : 57
Data de inscrição : 06/05/2013
Idade : 48
Localização : Lisboa - Alverca

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Personagens biblicos: quem seria desassociado?

Mensagem por EdenOne em Qui Ago 03 2017, 19:43

Precisamente.
A WT encara o relato de Gênesis como factual e, logo, que os seres humanos estão condenados á nascença por causa de uma espécie de doença hereditária chamada pecado original.

A ICAR não encara Genesis como factual, antes, como uma alegoria - logo, cada humano é declarado culpado pelos seus próprios pecados, não pelo "pecado herdado". Para a ICAR, o pecado é uma espécie de "doença epidémica" que se tem propagado na terra desde o "Adão" figurativo - que, no entender da ICAR terá sido o primeiro Homo Sapiens a quem Deus terá atribuído uma alma.


"O homem que não pensa por si próprio é um escravo, um traidor de si mesmo e dos seus companheiros". - Robert G. Ingersoll
"A religião é encarada pelas pessoas comuns como 'a verdade'; pelos sábios como falsidade; e pelos governantes como útil". - Séneca
"Se fosse possível raciocinar com pessoas religiosas, não haveria pessoas religiosas." - Gregory House
avatar
EdenOne
Moderador
Moderador

Mensagens : 448
Likes : 114
Data de inscrição : 25/03/2016
Idade : 45
Localização : Portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Personagens biblicos: quem seria desassociado?

Mensagem por Altar em Qui Ago 03 2017, 20:20

@EdenOne escreveu:Precisamente.
A WT encara o relato de Gênesis como factual e, logo, que os seres humanos estão condenados á nascença por causa de uma espécie de doença hereditária chamada pecado original.

A ICAR não encara Genesis como factual, antes, como uma alegoria - logo, cada humano é declarado culpado pelos seus próprios pecados, não pelo "pecado herdado". Para a ICAR, o pecado é uma espécie de "doença epidémica" que se tem propagado na terra desde o "Adão" figurativo - que, no entender da ICAR terá sido o primeiro Homo Sapiens a quem Deus terá atribuído uma alma.

eu fui arcaico

mas ainda bem que vocês reconhecem que a icar é mais tecnológica, prá frentex, mais facebook era   Morrer a rir Morrer a rir Morrer a rir Morrer a rir Morrer a rir

basta ver aquela freira católica que coloquei no espaço humor Morrer a rir Morrer a rir Morrer a rir



avatar
Altar
Membros
Membros

Mensagens : 1824
Likes : 57
Data de inscrição : 06/05/2013
Idade : 48
Localização : Lisboa - Alverca

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Personagens biblicos: quem seria desassociado?

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum