EX-TESTEMUNHAS DE JEOVÁ
Seja muito Bem-vindo!

Regista-te aqui e descobre a verdade sobre a "verdade"

Lê as regras e respeita-as

Alguma duvida a Adm/Mod está pronta a ajudar.



"Quando aceitamos tudo o que a Organização diz sem verificar, mostramos confiança na Organização. Mas, se mantivermos um espírito atento e examinarmos 'quanto a se estas coisas são realmente assim' (Atos 17:11), então, mostramos zelo para com Jeová. Para quem você mostra zelo?"

Guia "15 minutos para a Verdade"

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Guia "15 minutos para a Verdade"

Mensagem por Agnostic em Ter Fev 04 2014, 20:11

Passo a publicar agora um artigo que traduzi de inglês, a partir do site 'JWFacts', e que considerei interessante e potecialmente util para mim, e para o contexto do fórum.  Se entenderem movê-lo para local mais adequado, disponham.  Se algum de vocês encontrar alguma incorrecção ou terminologia desapropriada ou melhorável, por favor digam. Eu já estou muito esquecido de algumas coisas, e nunca fui baptizado, quanto mais ancião.



----------------------------------------------

15 MINUTOS PARA A VERDADE



Muitas Testemunhas de Jeová são boas pessoas, que procuram agradar a Deus e seguir a Verdade, devotando muito da sua vida, em termos de tempo, estilo de vida, relacionamentos e até processos mentais.  A grande questão que se coloca é: é mesmo isto "A Verdade"?   No final deste artigo compreenderá por onde começar na tarefa de determinar se a Sociedade Torre de Vigia ensina realmente a Verdade.

Todas as religiões proclamam ensinar a verdade, e muitas asseguram que pertencer à sua própria organização é essencial para conseguir a salvação.  De igual modo, também a Sociedade Torre de Vigia afirma só ela ensinar a verdade, e ser ela o passaporte para a salvação.  O estudo regular da Bíblia e um forte ênfase na doutrina são os meios utilizados para 'provar' que o que ensinam está correcto. A afirmação de Jesus em João 13:35 ("Por meio disso saberão todos que sois meus discípulos, se tiverdes amor entre vós") é também utilizada para demonstrar que as Testemunhas de Jeová (doravante TJ), pertencem a uma organização abençoada.

Mas tome isto em consideração: a maioria das restantes religiões dizem o mesmo. Os seus membros mais profundamente conhecedores da doutrina estão firmemente convencidos de que estão na verdade, e clamam ter provas de tal. Muitas crescem ao mesmo ritmo da Sociedade Torre de Vigia, e são compostas por tantas pessoas tão sinceras e inteligentes quanto esta.

Como tal, não é pela debativel doutrina ou por avaliações subjectivas do tal 'amor' de que fala João 13:35, que se pode provar que as TJ são a religião verdadeira.  Utilizar a doutrina para determinar se a Torre de Vigia ensina a verdade é entediante e ineficiente, particularmente se você, como TJ já passou muitos anos sujeito a constante doutrinação através de constantes presenças nas reuniões e no estudo das publicações da Torre de Vigia.

Embora as TJ acreditem que são parte da única organização espiritualmente orientada por Deus, a realidade é que eles seguem o que lhe és imposto que acreditem por um grupo de homens, denominado de Corpo Governante.  Repare:
Até 1950, as TJ adoravam Jesus. (Nota: Charles Russell ensinou que devíamos adorar Jesus, e as primeiras publicações da Torre de Vigia especificavam que o propósito da Sociedade era promover a adoração de Deus e de Jesus. Porém, desde 1950, a adoração de Jesus passou a ser considerada como idolatria. Russell havia promovido a adoração de Jesus e a oração a ele, porque "ele é o nosso Deus" (conforme consta da publicação  "Zion's Watch Tower" Outubro 1900 - pág. 2-3).  Em 1954, então, a Torre de Vigia passou a dizer que era errado adorar a Jesus, e que as TJ deveriam deixar de o fazer.  Antes de 1954, um membro seria desassociado por se recusar a adorar a Jesus. A partir daí, será desassociado se o fizer!  A verdade inscrita na Bíblia não se alterou, portanto, ou antes de 1954, ou após, as TJ não estavam a seguir 'a verdade' bíblica. Não foi o espírito divino que gerou esta importante discrepância; foram os lideres da Organização.  Deus é o Deus da Verdade (conforme Êxodo 34:6). Se esta organização não esteve a ensinar a verdade, antes ou após 1954, então não é orientada pelo Espírito divino. Os seus membros não estiveram a seguir a verdade de Deus, mas sim as inverdades de homens.

A premissa fundamental para ser TJ é que a Torre de Vigia é a organização visível de Deus na Terra. Tudo gira em redor deste conceito. Prove-se que a Torre de Vigia é a organização de Deus, e já não interessa se as doutrinas mudam com o tempo, ou se as praticas estão incorrectas, porque deve ser da vontade de Deus revelar as coisas no seu tempo apropriado.  Ou então, prove-se que a Torre de Vigia não é a organização de Deus e torna-se irrelevante se as doutrinas estão correctas ou não. Para saber se as TJ estão na verdade, é apenas necessário provar ou refutar esta premissa. Tendo entendido isto, torna-se fácil testar a validade de tal pretensão.

Há várias coisas a considerar quando se procura determinar se a Torre de Vigia, a empresa norte-americana criada em 1884, é a organização de Deus.  Para começar, é preciso saber de onde se origina tal pretensão.

A Torre de Vigia usa a parábola de Jesus sobre o "Escravo fiel e discreto" para justificar que uma nova organização religiosa surgiria para representar Deus no século 20. Essa parábola está em Mateus 24:45 - 47: " Quem é realmente o escravo fiel e discreto a quem o seu amo designou sobre os seus domésticos, para dar-lhes o seu alimento no tempo apropriado?  Feliz aquele escravo, se o seu amo, ao chegar, o achar fazendo assim!  Deveras, eu vos digo: Ele o designará sobre todos os seus bens".

A parábola acerca de um escravo designado, é o principal suporte bíblico da Torre de Vigia para justificar que seguir os lideres desta Sociedade, ou seja, o Corpo Governante, é requerimento fundamental para a salvação, nos Últimos Dias. Contudo, Mateus 24:45 é uma história vaga, aberta a diversas interpretações, que não refere em lado nenhum as palavras 'organização', "Torre de Vigia" ou "Testemunhas de Jeová".  Na realidade, "organização" e "Corpo Governante" nunca aparecem na Bíblia. Por este motivo, a parábola referida é aplicada de modo diferenciado em diversas religiões.

A Torre de Vigia proclama que sempre existiram Testemunhas de Jeová: " As Testemunhas de Jeová tem uma história de quase 6000 anos" -   (em "As Testemunhas de Jeová no propósito divino" - 1959 - pags 8-9).  Ora, se isto é verdade, onde estavam estas Testemunhas nos dias que precederam Charles Russell?  Nunca existiu outra religião que seguisse os ensinamentos de Russell.  Russell pensava o seguinte:
"Aconteceu frequentemente, porém, que um grupo religioso se distinguiu por um mais claro entendimento de uma verdade bíblica; outro grupo, pelo entendimento de uma outra verdade. O seu progresso subsequente foi frequentemente perturbado por estarem algemados a doutrinas e credos". - (Testemunhas de Jeová - Proclamadores do reino de Deus  - pág. 120  - traduzido da versão em inglês. )  

Por esta razão, ele criou uma nova religião, sem ligações a qualquer outra linhagem histórica, no século 19.
Para testarmos se a parábola se refere à Torre de Vigia, a história desta organização pode ser examinada com recurso ás suas próprias publicações.

A razão pela qual as TJ devem acreditar que a Torre de Vigia foi escolhida como a verdadeira organização de Deus é porque eles estavam a fornecer o correcto alimento, a Verdade, quando Jesus inspeccionou a sua organização, em 1919. Entre 1914 e 1919 eles removeram os grilhões das falsas praticas Babilonianas.
É-nos explicado que em 1914 Jesus começou a governar, e começou por limpar os céus: "Obedecendo ás ordens de seu Pai, Jesus limpou os céus de Satanás e seus demónios, expulsando-os para a Terra. Após ver isto ocorrer numa visão, João ouviu uma voz celestial proclamar: Chegou o momento da salvação e do poder e do reino de nosso Deus e da autoridade do seu Cristo! Sim, em 1914 Cristo iniciou o seu reinado!" - ("A Sentinela" - 1991 Maio pag. 9  - traduzido da versão em inglês).  

Três anos e meio depois, em 1918 ele limpou o seu tempo espiritual na Terra: " Em 1918, três anos e meio depois de sua entronização, ele purificou o templo espiritual de Jeová, representado na Terra pela congregação de cristãos ungidos." -  (A profecia de Isaías - uma luz para toda a humanidade II - p.347),  e ainda "... finalmente limpo por um contundente teste em 1918, o amadurecido Escravo, representado pelo seu remanescente ficou então pronto para novas designações e serviços" -  ("A Sentinela" 1960 Julho 15 pág. 436  - traduzido da versão em inglês.)

Em 1919 Jesus reinspeccionou  a organização e encontrou-a limpa: " Os cristãos ungidos que sobreviveram o período de provação de 1914-1919 foram libertados da influencia dominadora do mundo e de muitas religiões de praticas babilonianas. O remanescente prosseguiu como povo limpo e purificado, voluntariamente oferecendo sacrifícios para o agrado de Deus, ficando com a garantia de que eles, enquanto povo, havia sido aceites por Ele." - ("A Sentinela" 1998 Maio 15 pág. 17  - traduzido da versão em inglês).  E ainda: "Em 1919 a purificada classe do Escravo podia encarar futuras actividades sempre em expansão" - ("A Sentinela" 1993 Maio 1 pag.16 - traduzido da versão em inglês).

Dizem que Jesus terá escolhido a Torre de Vigia como seu único meio para atingir a salvação, porque são a única organização a providenciar alimento no tempo oportuno, e como tal justamente designados por Jesus como estando acima de todos os seus haveres:  "O providenciar de alimento, o correto tipo de alimento, em tempo oportuno era o essencial. Tinha que ser com base nisto que a decisão seria tomada pelo regressado mestre ... inspeccionando o remanescente dos seus ungidos discípulos no ano de 1919, o entronizado Rei Jesus Cristo encontrou o seu designado Escravo Fiel e Discreto alimentando os seus domésticos. Por conseguinte, ele os nomeou como sua classe  Escravo acima de todos os seus haveres". - ( "Aproximou-se o Reino de Deus de mil anos" -  pp.350,355 - traduzido do original em inglês.)

Foi realmente isto que Jesus encontrou em 1919, quando inspeccionou a Sociedade Torre de Vigia?  Não, ele encontrou os seguintes ensinamentos a serem promovidos:

• Os "Últimos Dias" começaram em 1799 e os anos de 1800-1899 foram o pior periodo de sempre da História
• A presença de Jesus havia começado em 1874
• Que Jesus iniciara o seu reinado em 1878
• Que o Armagedom ocorrera em 1914
• Que o fim do Sistema iria ocorrer em 1925
• Que o sangue era aceite como alimento pelos cristãos
• Que Jesus devia ser adorado, e alvo de oração, tal como Jeová
• Que a Grande Multidão era uma classe celestial
• Que aniversários e Natal era celebrações toleradas
• O símbolo da cruz estava na capa da publicação da Torre de Vigia
• Alguns ensinamentos foram adaptados a partir da Maçonaria, tais como as pirâmides e a astrologia ainda apoiadas em 1914
• Que o Escravo Fiel e Discreto não eram os ungidos, mas sim, o Pastor Russell


Mais ainda, a mais destacada doutrina introduzida em 1918 (que a ressurreição terrena haveria de começar em 1925) revelou-se um falso e embaraçoso falhanço.

Serão esse ensinamentos " o alimento certo, em tempo oportuno"? Pela actual verdade da Torre de Vigia, o alimento que esta estava a providenciar em 1919 estava cheio de profecias incorrectas, espiritismo, paganismo, politeísmo, idolatria e activismo politico. Certamente ninguém pertencendo a tal religião poderia ser considerado um dos ungidos.  Isto coloca em questão se Russell, que faleceu em 1916, poderá estar no céu. Será que Jesus procedeu de facto á limpeza imediata da sua organização em 1919 ? Não! Na realidade, nenhum dos ensinamentos ou praticas babilonianas que estavam em vigor foram alteradas entre 1914 e 1919. Todos os ensinamentos acima listados continuaram a ser promovidos até 1925.  De facto, os entendimentos relativamente ao ano de 1914 não foram alterados até 1943, e a adoração de Jesus continuou até depois de 1950 ! Consegue imaginar Jesus a pronunciar o seu Escravo limpo e purificado, e permitir-lhe prosseguir na adoração do deus errado durante os 30 anos seguintes ?

Uma interessante reviravolta nisto tudo, é que em 1914 não havia Escravo Fiel e Discreto esperando a chegada do Senhor. Lucas 12:35-43 contem a profecia paralela acerca da classe do Escravo.  Diz:  “Os vossos lombos estejam cingidos e as vossas lâmpadas acesas;  e vós mesmos sede como homens que esperam pelo seu amo, ao voltar ele do casamento, para que, ao chegar e bater, possam imediatamente abrir-lhe. Felizes são aqueles escravos, cujo amo, ao chegar, os achar vigiando! Deveras, eu vos digo: Ele se cingirá e os fará recostar-se à mesa, e chegando-se, ministrar-lhes-á."

Contudo, nesse tempo não havia a Classe do Escravo Fiel e Discreto, e acreditava-se que o próprio Russell era o Escravo. Também nenhum dos membros da Sociedade Torre de Vigia aguardava a chegada do Senhor conforme descrita nas Escrituras. A Sentinela de 1984, 1 Dezembro, pág. 14 (traduzido da versão em inglês), afirma:  "Russell e os seus associados rapidamente concluíram que a presença de Cristo seria invisível. Eles dissociaram-se de outros grupos e, em 1879, iniciaram a publicação de alimento espiritual na 'Torre de Vigia de Sião e Arauto da Presença de Cristo'.   Desde o seu primeiro ano que esta publicação apontava mais para a frente, por sólido apoio nas Escrituras, para a data de 1914 como uma data fundamental na cronologia bíblica. Portanto, quando a presença invisível de Cristo se iniciou em 1914, felizes estavam esse cristãos por estarem atentos!".  
Ora, isto não é verdade, pois em 1914 ninguém esperava a chegada invisível de Cristo, pois nessa altura acreditava-se que ele já retornara invisível cerca de 40 anos antes, em 1874.

Ainda existe um grupo religioso que segue os ensinamentos da Torre de Vigia tal como ele eram em 1919: os Estudantes da Bíblia. Se os Estudantes da Bíblia foram, em 1919 considerados espiritualmente limpos em 1919, então devem ainda hoje ser considerados como aceitáveis por Jeová. De facto, os Estudantes da Bíblia estão mais próximos dos ensinamentos de 1919 do que as TJ  Entre 1916 e 1932, com a reforma doutrinária dramática e muitas vezes incorrecta introduzida por Rutherford, cerca de três quartos de todos os Estudantes da Bíblia desligaram-se e formaram as suas próprias organizações. Os Estudantes da Bíblia, até hoje ainda rejeitam a Trindade, a alma imortal, um inferno de fogo, e acreditam que estamos a viver a presença de Cristo.

A informação acima demonstra de forma breve que qualquer argumentação sustentando que a Sociedade Torre de Vigia foi escolhida por Jesus em 1919 não tem qualquer fundamento.  A Torre de Vigia perpetrou muitos falsos ensinamentos como parte da religião, até Rutherford ter introduzido significativas alterações no final dos anos 20, e continua a alterar ensinamentos desde então.

• O Circulo vicioso da argumentação da Torre de Vigia:

1 - Deus escolheu a Sociedade Torre de Vigia em 1919
2 - Como é que sabemos?
.... 2 a) - Porque em 1919 apenas eles ensinavam a Verdade
3 - Então e os falsos ensinamentos (Datas erradas, símbolos pagãos, adoração de Jesus, uso de sangue)  em 1919 ?  
.... 3 a) - É aceitável porque "a luz brilha mais e mais"
4 - Mas pode isto ser assim também para outras religiões ?
.... 4 a) - Não. Apenas as TJ ensinam a verdade
5 - Mas... as outras religiões não acham o mesmo, que também elas ensinam a verdade?
.... 5 a) - Isso é porque Satanás cegou as suas mentes
6 -  E poderá isso também ter acontecido com as TJ ?
.... 6 a) - Não, porque ... (regresso ao ponto 1)  


PEDRAS DE TROPEÇO

Para inibir a liberdade e a clareza de raciocínio, são utilizados conceitos bloqueantes, comuns entre grupos que exercem elevado controlo. Temos que ultrapassar cada um deles, para sermos bem sucedidos em ver através dos dogmas da Torre de Vigia.

Um dos poderosos conceitos bloqueantes da Torre de Vigia é a de que "a luz vai ficando mais brilhante", que é usado para explicar todas as constantes mudanças da 'verdade'. Isto conduz a que as TJ ponham todas as suas duvidas de lado, permitindo-lhes sentir que é desnecessário preocuparem-se com todas as inconsistências que ocorreram no passado ou que ainda são visíveis actualmente.  Em vez de assumirem que tantas datas erradas e tantos ensinamentos alterados indicam que não é Deus que conduz a Organização, tudo fica explicado pela teoria do elucidamento progressivo.  A Torre de Vigia é considerada a voz de Deus, apesar de regularmente ter estado errada. Isto é ilógico quando examinado, mas satisfaz a necessidade por estabilidade que as mentes sentem.

Quando confrontada com esta informação, a mente de uma TJ imediatamente levantará outra questão bloqueante do seu raciocínio: mas se isto afinal não é a verdade, onde é que ela está? E claro, eles não a encontram em qualquer outro lugar.  Este dilema causa sofrimento mental, cconhecido como "dissonância cognitiva".  É mentalmente mais seguro recusar analisar as implicações dessas inconsistências na crença, do que enfrentá-las. Se uma pessoa resolve confrontar essas inconsistências, e conclui que aquilo em que acredita está errado, é obrigado a assumir que muitos anos da sua vida foram gastos em demandas inúteis, e ficam sem saber o que fazer a seguir. Este é um dilema comum em membros de grupos que utilizam técnicas de elevado controlo sobre os seus membros.

Vejamos a seguinte sequência :

1. Apenas a Torre de Vigia ensina a verdade desde 1919  
2. Mas... desde 1919 têm existido muitas mudanças doutrinárias significativas
3. Mas a 'Luz' vai ficando mais brilhante
4. Mas isso é uma desculpa para justificar equívocos anteriores. Se a Torre de Vigia pode fazer isso, qualquer outra religião pode.
5. Então ... para onde é que eu vou ?
6. A questão não é tanto para "onde", mas para "quem".
7. MEDO !  Da morte pelo Armagedom. Da exclusão familiar.

Tristemente, o ultimo ponto, o medo, é o mais difícil de todos.  O medo está tão arraigado que anos após a saída, antigas TJ podem ainda sofrer de pânico acerca da morte no Armagedom. Ainda mais real e presente é o medo de ser banido, excluído da relação com seus amigos e familiares.

Com a Torre de Vigia a deixar de estipular as crenças em áreas que vão da teologia à moral, passando por pontos de vista e perspectivas sobre passado, presente e futuro, a mente procura agarrar-se a um novo ponto de referencia. Não há como o evitar, resultando isto em dissonâncias cognitivas. Para muitos, é mais fácil optar por ignorar o que não querem ver, e não pensarem mais sobre se aquilo em que acreditam é realmente a Verdade.

Olhando para a história da doutrina da Torre de Vigia, completa, com tudo o que estava errado, e que foi alterado múltiplas vezes, leva-nos a compreender que o espírito santo não supervisiona os ensinamentos da Torre de Vigia. O mesmo se passa em relação à nomeação de irmãos e à desassociação de prevaricadores, que também se diz acontecerem por directivas do espírito santo. Ocasionalmente, TJ são nomeadas para posições de destaque enquanto estão envolvidas em processos pecaminosos graves, tornando evidente que o espírito santo não está no comando das decisões da Torre de Vigia também nesta área.  

Poucos, conscientes da informação acima antes do seu baptismo, convertem-se em TJ. A partir do momento em que uma pessoa está preparada para tomar consciência dos significativos erros da Torre de Vigia, que não estava fornecendo o alimento adequado em 1919 e que não é uma organização guiada por Deus e o seu espírito santo, a questão levanta-se: como é que eu estava tão certo assim de que isto era a verdade? Com o passar do tempo, torna-se cada vez mais difícil compreender como é que foi possível estar assim tão convencido de que a Torre de Vigia ensinava a Verdade. Apenas uma pequena quantidade de pesquisa permitirá descobrir que :

• Existem outras religiões com doutrinas quase idênticas às da Torre de Vigia
• Algumas delas tem bases doutrinárias bem mais seguras
• Existem grupos religiosos que demonstram ter posições bem mais fortes contra a guerra
• Outros grupos são até mais eficientes no seu trabalho de pregação
• Várias religiões demonstram preocupações e apoio humanitário muito para além do que alguma vez foi visto nas T.J.

Pode ainda perguntar-se: "estão estas doutrinas correctas, ou pelo menos será esta a religião mais próxima da verdade?  Assim que percebemos que os seus lideres não são guiados por Deus, que cometem erros e que podem ser questionados, o estudo da Bíblia assume novos contornos, mais esclarecedores.  Descobrirá que muitas das doutrinas que até agora aceitava sem reservas assume afinal todo um novo diferente sentido. Muita da doutrina que é exclusiva das TJ gira em redor de interpretações que servem os interesses da Torre de Vigia, e portanto quando compreendemos que as bases não existem, então as interpretações também não.  Isto inclui uma grande parte do entendimento profético e doutrinário, como por exemplo a "Grande Multidão".  Estudando objectivamente, rapidamente se concluirá que muitas doutrinas estão incorrectas e compreenderemos que:

• Por desonestamente haverem acrescentado a palavra 'Jeová' ao Novo Testamento, a Sociedade atribuiu uma falsa importância a esta palavra.
• Que a doutrina sobre o sangue não é cristã e que muitas TJ já perderam a sua vida por um principio que recentemente foi alterado, quando a Sociedade passou a permitir que quase a totalidade do volume sanguíneo pudesse ser transfundido sob a forma de fracções.
• Que 1914 não tem qualquer base sustentável como sendo o inicio dos 'Últimos Dias'.
• Que a desassociação é incorrectamente aplicada e utilizada como forma de manipulação.

Ainda mais espiritualmente danificador é constatarmos a quantidade de ocasiões em que a Organização se proclama como substituta de Jesus, incluindo a afirmação de que Jesus não é o Mediador para as 'outras ovelhas' TJ , mas apenas para os seus lideres.  

Se deixar de acreditar na Torre de Vigia como sendo a Verdade, os seus pontos de vista irão sofrer uma dramática alteração. Isso não o deve surpreender. As crenças são baseadas em axiomas subjacentes. Se um axioma fundamental é posto em causa, assim o mesmo sucederá com as suas bases. Com a Torre de Vigia a exercer domínio sobre todos os aspectos da vida de uma pessoa, todos esses aspectos necessitarão de ser reavaliados.  Isto ainda é mais sério para uma pessoa que nasceu dentro das TJ, pois as suas fronteiras, limites e crenças foram impostas, não desenvolvidas.
Após isto acontecer, é interessante descobrir as razões pelas quais outras religiões se agarram ás suas crenças. Porém, cuidado. Pessoas que conseguem sair de um grupo religioso altamente controlado são muitas vezes atraídas por outros grupos similares, e rapidamente ficaram enredados numa situação semelhante à de que se haviam libertado. Você tem muito tempo, não é preciso tomar decisões apressadas relativamente a deixar as TJ, para depois se envolver com outra religião.  

Em geral é necessário existir primeiro uma espécie de crise de consciência para começar seriamente a pensar se estará na religião da Torre de Vigia realmente a Verdade. Existem vários acontecimentos que desencadearam esse primeiro momento, para ex - TJ , entre os quais:

• Desassociação de um ente querido
• A morte de alguém por ter recusado sangue
• A falta de amor na congregação
• O tratamento sofrido por uma comissão judicativa na congregação
• A nomeação de um pecador para maiores responsabilidades na congregação
• Erros ou mudanças doutrinárias como as relacionadas com :
       o 1925
       o 1975
       o A doutrina relativa a "esta geração não passará"
       o 607 A.C.
• Escândalos como:
       o A forma como a Organização lida com pedófilos
      o A ligação da Torre de Vigia ás Nações Unidas, na qualidade de Organização Não governamental

Pode tranquilizar-se, portanto, pois você não está sozinho. Dezenas de milhares abandonam as TJ todos os anos, cerca de um terço dos que se baptizam, naquela que é a religião com maior rotatividade dos seus membros.


-------------------------

Nota do tradutor: este artigo foi traduzido do original em inglês, disponível em :
http://www.jwfacts.com/watchtower/15-minute-guide-to-truth.php
Todas as afirmações nele constantes podem ser corroboradas por artigos complementares disponíveis no site www.jwfacts.com, em língua inglesa, e cujas referências cruzadas se encontram nesse site, no artigo original aqui traduzido.


"meu amor eu gosto tanto da forma como tu gostas,
mas por favor anda buscar as tuas unhas ás minhas costas" - Sérgio Godinho

Agnostic
Membros
Membros

Mensagens : 912
Likes : 37
Data de inscrição : 21/11/2013
Idade : 20
Localização : Sul

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Guia "15 minutos para a Verdade"

Mensagem por ellipsis em Ter Fev 04 2014, 20:59

Muito Obrigado Agnostic por este excelente traballho. Tankx 

Será de facto um artigo que será se ajuda para todos os foristas e convidados.

Obrigado mais uma vez. tass bem

 Good 




Vamos trabalhar juntos para manter neste fórum um ambiente limpo e amigável. Boas postagens!


Admn sugere:
     
Respeite as regras do fórum e seja um bom membro.
Antes de criar um novo tópico faça uma pesquisa rápida.Podes começar por AQUI
Se perdeu a senha do fórum, contate um administrador por MP.


ellipsis
Admin
Admin

Mensagens : 8065
Likes : 276
Data de inscrição : 20/09/2011
Idade : 42
Localização : Vila de Cucujães

Ver perfil do usuário http://escravodaverdade.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Guia "15 minutos para a Verdade"

Mensagem por TJ Curioso em Ter Fev 04 2014, 21:42

Obrigado Agnostic. Excelente trabalho!

TJ Curioso
Forista desativado

Mensagens : 9048
Likes : 416
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 43

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Guia "15 minutos para a Verdade"

Mensagem por Agnostic em Ter Fev 04 2014, 21:58


Vá... calma! Só podem elogiar depois de lerem o original e compararem ! Sabem lá que porcaria fiz eu na tradução?  Laughing 


"meu amor eu gosto tanto da forma como tu gostas,
mas por favor anda buscar as tuas unhas ás minhas costas" - Sérgio Godinho

Agnostic
Membros
Membros

Mensagens : 912
Likes : 37
Data de inscrição : 21/11/2013
Idade : 20
Localização : Sul

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Guia "15 minutos para a Verdade"

Mensagem por Kristy123 em Qua Fev 05 2014, 09:37

Muito bom.

Kristy123
Moderador
Moderador

Mensagens : 4023
Likes : 222
Data de inscrição : 15/10/2013
Idade : 97
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Guia "15 minutos para a Verdade"

Mensagem por so em Qua Fev 05 2014, 12:07

Excelente artigo.
É daqueles que podem fazer raciocinar qualquer TJ que nos visitem.


Conhecereis a internet e a internet vos libertará.

so
Sócio APVIPRE
Sócio APVIPRE

Mensagens : 1965
Likes : 58
Data de inscrição : 01/03/2012
Localização : Norte

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Guia "15 minutos para a Verdade"

Mensagem por mjp em Sab Fev 08 2014, 14:05

Bom trabalho, Agnostic.

Gostei de ler. Estão bem expostas e delineadas as principais razões que levam as TJ a o serem e, depois, face a todas as evidências da burla religiosa a que foram submetidas, ainda permanecerem por tanto tempo dentro da organização, sem saberem muito bem como lidar com a situação em relação às evidências que se acumulam com o passar dos anos, de que foram, efectivamente, burladas.

Estes são os efeitos das leis da liberdade religiosa (e de outras também...). Só olham para um lado da questão; despercebem ( por qualquer razão, a maior parte das vezes por mero comodismo político do mundo "livre") a realidade que se prende com o facto que algumas liberdades concedidas a alguns, colidem, inevitável e frontalmente com alguns direitos, não menos relevantes, e que que se prendem, também, com a liberdade dos outros.

mjp
Forista desativado

Mensagens : 6491
Likes : 223
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 56
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Guia "15 minutos para a Verdade"

Mensagem por Agnostic em Dom Fev 09 2014, 09:08

Grato pelo vosso feedback!  Smile  Pode ser que, assim, me dê vontade de traduzir outros.  Cool 


"meu amor eu gosto tanto da forma como tu gostas,
mas por favor anda buscar as tuas unhas ás minhas costas" - Sérgio Godinho

Agnostic
Membros
Membros

Mensagens : 912
Likes : 37
Data de inscrição : 21/11/2013
Idade : 20
Localização : Sul

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Guia "15 minutos para a Verdade"

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 04:08


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum