EX-TESTEMUNHAS DE JEOVÁ
Seja muito Bem-vindo!

Regista-te aqui e descobre a verdade sobre a "verdade"

Lê as regras e respeita-as

Alguma duvida a Adm/Mod está pronta a ajudar.



"Quando aceitamos tudo o que a Organização diz sem verificar, mostramos confiança na Organização. Mas, se mantivermos um espírito atento e examinarmos 'quanto a se estas coisas são realmente assim' (Atos 17:11), então, mostramos zelo para com Jeová. Para quem você mostra zelo?"

Comentário de uma TJ que perdeu um filho no voo da Germanwings

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Comentário de uma TJ que perdeu um filho no voo da Germanwings

Mensagem por Rosa do deserto em Sex Mar 27 2015, 21:38



The soul always know what to do to heal itself. The challenge is to silence the mind.

Rosa do deserto
Membros
Membros

Mensagens : 63
Likes : 8
Data de inscrição : 30/11/2012
Idade : 32
Localização : Gaia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Comentário de uma TJ que perdeu um filho no voo da Germanwings

Mensagem por River raid em Sex Mar 27 2015, 21:49

Não tenho palavras para descrever a insensibilidade dele...

"Robert Tansill Oliver, pai do americano Robert Oliver Calvo, morto na queda de avião da Germanwings nos Alpes franceses na terça-feira (24), concedeu uma entrevista à agência Reuters nesta quinta-feira (26) falando sobre a perda do filho."
(...)
Segundo Oliver, que é testemunha de Jeová, a religião o ajudou no processo de superação da perda. "A Bíblia nos ensina que quando o Reino voltar, nossos amados retornarão da morte e viverão para sempre no Paraíso. Essa esperança, esse conforto, nos ajuda imensamente nesses momentos."

PELO AMOR DE DEUS! O próprio filho faleceu num acidente de avião horrível na passada terça-feira (somente há 3 dias) e o próprio pai vem "pregar" para os jornalistas?

Que pai é esse? E que ajuda psicológica recebeu esse pai por parte da Torre? Arrisco dizer: ZERO

River raid
Membros
Membros

Mensagens : 4535
Likes : 202
Data de inscrição : 02/09/2013
Idade : 41
Localização : Maia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Comentário de uma TJ que perdeu um filho no voo da Germanwings

Mensagem por Rosa do deserto em Sex Mar 27 2015, 22:23

Foi tb o que mais me impressionou... Mas será que esta gente não tem sentimentos? Nem parece que acabou de perder um filho. Se fosse cmg queria era ter corrido para lá, estar perto e sentir algum conforto no meio de tantos que padecem do mesmo. Não ia 'ver' nem 'trazer' o meu filho de volta mas era uma única maneira de poder estar 'presente'..inexplicável !


The soul always know what to do to heal itself. The challenge is to silence the mind.

Rosa do deserto
Membros
Membros

Mensagens : 63
Likes : 8
Data de inscrição : 30/11/2012
Idade : 32
Localização : Gaia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Comentário de uma TJ que perdeu um filho no voo da Germanwings

Mensagem por hocosi em Sab Mar 28 2015, 08:05

Pois eu admiro a tranquilidade deste homem. Foi-lhe perguntado se tinha alguma sentimento de vingança ao que ele respondeu o que respondeu. Perdeu o filho mas não perdeu a esperança. E como diz o livro em que ele acredita:"Não quero, porém, irmãos, que sejais ignorantes acerca dos que já dormem, para que não vos entristeçais, como os demais, que não têm esperança." I Tessal. 4:13.



"Podemos facilmente perdoar uma criança que tem medo do escuro. A real tragédia da vida são os adultos que têm medo da luz" . Platão

hocosi
Membros
Membros

Mensagens : 2577
Likes : 346
Data de inscrição : 28/12/2011
Idade : 61
Localização : Braga (Distrito)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Comentário de uma TJ que perdeu um filho no voo da Germanwings

Mensagem por Robert Orwell em Sab Mar 28 2015, 10:18

Acho que devemos tomar cuidado com o julgamento que fazemos. Não é porque as TJs são, como grupo, um bando de insensíveis, que cada uma delas, individualmente, o seja. Uma coisa é o que este pai falou na entrevista, em frente às câmeras, aproveitando a oportunidade para "dar testemunho", pois é isto o que se lhe foi ensinado a fazer dentro do culto. Outra, BEM DIFERENTE, é o que ele sentiu na hora que soube da tragédia e o que ele sente e/ou expressa quando está sozinho.

Pode ser que, sim, ele já tenha sido tão cauterizado pela seita que nem consegue mais processar os sentimentos normais de perda e luto... mas pode ser que ele também jogue o papel de "Testemunha de Jeová fiel" em público e de ser humano em particular.

Não temos o poder de julgar, pois não sabemos de todos os fatos.

Fazer tal tipo de julgamento é igualar-nos às Testemunhas de Jeová, mestras em julgar o próximo - e sempre do pior jeito possível.

Robert Orwell
Membros
Membros

Mensagens : 32
Likes : 3
Data de inscrição : 10/10/2014
Idade : 25
Localização : França

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Comentário de uma TJ que perdeu um filho no voo da Germanwings

Mensagem por ellipsis em Sab Mar 28 2015, 10:52

Pessoal nós já fomos assim. mesmo que achemos que não, mas já fomos.

A forma de uma TJ de ver a vida é muito diferente da nossa atualmente.
Para eles esta vida, é uma passagem. A verdadeira vida é no paraíso com perfeição.

É claro que eles têm sentimentos, só que expressam de uma forma diferente. E claro isso também depende de cada pessoa.

Ou vocês se esquecem que eles têm uma esperança que se chama Ressurreição. É nesta esperança que eles depositam toda a sua confiança que em sentido religioso se chama fé.




Vamos trabalhar juntos para manter neste fórum um ambiente limpo e amigável. Boas postagens!


Admn sugere:
     
Respeite as regras do fórum e seja um bom membro.
Antes de criar um novo tópico faça uma pesquisa rápida.Podes começar por AQUI
Se perdeu a senha do fórum, contate um administrador por MP.


ellipsis
Admin
Admin

Mensagens : 8065
Likes : 276
Data de inscrição : 20/09/2011
Idade : 42
Localização : Vila de Cucujães

Ver perfil do usuário http://escravodaverdade.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Comentário de uma TJ que perdeu um filho no voo da Germanwings

Mensagem por ellipsis em Sab Mar 28 2015, 12:45





Vamos trabalhar juntos para manter neste fórum um ambiente limpo e amigável. Boas postagens!


Admn sugere:
     
Respeite as regras do fórum e seja um bom membro.
Antes de criar um novo tópico faça uma pesquisa rápida.Podes começar por AQUI
Se perdeu a senha do fórum, contate um administrador por MP.


ellipsis
Admin
Admin

Mensagens : 8065
Likes : 276
Data de inscrição : 20/09/2011
Idade : 42
Localização : Vila de Cucujães

Ver perfil do usuário http://escravodaverdade.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Comentário de uma TJ que perdeu um filho no voo da Germanwings

Mensagem por River raid em Sab Mar 28 2015, 14:33


A Torre muda constantemente suas doutrinas e conceitos.

O mais recente relacionado com o paraíso é o conceito de "Paraíso espiritual", ou seja, segundo eles - desde que façam o que a Org determine - as TJ´s individuais já vivem HOJE num paraíso.

Também ouvi rumores de que ao longo dos anos eles vão descartar a possibilidade do paraíso ser na Terra.

Ou seja, independentemente desses rumores serem ou não verídicos, como podemos basear nossa fé numa Organização que aguarda um iminente fim do mundo mas suas acções revelam que tem um plano a (muito) longo prazo?

E se de hoje para amanhã surge a nova luz paraíso é noutro lugar qualquer?

Nós já fomos assim? Pois fomos mas aprendemos a desconfiar. O pai do falecido tem maturidade, nota-se que tem cultura e é pessoa estável. Portanto não compreendo tanta insensibilidade.

Será que o filho não era TJ? Se não era como pode o pai dele esperar pela ressurreição se o filho conheceu a "verdade" e a rejeitou?

Caros amigos, sejamos coerentes, bolas! Passaram só 3 dias. O homem nem deveria estar em condições psicologicas de dar uma entrevista para a comunicação social quanto mais pregar para o público!













River raid
Membros
Membros

Mensagens : 4535
Likes : 202
Data de inscrição : 02/09/2013
Idade : 41
Localização : Maia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Comentário de uma TJ que perdeu um filho no voo da Germanwings

Mensagem por River raid em Sab Mar 28 2015, 14:37


Igualzinho às TJ´s mais fanáticas da congregação:

- a expressão de quem "sabe tudo"
- orgulho
- o sorriso amarelo

Dizem que os olhos são o espelho da alma.

Vejam o video e olhem para os olhos do homem e depois tirem vossas conclusões.

River raid
Membros
Membros

Mensagens : 4535
Likes : 202
Data de inscrição : 02/09/2013
Idade : 41
Localização : Maia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Comentário de uma TJ que perdeu um filho no voo da Germanwings

Mensagem por estudante eterno em Sab Mar 28 2015, 15:57

@River raid escreveu:Não tenho palavras para descrever a insensibilidade dele...

"Robert Tansill Oliver, pai do americano Robert Oliver Calvo, morto na queda de avião da Germanwings nos Alpes franceses na terça-feira (24), concedeu uma entrevista à agência Reuters nesta quinta-feira (26) falando sobre a perda do filho."
(...)
Segundo Oliver, que é testemunha de Jeová, a religião o ajudou no processo de superação da perda. "A Bíblia nos ensina que quando o Reino voltar, nossos amados retornarão da morte e viverão para sempre no Paraíso. Essa esperança, esse conforto, nos ajuda imensamente nesses momentos."

PELO AMOR DE DEUS! O próprio filho faleceu num acidente de avião horrível na passada terça-feira (somente há 3 dias) e o próprio pai vem "pregar" para os jornalistas?

Que pai é esse? E que ajuda psicológica recebeu esse pai por parte da Torre? Arrisco dizer: ZERO


Insensibilidade? Eu é que não tenho palavras para descrever alguns foristas. É o que dá meter gentinha que nada percebe de psicologia e de como as pessoas funcionam perante a perda de alguém próximo a falar sobre o mesmo. Porque não vão para o café jogar às cartas ao invés de vir para este fórum dizer baboseiras?

River Raid, podes pensar que tenho algo contra ti, mas não tenho... E sabes que assim como digo aquilo que acho que devo dizer na tua "frente", digo a quem achar que deva dizer. Sabes bem disso.

O que achas, na sua santa simplicidade intelectual, que o pai deste jovem iria dizer como testemunha de Jeová? São nestes momentos que as TJ se apegam mais à sua crença!

E duvido muito que este pai tenha ido ter com a agência noticiosa, penso que foi mais ao contrário! Achas mesmo que o pai foi logo a correr para diante das câmeras? Por favor.... mais algum respeito por este pai que perdeu o filho.

Tenho a certeza, mas a certeza absoluta que se o pai fosse católico e fosse dizer que o filho ia para o céu que lá estarias tu a dizer que " Sabem, eu não sou católico, mas entendo perfeitamente o homem, blá blá blá...

Tretas River Raid! Tretas!

Apanha mas é juízo e deixa de poluir o fórum com as tuas baboseiras, o que acontece por vezes.

E ainda querem que peça desculpas? Por estar a falar com pessoas que nada percebem disto?

Voltem para os bancos da escola...

estudante eterno
Forista desativado

Mensagens : 950
Likes : 38
Data de inscrição : 19/12/2013
Idade : 37

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Comentário de uma TJ que perdeu um filho no voo da Germanwings

Mensagem por Investigando a Torre em Sab Mar 28 2015, 22:37

Ai, ai, ai... voltámos ao tempo em saltávamos à corda! Morrer a rir

IT


Vamos trabalhar juntos para manter neste fórum um ambiente limpo e amigável. Bons comentários!

"Quem alberga a Verdade no seu coração, não deve temer que lhe falte força na língua e persuasão"
J. RUSKIN
«Stones of Venice», 11

Investigando a Torre
Admin
Admin

Mensagens : 8325
Likes : 307
Data de inscrição : 21/09/2011
Idade : 57
Localização : Vila Nova de Santo André

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Comentário de uma TJ que perdeu um filho no voo da Germanwings

Mensagem por Kimba em Sab Mar 28 2015, 23:32

Parte de mim gostava de ter uma esperança destas, que menoriza bastante o sofrimento da perda de um ente querido. Se o homem acredita mesmo nisso, o que há para criticar neste caso?


"Aquele que procura a verdade corre o risco de a encontrar." - Isabel Allende

Kimba
Membros
Membros

Mensagens : 703
Likes : 89
Data de inscrição : 30/08/2012
Idade : 42
Localização : Aveiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Comentário de uma TJ que perdeu um filho no voo da Germanwings

Mensagem por HALDYS em Dom Mar 29 2015, 09:08

olha River Raid não poluis absolutamente nada este fórum, estou muito de acordo contigo e quando cheguei aqui tive logo uma empatia por ti.
Posto isto, poucos de nós somos psicólogos, mas somos todos humanos e com experiencia de vida.E a experiencia de vida nos diz que numa altura dessas tão dolorosa, não queremos estar a comentar o que sentimos perante as camaras.O pai no meu enteneder poderia ter se recusado a falar aos jornalistas. Mas a vontade de transmistir a mensagem de conforto foi maior. Ao transmitir essa fé forte na resureiçao, pode ter chocado em vez de ter dado testemunho.

HALDYS
Membros
Membros

Mensagens : 357
Likes : 47
Data de inscrição : 04/09/2014
Idade : 37
Localização : porto

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Comentário de uma TJ que perdeu um filho no voo da Germanwings

Mensagem por hocosi em Dom Mar 29 2015, 11:04

A morte de um filho é para qualquer pai ou mãe uma tragédia, não importa a religião em que a pessoa acredita. Agora as manifestações de pesar poderão ser diferentes dependendo da perspetiva e esperança dos sobreviventes. Quantos de nós já vimos aqui em Portugal num funeral um pai ou filho de um morto discursar nas cerimónias fúnebres? E no entanto os americanos fazem isso, destacando os bons momentos que passaram juntos em vida, as boas qualidades demonstradas pelo defunto e até alguma coisa que poderá ser mudado na vida de cada um.

Portanto não me parece correto estar a julgar uma pessoa pelo facto de ter falado de modo positivo perante a morte de um filho, independente de ser Testemunha de Jeová ou não.

Creio que por muitas mágoas que tenhamos a respeito da Organização, por muito mal que esta religião tenha causado na nossa vida, deveremos evitar cair no extremo de criticar tudo e todos, como se todos os males do Mundo tivessem sua origem nesta religião. Deveremos abster-nos de através de nossas palavras manifestar ódio contra aqueles que são como nós fomos um dia.



"Podemos facilmente perdoar uma criança que tem medo do escuro. A real tragédia da vida são os adultos que têm medo da luz" . Platão

hocosi
Membros
Membros

Mensagens : 2577
Likes : 346
Data de inscrição : 28/12/2011
Idade : 61
Localização : Braga (Distrito)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Comentário de uma TJ que perdeu um filho no voo da Germanwings

Mensagem por River raid em Dom Mar 29 2015, 14:16

@hocosi escreveu:A morte de um filho é para qualquer pai ou mãe uma tragédia, não importa a religião em que a pessoa acredita. Agora as manifestações de pesar poderão ser diferentes dependendo da perspetiva e esperança dos sobreviventes. Quantos de nós já vimos aqui em Portugal num funeral um pai ou filho de um morto discursar nas cerimónias fúnebres? E no entanto os americanos fazem isso, destacando os bons momentos que passaram juntos em vida, as boas qualidades demonstradas pelo defunto e até alguma coisa que poderá ser mudado na vida de cada um.

Portanto não me parece correto estar a julgar uma pessoa  pelo facto de ter falado de modo positivo perante a morte de um filho, independente de ser Testemunha de Jeová ou não.

Creio que por muitas mágoas que tenhamos a respeito da Organização, por muito mal que esta religião tenha causado na nossa vida, deveremos evitar cair no extremo de criticar tudo e todos, como se todos os males do Mundo tivessem sua origem nesta religião. Deveremos abster-nos de através de nossas palavras manifestar ódio contra aqueles que são como nós fomos um dia.

O Ellipsis apresentou-nos (e bem!) um site da comunicação social estrangeira. Nesse site, a comunicação social deu destaque ao facto do pai, passados somente 3 dias do acidente, não se sentir revoltado com uma situação já de si bastante caricata - um suicídio/homicídio executado por um piloto criminoso que devido à sua maluqueira arrastou para a morte mais de uma centena de pessoas.

Quando estiverem em vossos lares, olhem para vossos filhos e perguntem-se como sentiriam se vos acontecesse o mesmo, inclusivamente quando ainda eram TJ´s. Será que teriam a atitude daquele pai? Além de que a ressurreição, segundo a empresa, não é garantida!

Esse pai foi frio e distante e só ele sabe o porquê. Quiçá haveria problemas entre eles, talvez (especulo...) por o filho não se dedicar à Organização.

Só faltou demonstrar empatia com o assassino ou premiá-lo porque demonstrou que o mundo é de Satanás!

Se alguém tiver alguma dificuldade em perceber o que ele disse na entrevista eu posso traduzir e publicar aqui. É normal que uns saibam mais inglês do que outros e eu felizmente até que "pesco" alguma coisa e garanto-vos que a atitude dele não é normal nem aqui nem na China.

Se tivessem passado anos ou meses após o acidente até que eu compreenderia esse homem mas minha mente humana não concebe um pai assim.

Tampouco eu, como forista tenho algum tipo de ódio ou ressentimento. O que eu tenho é indignação para com a Torre de Vigia, uma indignação que me protege, principalmente quando leio as publicações, e me acalenta na certeza absoluta que a verdade não está ali e que os líderes desta Organização (os que estão por detrás dos testas de ferro Corpo Governante) somente querem uma coisa: lucro. Um lucro derivado da manipulação mental que exercem em suas publicações.

Se exemplos faltassem, acessem on line ao jw.org e busquem à Sentinela de Estudo de 15 Janeiro, primeiras páginas e tirem vossas conclusões...



River raid
Membros
Membros

Mensagens : 4535
Likes : 202
Data de inscrição : 02/09/2013
Idade : 41
Localização : Maia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Comentário de uma TJ que perdeu um filho no voo da Germanwings

Mensagem por Índigo em Dom Mar 29 2015, 14:35

River

quem és tu para julgar um pai, sendo que tu nem pai és?

tens tanta raiva dentro de ti que transpiras isso em cada palavra que escreves.

Nao tens um pingo de tolerancia com nenhuma TJ. Por isso nao esperes que os foristas tambem sejam tolerantes ctg!


Vamos trabalhar juntos para manter neste fórum um ambiente limpo e amigável. Bons comentários!

Índigo
Colaborador
Colaborador

Mensagens : 3348
Likes : 218
Data de inscrição : 07/05/2012
Localização : Norte

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Comentário de uma TJ que perdeu um filho no voo da Germanwings

Mensagem por River raid em Dom Mar 29 2015, 14:50

Olá Indigo, já tinha saudades tuas!

Não sou pai mas tu és mãe. Imagine que o petiz estava no avião... temos de ter empatia, colocar-nos no lugar do outro. Mais importante do que não ser pai é ser mãe.

Quanto a eventuais críticas, os únicos foristas que o fizeram foram 2, o do costume e tu. O comentário do Hocosi não se inclui porque demonstrou respeito e deu sua opinião, não atacou pessoalmente ninguém. Nunca te tratei mal nem fui mal educado contigo pelo que peço igual tratamento.
__________________________

Acho que fui bem claro na postagem anterior quanto a este assunto da "raiva". Não vou-me repetir constantemente. A não ser que eu esteja no fórum errado, penso que um dos propositos deste fórum é identificar as consequências provocadas em pertencer à Organização.

Dei minha opinião, como qualquer outro forista a dá. Continuo a não achar normal (mesmo para uma TJ) a atitude do pai. É a minha opinião e pronto, não ando aqui para escrever no sentido de agradar aos outros.

Também gostaria de te pedir coerência... às vezes sinto que tens dois pesos e duas medidas.

River raid
Membros
Membros

Mensagens : 4535
Likes : 202
Data de inscrição : 02/09/2013
Idade : 41
Localização : Maia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Comentário de uma TJ que perdeu um filho no voo da Germanwings

Mensagem por Índigo em Dom Mar 29 2015, 15:01

Como mae que sou tenho noçao que para aquele pai a esperança é o que lhe dá paz perante tanta atrocidade.

Nem sabemos se por ventura aquele pai nao estará sob calmantes, nao sabemos como ele se.sente.

Nao é.chorar baba e.ranho que prova a dor que sentimos.

Se tivesses empatia por aquele pai, nao o julgarias como fizeste.


Vamos trabalhar juntos para manter neste fórum um ambiente limpo e amigável. Bons comentários!

Índigo
Colaborador
Colaborador

Mensagens : 3348
Likes : 218
Data de inscrição : 07/05/2012
Localização : Norte

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Comentário de uma TJ que perdeu um filho no voo da Germanwings

Mensagem por Kristy123 em Dom Mar 29 2015, 18:29

Olá a todos,

Este trágico acontecimento foi deveras muito triste e eu sinto muito pela perda destas vidas e pelo sofrimentos dos familiares e amigos.

Eu até não estava a contar, em vir a comentar aqui neste tópico, mas de facto, não resiti em dar também a minha opinião pessoal sobre o assunto.

Começo por dizer, que este tópico parece mais uma tempestade num copo de água.
E se não fosse tão triste e trágica, quase que me atrevia em dizer, que este tópico já parece mais uma comédia.  

A meu ver, cada ser humano sente por exemplo a perda de um familar seu ou mesmo outro acontecimento dramático na sua própria vida, de forma diferente e as reacções ou sentimentos podem ser variadas, também consoante o perfil psicológico de cada um. Por isso: cada caso, é um caso!

Uns choram e gritam e outros ficam até apáticos e outros nem sequer conseguem verter uma lágrima.

Se por exemplo este pai pertencesse a uma tribo em África, não se poderia excluir a hipótese de estarmos a ver este pai a dar uma entrevista com roupa de cor vermelha, a dançar e a cantar com outros iguais. E provavelmente se ele fosse americano, a entrevista poderia estar a ser feita, enquanto o pai e outros familiares ou amigos dele estivessem com o entrevistador reunidos num lanche, a comer chá e bolos.

Quero isto dizer, que além da própria personalidade de cada um, em conseguir, ou não, manifestar e exteriorizar os seus sentimentos, dever-se-á ter em conta um factor a meu ver, muito importante ou mesmo o mais relevante, que tem a ver com os hábitos e costumes de cada país onde se vive e onde a pessoa está integrada.

Todas estas questões devem ser tomadas em consideração, quando se inicia a querer analisar um indivíduo, que não se conhece e cuja atitude não conseguimos compreender.

A meu ver, também não se deve ignorar o facto, de que geralmente o povo latino tem uma postura e forma de lidar ou pensar muito mais efusiva, com uma manifestação de sentimentos muito mais à flor da pele, ou mesmo considerado mais "quentes" ao invés de outros povos mais nordicos, que geralmente são apontados serem pessoas mais insensíveis e mais "frios".

Neste caso concreto, ninguém aqui consegue chegar a uma avaliação concreta ou correcta, sobre os mais profundos sentimentos que este pai está a sentir e não devemos fazer suizos errados, especulações errados ou avaliações incorrectas.

Do meu ponto de vista, temos que aprender todos a saber separar as situações e ser mais tolerantes.

Independentemente das diversas opiniões que já foram manifestadas aqui, de acharem ser a mais ou a menos correcta, confesso que tive que fazer um esforço para tentar compreender o ponto de vista de cada um de vós, relativa àquilo que acharam sobre a postura desse pai e de facto eu continuo a interrogar-me, o que é que tem a ver tudo isto com a religião ou a crença dele?

Este tópico foi colocado aqui, por se tratar de facto de um acontecimento triste, e essencialmente por a entrevista mencionar que este pai é TJ. Então e esse pai tivese dito que era protestante ou católico? A entrevista dele seria diferente em quê?
Ele não teria dito exactamente o mesmo?

As TJ não são o único grupo de pessoa que acredita num paraíso ou vida eterna!

Se esse pai se tivesse atirado para o chão a chorar e se tivesse dito que era ateu, seria visto de forma diferente por alguns de vós? Como?

Cada um aqui tem o direito de dar a sua opinião pessoal e merece ser ouvido e respeitado, sem que outro o tenha que ofender.

Se eu não concordar com alguém, eu digo, mas não vou ofendê-la. Este princípio, deveria ser "uma máxima" para todos!

Por acaso, alguém aqui já se lembrou de questionar, porque razão um jovem de 28 anos, com uma profissão que muitos consideram "de sonho" chega ao ponto de cometer um suicído voluntário e em massa? É que ninguém ainda falou disso!

De todos os comentários aqui postados, concordo plenamente com aquilo que o hocosi disse e partilho a mesma opinião.

Podem chamar-me de insensível, mas prefiro que me classifiquem mais como OBJECTIVA.


Kristy123
Moderador
Moderador

Mensagens : 4023
Likes : 222
Data de inscrição : 15/10/2013
Idade : 97
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Comentário de uma TJ que perdeu um filho no voo da Germanwings

Mensagem por estudante eterno em Dom Mar 29 2015, 19:08

nubia escreveu:olha River Raid não poluis absolutamente nada este fórum, estou muito de acordo contigo e quando cheguei aqui tive logo uma empatia por ti.
Posto isto, poucos de nós somos psicólogos, mas somos todos humanos e com experiencia de vida.E a experiencia de vida nos diz que numa altura dessas tão dolorosa, não queremos estar a comentar o que sentimos perante as camaras.O pai no meu enteneder poderia ter se recusado a falar aos jornalistas. Mas a vontade de transmistir a mensagem de conforto foi maior. Ao transmitir essa fé forte na resureiçao, pode ter chocado em vez de ter dado testemunho.

Por ser formado em enfermagem, e tendo uma pós-graduação com alguns artigos escritos para revistas científicas sobre psiquiatria forense, além de já ter participado de vários seminários sobre saúde mental, vejo-me na obrigação de corrigir este comentário, da forista Nubia, que pelos vistos não se encontra qualificada para dar uma opinião fundamentada sobre a reação do pai.

Obviamente, trata-se de um pai que perdeu um filho, e os meus comentários um pouco mais diretos vão no sentido de haver a necessidade de respeitar um homem, que hoje sofre.

Não me interessa se é testemunha de Jeová, Mórmon, budista, ateu, ou seja lá o que for. A importância de respeitar o luto deverá ser uma constante. Eu explicava aqui o processo corporal ligado ao luto (o que acontece no nosso corpo quando alguém que amamos muito nos deixa) mas não vale a pena, pois enquanto não houver respeito por uma simples atitude de um pai não haverá entendimento para entender processos biológicos mais complexos.

Penso, então, que deveremos criticar, nubia, uma mãe que se veste de preto por anos consecutivos devido à morte do filho? Que vergonha...

Deveremos criticar um membro de uma qualquer denominação protestante por comer bolos na sala ao lado de onde se encontra o caixão? Que vergonha...

Tudo isso para nos mostrar que enquanto não respeitarmos comportamentos que sejam diferentes dos nossos, seremos ainda parte de uma classe social atrasada, e mentalmente retardada.

Lembrem-se sempre que quanto mais respeitarmos opiniões diferentes (do momento que sejam logicamente equilibradas), nós evoluímos!


estudante eterno
Forista desativado

Mensagens : 950
Likes : 38
Data de inscrição : 19/12/2013
Idade : 37

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Comentário de uma TJ que perdeu um filho no voo da Germanwings

Mensagem por River raid em Dom Mar 29 2015, 19:12

Olá, Kristy,

Como sempre li o que escreveste com muita atenção. Na minha opinião és uma pessoa muito positiva e que, de certa forma, faz com que eu goste de estar por aqui. É com muita sinceridade que estou certo que o facto de estares sempre presente atrai as pessoas a este espaço.

Porém, gostaria de ressalvar o seguinte:

"Este tópico foi colocado aqui, por se tratar de facto de um acontecimento triste, e essencialmente por a entrevista mencionar que este pai é TJ. Então e esse pai tivese dito que era protestante ou católico? A entrevista dele seria diferente em quê?
Ele não teria dito exactamente o mesmo? "

Neste ponto discordo, é como tu dizes, cada um tem sua opinião.

Obviamente, o pai do falecido está a sofrer com a morte de seu filho. Porém a forma como ele se deixou entrevistar e fazer propaganda chocou até mesmo os jornalistas. Repara que as outras famílias das vítimas deste assassinato também tinham (ou não) sua própria religião e não foi por isso que se serviram da morte dos parentes para propagar sua fé.

Portanto, onde está a diferença? O que leva um católico, um adventista, um ateu, um presbiteriano ou de outra religião qualquer aceitar uma entrevista num momento de luto? Será que aceitariam?
Este senhor foi o único a ser consultado só porque era TJ? Claro que não! Até os jornalistas ficaram surpreendidos com as declarações dele...

Obviamente cada um tem sua forma de reagir à morte tampouco estamos a falar de tribos africanas nem de seitas tipo os Davidianos ou Heaven´s Gate. Estamos a falar de uma religião perfeitamente inserida na sociedade, com boas pessoas mas que de certa forma são "castradas" em sua bondade e individualidade devido a uma religião de alto controlo e que utiliza todo o tipo de jogadas/artimanhas psicológicas para manter cativos seus fieis.

Espero que compreendas o que eu quero dizer.

Abraço













River raid
Membros
Membros

Mensagens : 4535
Likes : 202
Data de inscrição : 02/09/2013
Idade : 41
Localização : Maia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Comentário de uma TJ que perdeu um filho no voo da Germanwings

Mensagem por estudante eterno em Dom Mar 29 2015, 19:16

@Índigo escreveu:River

quem és tu para julgar um pai, sendo que tu nem pai és?

tens tanta raiva dentro de ti que transpiras isso em cada palavra que escreves.

Nao tens um pingo de tolerancia com nenhuma TJ. Por isso nao esperes que os foristas tambem sejam tolerantes ctg!

Concordo inteiramente contigo, Indigo, penso que o teu comentário mostra mesmo bem o porquê dos comentário completamente abusivo do River Raid.

estudante eterno
Forista desativado

Mensagens : 950
Likes : 38
Data de inscrição : 19/12/2013
Idade : 37

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Comentário de uma TJ que perdeu um filho no voo da Germanwings

Mensagem por River raid em Dom Mar 29 2015, 19:17

@estudante eterno escreveu:
nubia escreveu:olha River Raid não poluis absolutamente nada este fórum, estou muito de acordo contigo e quando cheguei aqui tive logo uma empatia por ti.
Posto isto, poucos de nós somos psicólogos, mas somos todos humanos e com experiencia de vida.E a experiencia de vida nos diz que numa altura dessas tão dolorosa, não queremos estar a comentar o que sentimos perante as camaras.O pai no meu enteneder poderia ter se recusado a falar aos jornalistas. Mas a vontade de transmistir a mensagem de conforto foi maior. Ao transmitir essa fé forte na resureiçao, pode ter chocado em vez de ter dado testemunho.

Por ser formado em enfermagem, e tendo uma pós-graduação com alguns artigos escritos para revistas científicas sobre psiquiatria forense, além de já ter participado de vários seminários sobre saúde mental, vejo-me na obrigação de corrigir este comentário, da forista Nubia, que pelos vistos não se encontra qualificada para dar uma opinião fundamentada sobre a reação do pai.

Obviamente, trata-se de um pai que perdeu um filho, e os meus comentários um pouco mais diretos vão no sentido de haver a necessidade de respeitar um homem, que hoje sofre.

Não me interessa se é testemunha de Jeová, Mórmon, budista, ateu, ou seja lá o que for. A importância de respeitar o luto deverá ser uma constante. Eu explicava aqui o processo corporal ligado ao luto (o que acontece no nosso corpo quando alguém que amamos muito nos deixa) mas não vale a pena, pois enquanto não houver respeito por uma simples atitude de um pai não haverá entendimento para entender processos biológicos mais complexos.

Penso, então, que deveremos criticar, nubia, uma mãe que se veste de preto por anos consecutivos devido à morte do filho? Que vergonha...

Deveremos criticar um membro de uma qualquer denominação protestante por comer bolos na sala ao lado de onde se encontra o caixão? Que vergonha...

Tudo isso para nos mostrar que enquanto não respeitarmos comportamentos que sejam diferentes dos nossos, seremos ainda parte de uma classe social atrasada, e mentalmente retardada.

Lembrem-se sempre que quanto mais respeitarmos opiniões diferentes (do momento que sejam logicamente equilibradas), nós evoluímos!


Mas o que teu comentário tem que ver com o comentário da forista Núbia a meu respeito (o quote)?

Ou será que tua intenção é que ela não poste mais aqui no fórum?


River raid
Membros
Membros

Mensagens : 4535
Likes : 202
Data de inscrição : 02/09/2013
Idade : 41
Localização : Maia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Comentário de uma TJ que perdeu um filho no voo da Germanwings

Mensagem por Investigando a Torre em Dom Mar 29 2015, 19:18

@estudante eterno escreveu:
@Índigo escreveu:River

quem és tu para julgar um pai, sendo que tu nem pai és?

tens tanta raiva dentro de ti que transpiras isso em cada palavra que escreves.

Nao tens um pingo de tolerancia com nenhuma TJ. Por isso nao esperes que os foristas tambem sejam tolerantes ctg!

Concordo inteiramente contigo, Indigo, penso que o teu comentário mostra mesmo bem o porquê dos comentário completamente abusivo do River Raid.

Catrapuz... já está! Angry

Reparo que já estás com a barrinha outra vez nos mínimos e eu que me esforcei tanto... tass bem
Esforço inglório. What a Face

IT


Vamos trabalhar juntos para manter neste fórum um ambiente limpo e amigável. Bons comentários!

"Quem alberga a Verdade no seu coração, não deve temer que lhe falte força na língua e persuasão"
J. RUSKIN
«Stones of Venice», 11

Investigando a Torre
Admin
Admin

Mensagens : 8325
Likes : 307
Data de inscrição : 21/09/2011
Idade : 57
Localização : Vila Nova de Santo André

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Comentário de uma TJ que perdeu um filho no voo da Germanwings

Mensagem por estudante eterno em Dom Mar 29 2015, 19:19

@Investigando a Torre escreveu:
@estudante eterno escreveu:
@Índigo escreveu:River

quem és tu para julgar um pai, sendo que tu nem pai és?

tens tanta raiva dentro de ti que transpiras isso em cada palavra que escreves.

Nao tens um pingo de tolerancia com nenhuma TJ. Por isso nao esperes que os foristas tambem sejam tolerantes ctg!

Concordo inteiramente contigo, Indigo, penso que o teu comentário mostra mesmo bem o porquê dos comentário completamente abusivo do River Raid.

Catrapuz... já está! Angry

Reparo que já estás com a barrinha outra vez nos mínimos e eu que me esforcei tanto... tass bem
Esforço inglório.  What a Face

IT

Esforço inglório nunca, IT.

Pensa antes na qualidade intelectual deste fórum.

estudante eterno
Forista desativado

Mensagens : 950
Likes : 38
Data de inscrição : 19/12/2013
Idade : 37

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Comentário de uma TJ que perdeu um filho no voo da Germanwings

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 18:31


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum