EX-TESTEMUNHAS DE JEOVÁ
Seja muito Bem-vindo!

Regista-te aqui e descobre a verdade sobre a "verdade"

Lê as regras e respeita-as

Alguma duvida a Adm/Mod está pronta a ajudar.



"Quando aceitamos tudo o que a Organização diz sem verificar, mostramos confiança na Organização. Mas, se mantivermos um espírito atento e examinarmos 'quanto a se estas coisas são realmente assim' (Atos 17:11), então, mostramos zelo para com Jeová. Para quem você mostra zelo?"

TRABALHO EM BETEL – Serviço voluntário ou escravidão camuflada?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

TRABALHO EM BETEL – Serviço voluntário ou escravidão camuflada?

Mensagem por Kaarlo Luhtanen em Sab Mar 14 2015, 19:34

TRABALHO EM BETEL – Serviço voluntário ou escravidão camuflada?


Como sabemos a Torre de Vigia tem suas filiais espalhadas no mundo todo, sendo conhecidas como Betel. Nela as pessoas que trabalham lá são Testemunhas de Jeová e o trabalho exercido é considerado serviço voluntário. Mas será que é mesmo serviço voluntário? Vejamos.

Segundo esse Guia Trabalhista, o trabalho voluntário é definido pela Lei 9.608/1998 como a atividade não remunerada prestada por pessoa física a entidade pública de qualquer natureza, ou a instituição privada de fins não lucrativos, que tenha objetivos cívicos, culturais, educacionais, científicos, recreativos ou de assistência social, inclusive mutualidade.

Para ser enquadrado no conceito da lei do voluntariado, o trabalho deve ter as seguintes características:


    1. Ser voluntário, ou seja, não pode ser imposto ou exigido como contrapartida de algum benefício concedido pela entidade ao indivíduo ou à sua família;
    2. Ser gratuito;
    3. Ser prestado pelo indivíduo, isoladamente, e não como “subcontratado” de uma organização da qual o indivíduo faça parte e, portanto, seja pela mesma compelido a prestá-lo; e
    4. Ser prestado para entidade governamental ou privada, sendo que estas devem ter fim não lucrativo e voltado para objetivos públicos.



Prestem atenção nos itens 3 e 4. Eles dizem que a pessoa deve prestar esse serviço isoladamente e não como um subcontratado. Em Betel o serviço não é isolado, mas de caráter contínuo e por tempo indeterminado. Além disso, o trabalho não pode ter fins lucrativos e voltado para objetivos públicos. A Torre de Vigia direciona seus trabalhos para o público com o objetivo de fazer algo para beneficiar a comunidade? A Torre de Vigia apenas usa seus trabalhos em prol da sua atividade dita religiosa, para a produção de publicações e construções e compras de prédios para si mesma. Além de praticamente obrigar os seus membros a fazerem donativos por meio de cartas e resoluções, as quais dizem a quantia necessária pra cada um fornecer, mas mesmo assim afirmam ser sem fins lucrativos.

Ou seja, a Torre de Vigia não segue as condições apropriadas para serviço voluntário e não dão salário para quem trabalha lá, dão apenas moradia e alimentação, o que também é mais um crime e caracteriza o trabalho escravo que há tanto tempo vem sendo combatido. Para quem não sabe, existe o salário in natura ou salário utilidade, em que o trabalhador pode receber como moradia e alimentação,  mas que não pode ultrapassar 25% do salário, sendo assim, 75% do salário deve ser em espécie, em dinheiro vivo obrigatoriamente. No entanto não é isso que a Torre de Vigia vem fazendo.*

Os membros do Corpo Governante das Testemunhas de Jeová estimulam e incentivam em suas publicações o trabalho em Betel, mas afirmam nelas que o serviço prestado é voluntário, o que vemos que não é, é trabalho escravo disfarçado e que trará bastantes consequências no futuro, pois a pessoa não terá seus direitos legais para se aposentar, dentre muitos outros direitos. O Corpo Governante usa como estratégia que o fim chegará a qualquer momento, fazendo seus membros não se preocuparem com o futuro. E como já vimos, o trabalho não é isolado, exige exclusividade da pessoa para isso. Podemos ver então que a Sociedade Torre de Vigia é uma entidade que age fora da lei, mascarando uma escravidão em serviço voluntário.

_____________________________
*Para saber mais sobre o salário in natura/utilidade clique aqui
.

Kaarlo Luhtanen
Membros
Membros

Mensagens : 433
Likes : 13
Data de inscrição : 07/11/2014
Idade : 100
Localização : Interior do Ceará

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: TRABALHO EM BETEL – Serviço voluntário ou escravidão camuflada?

Mensagem por River raid em Sab Mar 14 2015, 20:12

Obrigado, essa info é útil e esclarecedora.

E aí no Brasil quem tem coragem de denunciar essa situação nas entidades competentes?

Aconselho a enviar essa informação para quem de direito, como por exemplo. organizações dos direitos humanos ou uma petição.




River raid
Membros
Membros

Mensagens : 4532
Likes : 202
Data de inscrição : 02/09/2013
Idade : 41
Localização : Maia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: TRABALHO EM BETEL – Serviço voluntário ou escravidão camuflada?

Mensagem por Kaarlo Luhtanen em Sab Mar 14 2015, 21:34

@River raid escreveu:Obrigado, essa info é útil e esclarecedora.

E aí no Brasil quem tem coragem de denunciar essa situação nas entidades competentes?

Aconselho a enviar essa informação para quem de direito, como por exemplo. organizações dos direitos humanos ou uma petição.
O problema é que a Torre se livra da definição de escravidão de acordo com o código penal, por não forçar seus trabalhadores e nem os por em condições degradantes, mas fere no que diz respeito ao serviço voluntário, e também nos direitos trabalhistas que deveriam dar, mas que não dão pela desculpa de ser um serviço voluntário. E mais, os próprios betelitas acham fazer um serviço voluntário. Quero é ver quando eles forem dispensados quando ficarem velhos, pra onde vão e com que se manterão.

Kaarlo Luhtanen
Membros
Membros

Mensagens : 433
Likes : 13
Data de inscrição : 07/11/2014
Idade : 100
Localização : Interior do Ceará

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: TRABALHO EM BETEL – Serviço voluntário ou escravidão camuflada?

Mensagem por gregdagangue em Dom Mar 15 2015, 18:33

Quando estes 'escravos da torre'ficarem velhos  e ao abandono aí é que vai ser ruim eles sentirem na pele que a vida passou e eles não viveram nada, por que estavam 'intensamente ocupados' com as "boas novas" da torre. É ruim hein?  um amargo despertar destes ninguém merece. Tenho pena destes alegres louvadores. Sad Sad Sad Sad Sad

gregdagangue
Membros
Membros

Mensagens : 1429
Likes : 59
Data de inscrição : 01/06/2014
Idade : 61
Localização : boa vista/roraima

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: TRABALHO EM BETEL – Serviço voluntário ou escravidão camuflada?

Mensagem por TJ esclarecido em Qua Mar 18 2015, 00:23

@River raid escreveu:Obrigado, essa info é útil e esclarecedora.

E aí no Brasil quem tem coragem de denunciar essa situação nas entidades competentes?

Aconselho a enviar essa informação para quem de direito, como por exemplo. organizações dos direitos humanos ou uma petição.


E quem vai dar credibilidade a uma eventual denúncia, se não forem os próprios trabalhadores a se queixarem e a tornarem a situação pública se acharem que estão mal?


"Se apenas houvesse uma única verdade, não poderiam pintar-se cem telas sobre o mesmo tema"
Pablo Picasso

TJ esclarecido
Moderador
Moderador

Mensagens : 1804
Likes : 151
Data de inscrição : 13/11/2011
Localização : Centro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: TRABALHO EM BETEL – Serviço voluntário ou escravidão camuflada?

Mensagem por Kaarlo Luhtanen em Qua Mar 18 2015, 01:28

@TJ esclarecido escreveu:
@River raid escreveu:Obrigado, essa info é útil e esclarecedora.

E aí no Brasil quem tem coragem de denunciar essa situação nas entidades competentes?

Aconselho a enviar essa informação para quem de direito, como por exemplo. organizações dos direitos humanos ou uma petição.


E quem vai dar credibilidade a uma eventual denúncia, se não forem os próprios trabalhadores a se queixarem e a tornarem a situação pública se acharem que estão mal?
Eu também acho que não daria em nada. A maioria dos que estão ali acha quem estão estão trabalhando para Deus e não para o corpo governante. Se tem alguém ali que já descobriu as coisas sobre a Torre e ainda não abandonou o serviço é porque talvez sofra pressão da família para ser um betelita e com certeza não cogitaria uma denúncia. Por isso que eu digo que é camuflada, os próprios trabalhadores acham que não é.

Kaarlo Luhtanen
Membros
Membros

Mensagens : 433
Likes : 13
Data de inscrição : 07/11/2014
Idade : 100
Localização : Interior do Ceará

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: TRABALHO EM BETEL – Serviço voluntário ou escravidão camuflada?

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 12:10


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum