EX-TESTEMUNHAS DE JEOVÁ
Seja muito Bem-vindo!

Regista-te aqui e descobre a verdade sobre a "verdade"

Lê as regras e respeita-as

Alguma duvida a Adm/Mod está pronta a ajudar.



"Quando aceitamos tudo o que a Organização diz sem verificar, mostramos confiança na Organização. Mas, se mantivermos um espírito atento e examinarmos 'quanto a se estas coisas são realmente assim' (Atos 17:11), então, mostramos zelo para com Jeová. Para quem você mostra zelo?"

Porque eu não vou ao memorial

Página 2 de 7 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Porque eu não vou ao memorial

Mensagem por TJ Curioso em Ter Mar 12 2013, 21:41

@mjp escreveu:Sim, a ideia que existe uma igreja de Cristo, é transparente e transversal ao NT. Uma só fé, uma só esperança, um só baptismo... e um número indeterminado de doutrinas e de igrejas cristãs também??? A única ideia a que me agarro, se assim quiseres denominar a minha posição é essa mesmo: "Estarei convosco todos os dias até ao fim dos tempos" -cito de cor os últimos versículos de Mateus 28.

Não disse o Nosso Senhor: morrereis e só a partir do séc xv voltarei a estar convosco... há qualquer coisa que não bate certo nisto... ou sou eu que ando a complicar muito as coisas? Até pode ser que sim... mas não vejo nem em que, nem como.


Caro mjp, é claro que a Igreja de Cristo é uma. Aliás, a Igreja é o corpo de Cristo, composto de muitos membros, muitos indivíduos de muitas sensibilidades unidos pela crença que Jesus é o filho de Deus, o Messias e resgatador. Tudo o mais são adereços teológicos, mais ou menos intrincados. A questão das doutrinas formuladas nos diversos credos cristãos, não passam de adereços suplementares para que elas se distingam umas das outras, tentando trazer louvor para si mesmas e tentando que umas se mostrem mais "ortodoxas" que as outras.

Mas na realidade, o que o NT nos apresenta, é que Cristo quando vier como rei e executor, irá desejar saber o que nós fizemos para alimentar o necessitado, vestir o despojado e visitar aqueles em necessidade. Ele irá olhar para o nosso coração e será que vai encontrar o amor que iria identificar os verdadeiros cristãos?

Ou vai encontrar pessoas muito pias, dignas e convencidas de que suas doutrinas particulares são as corretas, mas esquecendo-se do principal: o amor?

Como dizia Paulo, o conhecimento enfuna, mas o amor prevalece sobre todas as coisas.

Este amor agápe é transversal em pessoas de todas as confissões cristãs e credos. É transversal em toda a Igreja ou corpo de Cristo, para seu louvor e glória. Tudo o resto apenas serve para propósitos humanos, muitos deles bastante "perversos".

Enquanto não nos mentalizarmos de que o corpo de Cristo, os verdadeiros cristãos, estão espalhados pelas "sete congregações" da terra, apenas iremos estar tentando apanhar o vento e acabaremos frustrados na nossa busca.

TJ Curioso
Forista desativado

Mensagens : 9048
Likes : 416
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 43

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Porque eu não vou ao memorial

Mensagem por mjp em Ter Mar 12 2013, 22:49

@TJ Curioso escreveu:
@mjp escreveu:Sim, a ideia que existe uma igreja de Cristo, é transparente e transversal ao NT. Uma só fé, uma só esperança, um só baptismo... e um número indeterminado de doutrinas e de igrejas cristãs também??? A única ideia a que me agarro, se assim quiseres denominar a minha posição é essa mesmo: "Estarei convosco todos os dias até ao fim dos tempos" -cito de cor os últimos versículos de Mateus 28.

Não disse o Nosso Senhor: morrereis e só a partir do séc xv voltarei a estar convosco... há qualquer coisa que não bate certo nisto... ou sou eu que ando a complicar muito as coisas? Até pode ser que sim... mas não vejo nem em que, nem como.


Caro mjp, é claro que a Igreja de Cristo é uma. Aliás, a Igreja é o corpo de Cristo, composto de muitos membros, muitos indivíduos de muitas sensibilidades unidos pela crença que Jesus é o filho de Deus, o Messias e resgatador. Tudo o mais são adereços teológicos, mais ou menos intrincados. A questão das doutrinas formuladas nos diversos credos cristãos, não passam de adereços suplementares para que elas se distingam umas das outras, tentando trazer louvor para si mesmas e tentando que umas se mostrem mais "ortodoxas" que as outras.

Mas na realidade, o que o NT nos apresenta, é que Cristo quando vier como rei e executor, irá desejar saber o que nós fizemos para alimentar o necessitado, vestir o despojado e visitar aqueles em necessidade. Ele irá olhar para o nosso coração e será que vai encontrar o amor que iria identificar os verdadeiros cristãos?

Ou vai encontrar pessoas muito pias, dignas e convencidas de que suas doutrinas particulares são as corretas, mas esquecendo-se do principal: o amor?

Como dizia Paulo, o conhecimento enfuna, mas o amor prevalece sobre todas as coisas.

Este amor agápe é transversal em pessoas de todas as confissões cristãs e credos. É transversal em toda a Igreja ou corpo de Cristo, para seu louvor e glória. Tudo o resto apenas serve para propósitos humanos, muitos deles bastante "perversos".

Enquanto não nos mentalizarmos de que o corpo de Cristo, os verdadeiros cristãos, estão espalhados pelas "sete congregações" da terra, apenas iremos estar tentando apanhar o vento e acabaremos frustrados na nossa busca.


Se deixarmos de lado, por enquanto, o significado das 7 igrejas de Revelação/Apocalipse, subscreverei sem grandes pruridos doutrinais o que escreveste. Nem eu disse ou direi (nem como TJ o fiz ou senti) que fora de uma determinada Igreja cristã não haja aprovação ou salvação para quem professa Cristo como seu Salvador. Nem a própria Igreja Católica o faz, referindo-se as Igrejas pós luteranas como "irmãs protestantes".

E se a Igreja é o Corpo de Cristo, como obviamente não posso deixar de saber, já se me afigura mais intrincado o problema que reside em que cada membro desse corpo se autonomize ou divirja do seu cabeça. Questões doutrinárias, dirás, algo com que eu não posso deixar de concordar. Se se levantam com fins de vaidade pessoal ou institucional, já serão de condenar; se se levantam com o fim de melhor conhecer o pensamento e a verdade encerrada em Cristo, penso e sinto que é uma atitude muito meritória e reveladora da humildade cristã. Que o amor cristão supera tudo nem merece discussão e que Cristo é quem conhece os corações muito menos.

Concluio, portanto, penso que não muito erroneamente, que a tua divergencia com as TJ se deveu então a questões não doutrinárias, talvez institucionais, já que o amor cristão pode ser praticado em qualquer das sete igrejas de Revelação, como dás a entender. É que no meu caso deveu-se exactamente a profundas divergencias doutrinárias, entre outras naturalmente. Como saberei que noutras igrejas não encontrarei outras profundas divergências, com as quais me sentirei muito desconfortável? Fundarei a minha, na boa tradição luterana? Ou necessita o cristão de algum tipo de autoridade espiritual como parece indicar o legado de Cristo aos Apóstolos, no sentido de lhes ser indicado um determinado sentido nas verdades reveladas por Jesus Cristo?

Se para as coisas dos homens a minha cabeça pensa como eu quero e em liberdade, para as coisas de Deus acabam-se-me as pretensões pessoais e necessito mesmo que alguém me guie, que alguém me ligue com Ele, ou posso acabar no pecado da soberba, que de Deus recebo directamente tudo o que preciso para trilhar os Seus caminhos.

Há no espírito luterano, que reduz o mistério do apostolado na máxima: todos sabemos ler a Bíblia e portanto todas a interpretamos sem necessidade que nos guiem, algo de profundamente errado, e que do meu ponto de vista acaba no tal fenómeno da cissiparidade que conduz a profusão de igrejas, à dispersão dos cristãos e à confusão a respeito de doutrinas centrais a respeito da Doutrina de Cristo.

Mas este é o meu ponto de vista e nada mais. Como aliados para sustentar a minha tese pró Igreja una de Cristo (religião verdadeira ou a verdade de Cristo, porque não?) tenho a Bíblia, a História e a Tradição Apostólica. As mesmas que reduzem o luteranismo e o pós luteranismo a igrejas de homens que se sentem priviligiados por revelações e entendimentos Divinos anacrónicos, explicados à luz das mesmas escrituras que tanto querem defender.

Continuaremos a conversar se assim o entenderes.


mjp
Forista desativado

Mensagens : 6491
Likes : 223
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 56
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Porque eu não vou ao memorial

Mensagem por TJ Curioso em Qua Mar 13 2013, 08:50

@mjp escreveu:
Se deixarmos de lado, por enquanto, o significado das 7 igrejas de Revelação/Apocalipse, subscreverei sem grandes pruridos doutrinais o que escreveste. Nem eu disse ou direi (nem como TJ o fiz ou senti) que fora de uma determinada Igreja cristã não haja aprovação ou salvação para quem professa Cristo como seu Salvador. Nem a própria Igreja Católica o faz, referindo-se as Igrejas pós luteranas como "irmãs protestantes".

E se a Igreja é o Corpo de Cristo, como obviamente não posso deixar de saber, já se me afigura mais intrincado o problema que reside em que cada membro desse corpo se autonomize ou divirja do seu cabeça. Questões doutrinárias, dirás, algo com que eu não posso deixar de concordar. Se se levantam com fins de vaidade pessoal ou institucional, já serão de condenar; se se levantam com o fim de melhor conhecer o pensamento e a verdade encerrada em Cristo, penso e sinto que é uma atitude muito meritória e reveladora da humildade cristã. Que o amor cristão supera tudo nem merece discussão e que Cristo é quem conhece os corações muito menos...


mjp no meu caso, o que realmente me levou a despertar para a realidade da religião das TJ, foram exatamente os erros doutrinais.

Quando eu me refiro às diferenças doutrinais existentes nas religiões cristãs, não significa que aceite que independentemente das crenças tidas pelos diversos grupos religiosos devam ser aceites cegamente ou que só por acreditar simplesmente em Cristo como o Filho de Deus, baste para ser aceite por ele como seu discípulo.

É claro que determinadas doutrinas que entram claramente em confronto com as Escrituras Sagradas devem ser rejeitadas como espúrias e não devem ser aceites pelos cristãos.

Mas, dizer que alguém não será aceite por Cristo, simplesmente porque não aceita determinado dogma católico, evangélico, etc. ou não pratica determinado ritual e orientações de determinada religião é colocarmo-nos no papel de juízes.

O próprio Jesus nos avisou que mesmo aqueles que acreditam fazer tudo o que Cristo ordenou: "curar enfermos, expulsar demónios", etc., seriam rejeitados no dia do juízo.

Por isso, termos uma atitude de julgamento ou adversidade perante outros grupos cristãos só porque não pertencem àquilo que consideramos como a Igreja do Cristo (no teu caso, a Igreja Católica), não será a melhor atitude a ter.

Creio que Jesus usará de muita misericórdia, ao avaliar os corações dos milhões de pessoas que o afirma seguir e devemos deixar nas suas mãos tal julgamento.

No entanto, isso não invalida que não exponhamos os grupos religiosos que usam de controle mental para manipular seus membros, usando a mensagem cristã como base (caso das TJ e outros). Não significa que não mostremos o nosso desacordo para com doutrinas religiosas que são mandados de homens.

Mas no fim, quem tudo julgará e levará a juízo, será o Cristo. O importante é que a nossa consciência esteja em paz connosco próprios e tenhamos seguido o caminho que achamos por bem.

TJ Curioso
Forista desativado

Mensagens : 9048
Likes : 416
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 43

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Porque eu não vou ao memorial

Mensagem por MariaL em Qua Mar 13 2013, 15:22

@Condor escreveu:
Já perdi anos demais na minha vida, cerca de 30, enganado, formatado e explorado de forma que: "já basta o tempo decorrido".

Por isso no dia em que decidi afastar-me foi para nunca mais voltar e assim foi. Nunca mais pisei o salão, ou outro recinto, onde se efectue reuniões dessa seita.


A minha posição é exactamente a mesma que o Condor expressa aqui. É coisa do passado!

No entanto, aguardo com imensa expectativa um convinte dos muito "amigos" de tantos anos, nesta que será uma das últimas oportunidades para falarem comigo.
lol!


Não há pequenas coisas nem grandes coisas, todas são importantes. - Oscar Wilde

MariaL
Sócio APVIPRE
Sócio APVIPRE

Mensagens : 973
Likes : 83
Data de inscrição : 12/05/2012
Idade : 42
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Porque eu não vou ao memorial

Mensagem por Ana Cláudia em Qua Mar 13 2013, 16:05

@MariaL escreveu:... nesta que será uma das últimas oportunidades para falarem comigo.
lol!

Alguma novidade que desejes partilhar? cotchi

Ana Cláudia
Forista desativado

Mensagens : 3331
Likes : 140
Data de inscrição : 16/05/2012
Idade : 34

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Porque eu não vou ao memorial

Mensagem por MariaL em Qua Mar 13 2013, 19:01

Atena escreveu:
@MariaL escreveu:... nesta que será uma das últimas oportunidades para falarem comigo.
lol!

Alguma novidade que desejes partilhar? cotchi

Nada de importante. Apenas dissociar-me da seita para ficar de consciência tranquila. Smile


Não há pequenas coisas nem grandes coisas, todas são importantes. - Oscar Wilde

MariaL
Sócio APVIPRE
Sócio APVIPRE

Mensagens : 973
Likes : 83
Data de inscrição : 12/05/2012
Idade : 42
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Porque eu não vou ao memorial

Mensagem por Ana Cláudia em Qua Mar 13 2013, 19:03

@MariaL escreveu:
Atena escreveu:
@MariaL escreveu:... nesta que será uma das últimas oportunidades para falarem comigo.
lol!

Alguma novidade que desejes partilhar? cotchi

Nada de importante. Apenas dissociar-me da seita para ficar de consciência tranquila. Smile

Isso não é "nada de importante"!!! É um grande passo. É precisa uma boa dose de coragem em qualquer circunstancia.

Beijinho!

Ana Cláudia
Forista desativado

Mensagens : 3331
Likes : 140
Data de inscrição : 16/05/2012
Idade : 34

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Porque eu não vou ao memorial

Mensagem por Dream5 em Qua Mar 13 2013, 19:47

Não vou porque os fatos já não me servem e a pasta está toda cheia de bulor e encurquelhada Very Happy




Dream5
Membros
Membros

Mensagens : 1008
Likes : 94
Data de inscrição : 04/12/2012
Idade : 42
Localização : palmela

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Porque eu não vou ao memorial

Mensagem por TJ esclarecido em Qua Mar 13 2013, 20:51

@MariaL escreveu:Nada de importante. Apenas dissociar-me da seita para ficar de consciência tranquila. Smile
Cara MariaL,
Desculpa a minha observação mas sentes mesmo a necessidade de formalizar a tua dissociação para ficares de consciência tranquila? Não achas que permanecendo apenas na condição de inactiva terias mais oportunidades e condições para ajudar outros antigos(as) companheiros(as) TJs a abrir os olhos?


"Se apenas houvesse uma única verdade, não poderiam pintar-se cem telas sobre o mesmo tema"
Pablo Picasso

TJ esclarecido
Moderador
Moderador

Mensagens : 1805
Likes : 151
Data de inscrição : 13/11/2011
Localização : Centro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Porque eu não vou ao memorial

Mensagem por MariaL em Qua Mar 13 2013, 22:53

@TJ esclarecido escreveu:
@MariaL escreveu:Nada de importante. Apenas dissociar-me da seita para ficar de consciência tranquila. Smile
Cara MariaL,
Desculpa a minha observação mas sentes mesmo a necessidade de formalizar a tua dissociação para ficares de consciência tranquila? Não achas que permanecendo apenas na condição de inactiva terias mais oportunidades e condições para ajudar outros antigos(as) companheiros(as) TJs a abrir os olhos?

TJ Esclarecido,

Nem sei bem como responder-te ...

Sempre fui uma uma mistura de outsider/menina bem comportada e neste momento o meu afastamento é já muito grande, física, emocional e temporalmente. Portanto, como dizes, dissociar-me é apenas uma formalidade.
Naturalmente que em tantos anos, conheci muitas pessoas com quem (salvo duas expeções) não tenho laços, mas por quem tenho muita estima. Algumas estarão para sempre no meu coração, independentemente de tudo o resto. Não creio que ficar faça alguma diferença.







Não há pequenas coisas nem grandes coisas, todas são importantes. - Oscar Wilde

MariaL
Sócio APVIPRE
Sócio APVIPRE

Mensagens : 973
Likes : 83
Data de inscrição : 12/05/2012
Idade : 42
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Porque eu não vou ao memorial

Mensagem por Marize em Qua Mar 13 2013, 23:15

@MariaL escreveu:
@TJ esclarecido escreveu:
@MariaL escreveu:Nada de importante. Apenas dissociar-me da seita para ficar de consciência tranquila. Smile
Cara MariaL,
Desculpa a minha observação mas sentes mesmo a necessidade de formalizar a tua dissociação para ficares de consciência tranquila? Não achas que permanecendo apenas na condição de inactiva terias mais oportunidades e condições para ajudar outros antigos(as) companheiros(as) TJs a abrir os olhos?

TJ Esclarecido,

Nem sei bem como responder-te ...

Sempre fui uma uma mistura de outsider/menina bem comportada e neste momento o meu afastamento é já muito grande, física, emocional e temporalmente. Portanto, como dizes, dissociar-me é apenas uma formalidade.
Naturalmente que em tantos anos, conheci muitas pessoas com quem (salvo duas expeções) não tenho laços, mas por quem tenho muita estima. Algumas estarão para sempre no meu coração, independentemente de tudo o resto. Não creio que ficar faça alguma diferença.






MariaL, se me permites, gostaria de dizer que na minha experiência só tens a ganhar em não formalizares a tua condição. Nunca sabes o futuro e assim deixas as portas abertas (e não estou a falar de voltar à ORG).




Marize

Mensagens : 15
Likes : 2
Data de inscrição : 19/02/2013
Idade : 37
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Porque eu não vou ao memorial

Mensagem por DoC em Qua Mar 13 2013, 23:35

Eu não vou poder ir. Já tinha agendado regar umas orquídeas que tenho na varanda e por coincidência calha no mesmo dia e à mesma hora.


DoC

DoC
Membros
Membros

Mensagens : 882
Likes : 81
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 35
Localização : Norte

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Porque eu não vou ao memorial

Mensagem por MariaL em Qui Mar 14 2013, 00:42

@Marize escreveu:

MariaL, se me permites, gostaria de dizer que na minha experiência só tens a ganhar em não formalizares a tua condição. Nunca sabes o futuro e assim deixas as portas abertas (e não estou a falar de voltar à ORG).

Marize,

Entendo o que queres dizer. Mas as situações de cada um de nós são diferentes. Para mim, ou é preto ou é branco.

Voltando ao tema, o ano passado, faltei pela primeira vez, estava em estado de choque com tanta descoberta e tive sentimentos de culpa por não ir. Este será o primeiro ano verdadeiramente livre para nem sequer pensar nisso e isso deixa-me muito feliz. cheers


Não há pequenas coisas nem grandes coisas, todas são importantes. - Oscar Wilde

MariaL
Sócio APVIPRE
Sócio APVIPRE

Mensagens : 973
Likes : 83
Data de inscrição : 12/05/2012
Idade : 42
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Porque eu não vou ao memorial

Mensagem por Ana Cláudia em Qui Mar 14 2013, 10:28

MariaL,

pelo que entendo é um imperativo de consciência. E se assim é acho que fazes muito bem. Não há nada tão bom como estarmos de bem e a viver de acordo com a nossa consciência.

Ana Cláudia
Forista desativado

Mensagens : 3331
Likes : 140
Data de inscrição : 16/05/2012
Idade : 34

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Porque eu não vou ao memorial

Mensagem por ninasantos em Qui Mar 14 2013, 11:08

E se eu fosse e de repente na passagem dos emblemas me desse uma fome e comesse do pão até lamber os dedinhos e bebesse do vinho até a ultima gota e depois arrotasse será que me iam considerar o quê looool Morrer a rir uma ungida demoníaca???

ninasantos

Mensagens : 76
Likes : 7
Data de inscrição : 02/01/2013
Idade : 40
Localização : algarve

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Porque eu não vou ao memorial

Mensagem por antonio1965 em Qui Mar 14 2013, 11:23

@ninasantos escreveu:E se eu fosse e de repente na passagem dos emblemas me desse uma fome e comesse do pão até lamber os dedinhos e bebesse do vinho até a ultima gota e depois arrotasse será que me iam considerar o quê looool Morrer a rir uma ungida demoníaca???

Lá não sei mas nós íamos considerar-te uma heroína ...




antonio1965
Membros
Membros

Mensagens : 1260
Likes : 85
Data de inscrição : 23/08/2012
Idade : 51
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Porque eu não vou ao memorial

Mensagem por discreta em Qui Mar 14 2013, 12:11

Eu nao vou é a primeira vez que vou faltar :Dsou invadida (todos os dias) a porta dizem que sentem a minha falta se fosse desta vez ia de calças

discreta
Membros
Membros

Mensagens : 43
Likes : 5
Data de inscrição : 17/01/2013
Localização : Norte

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Porque eu não vou ao memorial

Mensagem por Sara Mel em Qui Mar 14 2013, 12:15

@discreta escreveu:Eu nao vou é a primeira vez que vou faltar :Dsou invadida (todos os dias) a porta dizem que sentem a minha falta se fosse desta vez ia de calças

Vou de calças há 7 anos e uma das vezes fui de fato completo e gravata Morrer a rir Morrer a rir Morrer a rir

Curiosamente este ano anda tudo calado... ninguém me convida!!! Estou achar estranho! Muito estranho!

D.


Sara Mel

Sara Mel
Sócio APVIPRE
Sócio APVIPRE

Mensagens : 2743
Likes : 96
Data de inscrição : 26/11/2012
Idade : 42
Localização : Norte

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Porque eu não vou ao memorial

Mensagem por MariaL em Qui Mar 14 2013, 14:46

DL escreveu:

Vou de calças há 7 anos e uma das vezes fui de fato completo e gravata Morrer a rir Morrer a rir Morrer a rir

Curiosamente este ano anda tudo calado... ninguém me convida!!! Estou achar estranho! Muito estranho!

D.
É o que dá andar a participar em fóruns apóstatas. Não podes querer comer em duas mesas. lol!


Não há pequenas coisas nem grandes coisas, todas são importantes. - Oscar Wilde

MariaL
Sócio APVIPRE
Sócio APVIPRE

Mensagens : 973
Likes : 83
Data de inscrição : 12/05/2012
Idade : 42
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Porque eu não vou ao memorial

Mensagem por ninasantos em Qui Mar 14 2013, 15:08

@antonio1965 escreveu:
@ninasantos escreveu:E se eu fosse e de repente na passagem dos emblemas me desse uma fome e comesse do pão até lamber os dedinhos e bebesse do vinho até a ultima gota e depois arrotasse será que me iam considerar o quê looool Morrer a rir uma ungida demoníaca???

Lá não sei mas nós íamos considerar-te uma heroína ...

Isto devia provar alguma coisa não?? desmascarar quem ainda acredita nas teorias da "carochinha"

ninasantos

Mensagens : 76
Likes : 7
Data de inscrição : 02/01/2013
Idade : 40
Localização : algarve

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Porque eu não vou ao memorial

Mensagem por residente em Qui Mar 14 2013, 19:27

Já agora em que dia é o memorial? lol! sinceramente não sei, mas deve ser lá por volta da páscoa.. Morrer a rir




residente
Membros
Membros

Mensagens : 77
Likes : 6
Data de inscrição : 06/02/2013
Idade : 32
Localização : Portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Porque eu não vou ao memorial

Mensagem por Ana Cláudia em Qui Mar 14 2013, 20:04

@residente escreveu:Já agora em que dia é o memorial? lol! sinceramente não sei, mas deve ser lá por volta da páscoa.. Morrer a rir


26 Março.

Podes ver o convite aqui: http://testemunhasdejeova.forumeiros.com.pt/t1157-memorial-2013-convite?highlight=memorial


Depois do por do sol, por causa dos lobisomens ou dos vampiros... batsmil

Ana Cláudia
Forista desativado

Mensagens : 3331
Likes : 140
Data de inscrição : 16/05/2012
Idade : 34

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Porque eu não vou ao memorial

Mensagem por hocosi em Qui Mar 14 2013, 20:16

Ele morreu por todos.????



"Podemos facilmente perdoar uma criança que tem medo do escuro. A real tragédia da vida são os adultos que têm medo da luz" . Platão

hocosi
Membros
Membros

Mensagens : 2577
Likes : 346
Data de inscrição : 28/12/2011
Idade : 61
Localização : Braga (Distrito)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Porque eu não vou ao memorial

Mensagem por hocosi em Qui Mar 14 2013, 20:48

@hocosi escreveu:Ele morreu por todos.????

Esta pergunta tem razão de ser porque este assunto tem sido motivo de debate ao longo dos anos por parte de lideres religiosos.

Alguns tem dito que tudo o que expiação significa é que os benefícios da expiação são limitados aos crentes que satisfazem as condições necessárias de fé. Embora a expiação de Cristo fosse suficiente para cobrir os pecados de todos os homens e para satisfazer a justiça de Deus contra todo pecado, ela apenas aplica-se apenas aos crentes.

A fórmula é: Suficiente para todos, eficiente somente para os fieis.




"Podemos facilmente perdoar uma criança que tem medo do escuro. A real tragédia da vida são os adultos que têm medo da luz" . Platão

hocosi
Membros
Membros

Mensagens : 2577
Likes : 346
Data de inscrição : 28/12/2011
Idade : 61
Localização : Braga (Distrito)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Porque eu não vou ao memorial

Mensagem por TJ Curioso em Qui Mar 14 2013, 21:44

@hocosi escreveu:
@hocosi escreveu:Ele morreu por todos.????

Esta pergunta tem razão de ser porque este assunto tem sido motivo de debate ao longo dos anos por parte de lideres religiosos.

Alguns tem dito que tudo o que expiação significa é que os benefícios da expiação são limitados aos crentes que satisfazem as condições necessárias de fé. Embora a expiação de Cristo fosse suficiente para cobrir os pecados de todos os homens e para satisfazer a justiça de Deus contra todo pecado, ela apenas aplica-se apenas aos crentes.

A fórmula é: Suficiente para todos, eficiente somente para os fieis.


Creio que as palavras de Jesus sobre este ponto são suficientes para entender este assunto:

“Porque Deus amou tanto o mundo, que deu o seu Filho unigênito, a fim de que todo aquele que nele exercer fé não seja destruído, mas tenha vida eterna."

Se repararmos o contexto das palavras a Nicodemos, Jesus faz alusão ao que se passou com a nação israelita no deserto, quando ele diz nos versículos anteriores:

"E assim como Moisés ergueu a serpente no ermo, assim tem de ser erguido o Filho do homem, para que todo o que nele crer tenha vida eterna."

Dá isto margem para outras interpretações?

TJ Curioso
Forista desativado

Mensagens : 9048
Likes : 416
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 43

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Porque eu não vou ao memorial

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 19:22


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 7 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum