EX-TESTEMUNHAS DE JEOVÁ
Seja muito Bem-vindo!

Regista-te aqui e descobre a verdade sobre a "verdade"

Lê as regras e respeita-as

Alguma duvida a Adm/Mod está pronta a ajudar.



"Quando aceitamos tudo o que a Organização diz sem verificar, mostramos confiança na Organização. Mas, se mantivermos um espírito atento e examinarmos 'quanto a se estas coisas são realmente assim' (Atos 17:11), então, mostramos zelo para com Jeová. Para quem você mostra zelo?"

Conversas banais, acontecimentos especiais

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Conversas banais, acontecimentos especiais

Mensagem por Vermute Rossi em Sex Ago 12 2016, 10:49

Bom dia, como está? Vocês é que são as testemunhas de Jeová certo?

Sim, bom dia, o meu nome é XXXXXXXX, e a minha colega é a XXXXXXXXX. Posso saber o nome do senhor?

Claro, chamo-me XXXXXXXXXXXX. E, por acaso tenho uma pergunta para vocês, que me tem feito confusão no últimos tempos. Sabe, vi a reportagem sobre as testemunhas de Jeová, passada há alguns meses, e realmente vocês têm uma opinião e uma forma de agir muito forte, certo?

Sim, a nossa opinião baseia-se inteiramente na Bíblia.

A minha pergunta era a seguinte: Se a vida do seu filho pequeno dependesse de lhe dar sangue, num caso de de uma decisão de poucos minutos em que dependeria a vida ou a morte do seu filho, o que decidiria? Deixaria morrer o seu filho se fosse caso disso?

Sabe, é muito interessante porque a Bíblia...

Não pegue na Bíblia agora, imagine que tem apenas dois ou três minutos para decidir se o seu filho leva sangue, ou não. O que decide? Não tem Bíblia à mão, apenas médicos ou enfermeiros à espera da sua decisão...

Sim, mas como lhe estava a dizer,a Bíblia....

Não quero saber da Bíblia neste momento! O seu filho morre, ou vive?

Nada implica que o sangue possa realmente salvar a vida do meu filho!

Sim, mas neste momento é aquilo que temos de disponível!

Deus tem regras claras e....

Você não é Deus! Você é uma mãe com uma decisão a tomar!

Nunca permitiria que o meu filho levasse sangue.

Assassina...Mas de toda a maneira, dois minutos já se passaram e o seu filho já morreu antes de você se decidir a tomar alguma decisão...

Vermute Rossi
Membros
Membros

Mensagens : 220
Likes : 50
Data de inscrição : 30/06/2016
Idade : 25
Localização : Centro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conversas banais, acontecimentos especiais

Mensagem por PenaBranca em Sex Ago 12 2016, 13:31

@Vermute Rossi escreveu: Bom dia, como está? Vocês é que são as testemunhas de Jeová certo?

Sim, bom dia, o meu nome é XXXXXXXX, e a minha colega é a XXXXXXXXX. Posso saber o nome do senhor?

Claro, chamo-me XXXXXXXXXXXX. E, por acaso tenho uma pergunta para vocês, que me tem feito confusão no últimos tempos. Sabe, vi a reportagem sobre as testemunhas de Jeová, passada há alguns meses, e realmente vocês têm uma opinião e uma forma de agir muito forte, certo?

Sim, a nossa opinião baseia-se inteiramente na Bíblia.

A minha pergunta era a seguinte: Se a vida do seu filho pequeno dependesse de lhe dar sangue, num caso de de uma decisão de poucos minutos em que dependeria a vida ou a morte do seu filho, o que decidiria? Deixaria morrer o seu filho se fosse caso disso?

Sabe, é muito interessante porque a Bíblia...

Não pegue na Bíblia agora, imagine que tem apenas dois ou três minutos para decidir se o seu filho leva sangue, ou não. O que decide? Não tem Bíblia à mão, apenas médicos ou enfermeiros à espera da sua decisão...

Sim, mas como lhe estava a dizer,a Bíblia....

Não quero saber da Bíblia neste momento! O seu filho morre, ou vive?

Nada implica que o sangue possa realmente salvar a vida do meu filho!

Sim, mas neste momento é aquilo que temos de disponível!

Deus tem regras claras e....

Você não é Deus! Você é uma mãe com uma decisão a tomar!

Nunca permitiria que o meu filho levasse sangue.

Assassina...Mas de toda a maneira, dois minutos já se passaram e o seu filho já morreu antes de você se decidir a tomar alguma decisão...


Vermute Rossi

Este tipo de conversa é bastante comum à porta de alguém, atrevo-me a dizer que todos os publicadores já tiveram uma abordagem assim por um morador e meteram a viola no saco e ''bazaram'' .

Não posso dar detalhes pois seria indentificado mas passei por esta situação com um filho nos braços. O certo é que foi feito o tratamento e ele hoje é um jovem saudavél. Mas quem sofre isto na pele, ai meu caro não há explicação... isto foi o que me acordou para a realidade.

PenaBranca
Membros
Membros

Mensagens : 169
Likes : 44
Data de inscrição : 22/05/2015
Idade : 56
Localização : Centro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conversas banais, acontecimentos especiais

Mensagem por Vermute Rossi em Sex Ago 12 2016, 15:08

@PenaBranca escreveu:
@Vermute Rossi escreveu: Bom dia, como está? Vocês é que são as testemunhas de Jeová certo?

Sim, bom dia, o meu nome é XXXXXXXX, e a minha colega é a XXXXXXXXX. Posso saber o nome do senhor?

Claro, chamo-me XXXXXXXXXXXX. E, por acaso tenho uma pergunta para vocês, que me tem feito confusão no últimos tempos. Sabe, vi a reportagem sobre as testemunhas de Jeová, passada há alguns meses, e realmente vocês têm uma opinião e uma forma de agir muito forte, certo?

Sim, a nossa opinião baseia-se inteiramente na Bíblia.

A minha pergunta era a seguinte: Se a vida do seu filho pequeno dependesse de lhe dar sangue, num caso de de uma decisão de poucos minutos em que dependeria a vida ou a morte do seu filho, o que decidiria? Deixaria morrer o seu filho se fosse caso disso?

Sabe, é muito interessante porque a Bíblia...

Não pegue na Bíblia agora, imagine que tem apenas dois ou três minutos para decidir se o seu filho leva sangue, ou não. O que decide? Não tem Bíblia à mão, apenas médicos ou enfermeiros à espera da sua decisão...

Sim, mas como lhe estava a dizer,a Bíblia....

Não quero saber da Bíblia neste momento! O seu filho morre, ou vive?

Nada implica que o sangue possa realmente salvar a vida do meu filho!

Sim, mas neste momento é aquilo que temos de disponível!

Deus tem regras claras e....

Você não é Deus! Você é uma mãe com uma decisão a tomar!

Nunca permitiria que o meu filho levasse sangue.

Assassina...Mas de toda a maneira, dois minutos já se passaram e o seu filho já morreu antes de você se decidir a tomar alguma decisão...


Vermute Rossi

Este tipo de conversa é bastante comum à porta de alguém, atrevo-me a dizer que todos os publicadores já tiveram uma abordagem assim por um morador e meteram a viola no saco e ''bazaram'' .

Não posso dar detalhes pois seria indentificado mas passei por esta situação com um filho nos braços. O certo é que foi feito o tratamento e ele hoje é um jovem saudavél. Mas quem sofre isto na pele, ai meu caro não há explicação... isto foi o que me acordou para a realidade.

Tive esta conversa com duas "irmãs" numa cidade do centro de Portugal... Estou contente pelo teu filho e pela decisão tomada tass bem

Vermute Rossi
Membros
Membros

Mensagens : 220
Likes : 50
Data de inscrição : 30/06/2016
Idade : 25
Localização : Centro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conversas banais, acontecimentos especiais

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 02:13


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum