EX-TESTEMUNHAS DE JEOVÁ
Seja muito Bem-vindo!

Regista-te aqui e descobre a verdade sobre a "verdade"

Lê as regras e respeita-as

Alguma duvida a Adm/Mod está pronta a ajudar.



"Quando aceitamos tudo o que a Organização diz sem verificar, mostramos confiança na Organização. Mas, se mantivermos um espírito atento e examinarmos 'quanto a se estas coisas são realmente assim' (Atos 17:11), então, mostramos zelo para com Jeová. Para quem você mostra zelo?"

Análise das Perguntas do Leitores mais absurdas!!

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Análise das Perguntas do Leitores mais absurdas!!

Mensagem por pascoalnaib em Ter Fev 14 2012, 23:31

Resolvi criar esse tópico para analisarmos exclusivamente "As perguntas dos Leitores" que sempre vêm na revista "Sentinela". Quando eu pegava a revista ia logo olhar isso...achava muito interessante.

Hoje em dia podemos avaliar a que ponto a Torre abusa do controle de seus adeptos com coisas absurdas e o pior: condena algo, mas de forma camuflada sempre diz que a decisão é do leitor! Será mesmo?

*** w75 15/2 p. 127 Perguntas dos Leitores ***

● É correto para a mulher cristã mandar furar as orelhas para poder usar brincos?
Citação:
As Escrituras não fornecem a informação que torne possível uma resposta direta de sim ou não a pergunta. Mandar furar ou não os lóbulos das orelhas para este fim é realmente um assunto de decisão pessoal.

Gente o que é isso aqui heim? Até para decidir se fura a orelha ou não, tem que ler uma revista Sentinela?

Citação:
Em vista destes vários fatores considerados juntos, é evidente que não se pode dar uma resposta dogmática. Cada mulher cristã terá de usar sua própria consciência neste assunto. Algumas, aplicando os princípios acima, talvez não queiram furar as orelhas; outras talvez achem que podem fazer isso com boa consciência. A mulher casada que prefere ter as orelhas furadas deve corretamente consultar primeiro sua cabeça marital. De modo similar, a menor apresentaria o assunto aos pais e acataria a decisão deles, em harmonia com o arranjo de Jeová para a família. — Col. 3:18, 20; Efé. 5:22 a 6:4.

Pois é, não se consegue chegar baseado na Bíblia nessa grande questão "universal" que é furar ou não furar as orelhas para usar brinco!! Mas, se a mulher quiser furar a orelha, não se esqueça de pedir permissão ao marido! Shocked

Citação:
Nós, como cristãos, também devemos considerar os sentimentos dos outros. Podemos lembrar-nos de que o conselho dos apóstolos mostra que usar ornamentos não é tão importante como adornar-se “com modéstia e bom juízo” e “boas obras”. — 1 Ped. 3:3; 1 Tim. 2:9, 10.

Agora me digam se sempre no final a Torre não dá sua opinião? O que ela quis dizer aqui? Quem lê vai entender que a mulher que procura ou se preocupa em colocar ornamentos ou brincos deve colocar isso em segundo plano, pois não é tão importante quanto ter bom juízo e pregar as boas novas.

Mas, que é uma pergunta bem absurda isso é! Cool

pascoalnaib

Mensagens : 1061
Likes : 38
Data de inscrição : 23/10/2011
Idade : 42
Localização : Fortaleza-CE

Ver perfil do usuário http://extestemunhasdejeova.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análise das Perguntas do Leitores mais absurdas!!

Mensagem por pascoalnaib em Ter Fev 14 2012, 23:34

Continuando as "Perguntas dos Leitores" mais absurdas:

A serpente que falou com Adão e Eva tinha pernas ou não?

A 1º RESPOSTA SOBRE SE A SERPENTE QUE FALOU COM EVA TINHA PERNAS É......

Perguntas dos Leitores 15/02/1965 vol encadernado p.127,128
Citação:
Será que a serpente perdeu as pernas ou os pés, como meio de movimento, como resultado da maldição divina, registrada em Gênesis 3:14?


Em Gênesis 3:14, diz-se-nos: "E Jeová Deus passou a dizer à serpente: “Porque fizeste isso, maldita és dentre todos os animais domésticos e dentre todos os animais selváticos do campo. Sobre o teu ventre andarás e pó é o que comerás todos os dias da tua vida".

O que se diz aqui, naturalmente, é dirigido em especial à invisível criatura espiritual que usou a serpente literal como porta-voz. Prediz seu rebaixamento. Mas, para que tenha vigor a aplicação simbólica deste juízo sobre a criatura espiritual iníqua que se tornou Satanás, tem de haver um cumprimento disso na serpente literal, que se torna simbólica de Satanás. Por conseguinte, é razoável concluir-se que antes de Deus a ter amaldiçoado, a serpente possuía pernas que a elevavam acima do solo. Assim como ele teve o poder de criar a serpente, de início, Deus teve o poder de transformar o corpo dela, de modo que deixasse de ter pernas e pudesse mover-se sobre seu ventre.

NOVAS LUZES

A 2º RESPOSTA SOBRE SE A SERPENTE QUE FALOU COM EVA TINHA PERNAS É......

*** w07 15/6 p. 31 Perguntas dos Leitores ***
A serpente que falou com Eva tinha pernas?

Conforme registrado em Gênesis 3:14, Jeová Deus falou o seguinte à serpente que havia enganado Eva no jardim do Éden: “Porque fizeste isso, maldita és dentre todos os animais domésticos e dentre todos os animais selváticos do campo. Sobre o teu ventre andarás e pó é o que comerás todos os dias da tua vida.” A Bíblia não diz especificamente que o animal usado para tentar Eva havia tido pernas e que depois as perdeu. Mesmo que as palavras de Gênesis 3:14 possam levar alguns a pensar que esse tenha sido o caso, não precisamos concluir que, antes dessa maldição, as serpentes tinham pernas. Por que não?

Em especial porque o verdadeiro alvo da condenação de Jeová era Satanás — o espírito invisível que fez mau uso daquele animal inferior. A Bíblia chama Satanás de “pai da mentira” e “serpente original”. Essas expressões pelo visto se referem ao fato de Satanás ter usado um animal visível, a serpente, como seu porta-voz para induzir Eva a desobedecer à ordem de Deus. — João 8:44; Revelação (Apocalipse) 20:2.

Deus criou as serpentes e, aparentemente, Adão tinha dado esse nome a elas antes desse ato enganador de Satanás. Não se pode culpar a serpente irracional que falou com Eva. Aquele animal não tinha condições de saber que Satanás o manipulava ou de entender o julgamento de Jeová contra os desobedientes.

pascoalnaib

Mensagens : 1061
Likes : 38
Data de inscrição : 23/10/2011
Idade : 42
Localização : Fortaleza-CE

Ver perfil do usuário http://extestemunhasdejeova.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análise das Perguntas do Leitores mais absurdas!!

Mensagem por Condor em Qua Fev 15 2012, 10:14

Fantástico Pascoalnaib,

Verdadeiras pérolas do absurdo. O pior em tudo isto é que nós durante muito tempo embarcamos nesses aburdos e demos todo o nosso poder pessoal a uma organização que tem como comando um punhado de homens iguais a todos os outros... só que... menos bem intencionados.

Abraço


"Tomei consciência que as minhas verdades, construídas ao longo de anos, foram as minhas prisões - não a minha liberdade" - Condor

Condor
Membros
Membros

Mensagens : 367
Likes : 41
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 53
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análise das Perguntas do Leitores mais absurdas!!

Mensagem por Condor em Qua Fev 15 2012, 11:47

@pascoalnaib escreveu:Continuando as "Perguntas dos Leitores" mais absurdas:

Conforme registrado em Gênesis 3:14, Jeová Deus falou o seguinte à serpente que havia enganado Eva no jardim do Éden: “Porque fizeste isso, maldita és dentre todos os animais domésticos e dentre todos os animais selváticos do campo. Sobre o teu ventre andarás e pó é o que comerás todos os dias da tua vida.” A Bíblia não diz especificamente que o animal usado para tentar Eva havia tido pernas e que depois as perdeu. Mesmo que as palavras de Gênesis 3:14 possam levar alguns a pensar que esse tenha sido o caso, não precisamos concluir que, antes dessa maldição, as serpentes tinham pernas. Por que não?


Reparam que no texto em que a Torre altera a explicação diz o que está a vermelho? A questão é: e quem foram esses alguns que escreveram um disparate desses? Não foi a própria Torre? Então porque não o assume?

É sempre a mesma conversa, a mesma postura ao longo dos anos... e depois... foram jogam a culpa no que algumas TJs creem... como se elas pudessem pensar por si sós... É triste, é prova do orgulho e soberba dessa organização com o comando do chamado Corpo Governante.




"Tomei consciência que as minhas verdades, construídas ao longo de anos, foram as minhas prisões - não a minha liberdade" - Condor

Condor
Membros
Membros

Mensagens : 367
Likes : 41
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 53
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análise das Perguntas do Leitores mais absurdas!!

Mensagem por pascoalnaib em Qua Fev 15 2012, 20:36

@Condor escreveu:Fantástico Pascoalnaib,

Verdadeiras pérolas do absurdo. O pior em tudo isto é que nós durante muito tempo embarcamos nesses aburdos e demos todo o nosso poder pessoal a uma organização que tem como comando um punhado de homens iguais a todos os outros... só que... menos bem intencionados.

Abraço
Condor concordo com você! Eu tinha uma dependência misturada com obediência em fazer tudo conforme a representante de Deus na Terra (Torre de Vigia) orientava.
Lia muito essas perguntas dos leitores e sempre pesquisei muito, talvez por isso achei mais rápido os erros. Wink

pascoalnaib

Mensagens : 1061
Likes : 38
Data de inscrição : 23/10/2011
Idade : 42
Localização : Fortaleza-CE

Ver perfil do usuário http://extestemunhasdejeova.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análise das Perguntas do Leitores mais absurdas!!

Mensagem por pascoalnaib em Qua Out 31 2012, 01:33

Alguém quer contribuir com alguma pérola das perguntas do leitores?

pascoalnaib

Mensagens : 1061
Likes : 38
Data de inscrição : 23/10/2011
Idade : 42
Localização : Fortaleza-CE

Ver perfil do usuário http://extestemunhasdejeova.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análise das Perguntas do Leitores mais absurdas!!

Mensagem por mjp em Qua Out 31 2012, 14:05

@pascoalnaib escreveu:Resolvi criar esse tópico para analisarmos exclusivamente "As perguntas dos Leitores" que sempre vêm na revista "Sentinela". Quando eu pegava a revista ia logo olhar isso...achava muito interessante.

Hoje em dia podemos avaliar a que ponto a Torre abusa do controle de seus adeptos com coisas absurdas e o pior: condena algo, mas de forma camuflada sempre diz que a decisão é do leitor! Será mesmo?

*** w75 15/2 p. 127 Perguntas dos Leitores ***

● É correto para a mulher cristã mandar furar as orelhas para poder usar brincos?
Citação:
As Escrituras não fornecem a informação que torne possível uma resposta direta de sim ou não a pergunta. Mandar furar ou não os lóbulos das orelhas para este fim é realmente um assunto de decisão pessoal.

Gente o que é isso aqui heim? Até para decidir se fura a orelha ou não, tem que ler uma revista Sentinela?

Citação:
Em vista destes vários fatores considerados juntos, é evidente que não se pode dar uma resposta dogmática. Cada mulher cristã terá de usar sua própria consciência neste assunto. Algumas, aplicando os princípios acima, talvez não queiram furar as orelhas; outras talvez achem que podem fazer isso com boa consciência. A mulher casada que prefere ter as orelhas furadas deve corretamente consultar primeiro sua cabeça marital. De modo similar, a menor apresentaria o assunto aos pais e acataria a decisão deles, em harmonia com o arranjo de Jeová para a família. — Col. 3:18, 20; Efé. 5:22 a 6:4.

Pois é, não se consegue chegar baseado na Bíblia nessa grande questão "universal" que é furar ou não furar as orelhas para usar brinco!! Mas, se a mulher quiser furar a orelha, não se esqueça de pedir permissão ao marido! Shocked

Citação:
Nós, como cristãos, também devemos considerar os sentimentos dos outros. Podemos lembrar-nos de que o conselho dos apóstolos mostra que usar ornamentos não é tão importante como adornar-se “com modéstia e bom juízo” e “boas obras”. — 1 Ped. 3:3; 1 Tim. 2:9, 10.

Agora me digam se sempre no final a Torre não dá sua opinião? O que ela quis dizer aqui? Quem lê vai entender que a mulher que procura ou se preocupa em colocar ornamentos ou brincos deve colocar isso em segundo plano, pois não é tão importante quanto ter bom juízo e pregar as boas novas.

Mas, que é uma pergunta bem absurda isso é! Cool


A pergunta (mas terá sido mesmo uma pergunta, ou uma forma dissimulada de se intrometerem onde não são chamados?) a ser real, só demonstra o grau surrealista e deprimente de dependencia a que chegam as pessoas que se sujeitam aos ditames da STV.

A resposta... bem, confesso que já enjoa tanto disparate e desculpem-me a altivez de me reservar o direito de nem sequer comentar. Um absurdo moral, religioso e, neste contexto, também histórico. Basta lembrar os ornamentos usados pelas israelitas dos tempos bíblicos.

mjp
Forista desativado

Mensagens : 6491
Likes : 223
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 56
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análise das Perguntas do Leitores mais absurdas!!

Mensagem por so em Qua Out 31 2012, 14:18

@mjp escreveu:


A pergunta (mas terá sido mesmo uma pergunta, ou uma forma dissimulada de se intrometerem onde não são chamados?) a ser real, só demonstra o grau surrealista e deprimente de dependencia a que chegam as pessoas que se sujeitam aos ditames da STV.

A resposta... bem, confesso que já enjoa tanto disparate e desculpem-me a altivez de me reservar o direito de nem sequer comentar. Um absurdo moral, religioso e, neste contexto, também histórico. Basta lembrar os ornamentos usados pelas israelitas dos tempos bíblicos.

Agora não leio esse tipo de revistas , mas quando lia as vezes me perguntava se alguém fazia aquelas perguntas scratch


Conhecereis a internet e a internet vos libertará.

so
Sócio APVIPRE
Sócio APVIPRE

Mensagens : 1965
Likes : 58
Data de inscrição : 01/03/2012
Localização : Norte

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análise das Perguntas do Leitores mais absurdas!!

Mensagem por mjp em Qua Out 31 2012, 14:22

@pascoalnaib escreveu:Continuando as "Perguntas dos Leitores" mais absurdas:

A serpente que falou com Adão e Eva tinha pernas ou não?

A 1º RESPOSTA SOBRE SE A SERPENTE QUE FALOU COM EVA TINHA PERNAS É......

Perguntas dos Leitores 15/02/1965 vol encadernado p.127,128
Citação:
Será que a serpente perdeu as pernas ou os pés, como meio de movimento, como resultado da maldição divina, registrada em Gênesis 3:14?


Em Gênesis 3:14, diz-se-nos: "E Jeová Deus passou a dizer à serpente: “Porque fizeste isso, maldita és dentre todos os animais domésticos e dentre todos os animais selváticos do campo. Sobre o teu ventre andarás e pó é o que comerás todos os dias da tua vida".

O que se diz aqui, naturalmente, é dirigido em especial à invisível criatura espiritual que usou a serpente literal como porta-voz. Prediz seu rebaixamento. Mas, para que tenha vigor a aplicação simbólica deste juízo sobre a criatura espiritual iníqua que se tornou Satanás, tem de haver um cumprimento disso na serpente literal, que se torna simbólica de Satanás. Por conseguinte, é razoável concluir-se que antes de Deus a ter amaldiçoado, a serpente possuía pernas que a elevavam acima do solo. Assim como ele teve o poder de criar a serpente, de início, Deus teve o poder de transformar o corpo dela, de modo que deixasse de ter pernas e pudesse mover-se sobre seu ventre.

NOVAS LUZES

A 2º RESPOSTA SOBRE SE A SERPENTE QUE FALOU COM EVA TINHA PERNAS É......

*** w07 15/6 p. 31 Perguntas dos Leitores ***
A serpente que falou com Eva tinha pernas?

Conforme registrado em Gênesis 3:14, Jeová Deus falou o seguinte à serpente que havia enganado Eva no jardim do Éden: “Porque fizeste isso, maldita és dentre todos os animais domésticos e dentre todos os animais selváticos do campo. Sobre o teu ventre andarás e pó é o que comerás todos os dias da tua vida.” A Bíblia não diz especificamente que o animal usado para tentar Eva havia tido pernas e que depois as perdeu. Mesmo que as palavras de Gênesis 3:14 possam levar alguns a pensar que esse tenha sido o caso, não precisamos concluir que, antes dessa maldição, as serpentes tinham pernas. Por que não?

Em especial porque o verdadeiro alvo da condenação de Jeová era Satanás — o espírito invisível que fez mau uso daquele animal inferior. A Bíblia chama Satanás de “pai da mentira” e “serpente original”. Essas expressões pelo visto se referem ao fato de Satanás ter usado um animal visível, a serpente, como seu porta-voz para induzir Eva a desobedecer à ordem de Deus. — João 8:44; Revelação (Apocalipse) 20:2.

Deus criou as serpentes e, aparentemente, Adão tinha dado esse nome a elas antes desse ato enganador de Satanás. Não se pode culpar a serpente irracional que falou com Eva. Aquele animal não tinha condições de saber que Satanás o manipulava ou de entender o julgamento de Jeová contra os desobedientes.


Chega a ser cómico quando eles argumentam: "Por conseguinte, é razoável concluir-se que antes de Deus a ter amaldiçoado, a serpente possuía pernas que a elevavam acima do solo. Assim como ele teve o poder de criar a serpente, de início, Deus teve o poder de transformar o corpo dela, de modo que deixasse de ter pernas e pudesse mover-se sobre seu ventre". Se isto é razoável, então o que é que não é? Morrer a rir Morrer a rir Morrer a rir

Claro que a segunda resposta tem mais sumo, mas tentar responder as estas questões com base numa interpretação infantil do livro de Génesis, só pode dar disparate Teológico.

mjp
Forista desativado

Mensagens : 6491
Likes : 223
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 56
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análise das Perguntas do Leitores mais absurdas!!

Mensagem por MariaL em Sex Nov 02 2012, 11:51

Em A Sentinela, 1/3/86
O que o apóstolo Paulo quis dizer quando declarou que a mulher deveria ‘ficar calada na congregação’?

Ora aí está uma boa pergunta para a qual ainda não encontrei uma boa resposta. Os escritores da Sentinela fazem uma (má) tentativa. Dizem eles:


Paulo escreveu à congregação cristã em Corinto: “Como em todas as congregações dos santos, fiquem caladas as mulheres nas congregações, pois não se lhes permite falar.” (1 Coríntios 14:33, 34) Para o entendimento correto dessas palavras, é bom levar em conta o contexto do conselho de Paulo.

Em 1 Coríntios capítulo 14, Paulo abordou assuntos relacionados às reuniões na congregação cristã, descrevendo o que deveria ser considerado nessas reuniões e como elas deveriam ser dirigidas. (1 Coríntios 14:1-6, 26-34) Além disso, ele enfatizou o propósito das reuniões cristãs — “para que a congregação receba edificação”. — 1 Coríntios 14:4, 5, 12, 26.

A instrução de Paulo para ‘ficar calado’ aparece três vezes no capítulo 14 da primeira carta aos coríntios. Em cada uma dessas ocorrências, a instrução é dirigida para um grupo diferente na congregação, mas em todos os casos, o objetivo é um só: que “todas as coisas ocorram decentemente e por arranjo”. — 1 Coríntios 14:40.

Primeiro, Paulo disse: “Se alguém falar numa língua, seja isso limitado a dois ou no máximo três, e por turnos; e traduza alguém. Mas, se não houver tradutor, então fique calado na congregação e fale consigo mesmo e com Deus.” (1 Coríntios 14:27, 28) Isso não significava que essa pessoa nunca deveria falar nas reuniões, mas haveria ocasiões que ela deveria ficar calada. Afinal, o propósito das reuniões — edificar uns aos outros — não ia ser atingido se ela falasse num idioma que ninguém entendesse.

Segundo, Paulo declarou: “Falem dois ou três profetas, e que os outros discirnam o significado. Mas, se outro tiver revelação enquanto está sentado ali, fique calado o primeiro.” Isso não significava que o primeiro profeta deveria se refrear de falar nas reuniões, mas que às vezes deveria ficar calado. Então, aquele que recebeu uma revelação milagrosa poderia se dirigir à congregação, e o propósito da reunião seria atingido, ou seja, que ‘todos fossem encorajados’. — 1 Coríntios 14:26, 29-31.

Terceiro, Paulo dirigiu-se apenas às mulheres cristãs, dizendo: “Fiquem caladas as mulheres nas congregações, pois não se lhes permite falar, mas estejam em sujeição.” (1 Coríntios 14:34) Por que Paulo deu essa instrução às irmãs? Para preservar a ordem da congregação. Ele disse: “Se, então, quiserem aprender algo, interroguem a seus próprios maridos em casa, pois é ignominioso para uma mulher falar na congregação.” — 1 Coríntios 14:35.


No entender dos autores do texto, se uma mulher falasse na congregação, o resultado só poderia ser desastroso. Ficaria instalada a desordem e no fim da reunião iam todos para casa sem terem percebido nada. Uma confusão!
Se calhar todos os problemas da congregação de Coríntio começavam quando uma mulher pensava e abria a boca.

E continuam:


Talvez algumas irmãs estivessem desafiando o que estava sendo dito na congregação.

Talvez... Ou seja, pura especulação.

O conselho de Paulo ajudou as irmãs a evitar esse espírito desordeiro e a aceitar humildemente sua posição em relação ao princípio da chefia de Jeová, em especial com referência ao seu marido. (1 Coríntios 11:3) Além disso, o fato de as irmãs ficarem caladas demonstraria que elas não desejavam ser instrutoras na congregação. Quando escreveu a Timóteo, Paulo mostrou que seria impróprio a mulher assumir o papel de instrutora: “Não permito que a mulher ensine ou exerça autoridade sobre o homem, mas que esteja em silêncio.” — 1 Timóteo 2:12.

Mais uma vez, os escritores extrapolam, dizendo que as mulheres coríntias tinham espírito desordeiro e que não desejavam ser instrutoras. Elas talvez não o desejassem. Estariam certamente habituadas ao seu papel na sociedade da época. O grave, é que os autores do texto aproveitam isto para fazerem uma aplicação literal aos nossos dias.
Eu conheci várias mulheres que teriam muito gosto em poder ser instrutoras na congregação e que seriam muito melhores que alguns homens que têm poucas capacidades para isso.

Continuando...

Significa então que a mulher nunca pode falar numa reunião cristã? Não. Houve ocasiões nos dias de Paulo em que mulheres cristãs oraram ou profetizaram na congregação, talvez inspiradas pelo espírito santo. Nessas ocasiões, elas reconheciam sua posição ao usar uma cobertura para a cabeça. (1 Coríntios 11:5) Além disso, nos dias de Paulo e também hoje, tanto irmãs como irmãos são incentivados a fazer declaração pública de sua esperança. (Hebreus 10:23-25) Além de fazerem isso no ministério de campo, as irmãs declaram sua esperança e encorajam outros nas reuniões cristãs por meio de seus comentários bem preparados e quando aceitam fazer demonstrações ou discursos de estudante.

Os grandes privilégios concedidos às mulheres TJ! Rolling Eyes

Concluindo:


Portanto, quando a mulher cristã ‘fica calada’ indica que não tem a intenção de assumir o papel de um homem e instruir a congregação. Também, não levanta questões controversiais que poderiam desafiar a autoridade daqueles que ensinam.Cumprindo adequadamente seu papel na congregação, as irmãs cristãs contribuem muito para um ambiente de paz, a fim de “que todas as coisas [nas reuniões congregacionais] ocorram para edificação”. — 1 Coríntios 14:26, 33.

Por outras palavras, o que tem a fazer é ficar caladinha, mesmo quando se está mesmo a ver que os que ensinam só dizem disparates.

E assim justificam o tratamento discriminatório que dão às mulheres, como se estas não tivessem cérebro e fossem todas umas desordeiras!
Evil or Very Mad Evil or Very Mad


Não há pequenas coisas nem grandes coisas, todas são importantes. - Oscar Wilde

MariaL
Sócio APVIPRE
Sócio APVIPRE

Mensagens : 973
Likes : 83
Data de inscrição : 12/05/2012
Idade : 42
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análise das Perguntas do Leitores mais absurdas!!

Mensagem por Kimba em Sex Nov 02 2012, 17:58

@so escreveu:
@mjp escreveu:


A pergunta (mas terá sido mesmo uma pergunta, ou uma forma dissimulada de se intrometerem onde não são chamados?) a ser real, só demonstra o grau surrealista e deprimente de dependencia a que chegam as pessoas que se sujeitam aos ditames da STV.

A resposta... bem, confesso que já enjoa tanto disparate e desculpem-me a altivez de me reservar o direito de nem sequer comentar. Um absurdo moral, religioso e, neste contexto, também histórico. Basta lembrar os ornamentos usados pelas israelitas dos tempos bíblicos.

Agora não leio esse tipo de revistas , mas quando lia as vezes me perguntava se alguém fazia aquelas perguntas scratch

Realmente, às vezes parece a versão teocrática do "diário de Maria".....

Kimba
Membros
Membros

Mensagens : 703
Likes : 89
Data de inscrição : 30/08/2012
Idade : 42
Localização : Aveiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análise das Perguntas do Leitores mais absurdas!!

Mensagem por mjp em Sex Nov 02 2012, 19:09

@MariaL escreveu:Em A Sentinela, 1/3/86
O que o apóstolo Paulo quis dizer quando declarou que a mulher deveria ‘ficar calada na congregação’?

Ora aí está uma boa pergunta para a qual ainda não encontrei uma boa resposta. Os escritores da Sentinela fazem uma (má) tentativa. Dizem eles:


Paulo escreveu à congregação cristã em Corinto: “Como em todas as congregações dos santos, fiquem caladas as mulheres nas congregações, pois não se lhes permite falar.” (1 Coríntios 14:33, 34) Para o entendimento correto dessas palavras, é bom levar em conta o contexto do conselho de Paulo.

Em 1 Coríntios capítulo 14, Paulo abordou assuntos relacionados às reuniões na congregação cristã, descrevendo o que deveria ser considerado nessas reuniões e como elas deveriam ser dirigidas. (1 Coríntios 14:1-6, 26-34) Além disso, ele enfatizou o propósito das reuniões cristãs — “para que a congregação receba edificação”. — 1 Coríntios 14:4, 5, 12, 26.

A instrução de Paulo para ‘ficar calado’ aparece três vezes no capítulo 14 da primeira carta aos coríntios. Em cada uma dessas ocorrências, a instrução é dirigida para um grupo diferente na congregação, mas em todos os casos, o objetivo é um só: que “todas as coisas ocorram decentemente e por arranjo”. — 1 Coríntios 14:40.

Primeiro, Paulo disse: “Se alguém falar numa língua, seja isso limitado a dois ou no máximo três, e por turnos; e traduza alguém. Mas, se não houver tradutor, então fique calado na congregação e fale consigo mesmo e com Deus.” (1 Coríntios 14:27, 28) Isso não significava que essa pessoa nunca deveria falar nas reuniões, mas haveria ocasiões que ela deveria ficar calada. Afinal, o propósito das reuniões — edificar uns aos outros — não ia ser atingido se ela falasse num idioma que ninguém entendesse.

Segundo, Paulo declarou: “Falem dois ou três profetas, e que os outros discirnam o significado. Mas, se outro tiver revelação enquanto está sentado ali, fique calado o primeiro.” Isso não significava que o primeiro profeta deveria se refrear de falar nas reuniões, mas que às vezes deveria ficar calado. Então, aquele que recebeu uma revelação milagrosa poderia se dirigir à congregação, e o propósito da reunião seria atingido, ou seja, que ‘todos fossem encorajados’. — 1 Coríntios 14:26, 29-31.

Terceiro, Paulo dirigiu-se apenas às mulheres cristãs, dizendo: “Fiquem caladas as mulheres nas congregações, pois não se lhes permite falar, mas estejam em sujeição.” (1 Coríntios 14:34) Por que Paulo deu essa instrução às irmãs? Para preservar a ordem da congregação. Ele disse: “Se, então, quiserem aprender algo, interroguem a seus próprios maridos em casa, pois é ignominioso para uma mulher falar na congregação.” — 1 Coríntios 14:35.


No entender dos autores do texto, se uma mulher falasse na congregação, o resultado só poderia ser desastroso. Ficaria instalada a desordem e no fim da reunião iam todos para casa sem terem percebido nada. Uma confusão!
Se calhar todos os problemas da congregação de Coríntio começavam quando uma mulher pensava e abria a boca.

E continuam:


Talvez algumas irmãs estivessem desafiando o que estava sendo dito na congregação.

Talvez... Ou seja, pura especulação.

O conselho de Paulo ajudou as irmãs a evitar esse espírito desordeiro e a aceitar humildemente sua posição em relação ao princípio da chefia de Jeová, em especial com referência ao seu marido. (1 Coríntios 11:3) Além disso, o fato de as irmãs ficarem caladas demonstraria que elas não desejavam ser instrutoras na congregação. Quando escreveu a Timóteo, Paulo mostrou que seria impróprio a mulher assumir o papel de instrutora: “Não permito que a mulher ensine ou exerça autoridade sobre o homem, mas que esteja em silêncio.” — 1 Timóteo 2:12.

Mais uma vez, os escritores extrapolam, dizendo que as mulheres coríntias tinham espírito desordeiro e que não desejavam ser instrutoras. Elas talvez não o desejassem. Estariam certamente habituadas ao seu papel na sociedade da época. O grave, é que os autores do texto aproveitam isto para fazerem uma aplicação literal aos nossos dias.
Eu conheci várias mulheres que teriam muito gosto em poder ser instrutoras na congregação e que seriam muito melhores que alguns homens que têm poucas capacidades para isso.

Continuando...

Significa então que a mulher nunca pode falar numa reunião cristã? Não. Houve ocasiões nos dias de Paulo em que mulheres cristãs oraram ou profetizaram na congregação, talvez inspiradas pelo espírito santo. Nessas ocasiões, elas reconheciam sua posição ao usar uma cobertura para a cabeça. (1 Coríntios 11:5) Além disso, nos dias de Paulo e também hoje, tanto irmãs como irmãos são incentivados a fazer declaração pública de sua esperança. (Hebreus 10:23-25) Além de fazerem isso no ministério de campo, as irmãs declaram sua esperança e encorajam outros nas reuniões cristãs por meio de seus comentários bem preparados e quando aceitam fazer demonstrações ou discursos de estudante.

Os grandes privilégios concedidos às mulheres TJ! Rolling Eyes

Concluindo:


Portanto, quando a mulher cristã ‘fica calada’ indica que não tem a intenção de assumir o papel de um homem e instruir a congregação. Também, não levanta questões controversiais que poderiam desafiar a autoridade daqueles que ensinam.Cumprindo adequadamente seu papel na congregação, as irmãs cristãs contribuem muito para um ambiente de paz, a fim de “que todas as coisas [nas reuniões congregacionais] ocorram para edificação”. — 1 Coríntios 14:26, 33.

Por outras palavras, o que tem a fazer é ficar caladinha, mesmo quando se está mesmo a ver que os que ensinam só dizem disparates.

E assim justificam o tratamento discriminatório que dão às mulheres, como se estas não tivessem cérebro e fossem todas umas desordeiras!
Evil or Very Mad Evil or Very Mad

Cara MariaL

Vou saltar as explicações que a Organização dá para este assunto, pois quanto mais querem esclarecer, mais se embrulham e, como costumamos dizer, a emenda sai pior que o soneto.

Em primeiro lugar, as informações que tenho levam-me a concluir que na maioria das igrejas da cristandade se segue esta tradição, e se digo maioria é porque não sei se em alguma igreja de inspiração cristã seja permitido ás mulheres o acesso ao ensino e a ordenações religiosas que, desde os tempos mais remotos do judaísmo e do cristinianismo, sempre foram atribuídas aos homens.

Porque? Será de facto essa a pergunta que fazes. Pois bem, certamente que não é pelas mulheres serem menos/mais inteligentes que os homens, terem menos/mais talentos ou capacidades que os homens, serem mais/menos desordeiras que os homens, enfim não é certamente por qualquer inferioridade seja a que título ou nível for em relação ao homem.

Posto de lado o argumento biológico, sexual, fisiológico, intelectual ou qualquer outro que aponte para uma diferença de dignidade humana, resta-nos o argumento teológico, e esse só vale para quem quer aceitar e praticar. O argumento teológico aponta para a ideia retirada das Escrituras que o papel da mulher é diferente do do homem e em lado algum retiro das Escrituras outra conclusão. Outro papel, outras funções, cuja comparação em termos de importancia ou de relevancia são ridículas e risíveis, pois seria comparar se ter pão na mesa é mais ou menos importante que ter leite.

Se eu fosse mulher, juro que esse seria o aspecto menos importante a considerar.

Gostava de saber se mais alguém se arrisca a dar uma opinião sobre este delicado assunto. Eu arrisquei em dar, mas só porque a MariaL merece, pelo menos, a tentativa (ainda que muito fraca) de uma resposta.


mjp
Forista desativado

Mensagens : 6491
Likes : 223
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 56
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análise das Perguntas do Leitores mais absurdas!!

Mensagem por Kimba em Sex Nov 02 2012, 20:28

Eu não concordo, dizer que a mulher nas escrituras tem um papel diferente do homem é tão politicamente correcto como absolutamente falso. A mulher é efectivamente menorizada na bílbia. e como as religiões cristãs se baseiam nela é obvio que o papel que atribuem ao sexo feminino reflecte essa ideia. cada vez mais me convenço que a bíblia foi escrita e reflecte a maneira de pensar de homens e não de Deus e por isso nada mais lógico do que ser uma imagem fiel da maneira de pensar vigente na altura em que cada livro foi escrito


"Aquele que procura a verdade corre o risco de a encontrar." - Isabel Allende

Kimba
Membros
Membros

Mensagens : 703
Likes : 89
Data de inscrição : 30/08/2012
Idade : 42
Localização : Aveiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análise das Perguntas do Leitores mais absurdas!!

Mensagem por mjp em Sex Nov 02 2012, 20:47

@Kimba escreveu:Eu não concordo, dizer que a mulher nas escrituras tem um papel diferente do homem é tão politicamente correcto como absolutamente falso. A mulher é efectivamente menorizada na bílbia. e como as religiões cristãs se baseiam nela é obvio que o papel que atribuem ao sexo feminino reflecte essa ideia. cada vez mais me convenço que a bíblia foi escrita e reflecte a maneira de pensar de homens e não de Deus e por isso nada mais lógico do que ser uma imagem fiel da maneira de pensar vigente na altura em que cada livro foi escrito

Quando diz que a mulher é efectivamente menorizada na Bíblia, gostaria que me mostrasse um texto em que se possa concluir que Deus ao criar a mulher, quis que ela fosse um ser menor ou inferior ao homem. A sujeição matrimonial no contexto bíblico não significa inferioridade, tal como para Deus um escravo não é menor ou inferior a um homem livre por lhe estar legalmente sujeito.
Percebo que do ponto de vista humano o que parece é, o que até dá jeito para o enraizar de certas formas de estar no mundo. Não penso contudo, em honestidade intelectual, que se possa retirar esse sentido que refere na Bíblia. A menor pujança física/atlética da mulher em relação ao homem é que a subjugou, num mundo em que a força física era determinante para a sobrevivencia e para muitas tarefas diárias como o cultivar,o arar,o pastoreio e até mesmo a guerra.

mjp
Forista desativado

Mensagens : 6491
Likes : 223
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 56
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análise das Perguntas do Leitores mais absurdas!!

Mensagem por MariaL em Sex Nov 02 2012, 21:15

@mjp escreveu:
Cara MariaL
Vou saltar as explicações que a Organização dá para este assunto, pois quanto mais querem esclarecer, mais se embrulham e, como costumamos dizer, a emenda sai pior que o soneto.

Em primeiro lugar, as informações que tenho levam-me a concluir que na maioria das igrejas mulheres da cristandade se segue esta tradição, e se digo maioria é porque não sei se em alguma igreja de inspiração cristã seja permitido ás mulheres o acesso ao ensino e a ordenações religiosas que, desde os tempos mais remotos do judaísmo e do cristinianismo, sempre foram atribuídas aos homens.

A explicação que a Torre dá é que as mulheres são incompetentes e desordeiras. É o que está escrito no artigo que citei.

Embora como dizes, as igrejas cristãs sigam maioritariamente a tradição de não ter mulheres em posições de ensino, há realmente uma diferença, para pior, no caso da Torre.

Por exemplo, a Igreja Católica tem mulheres que desempenham funções diversas em instituições de apoio social, inclusive em cargos de gestão e direção. Ou seja, são-lhes reconhecidas capacidades para fazer algo realmente útil.
E por favor, não venham dizer-me que a única coisa realmente útil é a pregação, e que isso as mulheres podem fazer. Estavam eles bem arranjados se assim não fosse…
Eu quis chamar a atenção para o tratamento discriminatório que as mulheres têm na Torre.E isso é um facto.

@mjp escreveu:
Se eu fosse mulher, juro que esse seria o aspecto menos importante a considerar.

Já uma vez o fiz, e volto a fazer um apelo às mulheres TJ ativas (e não só) que visitam o fórum, para comentarem esta situação.
Acham isto normal? Sentem-se realmente valorizadas e respeitadas com este tratamento?

@mjp escreveu:
Gostava de saber se mais alguém se arrisca a dar uma opinião sobre este delicado assunto. Eu arrisquei em dar, mas só porque a MariaL merece, pelo menos, a tentativa (ainda que muito fraca) de uma resposta.

Obrigada, pela consideração, mjp! Smile


Não há pequenas coisas nem grandes coisas, todas são importantes. - Oscar Wilde

MariaL
Sócio APVIPRE
Sócio APVIPRE

Mensagens : 973
Likes : 83
Data de inscrição : 12/05/2012
Idade : 42
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análise das Perguntas do Leitores mais absurdas!!

Mensagem por MariaL em Sex Nov 02 2012, 21:33

@mjp escreveu:
@Kimba escreveu:Eu não concordo, dizer que a mulher nas escrituras tem um papel diferente do homem é tão politicamente correcto como absolutamente falso. A mulher é efectivamente menorizada na bílbia. e como as religiões cristãs se baseiam nela é obvio que o papel que atribuem ao sexo feminino reflecte essa ideia. cada vez mais me convenço que a bíblia foi escrita e reflecte a maneira de pensar de homens e não de Deus e por isso nada mais lógico do que ser uma imagem fiel da maneira de pensar vigente na altura em que cada livro foi escrito
Quando diz que a mulher é efectivamente menorizada na Bíblia, gostaria que me mostrasse um texto em que se possa concluir que Deus ao criar a mulher, quis que ela fosse um ser menor ou inferior ao homem. A sujeição matrimonial no contexto bíblico não significa inferioridade, tal como para Deus um escravo não é menor ou inferior a um homem livre por lhe estar legalmente sujeito.

Concordo com a opinião do Kimba, a mulher é obviamente tratada como inferior na biblía.
Esse conceito foi transmitido às sociedades cristãs. Ainda que não seja esse o conceito de Deus, não entendo porque não escreveu instruções suficientemente claras, em vez de nos dar um guia que veio abrir a porta a tratamentos discriminatórios.

E aqui está, mjp, um texto em que Deus diz coisas “estranhas”:
E à mulher disse: Multiplicarei grandemente a tua dor, e a tua conceição; com dor darás à luz filhos; e o teu desejo será para o teu marido, e ele te dominará. - Gênesis 3:16





Não há pequenas coisas nem grandes coisas, todas são importantes. - Oscar Wilde

MariaL
Sócio APVIPRE
Sócio APVIPRE

Mensagens : 973
Likes : 83
Data de inscrição : 12/05/2012
Idade : 42
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análise das Perguntas do Leitores mais absurdas!!

Mensagem por mjp em Sex Nov 02 2012, 22:00

@MariaL escreveu:
@mjp escreveu:
@Kimba escreveu:Eu não concordo, dizer que a mulher nas escrituras tem um papel diferente do homem é tão politicamente correcto como absolutamente falso. A mulher é efectivamente menorizada na bílbia. e como as religiões cristãs se baseiam nela é obvio que o papel que atribuem ao sexo feminino reflecte essa ideia. cada vez mais me convenço que a bíblia foi escrita e reflecte a maneira de pensar de homens e não de Deus e por isso nada mais lógico do que ser uma imagem fiel da maneira de pensar vigente na altura em que cada livro foi escrito
Quando diz que a mulher é efectivamente menorizada na Bíblia, gostaria que me mostrasse um texto em que se possa concluir que Deus ao criar a mulher, quis que ela fosse um ser menor ou inferior ao homem. A sujeição matrimonial no contexto bíblico não significa inferioridade, tal como para Deus um escravo não é menor ou inferior a um homem livre por lhe estar legalmente sujeito.

Concordo com a opinião do Kimba, a mulher é obviamente tratada como inferior na biblía.
Esse conceito foi transmitido às sociedades cristãs. Ainda que não seja esse o conceito de Deus, não entendo porque não escreveu instruções suficientemente claras, em vez de nos dar um guia que veio abrir a porta a tratamentos discriminatórios.

E aqui está, mjp, um texto em que Deus diz coisas “estranhas”:
E à mulher disse: Multiplicarei grandemente a tua dor, e a tua conceição; com dor darás à luz filhos; e o teu desejo será para o teu marido, e ele te dominará. - Gênesis 3:16





Se há coisa que eu tenho aprendido desde que saí das TJ é que interpretar a criação do Homem no relato de Génesis de modo histórico, como se na realidade tudo se tivesse passado assim, é estar a inventar muito, é estar a tornar literal muito que é simbólico, é no fundo tomar uma narrativa antropológica escrita com as características do ambiente da época (Gilgamés e outros) como se todas aqueles acontecimentos tivessem sido reais, como se todos aqueles diálogos tivessem realmente ocorrido. Ler Génesis como um relato posterior, que explica a posição do Homem no Universo, com as suas dores e aspirações de forma a leva-lo a Deus e a salvação, não só é muito mais significativo do ponto de vista Teológico, como muito mais científico do ponto de vista do conhecimento que a ciencia tem a respeito das nossas origens.

A mulher, exactamente pela sua natureza biológica e morfológica, assumiu um papel mais passivo no desenrolar da história. Tinha que ter os filhos e cuidar deles e dependia muito do homem para os sustentar e se sustentar. Movimentos feministas na altura nem se imaginavam, quanto mais questionar a natureza como ela se apresentava! Mas como sabemos, quantas e sábias e inteligentíssimas mulheres ultrapassaram esse papel de "actor secundário" e determinaram muito do mundo judaico-cristão que conhecemos.

"E o teu desejo será para o teu marido e ele te dominará" ...foi mais um processo de intenções de quem escreveu o texto que uma profecia Divina como todos sabemos. Se sexualmente isso está longe de ser uma
verdade, mesmo para a época, o domínio instituicional do homem sobre a mulher sempre esteve longe daquilo que o escritor desejou. As razões que levaram a sociedade a assentar numa plataforma "machista" foram, como aflorei muito ao de leve, por outa ordem de razões. Sem pretender, de modo algum, reescrever a história ou dizer que esta é a verdadeira razão para esta aparente diminuição ou secundarização do papel da mulher, penso que desconsiderar factores como os que mencionei, levam a conclusões não tão exactas como as que queremos alcançar.

mjp
Forista desativado

Mensagens : 6491
Likes : 223
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 56
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análise das Perguntas do Leitores mais absurdas!!

Mensagem por MariaL em Dom Nov 04 2012, 12:05

@mjp escreveu:
...
"E o teu desejo será para o teu marido e ele te dominará" ...foi mais um processo de intenções de quem escreveu o texto que uma profecia Divina como todos sabemos. Se sexualmente isso está longe de ser uma
verdade, mesmo para a época, o domínio instituicional do homem sobre a mulher sempre esteve longe daquilo que o escritor desejou. As razões que levaram a sociedade a assentar numa plataforma "machista" foram, como aflorei muito ao de leve, por outa ordem de razões. Sem pretender, de modo algum, reescrever a história ou dizer que esta é a verdadeira razão para esta aparente diminuição ou secundarização do papel da mulher, penso que desconsiderar factores como os que mencionei, levam a conclusões não tão exactas como as que queremos alcançar.

Não acho de todo que os fatores que mencionaste, nomeadamente os biológicos, devam ser desconsiderados! Acho que fazem parte de um conjunto de razões.

A estes fatores juntam-se a contribuição do livro Biblía - bem ou mal interpretado - e mais uma daquelas regras absurdas da WatchTower - que muitos, ou pelo menos alguns, não entendem mas seguem incondicionalmente como se da palavra de Deus se tratasse.

Era essa a discussão que eu quis trazer ao tópico - Perguntas dos leitores absurdas - e não uma discussão das diferenças homem/mulher nem a análise do papel da mulher ao longo da história.

Cumprimentos, mjp. Smile



Não há pequenas coisas nem grandes coisas, todas são importantes. - Oscar Wilde

MariaL
Sócio APVIPRE
Sócio APVIPRE

Mensagens : 973
Likes : 83
Data de inscrição : 12/05/2012
Idade : 42
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análise das Perguntas do Leitores mais absurdas!!

Mensagem por so em Seg Fev 04 2013, 08:23

Um casal não legalmente casado estuda a Bíblia e deseja ser batizado; mas não pode legalizar sua união porque o homem não tem permanência legal no país. O governo não permite o casamento de um estrangeiro não legalizado. O casal pode assinar a Declaração de Promessa de Fidelidade e depois ser batizado?

Dava um guião para um filme

http://wol.jw.org/pt/wol/d/r5/lp-t/2012928


Conhecereis a internet e a internet vos libertará.

so
Sócio APVIPRE
Sócio APVIPRE

Mensagens : 1965
Likes : 58
Data de inscrição : 01/03/2012
Localização : Norte

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análise das Perguntas do Leitores mais absurdas!!

Mensagem por Fidel Apostate em Seg Fev 04 2013, 09:31

@so escreveu:Um casal não legalmente casado estuda a Bíblia e deseja ser batizado; mas não pode legalizar sua união porque o homem não tem permanência legal no país. O governo não permite o casamento de um estrangeiro não legalizado. O casal pode assinar a Declaração de Promessa de Fidelidade e depois ser batizado?

Dava um guião para um filme

http://wol.jw.org/pt/wol/d/r5/lp-t/2012928

Aí já as leis do país podem ser violadas com uma declaração não legal, não será a promoção da porneia por parte do Corpo Desgovernado TJ!



"Os amigos da verdade são aqueles que a procuram e não os que se vangloriam de a ter encontrado." - Condorcet , Marie

Fidel Apostate
Membros
Membros

Mensagens : 839
Likes : 75
Data de inscrição : 01/08/2012
Idade : 50
Localização : Portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análise das Perguntas do Leitores mais absurdas!!

Mensagem por hobbit em Seg Fev 04 2013, 15:32

Outra pergunta absurda:

*** w90 15/5 pp. 30-31 Perguntas dos Leitores ***
Perguntas dos Leitores
▪ É apropriado que um cristão cace ou pesque?


As variadas reações à caça não raro envolvem profundos sentimentos. Portanto, convém que os cristãos se esforcem a entender e aplicar o conceito de Jeová Deus sobre o assunto, conforme encontrado na Bíblia.
Deus deu à humanidade domínio tanto sobre o “animal selvático” quanto sobre o “animal doméstico”. A princípio, os homens não tinham permissão do Criador, e possivelmente nenhuma necessidade física, de matar animais para comer. (Gênesis 1:24, 29, 30) Foi somente depois do Dilúvio que Deus concedeu à humanidade o direito de comer carne animal, devidamente drenada de “sua alma — seu sangue”. (Gênesis 9:3, 4) Podia ser carne de animais domésticos ou selváticos.
Os israelitas criavam animais, tais como ovelhas e gado bovino, que podiam ser abatidos para servir de alimento quando almejavam comer carne. Eles também caçavam e pescavam para obter alimento. (Deuteronômio 12:20-24; 14:4-20) Isso se harmoniza com a linguagem figurativa usada por Deus ao dizer que ‘mandaria vir muitos pescadores, para pescar os do seu povo, e muitos caçadores, para caçá-los’. (Jeremias 16:16) Mais tarde, Jesus incluiu pescadores entre seus apóstolos e orientou operações de pescaria real. — Mateus 4:18-22; 17:27; Lucas 5:2-6; João 21:4-7.
Quando o idoso patriarca Isaque pediu um saboroso prato à base de carne, Jacó, seu filho, dispôs-se a matar dois cabritinhos para preparar-lhe esse prato. Esaú, porém, caçou um animal selvático para conseguir carne de veado para seu pai. Note que, embora carne de animais domésticos estivesse disponível, Isaque pediu carne de caça. Note, também, que os dois filhos mataram animais que serviriam de alimento, não para si mesmos, mas para outra pessoa. — Gênesis 27:1-19.
Animais talvez fossem abatidos por outros motivos além da carne. A pele podia ser transformada em roupa. (2 Reis 1:8; Marcos 1:6; Hebreus 11:37) Coberturas protetoras e utensílios também eram fabricados de peles, mesmo de animais dieteticamente impuros e que os israelitas não comiam. — Êxodo 39:33, 34; Números 24:7; Juízes 4:19; Salmo 56:8.
O requisito de Deus de o sangue de animais mortos ser derramado devia lembrar aos caçadores que a vida animal procede Dele e, por isso, deve ser tratada com respeito, não insensivelmente. (Levítico 17:13) Ninrode evidentemente matava animais, e é provável que se jactasse de sua perícia na caça, do tamanho ou da quantidade de animais abatidos, ou dos troféus que talvez fossem feitos desses. Ele era um “poderoso caçador em oposição a Jeová”. — Gênesis 10:9.
Esse prazer em caçar ou matar animais, ou em pescar, poderia desenvolver-se no cristão. Não poucos caçadores ou pescadores, que escrutinaram seu coração, deram-se conta de estar infectados pelo ‘prazer de matar’. Tal emoção anda de mãos dadas com o cruel desrespeito pela vida animal. Portanto, embora não seja errado caçar ou pescar (no caso de a caça ou a pesca ser usada por alguém como alimento ou para outra finalidade apropriada), isso seria impróprio se o cristão tivesse um espírito que fizesse lembrar Ninrode. Mas, há perigos, além da emoção derivada de perseguir a caça, de abatê-la ou do troféu.
A Sentinela de 15 de janeiro de 1984 considerou por que os genuínos cristãos não portam nem mantêm armas de fogo para usar contra outras pessoas ou para proteção. (Páginas 23-6) Meditar nesses conselhos tem ajudado algumas Testemunhas a reavaliar se devem possuir até mesmo armas de caça. Não poucas optaram por livrar-se de todas as suas armas ou por evitar tê-las à mostra e facilmente acessíveis. Assim, esses cristãos não dariam a impressão de se orgulhar em armas ou de confiar nelas. Ademais, não possuir nem mesmo armas de caça, ou não tê-las em lugar de fácil acesso, pode evitar tragédias. As armas mortíferas não chegariam às mãos de crianças, que poderiam acidentalmente ferir ou matar alguém, nem cairiam nas mãos duma pessoa extremamente amedrontada ou deprimida. — Veja Provérbios 22:3.
Alguns cristãos talvez apreciem o sabor de certas carnes de caça ou de certos peixes, e a maneira mais prática de obter tal alimento é caçando ou pescando. Outros apreciam o ar fresco e o exercício relacionados com caçar nos bosques, ou acham relaxantes os sossegados momentos de pesca. A Bíblia não é contra isso, portanto, não há necessidade de julgar outros quanto a se gostam ou não dessas coisas. E o exemplo de Isaque e seus filhos mostra que não é preciso fazer questão de quem comerá o que for caçado ou pescado. — Mateus 7:1-5; Romanos 14:4.
O apóstolo Pedro evidentemente estava muito afeiçoado à pesca. Com alguns peixes que estavam perto, o ressuscitado Jesus o ajudou a analisar seus próprios sentimentos sobre os peixes ou a atividade pesqueira, Jesus perguntou-lhe: “Simão, filho de João, amas-me mais do que estes?” — João 21:1-3, 9-15; veja A Sentinela de 1.° de novembro de 1988, página 31.
Similarmente, o cristão que, em boa consciência, decide caçar ou pescar deve ter suas prioridades corretamente estabelecidas. Por exemplo, que faria ele se uma temporada de caça ou de pesca iniciasse no horário em que as reuniões congregacionais estão programadas? Ou será que sua conversação mostra que ele se orgulha de suas façanhas na caça ou na pesca? Quão bom é se o cristão maduro que, de vez em quando, decide caçar ou pescar pode dizer convictamente: “Sim, Senhor, tu sabes que tenho afeição por ti [mais do que por esses empenhos].” — João 21:16.
[b]

Meu pai que sempre hospedava o viajante conta que tinha um que toda segunda-feira, sem excessão, ia pescar. Era viciado mesmo em pesca, assim como eu. Se nem sequer o viajante levava muito em conta essa orientação, é porque se a pessoa for seguir tudo direitinho como tá na A Sentinela ela fica louca ou neurótica... As exigências são impraticávei...

hobbit

Mensagens : 64
Likes : 8
Data de inscrição : 24/08/2012
Idade : 24
Localização : Brasil

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análise das Perguntas do Leitores mais absurdas!!

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 18:39


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum