EX-TESTEMUNHAS DE JEOVÁ
Seja muito Bem-vindo!

Regista-te aqui e descobre a verdade sobre a "verdade"

Lê as regras e respeita-as

Alguma duvida a Adm/Mod está pronta a ajudar.



"Quando aceitamos tudo o que a Organização diz sem verificar, mostramos confiança na Organização. Mas, se mantivermos um espírito atento e examinarmos 'quanto a se estas coisas são realmente assim' (Atos 17:11), então, mostramos zelo para com Jeová. Para quem você mostra zelo?"

Para onde foi a alma imortal?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Para onde foi a alma imortal?

Mensagem por Somar em Dom Mar 25 2012, 12:18

Recentemente, terminei a leitura da biblioteca de Nag Hammadi (editada em Portugal pela Ésquilo), que engloba textos como o Evangelho de Tomé, o Evangelho de Miriam de Magdala (Maria Madalena), o Evangelho de Filipe, o Evangelho da Verdade, o Apocalipse de Pedro, etc. Para além disso, já tinha lido o Evangelho dos Ebionitas, o Evangelho de Judas, o Evangelho de Nicodemos (Atos de Pilatos), a História de José o Carpinteiro, etc. Praticamente todos eles mencionam a imortalidade da alma. Então, porque iria a Igreja Católica adotar conceitos e ensinamentos dos "hereges"?

Perante isto, voltei a fazer uma nova pesquisa na Bíblia (tradução dos textos originais em grego, realizada pelos Missionários Capuchinhos), tendo o cuidado de deixar de fora os livros que foram considerados apócrifos pelos judeus (já depois do aparecimento da Bíblia cristã). As passagens que mencionam a imortalidade da alma são irrefutáveis. Eis algumas delas:


“Não tenhais medo daqueles que matam o corpo mas não podem matar a alma. Pelo contrário, tende medo d’ Aquele que pode arruinar a alma e o corpo no inferno!” (Mt 10, 28; ver Lc 12, 4-5).

“Ele respondeu-lhe: «Em verdade te digo: Hoje estarás comigo no Paraíso»” (Lc 23, 43).

“Também Cristo morreu uma vez pelos nossos pecados – o Justo pelos injustos para nos conduzir a Deus. Morreu segundo a carne, mas foi vivificado segundo o espírito. Foi com este espírito que Ele foi pregar aos espíritos que estavam no cárcere, àqueles que outrora, nos dias de Noé, tinham sido rebeldes, quando Deus aguardava com paciência, enquanto se construía a arca, na qual poucas pessoas, oito apenas, se salvaram sobre a água” (1 Ped 3, 18-20).

“Mas prestarão contas Aquele que está pronto para julgar os vivos e os mortos. Porque, por isto foi o Evangelho também pregado aos mortos; a fim de que, julgados diante dos homens segundo a carne, vivam segundo Deus no espírito” (1 Ped 4, 5-6).

“Por isso é que o meu coração se alegra e a minha língua exulta, e até a minha carne repousará na esperança; porque não abandonarás a minha alma na habitação dos mortos, nem permitirás que o Teu Santo conheça a decomposição” (Act 2, 26-27).

“Mas a justiça que vem da fé diz assim: «Quem subirá ao Céu»? isto é, para fazer descer Cristo; ou então: «Quem descerá ao abismo»? isto é, para fazer Cristo subir dentre os mortos” (Rom, 10, 6-7).

“A seguir, estendeu-se sobre o menino por três vezes, e clamou de novo ao Senhor: «Senhor, meus Deus, fazei que a alma deste menino volte a entrar nele». O Senhor ouviu a oração de Elias. A alma do menino voltou a entrar nele e o menino recuperou a vida” (1 Rs, 17, 21-22).

Somar

Mensagens : 84
Likes : 8
Data de inscrição : 06/03/2012
Idade : 51
Localização : Carcavelos

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Para onde foi a alma imortal?

Mensagem por John_Mann em Dom Mar 25 2012, 12:52

A alma que pecar está morrerá (Ez 18.20).

Os mortos não estão cônscios de absolutamente nada. (Ecl alguma coisa...)

A bíblia é um livro que pode ser usado para qualquer interpretação porque não possui consistência e é repleta de contradições.




John_Mann

Mensagens : 41
Likes : 0
Data de inscrição : 02/03/2012
Idade : 34
Localização : Rio Grande do Sul

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Para onde foi a alma imortal?

Mensagem por pascoalnaib em Sex Mar 30 2012, 12:35

Aquela parte em que Jesus está no monte orando antes de sua morte e que aparecem dois profetas é bem suspeita também!

pascoalnaib

Mensagens : 1061
Likes : 38
Data de inscrição : 23/10/2011
Idade : 42
Localização : Fortaleza-CE

Ver perfil do usuário http://extestemunhasdejeova.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Para onde foi a alma imortal?

Mensagem por Maer em Sex Mar 30 2012, 20:18

O grande problema é que as palavras assumem significados diferentes.
Isto acontece não só com a Bíblia mas com muitas obras literárias. É difícil querer
fazer uma interpretação com base em um único significado. Por exemplo o termo alma ,
Psiqué , pode significar vida , mas de acordo com as TJ pode também significar a própria pessoa. Então Gênesis 2:7 diz ; E formou o SENHOR Deus o homem do pó da terra, e soprou em suas narinas o fôlego da vida; e o homem foi feito alma vivente. " parece que neste momento o homem já era uma alma , mesmo sem vida pois já era um corpo , uma pessoa , daí passou a ser uma alma vivente. , uma pessoa viva .Então Ez 18:20 diz que a alma que peca morre , pois a pessoa-o corpo morre , mas o que a mantém, viva já existia antes e continua a existir e sempre existirá , a força de Deus que mantém a pessoa viva , só que agora a pessoa construiu uma história e Deus registrou tudo e vai colocar num corpo novo na ressurreição . É como se inesperadamente faltasse energia elétrica e perdêssemos o doc não salvo no pc , mas como temos guardado na mente podemos refazer o doc perdido com as mesmas propriedades , não é exatamente o mesmo corpo , pois fora perdido. Assim na ressurreição o corpo não será o mesmo , mas as informações de cada um serão editadas na mente de cada um. Quanto à individualidade , Deus sabe todas as coisas , mas isto não significa que interfere em todas as coisas , pois foi ele quem nos criou com esta liberdade de decisão ,se hoje pensamos questionamos é porque assim fomos criados . a idéia Dele era nos orientar para o bem . Neste caso a alma ou o corpo , não é imortal . como diz o Salmos 146:4 "Os pensamentos perecem " mas as informações importantes ou seja a história de cada um , que podem acabar também se for da vontade vontade divina , esta sim permanece não porque seja imortal mas porque Deus quer que permaneçam pelo menos até um período específico determinado por Deus. Outros textos talvez deem um sentido diferente em função do significado assumido num contexto específico , poe exemplo ;"E não temais os que matam o corpo e não podem matar a alma; temei antes aquele que pode fazer perecer no inferno a alma e o corpo. "
Mateus 10:28 , Não é uma contradição é que neste contexto a alma significa a possibilidade de vida. perecer no inferno a alma e o co[/i]rpo. Significa destruição uma vez que corpo físico é incinerado ao entrar em contato com o fogo ( Fogo é outro tema ).Se a alma aqui fosse corpo espiritual não faria sentido ser exposto ao fogo. Então as palavras tem de ser analisadas de acordo com o conhecimento de mundo da época em que foram escritas , não dá para simplesmente pegar o texto e interpretar.

Maer
Membros
Membros

Mensagens : 244
Likes : 8
Data de inscrição : 30/03/2012
Idade : 46
Localização : rio de janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Para onde foi a alma imortal?

Mensagem por Maer em Sex Mar 30 2012, 20:22

Não é que a Bíblia seja inconsistente e contraditório , é que nos falta conhecer mais sobre o passado. Sem um conhecimento contextual fica muito difícil entender um texto.




Maer
Membros
Membros

Mensagens : 244
Likes : 8
Data de inscrição : 30/03/2012
Idade : 46
Localização : rio de janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Para onde foi a alma imortal?

Mensagem por TJ Curioso em Sab Mar 31 2012, 00:14

Maer, o uso das palavras no hebraico e no grego podem assumir vários significados, dependendo do contexto, mas giram sempre em torno de uma idéia principal.

Por exemplo, a palavra hebraica néfesh tem o sentido básico de vida, sendo a sua tradução literal algo como "aquilo que respira."

O homem ao ser formado do pó do solo e antes de Deus "soprar nas suas narinas o fôlego de vida" ele não era uma alma (néfesh) ou seja, não tinha vida não era por isso ainda uma criatura viva.

Por isso, Gênesis descreve o ato de Deus de animação de um corpo sem vida, como tornando aquele corpo "uma alma vivente", uma criatura que respira, que está por isso viva.

Nesse aspeto a Bíblia é muito consistente ao abordar o momento da morte como "sai-lhe o espírito." Esta palavra no hebraico, ruah, pode ter vários significados também. Pode significar a respiração. E na altura da morte a pessoa como que dá o último suspiro ou sopro de vida. Pode significar por isso a força de vida mantida através da respiração que no momento da morte cessa.

TJ Curioso
Forista desativado

Mensagens : 9048
Likes : 416
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 43

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Para onde foi a alma imortal?

Mensagem por Maer em Sab Mar 31 2012, 01:26

Segue algumas definições para o termo traduzido como alma ;

DICIONÁRIO STRONG
H05315 נפש nephesh
procedente de 5314; DITAT - 1395a; n f
1) alma, ser, vida, criatura, pessoa, apetite, mente, ser vivo, desejo, emoção, paixão
1a) aquele que respira, a substância ou ser que respira, alma, o ser interior do homem
1b) ser vivo
1c) ser vivo (com vida no sangue)
1d) o próprio homem, ser, pessoa ou indivíduo
1e) lugar dos apetites
1f) lugar das emoções e paixões
1g) atividade da mente
1g1) duvidoso
1h) atividade da vontade
1h1) ambíguo
1i) atividade do caráter
1i1) duvidoso


נֶפֶשׁ
1) Garganta (Isa 5:14).
2) Cuello (Sal 105:18).
3) Aliento (Job 41:13/21).
4) Ser, alma, en el sentido de tener sangre y aligento:
néfesh jayáh = ser viviente (Gén 1:20; Gén 9:4).
5) Individuo:
a) Hombre, persona:
néfesh adám = persona humana o vida humana (Lev 24:17; Eze 27:13). b) néfesh behenáh = animal (Lev 24:18).
6) Vida (Gén 9:5; Gén 19:17).
7) Expresión de individualidad:
tevarejejáh nafshí = te bendiga mi alma = yo te bendiga (Gén 27:4; Ver nota RVA).
Cool Expresión de reflexivo:
a) ke-nafshó = como a sí mismo (1Sa 18:3). b) la-anót néfesh = para humillarse (Núm 30:14/13).
9) El alma, como centro de los sentimientos, los deseos y la voluntad:
a) el avonám is’ú nafshám = a su iniquidad levantan su alma, es decir, apetecen la iniquidad (Ose 4:8; el TM tiene nafshó en lugar de nafshám). b) masá nafshám = el anhelo de sus almas, es decir, su vivo anhelo (Eze 24:25). c) she-ahaváh nafshí = el que ama mi alma (Cant. 1:7). c) baal néfesh (Ver bajo בַּעַל). d) rejáv néfesh = de gran apetito, es decir, codicioso (Pro 28:25; Comp. Ecl 6:3). d) heaj nafshénu = ¡Ajá, esto es lo que queríamos! (Sal 35:25). e) atém yedatém et néfesh ha-guér = vosotros conocéis el ánimo del extranjero (Éxo 23:9). f) im yesh et nafshejém = si hay para con vuestra alma, es decir, si tenéis a bien (Gén 23:Cool.
10) Muerto, persona muerta:
me-ashér jatá al ha-néfesh = por cuanto pecó con respecto al muerto (Núm 6:11).
11) Perfume, en el sentido de que su olor se levanta como un alma:
batéi ha-néfesh = frascos de perfume (Isa 3:20). — Paus. נָֽפֶשׁ; Suf. נַפְשִׁי Pl. נְפָשׁוֹת; Suf. נַפְשֹׁתָם.
— נָֽפֶת Ver bajo נָפוֹת.


Diccionario Strong
נֶפֶשÑ
néfesh
de H5314; propiamente criatura que respira, i.e. animal de (abst.) vitalidad; usado muy ampliamente en sentido lit., acomodado o figurativamente (corporal o ment.):- aliento, alma, anhelar, animal, ánimo, antojo, apetito, cadáver, contentamiento, corazón, cordial, cuerpo, dejar, deseo, esclavo, estómago, gusto, hombre, interior, íntimo, lujuria, matar, mente, muerte, muerto, persona, querer, ser, vida, voluntad.

----
Diccionario Chávez
נֶפֶשׁ
1) Garganta (Isa 5:14).
2) Cuello (Sal 105:18).
3) Aliento (Job 41:13/21).
4) Ser, alma, en el sentido de tener sangre y aligento:
néfesh jayáh = ser viviente (Gén 1:20; Gén 9:4).
5) Individuo:
a) Hombre, persona:
néfesh adám = persona humana o vida humana (Lev 24:17; Eze 27:13). b) néfesh behenáh = animal (Lev 24:18).
6) Vida (Gén 9:5; Gén 19:17).
7) Expresión de individualidad:
tevarejejáh nafshí = te bendiga mi alma = yo te bendiga (Gén 27:4; Ver nota RVA).
Cool Expresión de reflexivo:
a) ke-nafshó = como a sí mismo (1Sa 18:3). b) la-anót néfesh = para humillarse (Núm 30:14/13).
9) El alma, como centro de los sentimientos, los deseos y la voluntad:
a) el avonám is’ú nafshám = a su iniquidad levantan su alma, es decir, apetecen la iniquidad (Ose 4:8; el TM tiene nafshó en lugar de nafshám). b) masá nafshám = el anhelo de sus almas, es decir, su vivo anhelo (Eze 24:25). c) she-ahaváh nafshí = el que ama mi alma (Cant. 1:7). c) baal néfesh (Ver bajo בַּעַל). d) rejáv néfesh = de gran apetito, es decir, codicioso (Pro 28:25; Comp. Ecl 6:3). d) heaj nafshénu = ¡Ajá, esto es lo que queríamos! (Sal 35:25). e) atém yedatém et néfesh ha-guér = vosotros conocéis el ánimo del extranjero (Éxo 23:9). f) im yesh et nafshejém = si hay para con vuestra alma, es decir, si tenéis a bien (Gén 23:Cool.
10) Muerto, persona muerta:
me-ashér jatá al ha-néfesh = por cuanto pecó con respecto al muerto (Núm 6:11).
11) Perfume, en el sentido de que su olor se levanta como un alma:
batéi ha-néfesh = frascos de perfume (Isa 3:20). — Paus. נָֽפֶשׁ; Suf. נַפְשִׁי Pl. נְפָשׁוֹת; Suf. נַפְשֹׁתָם.
— נָֽפֶת Ver bajo נָפוֹת.

----
Diccionario Vine AT
nepesh (נֶֶפֶשׁ, H5315), «alma; ser; vida; persona; corazón». Este es un término muy corriente tanto en las lenguas semíticas antiguas como en las de hoy. Aparece más de 780 veces en el Antiguo Testamento, distribuido equitativamente entre todos los períodos del texto, aunque con mayor frecuencia en los pasajes poéticos.

El significado fundamental parece tener relación con la forma verbal poco frecuente: napash . El nombre se refiere a la esencia de la vida, la respiración, tomar aliento. Sin embargo, de este concepto concreto se fueron desarrollando una cantidad de significados más abstractos. El nombre aparece por primera vez, en su acepción primaria, en Gén 1:20 : «seres vivientes» rv («un bullir de vivientes» nbe ). Aparece por segunda vez en Gén 2:7 : «ser viviente».

Sin embargo, en más de 400 casos subsiguientes, el término se ha traducido como «alma». Aunque ayuda a entender la mayoría de los pasajes, es en realidad una traducción pobre. Desafortunadamente, las numerosas traducciones no han logrado encontrar un equivalente que les sirva en todos los casos; ni siquiera existe un pequeño grupo de palabras de uso frecuente. Por ejemplo, la rv hace uso de varios términos diferentes para traducir este vocablo hebreo. El problema fundamental es que no existe en castellano un equivalente exacto en hebreo ni del vocablo ni de la idea de «alma». El sistema de pensamiento hebreo no conoce la combinación u oposición de los términos «cuerpo» y «alma» que son de origen griego y latino. Más bien en el hebreo se contraponen dos conceptos que no se encuentran en la tradición grecolatina: «el ser interior» y «la apariencia externa», o puesto de otra manera: «lo que somos para nosotros mismos», en contraposición a «lo que otros creen ver en nosotros». El ser interior es nepesh , mientras que el ser externo, la reputación, es sem , cuya traducción más frecuente es «nombre». En los pasajes narrativos o históricos del Antiguo Testamento, nepesh puede traducirse como «vida» o «ser» (en el sentido de personalidad o de identidad), como en Lev 17:11 : «Porque la vida de la carne en la sangre está, y yo os la he dado para hacer expiación por [vosotros mismos]». Sobra decir que el término «alma» (en la rvr ) no tiene sentido en este texto («vidas» bj , nbe , bla ).

La situación en los numerosos pasajes poéticos paralelos en que aparece el término es mucho más complicada. Tanto la Septuaginta (griego) y la Vulgata (latín) usan los equivalentes de «alma», en particular en los Salmo s. El primer caso, Sal 3:2, la lba traduce: «Muchos son los que dicen de mi alma: para él no hay salvación en Dios» (también nbe ; «dicen de mi vida» bj , bla ). El siguiente caso es Sal 6:3 : «Mi alma también está muy turbada; y tú Jehová, ¿hasta cuándo?» En ambos pasajes, el contraste paralelo es entre nepesh y algún aspecto del ser, que en el Sal 3:2 (rv , bj , nbe ) se traduce «mí» y en 6:3 «alma».

No se distingue si el vocablo corresponde a «A» o «B» en el paralelismo. No obstante, debido a que en la poesía hebrea no se repite el mismo nombre en las dos partes de un verso, a menudo se usa nepesh como paralelo del sujeto principal o personal, y aun para Dios, como en Sal 11:5 : «Jehová prueba el justo; pero al malo y al que ama la violencia, su alma [el mismo] los aborrece». Hay muchos pasajes como estos y una comprensión adecuada del término nepesh ilumina muchos pasajes muy conocidos, como por ejemplo Sal 119:109 : «Mi vida está de continuo en peligro, mas no me he olvidado de tu ley».

Las lecturas de nepesh en las diversas versiones son muy variadas, particularmente en las más modernas que procuran una mayor amplitud de acepciones.

B. Verbo

Napash significa «respirar; tomar aliento; descansar». Este verbo, que parece tener una relación con nepesh , se encuentra 3 veces en el Antiguo Testamento (Éxo 23:12; Éxo 31:17). El otro caso es 2Sa 16:14 : «Y el rey y todo el pueblo que con él estaba, llegaron fatigados, y descansaron allí» (rv , cf. nbe ; «tomaron aliento» bj ; «recuperaron las fuerzas» bla ).


Maer
Membros
Membros

Mensagens : 244
Likes : 8
Data de inscrição : 30/03/2012
Idade : 46
Localização : rio de janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Para onde foi a alma imortal?

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 16:32


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum