EX-TESTEMUNHAS DE JEOVÁ
Seja muito Bem-vindo!

Regista-te aqui e descobre a verdade sobre a "verdade"

Lê as regras e respeita-as

Alguma duvida a Adm/Mod está pronta a ajudar.



"Quando aceitamos tudo o que a Organização diz sem verificar, mostramos confiança na Organização. Mas, se mantivermos um espírito atento e examinarmos 'quanto a se estas coisas são realmente assim' (Atos 17:11), então, mostramos zelo para com Jeová. Para quem você mostra zelo?"

Conversas sobre religião com parentes e amigos TJ

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Conversas sobre religião com parentes e amigos TJ

Mensagem por TJ Curioso em Qui Maio 16 2013, 16:05

Queria abrir aqui este tópico, para irem relatando conversas que tenham tido com parentes ou amigos, sobre a religião.
Será que já surgiu mais recentemente a oportunidade de falarem sobre a verdade sobre a "VERDADE"?

TJ Curioso
Forista desativado

Mensagens : 9046
Likes : 417
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 44

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conversas sobre religião com parentes e amigos TJ

Mensagem por Heidi Klum em Qui Maio 16 2013, 16:37

TJ Curioso escreveu:Queria abrir aqui este tópico, para irem relatando conversas que tenham tido com parentes ou amigos, sobre a religião.
Será que já surgiu mais recentemente a oportunidade de falarem sobre a verdade sobre a "VERDADE"?

Excelente tópico!

Aquando da recente visita do SC à "minha" congregação tive a oportunidade de falar com a minha Mãe acerca da origem da dissociação e dos factos que levaram a que os dissociados tenham o mesmo (des)tratamento que os desassociados. Relembrei-a do que Jesus falou na parábola do filho pródigo e do novo (des)ajuste acerca do tempo de arrependimento até à reintegração. Correu muito bem, ela entendeu perfeitamente e concordou. Passei à parábola seguinte, a do escravo fiel e discreto, acerca das novas luzes que a Sentinela de Julho fala. Aí já não funcionou, mesmo tendo-lhe feito ver que não passava de uma parábola com sucessivas interpretações proféticas e que não é, de todo, uma das verdades imutáveis da Bíblia, como o resgate de JC. Disse-me que o que lhe interessa é agradar a Deus, não a homens, e que quanto menos souber sobre isso melhor. A minha Mãe é uma pesssoa fantástica e inteligente mas infelizmente ainda não consegue perceber a verdadeira "máquina".


Heidi
avatar
Heidi Klum
Membros
Membros

Mensagens : 91
Likes : 12
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 42
Localização : Norte

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conversas sobre religião com parentes e amigos TJ

Mensagem por TJ Curioso em Qui Maio 16 2013, 22:45

Eu já tive a oportunidade falar com a minha mãe. Esclarecendo-a de algumas questões sobre as crenças das TJ em contraste com aquilo que a Bíblia explicitamente ensina, tal como o ensino de todos os cristãos irem para o céu, a mediação de Cristo, etc.

Notei que ela cada vez mais fica com a pulga atrás da orelha em relação às doutrinas Jeovistas.

TJ Curioso
Forista desativado

Mensagens : 9046
Likes : 417
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 44

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conversas sobre religião com parentes e amigos TJ

Mensagem por lapis azul em Qui Maio 16 2013, 23:55

Falei com a minha mulher sobre a "nova luz" que vem na sentinela de julho (quem é o escravo fiel e discreto). Ela inicialmente argumentou que a org é progressiva e que a luz clareia mais e mais.
Argumentei que este ensino, ao longo dos anos tem seguido várias direcçoes e várias explicações, o que é bem diferente do que encontramos na Bíblia, em que o ensino, por exemplo relativamente a Jesus e seu aparecimento na Terra, foi sempre dado de forma progressiva e sem retrocessos, ou mudanças de direção.
Penso que fui bem sucedido neste ponto.



avatar
lapis azul
Membros
Membros

Mensagens : 113
Likes : 7
Data de inscrição : 25/07/2012
Idade : 47
Localização : lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conversas sobre religião com parentes e amigos TJ

Mensagem por antonio1965 em Sex Maio 17 2013, 10:55

lapis azul escreveu:Falei com a minha mulher sobre a "nova luz" que vem na sentinela de julho (quem é o escravo fiel e discreto). Ela inicialmente argumentou que a org é progressiva e que a luz clareia mais e mais.
Argumentei que este ensino, ao longo dos anos tem seguido várias direcçoes e várias explicações, o que é bem diferente do que encontramos na Bíblia, em que o ensino, por exemplo relativamente a Jesus e seu aparecimento na Terra, foi sempre dado de forma progressiva e sem retrocessos, ou mudanças de direção.
Penso que fui bem sucedido neste ponto.

Podes sempre tentar contrastar a forma como o Corpo Governante do primeiro século atuava e a atuação do atual corpo desgovernado.
O relato da circuncisão é bem claro nesse sentido, ao mostrar que o corpo governante do primeiro século sempre tomou as suas decisões para beneficio dos cristãos, pois as suas decisões eram guiadas pelo espírito de Jeová. Quantos relatos encontramos na Bíblia de que o Corpo Governante do primeiro século tenha tomado uma decisão e depois a tivesse alterado?

Foi Jeová que inspirou o atual corpo governante a:
1) proibir a realização do serviço cívico, levando muitos jovens a serem presos?
2) a proibir a toma de medicamentos e vacinas, causando a morte desnecessária a muitos?
3) etc .....
Se foi Jeová que o fez, então onde está o amor dele?

Foi este um dos argumentos que usei com a minha ex e, pelo menos, deixei-a sem resposta.



avatar
antonio1965
Membros
Membros

Mensagens : 1260
Likes : 85
Data de inscrição : 23/08/2012
Idade : 52
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conversas sobre religião com parentes e amigos TJ

Mensagem por TJ Curioso em Sex Maio 17 2013, 11:43

antonio1965 escreveu:
Podes sempre tentar contrastar a forma como o Corpo Governante do primeiro século atuava e a atuação do atual corpo desgovernado.
O relato da circuncisão é bem claro nesse sentido, ao mostrar que o corpo governante do primeiro século sempre tomou as suas decisões para beneficio dos cristãos, pois as suas decisões eram guiadas pelo espírito de Jeová. Quantos relatos encontramos na Bíblia de que o Corpo Governante do primeiro século tenha tomado uma decisão e depois a tivesse alterado?

Foi Jeová que inspirou o atual corpo governante a:
1) proibir a realização do serviço cívico, levando muitos jovens a serem presos?
2) a proibir a toma de medicamentos e vacinas, causando a morte desnecessária a muitos?
3) etc .....
Se foi Jeová que o fez, então onde está o amor dele?

Foi este um dos argumentos que usei com a minha ex e, pelo menos, deixei-a sem resposta.

Ou então pode simplesmente dizer que nunca houve corpo governante no 1º século. Corta logo o mal pela raíz.

Morrer a rir Morrer a rir Morrer a rir Morrer a rir

TJ Curioso
Forista desativado

Mensagens : 9046
Likes : 417
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 44

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conversas sobre religião com parentes e amigos TJ

Mensagem por mjp em Seg Maio 20 2013, 01:23

TJ Curioso escreveu:
Ou então pode simplesmente dizer que nunca houve corpo governante no 1º século. Corta logo o mal pela raíz.

Morrer a rir Morrer a rir Morrer a rir Morrer a rir


De facto, do corpo governante da organização das testemunhas de Jeová, no primeiro século, não há notícias... Morrer a rir Morrer a rir Morrer a rir
avatar
mjp
Forista desativado

Mensagens : 6491
Likes : 223
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 57
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conversas sobre religião com parentes e amigos TJ

Mensagem por Heidi Klum em Sex Maio 24 2013, 15:09

Eu costumo estudar (sublinhar) a sentinela da minha Mãe. Então agora sempre que me aparecem expressões como "parece ser"... "poderá"... "provavelmente"... eu sublinho-as a fluorescente. Um exemplo: no artigo de estudo para este fim de semana: "...milhares de congregações ao redor do mundo pelo visto se relacionam com os quartos interiores de protecção preditos em Isaías 26:20..." Pelo visto? ou de certeza?
Tem resultado em grandes conversas.


Última edição por Heidi Klum em Sex Maio 24 2013, 15:10, editado 1 vez(es) (Razão : correcção de erro ortográfico)


Heidi
avatar
Heidi Klum
Membros
Membros

Mensagens : 91
Likes : 12
Data de inscrição : 11/01/2013
Idade : 42
Localização : Norte

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conversas sobre religião com parentes e amigos TJ

Mensagem por TJ Curioso em Sex Maio 24 2013, 15:17

Heidi Klum escreveu:Eu costumo estudar (sublinhar) a sentinela da minha Mãe. Então agora sempre que me aparecem expressões como "parece ser"... "poderá"... "provavelmente"... eu sublinho-as a fluorescente. Um exemplo: no artigo de estudo para este fim de semana: "...milhares de congregações ao redor do mundo pelo visto se relacionam com os quartos interiores de protecção preditos em Isaías 26:20..." Pelo visto? ou de certeza?
Tem resultado em grandes conversas.

Eles passaram a usar essas expressões para não soarem dogmáticos e para que, daqui a uns tempos, quando mudarem o "entendimento", possam dizer que não afirmaram nada, mas que apenas na época "parecia" que era assim.

Dão uma no cravo e outra na ferradura!
Morrer a rir Morrer a rir Morrer a rir

TJ Curioso
Forista desativado

Mensagens : 9046
Likes : 417
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 44

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conversas sobre religião com parentes e amigos TJ

Mensagem por mjp em Sex Maio 24 2013, 16:29

TJ Curioso escreveu:
Heidi Klum escreveu:Eu costumo estudar (sublinhar) a sentinela da minha Mãe. Então agora sempre que me aparecem expressões como "parece ser"... "poderá"... "provavelmente"... eu sublinho-as a fluorescente. Um exemplo: no artigo de estudo para este fim de semana: "...milhares de congregações ao redor do mundo pelo visto se relacionam com os quartos interiores de protecção preditos em Isaías 26:20..." Pelo visto? ou de certeza?
Tem resultado em grandes conversas.

Eles passaram a usar essas expressões para não soarem dogmáticos e para que, daqui a uns tempos, quando mudarem o "entendimento", possam dizer que não afirmaram nada, mas que apenas na época "parecia" que era assim.

Dão uma no cravo e outra na ferradura!
Morrer a rir Morrer a rir Morrer a rir


Nem no cravo nem na ferradura... eles dão é dois coices no telhado, como a mula da cooperativa e, em cima de quem caírem as telhas, já não é problema deles... mais cínicos e hipócritas que isto... não sei. Não conheço. Só pode ser falha minha, mas que a este nível, não conheço nada assim, não conheço! Evil or Very Mad
avatar
mjp
Forista desativado

Mensagens : 6491
Likes : 223
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 57
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conversas sobre religião com parentes e amigos TJ

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum