EX-TESTEMUNHAS DE JEOVÁ
Seja muito Bem-vindo!

Regista-te aqui e descobre a verdade sobre a "verdade"

Lê as regras e respeita-as

Alguma duvida a Adm/Mod está pronta a ajudar.



"Quando aceitamos tudo o que a Organização diz sem verificar, mostramos confiança na Organização. Mas, se mantivermos um espírito atento e examinarmos 'quanto a se estas coisas são realmente assim' (Atos 17:11), então, mostramos zelo para com Jeová. Para quem você mostra zelo?"

educação sexual - Orientação a um homossexual

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

educação sexual - Orientação a um homossexual

Mensagem por Altar em Qua Jun 15 2016, 23:34

olá,

primeiramente não quero de modo algum dar alguma orientação a homossexuais, nada disso, só tem esse título por causa de uma reflexão teológica católica que eu em baixo transcrevo

vem em consequência daquele recente ataque nos EUA num PUB frequentado por homossexuais, morreram 50 pessoas....infelizmente

esta reflexão deve ser entendida para todos independentemente da sua orientação sexual

bom, vou então transcrever essa reflexão e depois falo no fim, e explico o porquê

----REFLEXÃO TEOLÓGICA ( CATÓLICA )

O drama que os homossexuais vivem é semelhante ao de todos os seres humanos marcados pelo pecado original. Todos possuem um “canto de sereia", uma tentação demoníaca que diz: seja feliz, procure a felicidade aqui nesta terra. É buscando essa felicidade que o alcoólatra se embriaga, que o drogado se entorpece, que a prostituta se destrói, que o adúltero acaba com sua família e que o homossexual mendiga afeto de relação em relação.

É buscando essa felicidade que o homem vive uma vida de desventura nesta terra. No entanto, Nosso Senhor não prometeu felicidade para ninguém aqui, mas sim no céu. Ele disse: “Na casa de meu Pai há muitas moradas. [...] Vou preparar um lugar para vós." (Jo, 14,2). Isso se dá porque diversas são as cruzes que devem ser carregadas.

No entanto, existe um lugar no céu para cada um dos filhos de Deus, cujos nomes foram escritos no Livro da Vida e o Senhor não deseja que esse lugar permaneça vazio. Cabe aos irmãos ajudarem-se mutuamente, rezando uns pelos outros. Quedas ocorrerão, mas é justamente no cair e no levantar-se que o caminho para o céu vai se delineando.

A diferença do bom católico para o pecador não é que o católico não comete pecado, mas sim, de que este odeia o seu pecado. É preciso odiar o pecado, a mentira que leva ao pecado, a ilusão. É preciso combater a palavra ilusória do demônio que promete uma felicidade com o realismo da Cruz. A Cruz crava os pés dos homens no chão.

Não se deve também adotar uma postura vitimista, como se todos fossem felizes neste mundo, menos você. Não. Esse paraíso não existe para ninguém, pois a verdadeira felicidade será somente no céu. O mundo é apenas um tira-gosto. Deus fez este mundo para que os homens nele vivam com alegria, mas é apenas biológica (bios), e o que Ele promete é a uma outra Vida (zoe), a vida verdadeira. Na terra é tira-gosto, no céu é o banquete.

Pretender substituir o segundo pelo primeiro é certeza de uma enorme frustração, pois o tira-gosto é gostoso na boca, mas pesado no estômago. Assim, é preciso entender que essa vida não irá preencher o seu “estômago" (coração); a vida é bela, bonita e vale a pena ser vivida, no entanto, ela é marcada pela Cruz. Jesus mesmo ensina: “Se alguém quiser vir após mim, renuncie a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me!" (Mc 8,34).

Trata-se de um claro vislumbre de que não haverá felicidade plena nessa vida. No entanto, isso não significa que não seja possível. O Catecismo da Igreja Católica enxerga que se trata de um grande drama:

Um número não negligenciável de homens e de mulheres apresenta tendências homossexuais profundamente enraizadas. Esta inclinação objetivamente desordenada constitui, para a maioria, uma provação. Devem ser acolhidos com respeito, compaixão e delicadeza. Evitar-se-á para com eles todo sinal de discriminação injusta. Estas pessoas são chamadas a realizar a vontade de Deus em sua vida e, se forem cristãs, a unir ao sacrifício da Cruz do Senhor as dificuldades que podem encontrar por causa de sua condição.(2358)

Contudo, a Igreja pede a todos os fiéis que vivam a castidade. Tanto dos casados quanto dos solteiros, não somente de vive tal situação. Todos devem lutar pela castidade, não sem quedas, é evidente, mas levantando-se após cada uma delas. Para tanto, podemos contar com a graça de Deus que ajuda ter a força moral para suportar a cruz e combater o mal inicialmente dentro de si e depois no mundo.

Perseverar, ter paciência e praticar a ascese. Unir-se à cruz de Cristo, morrendo com Ele para com Ele também ressuscitar. Isso é o que a Igreja pede a todos os seus filhos.

https://padrepauloricardo.org/episodios/orientacao-a-um-homossexual?utm_content=buffer7a208&utm_medium=social&utm_source=facebook.com&utm_campaign=buffer


-------( FIM DA REFLEXÃO TEOLÓGICA )


antes de falar, leiam também isto relacionado com a tragédia nos EUA :


https://www.noticiasaominuto.com/mundo/605632/tragedia-e-nao-terem-morrido-mais-deles-diz-pastor-sobre-orlando?&utm_medium=social&utm_source=facebook.com&utm_campaign=buffer&utm_content=geral


a seguir, dado que o tema é demasiado delicado, dou a minha interpretação católica por FASES


---- ( FASE 1 )

Na minha opinião esse pastor deve ser também homossexual, não são os heterossexuais que são os mais terríveis homofóbicos, que fazem dessa batalha um ponto de honra

é antes aquele que reprime as suas tendências, por motivo religioso ou social, e depois explode todo o seu ódio....por palavras ou actos...vem tudo do seu íntimo ser....

não acho também por exemplo que sejam os brancos mais racistas que os pretos, muitas vezes é o contrário, muitas vezes os pretos expressam um ódio irracional pelos brancos por qualquer complexo de inferioridade.....

para mim é a mesma coisa, existe ódio entre os homossexuais reprimidos e os assumidos, estes entre eles são os maiores inimigos

basta pesquisar no google e verificar que o assassino frequentava esse pub e a sua ex-mulher até dizia que ele tinha tendências homossexuais, e o próprio pai o acusou de gay

http://www.pragmatismopolitico.com.br/2016/06/atirador-de-boate-gay-tinha-tendencias-homossexuais-diz-ex-esposa.html

---- ( FASE 2 )

mas então Deus não condena isso, não acha isso abominável ?!

bom, vou responder apenas sob o ponto de vista católico, FIXEM ISTO !

olhando para a reflexão que copiei, ele até fala da castidade entre casais heterossexuais, faço cópia desse parágrafo :

"Contudo, a Igreja pede a todos os fiéis que vivam a castidade. Tanto dos casados quanto dos solteiros, não somente de vive tal situação."

ou seja, A MINHA IGREJA PEDE CASTIDADE A HOMOSSEXUAIS E A HETEROSSEXUAIS

e depois também diz isto :

"Quedas ocorrerão, mas é justamente no cair e no levantar-se que o caminho para o céu vai se delineando."

ou seja, são tão abomináveis os homossexuais como os heterossexuais ou whatever, ninguém precisa de sentir-se diminuído

volto a repetir que falo estritamente no sentido da DOUTRINA CATÓLICA

---- ( FASE 3 )

vocês dizem :

porra, então para Deus, ou pelo menos para a interpretação católica da coisa, todo o prazer do sexo é proibido a não ser o orientado para a procriação

eu respondo que sim e não

lembro em primeiro lugar que para um católico Deus é a Santíssima Trindade : Pai, Filho e Espírito Santo

Pai e Filho unidos num amor profundo geram o Espírito Santo, é um amor fecundo...que se espalha por todas as criaturas

um amor homossexual fica restringido a apenas duas criaturas, não se espalha, não é fecundo, não é partilhado...é puramente carnal e material

um amor heterossexual, tal como a Santíssima Trindade, é fecundo, gera amor nos filhos dessa união, e depois espalha-se pelos netos, bisnetos....

aí reside, sob o ponto de vista católico, a condenação da homossexualidade

a condenação da heterossexualidade tem a ver com os actos sexuais

- a opção por não quererem ter filhos, não gerarem vida no amor a 2
- um querer forçar o outro a uma prática sexual dolorosa e penosa ao outro só para sua satisfação

então portanto, um casal já tem filhos, vive em família, mas um dos conjugues quer ter mais sexo que o outro, quer anal, quer oral, quer não sei o quê, mas o outro não está nem para aí inclinado

as mulheres sabem bem o que é o forçar a ter sexo anal quando para elas é extremamente incomodo e doloroso, para outras é o oral que é nojento e até para os homens que nem chegam o nariz à vagina....

enfim...percebem não ?! esses são os dilemas heterossexuais com que todos os casais heterossexuais devem lidar, ou seja sexo fora da vagina-pénis

fazer o quê então ?! vão divorciar-se ?! vão desfazer o amor gerado nos filhos dissolvendo a família num divórcio ?!

há quem o faça, mas é extremamente mau

qualquer que seja a orientação sexual, a satisfação dos desejos carnais dura minutos, vai-se perder a alma em minutos ?!

mais vale a masturbação que é um mal menor, é uma queda, mas não é destruidora

não sei se fui claro

para um católico um homossexual deve ser casto como é um heterossexual casado e com filhos que não satisfaz os seus apetites orais e anais e seja o que for com a sua mulher

casto não quer dizer que não tenha quedas masturbando-se

mas deve evitar a todo o custo, e isto é mesmo muito, muito mau, a pornografia que alimente as fantasias

fiquem bem

estou aberto a críticas, do hocosi principalmente Morrer a rir Morrer a rir Morrer a rir Morrer a rir























Altar
Membros
Membros

Mensagens : 1715
Likes : 57
Data de inscrição : 06/05/2013
Idade : 47
Localização : Lisboa - Alverca

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: educação sexual - Orientação a um homossexual

Mensagem por HALDYS em Sab Jun 25 2016, 13:06

É buscando essa felicidade que o homem vive uma vida de desventura nesta terra. No entanto, Nosso Senhor não prometeu felicidade para ninguém aqui, mas sim no céu. Ele disse: “Na casa de meu Pai há muitas moradas. [...] Vou preparar um lugar para vós." (Jo, 14,2). Isso se dá porque diversas são as cruzes que devem ser carregadas.

No entanto, existe um lugar no céu para cada um dos filhos de Deus, cujos nomes foram escritos no Livro da Vida e o Senhor não deseja que esse lugar permaneça vazT
Afinal se a vida é uma Graça como dizem os catolicos, e se cada vez que um crente escapa à morte tem logo o reflexo de dizer "obrigada meu Deus", porque que o cristao só se sente bem ou só pensa viver uma vida piedosa quando carrega a "cruz"?Quem nao tiver o "espinho na carne" até parece que não tem a aprovação divina.
Parece me que os cristaos em geral só se sentem bem quando vivem de privações.Para as TJs a vida neste sistema é uma vida cheia de privaçoes, já todos sabemos que a verdaeira TJ tem uma vida de sacrificio e para os demais cristaos muitos enclausuram-se, renunciaram a muita coisa como ter familias (padres, freiras) só assim terao a aprovaçao. Nao estamos a favor da libertinagem mas esse conceito de levar uma cruz a vida toda é que me irrita no cristianismo. Afinal quem tem a certeza absoluta que terá outra vida além desta? só mesmo com os olhos da fé.
A homossexualidade é condenada pela Biblia sim, mas la esta a Biblia condena muita coisa com o objectivo de o crsitao levar uma vida toda restricta para uma verdadeira felicidade no depois, depois esse que ninguem pode garantir existir.

HALDYS
Membros
Membros

Mensagens : 355
Likes : 47
Data de inscrição : 04/09/2014
Idade : 37
Localização : porto

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: educação sexual - Orientação a um homossexual

Mensagem por EdenOne em Sab Jun 25 2016, 17:41

A condenação da homosexualidade radica numa concepção de sociedade em que a finalidade última do sexo é a procriação. Além de que a "efeminização" de alguns homosexuais os tornava perceptivelmente menos aptos para a guerra e trabalhos pesados, o que os convertia automaticamente em membros menos úteis nas sociedades arcaicas e menos sofisticadas, como as sociedades patriarcais do médio oriente, no contexto das quais surgiram as grandes religiões monoteístas.


"O homem que não pensa por si próprio é um escravo, um traidor de si mesmo e dos seus companheiros". - Robert G. Ingersoll
"A religião é encarada pelas pessoas comuns como 'a verdade'; pelos sábios como falsidade; e pelos governantes como útil". - Séneca
"Se fosse possível raciocinar com pessoas religiosas, não haveria pessoas religiosas." - Gregory House

EdenOne
Membros
Membros

Mensagens : 271
Likes : 87
Data de inscrição : 25/03/2016
Idade : 45
Localização : Portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: educação sexual - Orientação a um homossexual

Mensagem por hocosi em Sab Jun 25 2016, 20:01

@Altar escreveu:olá,

primeiramente não quero de modo algum dar alguma orientação a homossexuais, nada disso, só tem esse título por causa de uma reflexão teológica católica que eu em baixo transcrevo(...)

estou aberto a críticas, do hocosi principalmente

Olá Altar meu amigo. Desculpa mas apenas agora vi que de alguma maneira queres trocar impressões comigo sobre o assunto em pauta. Prometo que te darei uma resposta esta semana. Tenho-te em elevada estima, apesar de estar em campo oposto.
Por hoje desejo-te um bom fim de semana.

Hocosi

















[/quote]



"Podemos facilmente perdoar uma criança que tem medo do escuro. A real tragédia da vida são os adultos que têm medo da luz" . Platão

hocosi
Membros
Membros

Mensagens : 2577
Likes : 346
Data de inscrição : 28/12/2011
Idade : 61
Localização : Braga (Distrito)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: educação sexual - Orientação a um homossexual

Mensagem por SenorRodriguezG em Dom Jun 26 2016, 01:50

a condenação da heterossexualidade tem a ver com os actos sexuais

- a opção por não quererem ter filhos, não gerarem vida no amor a 2
- um querer forçar o outro a uma prática sexual dolorosa e penosa ao outro só para sua satisfação
Presumo que quisesses dizer homosexualidade, se sim é importante referir que o segundo ponto não faz sentido. Exceptuando em alguns casos particulares como por exemplo uma violação, a relação homosexual é consentida entre dois adultos e mesmo que seja dolorosa existem pessoas que conseguem tirar prazer dessa dor. Além disso, esse teu ponto não engloba outros pormenores como o caso de uma relação homosexual nao envolver apenas sexo anal (ha vários exemplos, mas basta falar nas lésbicas) e mesmo em algumas relações heterossexuais pode existir dor envolvida (exemplo: primeira relação sexual) e mesmo assim os dois adultos consentem nessa relação sem existir o estigma de que trata-se simplesmente de um acto egoista onde um dos parceiros está apenas a procurar a sua satisfação pessoal.

Outro pormenor com respeito à homosexualidade e ao conceito da sexualidade: é verdade que a nossa sociedade fortemente influenciada pelo definição de uma moral religiosa associou o sexo a um acto de procriação e devido a essa associação existe todo o estigma que conhecemos. No entanto, não podemos "condenar" bastante essa associação porque de certa forma o sexo heterosexual está indissociavelmente e biologicamente ligado à reprodução da nossa espécie.
A tão famosa "revolução sexual" apenas se deu porque foi desenvolvida tecnologia que nos permitiu mudar comportamentos sociais e isso causou uma enorme mudança na sociedade. Um exemplo de como a sociedade se adaptou são as estruturas sociais que existiam no passado, como por exemplo os mosteiros, que serviam para a sociedade "lidar" com o facto de existirem filhos ilegítimos de adolescentes ou de prostitutas.
Quem discordar muito deste pormenor de que foi a tecnologia que alterou a nossa relação com o sexo e não foi uma maior elevação no nosso pensamento social ou uma maior laicidade da sociedade, imagine o cenário que tem uma filha adolescente e não existe nenhuma espécie de contraceptivo no mercado. Será que teria uma postura mais liberal com respeito ao sexo pré marital como é comum hoje em dia?



SenorRodriguezG
Membros
Membros

Mensagens : 439
Likes : 84
Data de inscrição : 16/04/2015
Idade : 26
Localização : Norte

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: educação sexual - Orientação a um homossexual

Mensagem por hocosi em Seg Jun 27 2016, 12:48

Olá Altar. como prometido aqui estou para te da na cabeça. Já estavas à espera não é verdade?

A reflexão teológica que apresentas-te não reflete o comportamento nem a forma de estar da Igreja católica, nem antes nem agora. Quando muito é uma reflexão de um padre católico. Basta analisar um pouco a figura do padre Paulo Ricardo, brasileiro e pertencente à canção nova. Apesar de ser muito popular acarreta atrás de si o ódio e preconceito dos mais conservadores da Igreja.

Senão vejamos:
Numa palestra sobre o tema “O verdadeiro amor promete o infinito”, o padre disse que homossexuais são pessoas anormais, comparando as relações dos gays com pedofilia. E recentemente este padre foi alvo de um pedido em carta aberta de 27 padres e protocolada junto à Mitra Arquidiocesana e à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).
Os colegas alegam que o padre Paulo Ricardo vem ofendendo e denegrindo a imagem dos párocos locais, com sermões austeros e ofensivos contra os sacerdotes.

Entre outras coisas acusam de:
- Envolvimento do colega em campanhas políticas-eleitorais
- Não ter saúde mental para ser formador de futuros presbíteros”.
- Os padres também pedem que ele seja afastado de todos os meios de comunicação social. Atualmente, o padre mantém programas de TV pela internet e pela TV Canção Nova, além de um blog na internet.

.........................................................................................................................

De modo geral concordo que os mais homofóbicos são os próprios homossexuais e isto é corroborado pela explicação do padre polonês, Krysztof Olaf Charamsavrecentemente alvo de notícias sobre a sua afirmação pública da sua homossexualidade e envolvimento com um companheiro.
Diz ele:
(...)que sobre a questão da homossexualidade, "a Igreja está muito atrasada em relação aos conhecimentos que a humanidade alcançou", afirmou, assegurando que "não se pode esperar outros 50 anos".

— É hora da Igreja abrir os olhos ante os homossexuais crentes e entender que a solução que propõe, isto é, a abstinência total e uma vida sem amor, não é humana — enfatizou.

— O clero é amplamente homossexual e também, infelizmente, homofóbico até a paranoia, porque está paralisado pela falta de aceitação de sua própria orientação sexual — acrescentou, desta vez falando à revista Newsweek.

Também o teólogo David Berger que foi professor da Academia Pontíficia São Tomás Aquinas, no Vaticano, mas teve que deixar o cargo quando declarou-se homossexual.

Diz ele numa entrevista:

Charamsa está longe de ser o único homossexual no alto da hierarquia sacerdotal. “O percentual de homossexuais entre os sacerdotes católicos costuma ser bem alta. No Vaticano, a proporção é ainda maior. Eu estimaria que por volta de metade.”
Ele explicou como esse fenômeno acontece: “a razão disso é que a homossexualidade é demonizada na Igreja, é um pecado muito grave. Por outro lado, a imagem do sacerdote é muito atraente para os homens gays. Quando se é padre, devido à imagem celibatária do ofício, ninguém questiona por que você não é casado com uma mulher. O celibato permite ao padre entrar num mundo livre de mulheres.”

Isso acaba gerando consequências na própria hierarquia da igreja, continua: “forma-se um grande grupo de homens com consciência pesada, que fazem tudo que podem para mostrarem-se inteligentes, leais ao papa e muito dedicados. Esses padres conseguem aproveitar as melhores oportunidades de carreira e, consequentemente, chegar ao Vaticano”.


Portanto não há como esconder.

Como ajudar?
Sinceramente é para mim difícil de dizer a não ser que devemos respeitar as preferências sexuais, livres e responsáveis de cada um.
Se falamos na Bíblia estamos conversados. Os homossexuais praticantes estão condenados sem apelo nem agravo. A Igreja, como disseste apela à castidade quer dos heterossexuais casados quer dos que sentem que a sua sexualidade tem que ver com pessoas do mesmo sexo.

Mas,

É justo por exemplo que um homem casado, novo, mas cuja esposa ficou impossibilitada de ter relações sexuais, exigir-lhe castidade o resto da vida? Ou então que esgalhe o pessegueiro para o resto dos seus dias?

É justo que um homem ou uma mulher que apenas se sente atraído por pessoas do mesmo sexo, exigir-lhe que se se quiser casar, apenas com alguém do sexo oposto, ou então que viva só com castidade o resto da vida?

É justo que estas pessoas sejam marginalizadas e segregadas como se fossem monstros a abater?

Sabias que a seguir aos “hereges”, os homossexuais foram as maiores vítimas da Inquisição e que o antissemitismo e a homofobia sempre estiveram juntos na história europeia? Porquê? Tem muito que ver com a Bíblia.

Cada vez mais os cientistas e a humanidade de modo geral chega à conclusão de que a homossexualidade não é nem uma doença nem um pecado. Existe uma predominância de homens que são homens assim como há uma predominância de mulheres que são mulheres, considerando tanto os aspetos físicos como psicológicos. Mas há uma larga e variável gama de indivíduos que não se enquadram nestas duas categorias. Simplesmente porque este enquadramento não é um pré-requisito obrigatório para que o indivíduo seja considerado um ser humano.

É assim na natureza! Em todas as espécies animais. E tanto quanto se saiba ainda somos uma espécie animal. Talvez m pouco mais evoluídos e cultos, mas animais. Esqueçamos o determinismo genético para explicar a opção sexual de um indivíduo! Não há desvios de comportamento, distúrbios mentais, doença endócrinas, crimes sociais ou pecados contra uma determinada religião.
A homofobia, esta sim, é um crime contra os direitos humanos, um pecado contra um irmão, e potencialmente uma doença mental que necessita ser tratada.

Fontes:
http://vejatimon.com/padre-paulo-ricardo-gays-anormais/
http://holofote.net/padres-de-cuiaba-pedem-afastamento-do-padre-paulo-ricardo-por-ter-dito-que-eles-cairam-no-mundao/
http://zh.clicrbs.com.br/rs/noticias/noticia/2015/10/o-clero-e-amplamente-homossexual-e-homofobico-declara-padre-polones-4862235.html#
http://ladobi.uol.com.br/2015/10/david-berger/

Ainda:
https://www.publico.pt/sociedade/noticia/eles-sao-catolicos-homossexuais-e-praticam-1431894



"Podemos facilmente perdoar uma criança que tem medo do escuro. A real tragédia da vida são os adultos que têm medo da luz" . Platão

hocosi
Membros
Membros

Mensagens : 2577
Likes : 346
Data de inscrição : 28/12/2011
Idade : 61
Localização : Braga (Distrito)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: educação sexual - Orientação a um homossexual

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 19:23


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum