EX-TESTEMUNHAS DE JEOVÁ
Seja muito Bem-vindo!

Regista-te aqui e descobre a verdade sobre a "verdade"

Lê as regras e respeita-as

Alguma duvida a Adm/Mod está pronta a ajudar.



"Quando aceitamos tudo o que a Organização diz sem verificar, mostramos confiança na Organização. Mas, se mantivermos um espírito atento e examinarmos 'quanto a se estas coisas são realmente assim' (Atos 17:11), então, mostramos zelo para com Jeová. Para quem você mostra zelo?"

A decisão que os anciãos tomam acerca do que fazer com o dinheiro

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: A decisão que os anciãos tomam acerca do que fazer com o dinheiro

Mensagem por River raid em Qua Jul 23 2014, 12:30

Acho que é uma pouca vergonha, um abuso de poder e concerteza que existem interesses económicos envolvidos.

Reparem bem foi cerca de 100% mais (16000€ versus 35000€)!!!!

A ilação é a de que eles da Torre não querem saber dos fieis mas sim fazer o "cambalacho" de modo a extorquir o máximo da congregação.

Então não era mais bonito que cada publicador fizesse seu trabalho, conforme sua arte, e doasse o que quisesse para a construção do seu local de Adoração? Qualquer religião normal diria SIM a uma construção suportada entre todos (evidência de AMOR) mas como aquilo não é religião, é empresa há que seguir os formulários e orientações do Alto Comando Americano...

Que Deus lhes perdoe.

Hocosi, obrigado por teu relato, para mim, que entendo de construção, foi bastante elucidativo.



River raid
Membros
Membros

Mensagens : 4543
Likes : 203
Data de inscrição : 02/09/2013
Idade : 42
Localização : Maia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A decisão que os anciãos tomam acerca do que fazer com o dinheiro

Mensagem por antonio1965 em Qua Jul 23 2014, 13:00

@hocosi escreveu:Eu creio que já comentei este assunto. Quando se construiu o Salão do Reino na zona onde moro, os anciãos das congregações envolvidas fizeram uma estimativa para avaliar os custos da construção e terreno feito de modo tradicional, dado que tínhamos localmente uma grande quantidade de artistas de todas as especialidades necessárias para uma construção. Calculou-se que no final ficaria na altura por cerca de 16000 euros.

A Associação insistia que o Salão deveria ser construído tipo construções rápidas conforme os moldes da Organização. Fizemos deslocar uma comissão de anciãos a Alcabideche para fazer sentir a nossa vontade. A resposta foi, ou construíamos conforme a Organização ordenava ou nada feito. A associação não emprestaria o dinheiro.

Ok. Assim fizemos. Os materiais vinham enviados pela Associação. Foram enviados artistas formados em construções rápidas que a congregação hospedou e alimentou. Os publicadores locais ajudaram quanto puderam. Resultado final? Cerca de 35000 euros.

As congregações ficaram a pagar mensalmente conforme estipulado. Na altura as congregações fizeram uma sondagem e os publicadores no seu entusiasmo puseram valores exorbitantes que sabíamos que não iam puder cumprir. Após a construção muitas vezes chegávamos ao fim do mês e o dinheiro não chegava para enviar à Associação.

Mas a questão que me parece ridícula é que o dinheiro que a Organização empresta para estas construções provêm das contribuições das congregações para a construção de Salões do Reino. Quer dizer: as congregações contribuem, a Organização empresta e depois as congregações voltam a repor o dinheiro e os Salões do Reino ficam registados em nome de uma associação dependente da Organização. É só faturar, como dizia o outro.

Devo dizer que eu era o responsável das contas do Salão do Reino e que muitas vezes e de muitas maneiras contestei estes negócios.

Numa das congregações onde servi como ancião a comissão de construções de Lisboa também queria tomar conta das obras de melhoramento que tínhamos em mente para o salão. Eles bem foram lá e quiseram impingir-nos um conjunto de materiais que a sociedade estava a usar. Fizemos as contas e chegamos à conclusão que usando a prata da casa e outro tipo de material íamos gastar bem menos. E foi o que fizemos ... eles não gostaram da ideia ... mas paciência.



avatar
antonio1965
Membros
Membros

Mensagens : 1260
Likes : 85
Data de inscrição : 23/08/2012
Idade : 52
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A decisão que os anciãos tomam acerca do que fazer com o dinheiro

Mensagem por River raid em Qua Jul 23 2014, 16:05

E olha que ficou um salão bem bonito! Vocês tiveram bom gosto.

Não tem nada a ver com outros salões que mais parecem saídos dum filme de Hitchcock.

River raid
Membros
Membros

Mensagens : 4543
Likes : 203
Data de inscrição : 02/09/2013
Idade : 42
Localização : Maia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A decisão que os anciãos tomam acerca do que fazer com o dinheiro

Mensagem por antonio1965 em Qui Jul 24 2014, 07:46

@River raid escreveu:E olha que ficou um salão bem bonito! Vocês tiveram bom gosto.

Não tem nada a ver com outros salões que mais parecem saídos dum filme de Hitchcock.

Não estava a falar desse que tu conheces. E tens razão ... ficou bem bonito.

O que mencionei foi um salão nos arredores de Lisboa.



avatar
antonio1965
Membros
Membros

Mensagens : 1260
Likes : 85
Data de inscrição : 23/08/2012
Idade : 52
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A decisão que os anciãos tomam acerca do que fazer com o dinheiro

Mensagem por Índigo em Qui Jul 24 2014, 13:28

@antonio1965 escreveu:
Numa das congregações onde servi como ancião a comissão de construções de Lisboa também queria tomar conta das obras de melhoramento que tínhamos em mente para o salão. Eles bem foram lá e quiseram impingir-nos um conjunto de materiais que a sociedade estava a usar. Fizemos as contas e chegamos à conclusão que usando a prata da casa e outro tipo de material íamos gastar bem menos. E foi o que fizemos ... eles não gostaram da ideia ... mas paciência.

Mas para isso ter acontecido os anciãos dessa congregação tiveram que ter coragem para dizer que não, e não serem escravos da ORG.

Mas infelizmente há muito anciãos que são uns autênticos lambe-botas dos SC e para ficarem bem na fotografia e numa possivel promoção, fazem os crentes pagar a factura.  Vómito 


Vamos trabalhar juntos para manter neste fórum um ambiente limpo e amigável. Bons comentários!
avatar
Índigo
Colaborador
Colaborador

Mensagens : 3366
Likes : 226
Data de inscrição : 07/05/2012
Localização : Norte

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A decisão que os anciãos tomam acerca do que fazer com o dinheiro

Mensagem por antonio1965 em Qui Jul 24 2014, 14:05

@Índigo escreveu:
@antonio1965 escreveu:
Numa das congregações onde servi como ancião a comissão de construções de Lisboa também queria tomar conta das obras de melhoramento que tínhamos em mente para o salão. Eles bem foram lá e quiseram impingir-nos um conjunto de materiais que a sociedade estava a usar. Fizemos as contas e chegamos à conclusão que usando a prata da casa e outro tipo de material íamos gastar bem menos. E foi o que fizemos ... eles não gostaram da ideia ... mas paciência.

Mas para isso ter acontecido os anciãos dessa congregação tiveram que ter coragem para dizer que não, e não serem escravos da ORG.

Mas infelizmente há muito anciãos que são uns autênticos lambe-botas dos SC e para ficarem bem na fotografia e numa possivel promoção, fazem os crentes pagar a factura.  Vómito 

Acabamos por ter que pagar a fatura pela decisão que tomamos. O nosso amigo Rodrigo Guerreiro que, sempre que visitava a congregação, já nos dava muitas dores de cabeça ainda ficou pior. Mas ultrapassamos tudo isso ... tinhamos bom "cabedal".



avatar
antonio1965
Membros
Membros

Mensagens : 1260
Likes : 85
Data de inscrição : 23/08/2012
Idade : 52
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A decisão que os anciãos tomam acerca do que fazer com o dinheiro

Mensagem por hocosi em Qui Jul 24 2014, 14:19

@antonio1965 escreveu:
Numa das congregações onde servi como ancião a comissão de construções de Lisboa também queria tomar conta das obras de melhoramento que tínhamos em mente para o salão. Eles bem foram lá e quiseram impingir-nos um conjunto de materiais que a sociedade estava a usar. Fizemos as contas e chegamos à conclusão que usando a prata da casa e outro tipo de material íamos gastar bem menos. E foi o que fizemos ... eles não gostaram da ideia ... mas paciência.

Aqui o corpo de anciãos desejava, por ser mais higiénico e mais fácil de limpar, colocar tijoleira no chão. Mas a associação queria vender alcatifa. Então fizeram deslocar dois elementos, um do quais, lembra-me, chamava-se Romero. Ouvi este comentar para o outro: "sabes, o fim está a demorar mais do que pensávamos e o dinheiro não dura sempre".

Não sei se ele estava envolvido no negócio. O que é certo é que no final e após a renitência dos anciãos em colocar a dita alcatifa ele diz: " estou a ver que daqui não levo nada". Acabamos por concordar em colocar alcatifa por baixo das cadeiras e tijoleira nos corredores e hall de entrada. Mas a alcatifa fui eu compra-la ao Porto.

E já li algures aqui na Internet que havia para os lados de Lisboa um conceituado TJ ancião negociante de estruturas para as construções rápidas. Se encontrar esta informação a colocarei aqui.



"Podemos facilmente perdoar uma criança que tem medo do escuro. A real tragédia da vida são os adultos que têm medo da luz" . Platão
avatar
hocosi
Membros
Membros

Mensagens : 2619
Likes : 354
Data de inscrição : 28/12/2011
Idade : 61
Localização : Braga (Distrito)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A decisão que os anciãos tomam acerca do que fazer com o dinheiro

Mensagem por hocosi em Qui Jul 24 2014, 14:38

Cá está: Este indivíduo é também o principal  mentor da Enciclopédia das Testemunhas de Jeová na Wiqui. que agora parece que tem o nick steelman. AQUI

[img][/img]



"Podemos facilmente perdoar uma criança que tem medo do escuro. A real tragédia da vida são os adultos que têm medo da luz" . Platão
avatar
hocosi
Membros
Membros

Mensagens : 2619
Likes : 354
Data de inscrição : 28/12/2011
Idade : 61
Localização : Braga (Distrito)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A decisão que os anciãos tomam acerca do que fazer com o dinheiro

Mensagem por hocosi em Qui Jul 24 2014, 14:55

Embora sem mencionar a construção de salões do reino este artigo diz:

Juntamente com João Santos, colaborou em regime de voluntariado na liderança de equipas de trabalhadores, também voluntários, no erguer de estruturas em LSF de dezenas de edifícios vocacionados para fins educativos, sociais e religiosos, em vários distritos do país.

http://www.futureng.pt/carlos-pereira

Dadas as circunstâncias não me admirava nada que este senhor estivesse por trás do negócio da China que é a construção de Salões do Reino. Como possivelmente outros estarão no negócio de alcatifas, alumínios ect.

Eu ficava sempre desconfiado quando ouvia dizer: "vou comprar ali porque é nosso irmão". Eu sempre perguntava: mas vais lá para ajudar o irmão no negócio ou para que te faça mais barato?".



"Podemos facilmente perdoar uma criança que tem medo do escuro. A real tragédia da vida são os adultos que têm medo da luz" . Platão
avatar
hocosi
Membros
Membros

Mensagens : 2619
Likes : 354
Data de inscrição : 28/12/2011
Idade : 61
Localização : Braga (Distrito)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A decisão que os anciãos tomam acerca do que fazer com o dinheiro

Mensagem por hocosi em Qui Jul 24 2014, 15:07

Este Carlos Pereira diz na Wiqui:

É completamente impossível haver um relacionamento cordial entre Testemunhas e ex-Testemunhas. Toda a Testemunhas sabe que não existe dúvidas que o desrespeito persistente à instrução de cessar de manter convivência, mesmo que isso seja On-line, com tais pessoas [ isto é, os Desassociados e Dissociados, em especial, os [[Apóstasia|Apostatas organizacionais ] pode levar à Desassociação. Não fazendo-o é um ato de rebeldia. Isto tambem se aplica a um Ancião. (Carta da Sociedade dos EUA de 20/2/1991; A Sentinela de 15/4/1991, pág. 22; Nosso Ministério do Reino de 9/2002, pág. 2)



"Podemos facilmente perdoar uma criança que tem medo do escuro. A real tragédia da vida são os adultos que têm medo da luz" . Platão
avatar
hocosi
Membros
Membros

Mensagens : 2619
Likes : 354
Data de inscrição : 28/12/2011
Idade : 61
Localização : Braga (Distrito)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A decisão que os anciãos tomam acerca do que fazer com o dinheiro

Mensagem por Crixus em Qui Jul 24 2014, 15:09

hehe olhem la o que encontrei nessa wikipedia das Tj http://testemunhas.wikia.com/wiki/Guerra_teocr%C3%A1tica nunca tinha ouvido falar.........

e agora com relação ao negocio das construçoes... Na cong onde servia aconteceu algo do genero. fizeram nos sair do antigo salão porque nao tinha condiçoes de segurança (palavras dos tecnicos especialistas em segurança imobiliriaria enviados pelo betel Razz ) . e ate hoje ainda nao foi decidido o local de construção do novo, estando por ex a cong. onde servia a utilizar um salão de cong visinhas, e com um encargo mensal muito grande para conseguir ser suportado pelos irmaos......

Ha e mais nesse antigo salão reunia uma outyra cong. e os anciaos dessa outra cong. opuseram se firmemente a deixar o salão. conclusão, foram desqualificados mais tarde.



avatar
Crixus
Sócio APVIPRE
Sócio APVIPRE

Mensagens : 1030
Likes : 55
Data de inscrição : 26/11/2012
Localização : Grande Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A decisão que os anciãos tomam acerca do que fazer com o dinheiro

Mensagem por Índigo em Qui Jul 24 2014, 16:33

@Crixus escreveu:hehe olhem la o que encontrei nessa wikipedia das Tj http://testemunhas.wikia.com/wiki/Guerra_teocr%C3%A1tica nunca tinha ouvido falar.........

e agora com relação ao negocio das construçoes... Na cong onde servia aconteceu algo do genero. fizeram nos sair do antigo salão porque nao tinha condiçoes de segurança (palavras dos tecnicos especialistas em segurança imobiliriaria enviados pelo betel Razz ) . e ate hoje ainda nao foi decidido o local de construção do novo, estando por ex a cong. onde servia a utilizar um salão de cong visinhas, e com um encargo mensal muito grande para conseguir ser suportado pelos irmaos......

Ha e mais nesse antigo salão reunia uma outyra cong. e os anciaos dessa outra cong. opuseram se firmemente a deixar o salão. conclusão, foram desqualificados mais tarde.

Só mostra que na Org existe um regime totalitário e quem se opuser é corrido.

É pena é que muitos anciãos nem assim abrem a pestana!


Vamos trabalhar juntos para manter neste fórum um ambiente limpo e amigável. Bons comentários!
avatar
Índigo
Colaborador
Colaborador

Mensagens : 3366
Likes : 226
Data de inscrição : 07/05/2012
Localização : Norte

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A decisão que os anciãos tomam acerca do que fazer com o dinheiro

Mensagem por TJ Curioso em Qui Jul 24 2014, 16:44

@Índigo escreveu:Só mostra que na Org existe um regime totalitário e quem se opuser é corrido.

É pena é que muitos anciãos nem assim abrem a pestana!


Regime totalitário não... teocrático...  Morrer a rir 

O caso do que aconteceu com este Salão (Menlo Park), é representativo disto que acabaste de dizer e que é evidenciado nos anteriores comentários.

http://testemunhasdejeova.forumeiros.com.pt/t281-o-caso-do-salao-do-reino-de-menlo-park?highlight=Park

TJ Curioso
Forista desativado

Mensagens : 9046
Likes : 417
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 43

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A decisão que os anciãos tomam acerca do que fazer com o dinheiro

Mensagem por River raid em Qui Jul 24 2014, 19:23

@hocosi escreveu:Embora sem mencionar a construção de salões do reino este artigo diz:

Juntamente com João Santos, colaborou em regime de voluntariado na liderança de equipas de trabalhadores, também voluntários, no erguer de estruturas em LSF de dezenas de edifícios vocacionados para fins educativos, sociais e religiosos, em vários distritos do país.

http://www.futureng.pt/carlos-pereira

Dadas as circunstâncias não me admirava nada que este senhor estivesse por trás do negócio da China que é a construção de Salões do Reino. Como possivelmente outros estarão no negócio de alcatifas, alumínios ect.

Eu ficava sempre desconfiado quando ouvia dizer: "vou comprar ali porque é nosso irmão". Eu sempre perguntava: mas vais lá para ajudar o irmão no negócio ou para que te faça mais barato?".

E eu aqui pensando numa senhora que tem uma loja de roupa e foi criticada na TRIBUNA devido às irmãs frequentarem sua loja...

River raid
Membros
Membros

Mensagens : 4543
Likes : 203
Data de inscrição : 02/09/2013
Idade : 42
Localização : Maia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A decisão que os anciãos tomam acerca do que fazer com o dinheiro

Mensagem por River raid em Qui Jul 24 2014, 19:26

@hocosi escreveu:Cá está: Este indivíduo é também o principal  mentor da Enciclopédia das Testemunhas de Jeová na Wiqui. que agora parece que tem o nick steelman. AQUI

" />


Eles são tão aldrabões que nem as imagens de casas nesse folheto correspondem a casas de construção rápida!!!



River raid
Membros
Membros

Mensagens : 4543
Likes : 203
Data de inscrição : 02/09/2013
Idade : 42
Localização : Maia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A decisão que os anciãos tomam acerca do que fazer com o dinheiro

Mensagem por TJ esclarecido em Sex Jul 25 2014, 00:31

@hocosi escreveu:
Aqui o corpo de anciãos desejava, por ser mais higiénico e mais fácil de limpar, colocar tijoleira no chão. Mas a associação queria vender alcatifa. Então fizeram deslocar dois elementos, um do quais, lembra-me, chamava-se Romero. Ouvi este comentar para o outro: "sabes, o fim está a demorar mais do que pensávamos e o dinheiro não dura sempre".

Não sei se ele estava envolvido no negócio. O que é certo é que no final e após a renitência dos anciãos em colocar a dita alcatifa ele diz: " estou a ver que daqui não levo nada". Acabamos por concordar em colocar alcatifa por baixo das cadeiras e tijoleira nos corredores e hall de entrada. Mas a alcatifa fui eu compra-la ao Porto.

Agora percebo como é que um membro de Betel chamado José Romero desloca-se numa versão muito recente do Audi A6. Não é seguramente com a mesada de betelita. Evil or Very Mad


"Se apenas houvesse uma única verdade, não poderiam pintar-se cem telas sobre o mesmo tema"
Pablo Picasso
avatar
TJ esclarecido
Moderador
Moderador

Mensagens : 1838
Likes : 157
Data de inscrição : 13/11/2011
Localização : Centro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A decisão que os anciãos tomam acerca do que fazer com o dinheiro

Mensagem por antonio1965 em Sex Jul 25 2014, 08:21

@TJ esclarecido escreveu:
@hocosi escreveu:
Aqui o corpo de anciãos desejava, por ser mais higiénico e mais fácil de limpar, colocar tijoleira no chão. Mas a associação queria vender alcatifa. Então fizeram deslocar dois elementos, um do quais, lembra-me, chamava-se Romero. Ouvi este comentar para o outro: "sabes, o fim está a demorar mais do que pensávamos e o dinheiro não dura sempre".

Não sei se ele estava envolvido no negócio. O que é certo é que no final e após a renitência dos anciãos em colocar a dita alcatifa ele diz: " estou a ver que daqui não levo nada". Acabamos por concordar em colocar alcatifa por baixo das cadeiras e tijoleira nos corredores e hall de entrada. Mas a alcatifa fui eu compra-la ao Porto.

Agora percebo como é que um membro de Betel chamado José Romero desloca-se numa versão muito recente do Audi A6. Não é seguramente com a mesada de betelita. Evil or Very Mad

Querem ver que ele foi um dos contemplados com o sorteio da AT?



avatar
antonio1965
Membros
Membros

Mensagens : 1260
Likes : 85
Data de inscrição : 23/08/2012
Idade : 52
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A decisão que os anciãos tomam acerca do que fazer com o dinheiro

Mensagem por Fidel Apostate em Sex Jul 25 2014, 08:55

@antonio1965 escreveu:
@TJ esclarecido escreveu:
@hocosi escreveu:
Aqui o corpo de anciãos desejava, por ser mais higiénico e mais fácil de limpar, colocar tijoleira no chão. Mas a associação queria vender alcatifa. Então fizeram deslocar dois elementos, um do quais, lembra-me, chamava-se Romero. Ouvi este comentar para o outro: "sabes, o fim está a demorar mais do que pensávamos e o dinheiro não dura sempre".

Não sei se ele estava envolvido no negócio. O que é certo é que no final e após a renitência dos anciãos em colocar a dita alcatifa ele diz: " estou a ver que daqui não levo nada". Acabamos por concordar em colocar alcatifa por baixo das cadeiras e tijoleira nos corredores e hall de entrada. Mas a alcatifa fui eu compra-la ao Porto.

Agora percebo como é que um membro de Betel chamado José Romero desloca-se numa versão muito recente do Audi A6. Não é seguramente com a mesada de betelita. Evil or Very Mad

Querem ver que ele foi um dos contemplados com o sorteio da AT?

Ou então das comissões chorudas dos materias a "preços" de irmãos, que depois geram umas "luvitas" após a sua acção de vendas nas congregações.
Não esquecer que o Sr. é um dos responsáveis do gabinete de projectos do Betel.

E assim com as minhas contribuições 0€, eles vão lutando e forçando os SC para pressionarem os anciãos e estes por sua vez os publicadores a darem mais, principalmente depois deste novo arranjo. O problema é que pelo que posso observar, a acção de marketing não está a funcionar.

Abraço,
Fidel



"Os amigos da verdade são aqueles que a procuram e não os que se vangloriam de a ter encontrado." - Condorcet , Marie
avatar
Fidel Apostate
Membros
Membros

Mensagens : 839
Likes : 75
Data de inscrição : 01/08/2012
Idade : 50
Localização : Portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A decisão que os anciãos tomam acerca do que fazer com o dinheiro

Mensagem por so em Sex Jul 25 2014, 10:43

Sei de uma congregação que o SC sempre que passa diz que o salão não tem condições e é verdade, uma fiscalização de autoridades competentes e o salão era fechado.
Mas os anciãos á muitos anos que querem construir um mas não querem a ajuda do betel tem um irmão que já não é novo pai de um ancião oferece terreno, o corpo de ancião diz que vendendo o salão actual e o trabalho voluntário dos irmãos fazem o salão, pedem o projecto ao betel mas vem sempre com uma desculpa para não construir.

Uma desculpa eu li na carta do betel era crise financeira no nosso pais para sobrecarregar os irmãos.

Mas a mim sempre a outra coisa, falte de negócio onde o betel pudesse facturar.


Conhecereis a internet e a internet vos libertará.
avatar
so
Sócio APVIPRE
Sócio APVIPRE

Mensagens : 1971
Likes : 58
Data de inscrição : 01/03/2012
Localização : Norte

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A decisão que os anciãos tomam acerca do que fazer com o dinheiro

Mensagem por TJ esclarecido em Sab Jul 26 2014, 09:31

@so escreveu:Sei de uma congregação que o SC sempre que passa diz que o salão não tem condições e é verdade, uma fiscalização de autoridades competentes e o salão era fechado.
Mas os anciãos á muitos anos que querem construir um mas não querem a ajuda do betel tem um irmão que já não é novo pai de um ancião oferece terreno, o corpo de ancião diz que vendendo o salão actual e o trabalho voluntário dos irmãos fazem o salão, pedem o projecto ao betel mas vem sempre com uma desculpa para não construir.

Uma desculpa eu li na carta do betel era crise financeira no nosso pais para sobrecarregar os irmãos.

Mas a mim sempre a outra coisa, falte de negócio onde o betel pudesse facturar.  

Poderá é surgir um problema quando os anciãos dessa congregação que mencionas pensarem em vender o salão actual se ele estiver escriturado e registado em nome duma qualquer associação regional.

Como já tem sido dito aqui noutros tópicos, os salões nunca são propriedade da congregação e, se bem me lembro, os estatutos dessas associações regionais não prevêem a alienação de bens imóveis com os consequentes pagamentos do IMT, mais valias etc., pelo que, não deverá ser fácil convencer a associação a vender.

Também, pelo que sei, há anos que diversas congregações têm os seus projectos de construção de salões em stand by a aguardar que a associação desbloqueie verbas e muitos estão agora na expectativa de que isso venha a acontecer com o novo "arranjo" para contribuícões. Iremos ver qual a desculpa que virá a seguir porque não se vê luz ao fundo do túnel para o fim da crise.


"Se apenas houvesse uma única verdade, não poderiam pintar-se cem telas sobre o mesmo tema"
Pablo Picasso
avatar
TJ esclarecido
Moderador
Moderador

Mensagens : 1838
Likes : 157
Data de inscrição : 13/11/2011
Localização : Centro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A decisão que os anciãos tomam acerca do que fazer com o dinheiro

Mensagem por so em Sab Jul 26 2014, 09:56

TJ escarecido, no caso o salão que falo está no nome de uma das associações regional da ORG.
Já é um longo percusso foi eu que dei inicio não gastávamos um cêntimo á ORG mas sempre fomos travados nos meus cálculos penso que iria dar lucro mas sempre foi travada a nossa ideia chegou a ter o apoio do SC.


Conhecereis a internet e a internet vos libertará.
avatar
so
Sócio APVIPRE
Sócio APVIPRE

Mensagens : 1971
Likes : 58
Data de inscrição : 01/03/2012
Localização : Norte

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A decisão que os anciãos tomam acerca do que fazer com o dinheiro

Mensagem por gregdagangue em Seg Jul 28 2014, 16:56

chato, é que os que "assentam-se no portão da cidade" (os anciãos) sempre decidem por "puxar a brasa para a sardinha" da orga, sempre o lucro 'santo'é devotado a ela sem reservas. Que tal se os anciãos pegassem essa grana e redistribuísse entre os mais necessitados na congregação...? Se fizerem isso, serão desqualificados de seus queridos cargos principescos.  Morrer a rir  Morrer a rir  Morrer a rir 
avatar
gregdagangue
Membros
Membros

Mensagens : 1429
Likes : 59
Data de inscrição : 01/06/2014
Idade : 61
Localização : boa vista/roraima

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A decisão que os anciãos tomam acerca do que fazer com o dinheiro

Mensagem por myguel.pt em Dom Mar 27 2016, 11:25

Ainda colaboro na contagem do dinheiro das assembleias, e a nova orientação é que em vez de 2 pessoas, deverão ser 3 para evitar desvios ou erros de cálculo.
Tenho visto algo interessante: o salão de assembleias onde assisto, tem terminais de pagamento com cartões bancários. Tive acesso ao extrato de Janeiro e SÓ com o cartão, o salão de assembleias tinha faturado 20 mil euros. É isso apenas num terminal, porque havia 3 terminais no mesmo salão de assembleias. Em Abril vou conseguir uma cópia disso para vos mostrar. Outra coisa é que pagamentos feitos com Visa ou Mastercard, de forma estranha não eram contabilizados como contribuição para o circuito


batizado em 2006 // inativo em 2016 // trabalhador por conta própria // preparando atividades activistas em Portugal
avatar
myguel.pt
Membros
Membros

Mensagens : 193
Likes : 23
Data de inscrição : 23/03/2016
Idade : 27
Localização : Centro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

A decisão...

Mensagem por gregdagangue em Dom Mar 27 2016, 16:50

@myguel.pt escreveu:Ainda colaboro na contagem do dinheiro das assembleias, e a nova orientação é que em vez de 2 pessoas, deverão ser 3 para evitar desvios ou erros de cálculo.
Tenho visto algo interessante: o salão de assembleias onde assisto, tem terminais de pagamento com cartões bancários. Tive acesso ao extrato de Janeiro e SÓ com o cartão,  o salão de assembleias tinha faturado 20 mil euros. É isso apenas num terminal, porque havia 3 terminais no mesmo salão de assembleias. Em Abril vou conseguir uma cópia disso para vos mostrar.  Outra coisa é que pagamentos feitos com Visa ou Mastercard, de forma estranha não eram contabilizados como contribuição para o circuito
Para os caras do body govern... 3 indivíduos estabelecem melhor um assunto, principalmente quando o assunto é grana. Morrer a rir Morrer a rir
avatar
gregdagangue
Membros
Membros

Mensagens : 1429
Likes : 59
Data de inscrição : 01/06/2014
Idade : 61
Localização : boa vista/roraima

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A decisão que os anciãos tomam acerca do que fazer com o dinheiro

Mensagem por HALDYS em Dom Mar 27 2016, 21:03

quando os anciaos tomam uma resoluçao de enviar dinheiro à Orga e submetem a resoluçao à congregaçao , os membros deveriam  pedir um tempo de reflexão e não ter de responder na hora e o voto seria secreto.Assim as resoluçoes que subemtem à congregaçao são pura formalidade. A maioria concorda sempre.
avatar
HALDYS
Membros
Membros

Mensagens : 390
Likes : 51
Data de inscrição : 04/09/2014
Idade : 37
Localização : porto

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A decisão que os anciãos tomam acerca do que fazer com o dinheiro

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum