EX-TESTEMUNHAS DE JEOVÁ
Seja muito Bem-vindo!

Regista-te aqui e descobre a verdade sobre a "verdade"

Lê as regras e respeita-as

Alguma duvida a Adm/Mod está pronta a ajudar.



"Quando aceitamos tudo o que a Organização diz sem verificar, mostramos confiança na Organização. Mas, se mantivermos um espírito atento e examinarmos 'quanto a se estas coisas são realmente assim' (Atos 17:11), então, mostramos zelo para com Jeová. Para quem você mostra zelo?"

A desassociação dos tempos bíblicos é igual à desassociação praticada pelas Testemunhas de Jeová?

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A desassociação dos tempos bíblicos é igual à desassociação praticada pelas Testemunhas de Jeová?

Mensagem por TJ Curioso em Sab Fev 09 2013, 21:16

No meu blogue http://questaodosangue.blogspot.pt tive a oportunidade de responder a um comentário que defendia a prática da desassociação, conforme praticada pelas Testemunhas de Jeová. Coloco aqui o texto adaptado, que pode servir de esclarecimento para quem procura uma resposta bíblica e equilibrada sobre o assunto em causa. Podem também copiar o texto, adaptá-lo e enviar para os vossos amigos, quando forem questionados sobre este assunto.


A desassociação dos tempos bíblicos é igual à desassociação praticada pelas Testemunhas de Jeová?

A Organização das Testemunhas de Jeová, faz crer que a sua postura com respeito a um pecador na congregação, é similar à posição que os primeiros cristãos tinham. Fazem crer por isso, que se baseiam nas Escrituras Sagradas para executar a "justiça divina" quando expulsam alguém da congregação e a tratam como estando morta.

Afirmam que a forma como a pessoa é tratada pelos membros da congregação, é similar à forma como os primeiros cristãos tratavam aqueles que eram expulsos no primeiro século. Dizem que esta forma de expulsão e consequente ostracização do ex-membro, cumpre 2 principais objetivos:

1º Protecção da congregação de elementos corrompedores à fé e saúde espirituais;
2º É uma demonstração de amor ao membro expulso, de forma a que ele caia em si e se arrependa, voltando ao convívio dos membros, aquando da sua readmissão.


Visto que a Organização afirma que esta forma de tratamento tem base bíblica, é na Bíblia que temos que nos basear para chegarmos à conclusão, se esta visão e postura organizacional, corresponde ou não àquilo que era prática corrente no primitivo cristianismo.

Existem por isso, alguns factores a considerar.

Em primeiro lugar, a expulsão de um membro da congregação cristã era uma prática desde o primitivo cristianismo. Sem dúvida alguma, os pecadores impenitentes eram tirados da congregação e da suas práticas litúrgicas, exatamente porque estavam vivendo em pecado.

Por isso, o apóstolo Paulo podia dizer as palavras registadas em 1 Coríntios 5:11: "Nem sequer comendo com tal homem". Estava Paulo a referir-se aqui a não sequer cumprimentar este homem ou mesmo comer uma refeição em privado com ele?

O contexto mostra que não era isso que Paulo tinha em mente. Se notarem os versículos 6-8, Paulo faz alusão à refeição nocturna do Senhor mostrando que ela devia ser celebrada não com o velho fermento ou pessoas pecaminosas, mas sim com "pães não fermentados da verdade e da sinceridade".

Percebe-se assim, que Paulo estava frontalmente contra, permitir-se que um irmão que estava vivendo em pecado (como era o caso extremo citado por Paulo) partilhasse dessa refeição sagrada e comesse dos símbolos do Cristo sem pecado — pão e vinho.

Hoje em dia, a Organização, semelhante aos dias dos fariseus e líderes religiosos dos dias de Jesus, criou uma lista quase infindável de situações em que alguém pode ficar numa situação difiícil perante a congregação.

Até mesmo supostos pecados não mencionados nas Escrituras Sagradas são usados para proibir uma Testemunha de Jeová de levar uma vida normal.
Basta ver proibições não-bíblicas como a celebração de um aniversário, ou de aceitar ou doar sangue ou fracções de sangue proibidas pelo Corpo Governante.

Existem cerca de 100 situações em potencial que pode levar uma TJ a ser expulsa da congregação ou pelo menos a ser repreendida.

Agora pergunto eu:
Quantas situações se encontram nas Escrituras Sagradas que poderiam levar um cristão a ser expulso da congregação? Analisem vocês mesmos.

Nem mesmo diferenças de opinião a nível doutrinal, levavam um cristão a ser expulso da congregação. A imoralidade, a idolatria ou mesmo a apostasia (que no contexto do 1º século tratava-se de negar os ensinos de Cristo ou a repudiar Jesus como o Messias ou Filho de Deus) eram os casos extremos para alguém ser expulso.

E lá voltamos nós à questão que se prende com a forma como era praticada a desassociação.

Paulo e outros, jamais ensinaram que um cristão expulso da congregação deveria ser tratado como um "leproso" ou deveria sofrer morte social.
Mesmo no caso extremo, mencionado na 1ª carta aos Coríntios, Paulo não afirmou que o corte de relações seria total (como praticado hoje pelas TJ).

É interessante que Paulo usou uma expressão para orientar os cristãos da congregação de Corinto. Veja na TNM com referências, no cap. 5:11, o asterisco na frase "cesseis de ter convivência com*". A nota de rodapé diz: "Lit.: "não vos mistureis com".

As questões que se levantam são:
– O que esta expressão significa?
– Será que a interpretação extremista da Organização está correta ao usar esta expressão e aplicá-la da forma como o faz - ostracizando os ex-membros que decidiram sair por livre vontade, os que foram expulsos por discordar de algum ensino que consideraram ensino de homens ou mesmo aqueles que cometeram algum tipo de pecado?


O próprio Paulo dá a resposta à forma como se deveria tratar a tais pessoas expulsas da congregação cristã no primeiro século.
E veja como é tão diferente do que é feito hoje em dia.

Se notar, na palavra "convivência" tem lá uma chamada. Entre os vários textos da coluna central, tem o texto de 2 Tessalonicenses 3:6.

O texto diz: "Que vos retireis de todo o irmão que andar desordeiramente e não segundo a tradição que recebeste de nós".

É interessante, que a Organização escolheu esta passagem para associar ao texto anterior de 1 Coríntios 5:11. De fato, Paulo aqui também admoestava que os cristãos deviam evitar conviver intimamente com aqueles que não estavam demonstrando qualidades cristãs.

Mas o mais curioso, é que logo à frente no vers. 14 diz o seguinte:

"Mas, se alguém não for obediente à nossa palavra por intermédio desta carta, tomai nota de tal, parai de associar-vos com ele, para que fique envergonhado. Contudo, não o considereis como inimigo, mas continuai a admoestá-lo como irmão."

Na TNM com referências, se notar a nota na expressão "parai de associar-vos com# ele", verá que a nota diz: "Lit.: "não vos mistureis com".

Ou seja, no grego esta expressão traduzida aqui por "parai de associar-vos com ele" é a mesma usada em 1 Coríntios 5:11.

Mas conforme, o contexto mostra, Paulo demonstra aqui em Tessalonicenses que esta expressão não significava a "morte social" do indivíduo. Não significava um corte radical de relações pessoais de seus anteriores irmãos, amigos e parentes na fé.

Paulo, afirma que estes não o deveriam considerar "um inimigo, mas continuá-lo a admoestá-lo como irmão."

Uma visão bem diferente do que a Organização dá aos seus membros hoje em dia, não é?

Para a Organização, até mesmo os laços de sangue devem ser cortados ao máximo possível de forma a pressionar um ex-membro a voltar a Jeová (leia-se Organização).
Esta forma de bullying social, apenas traz dor emocional a todos os envolvidos e não ajuda ninguém a desenvolver amor a Deus.

Muitas vezes, as pessoas sentem apenas uma profunda revolta contra estas situação e muitas acabam por até mesmo perder o amor a Deus.

Algumas regressam, mas será que é por genuíno arrependimento do pecado ou porque desejam apenas ter de volta, aquilo que lhes pertence por direito - o relacionamento familiar com seus pais, irmãos, etc.?
Só Deus o poderá avaliar.

No entanto, uma coisa é certa: a prática de ostracizar os ex-membros é anti-bíblica e demonstra uma profunda falta de sensibilidade para com o amor e afeição natural entre os seres humanos.

Paulo, ao escrever a Timóteo avisou que nos últimos dias, "os homens… teriam falta de afeição natural".

Entre as Testemunhas de Jeová a prática de ostracizar seus membros e principalmente ex-membros parentes, revela esta falta de afeição natural, independentemente se ela é motivada por um zelo em cumprir uma suposta lei de Deus.

Paulo também mostrou que os judeus dos seus dias, "tinham zelo de Deus, mas não segundo o conhecimento exato".

Jesus Cristo, o maior exemplo a seguir, veio revelar que tipo de Deus é Jeová e a forma de ele lidar com os pecadores. Na sua célebre ilustração, ele conta a história de um filho que, abandonando o seu lar, segue uma vida devassa, esbanjando a sua parte na herança.

Após gastar tudo o que tinha, e passar por sérias dificuldades, ele regressa ao lar, humilhado e nem mesmo se considerando digno de ser chamado de "filho".

O relato comovente contado por Cristo, demonstra a atitude amorosa e compassiva do Pai, que ao vê-lo ao longe corre para o filho, abraçando-o, emocionado. Esse é o exemplo a seguir. Receber de braços abertos um pecador que se arrepende.

Para uma TJ receber o perdão da congregação, tem de se humilhar, vez após vez, indo às reuniões, em silêncio. Não pode cumprimentar ninguém. Deve entrar depois da reunião começar e sair logo após o término. Esta situação leva por vezes muitos meses, às vezes um ano ou mais.

Foi esse o exemplo de nosso Deus e de seu Filho? Não!

Jesus, através da sua morte já perdoou os nossos pecados. O seu sangue lavou o pecado que fizemos ou que possamos vir a cometer, desde que nos arrependamos genuinamente.

É interessante, que o homem sobre quem o apóstolo Paulo escreveu, na 1ª carta aos Coríntios e que estava tendo uma relação possivelmente incestuosa com sua mãe ou pelo menos com sua madrasta, recebeu do apóstolo as seguintes palavras na 2ª carta aos Coríntios 2:6:

"Esta censura da parte da maioria é suficiente para tal homem, de modo que agora, ao contrário, deveis perdoar-lhe bondosamente e deveis consolá-lo, para que tal homem não seja de algum modo tragado pela sua excessiva tristeza. Exorto-vos, portanto, a que confirmeis o vosso amor por ele."

Nestas palavras, várias coisas se podem perceber.

Em primeiro lugar, as duas cartas aos Coríntios foram escritas no ano 55 EC, o que indica que foram precisos poucos meses para aquele homem voltar a ser reconhecido como pertencente à congregação.

E não esqueçamos que Paulo havia mencionado na 1ª carta que o pecado deste homem, era tal que mesmo entre as nações, esse pecado era repudiado. (1 Coríntios 5:1)
Aqui se via a atitude perdoadora da congregação cristã. Não esqueçamos também que Paulo não tratou deste caso por meio de uma suposta comissão de anciãos realizada em secreto.

Ele escreveu à congregação como um todo e suas admoestações e advertências eram escutadas por todos, através da leitura pública de suas cartas.

Outro aspeto interessante, foi aquilo que ele mencionou quando disse "esta censura da parte da maioria é suficiente para tal homem". Notaram, como ele mostra que nem todos rejeitaram tal homem ou pelo menos, nem todos cortaram relações com ele?

Será que Paulo censurou a tais ou os ameaçou de expulsão porque não tinham seguido suas orientações? Longe disso! Ele nem mesmo demonstrou qualquer rancor com tais pessoas.
É essa a atitude, hoje em dia, por parte da Organização? Não é pois não?!

Outro texto usado como base para o tratamento às ex-Testemunhas de Jeová é 2 João 10-11.

O texto diz o seguinte:
"Se alguém se chegar a vós e não trouxer este ensino, nunca o recebais nos vossos lares, nem o cumprimenteis. Pois, quem o cumprimenta é partícipe das suas obras iníquas."

O texto é bem claro e nós devemos aceitá-lo. Não se deve receber em casa e nem cumprimentar os que não trouxerem "este ensino". Que ensino é este?

O versículo 9, anterior, esclarece:
"Todo aquele que se adianta e não permanece no ensino do Cristo não tem Deus. Quem permanece neste ensino é quem tem tanto o Pai como o Filho".

O versículo 7 é ainda mais específico, dizendo:
"Pois muitos enganadores saíram pelo mundo afora, pessoas que não confessam Jesus Cristo vindo na carne. Este é o enganador e o anticristo".

Este é o anticristo, uma categoria de pessoas, pessoas que não aceitam Jesus como o Messias, como tendo vindo na carne. Isto é que é, definido pela própria Bíblia, o "ensino do Cristo". Aquele que "não trouxer este ensino" está na categoria de anticristo. Este é que não deve ser recebido nos lares dos cristãos e nem ser cumprimentado por eles.

Portanto, nem mesmo este texto poderia ser usado como base para ostracizar uma ex-TJ que ainda mantém sua fé em Jesus, Jeová e na Bíblia, mas que por alguma razão pecou ou simplesmente deixou de acreditar nas INTERPRETAÇÕES particulares da liderança das Testemunhas de Jeová (Corpo Governante).

A Organização hoje em dia impõe o corte de relações, colocando até mesmo em causa a relação das pessoas com o próprio Deus. Faz isso, por demonstrar que o corte de relações com amigos, parentes e ex-irmãos, é uma questão de lealdade para com Deus.

Quer assim inculcar na mente dos membros que quem não o fizer, será desleal para com Deus e fica subentendido que a sua vida futura poderá ficar em causa.
E vai mesmo além disso! Aqueles que não cortam relações com ex-membros, eles próprios ficam debaixo de ameaça de expulsão.

Semelhante aos líderes religiosos dos dias de Jesus, a Organização hoje em dia, impõe leis e normas que vai além dos mandamentos e príncipios divinos. Afastaram-se da simplicidade das Escrituras Sagradas.

Fazem o mesmo que os fariseus e outros, ao colocarem a sua interpretação sobre os mandamentos de Deus como lei.

Semelhante ao que os líderes religiosos fizeram com o Sábado nos dias de Jesus. Iam para além da Lei, dando novas interpretações e acrescentando inúmeras regras além daquilo que Deus havia estipulado.

Espero que esta breve análise apresentada faça rever a posição daqueles que aceitam cegamente os dogmas e doutrinas da liderança das TJ, e a forma como vêem este processo de ostracização de ex-membros por parte da Organização.


Última edição por TJ Curioso em Dom Jan 05 2014, 03:05, editado 5 vez(es)

TJ Curioso
Forista desativado

Mensagens : 9048
Likes : 416
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 43

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A desassociação dos tempos bíblicos é igual à desassociação praticada pelas Testemunhas de Jeová?

Mensagem por elektra em Sab Fev 09 2013, 23:03

"Para a Organização, até mesmo os laços de sangue devem ser cortados ao máximo possível de forma a pressionar um ex-membro a voltar a Jeová (leia-se Organização).
Esta forma de bullying social, apenas traz dor emocional a todos os envolvidos e não ajuda ninguém a desenvolver amor a Deus.

Muitas vezes, as pessoas sentem apenas uma profunda revolta contra estas situação e muitas acabam por até mesmo perder o amor a Deus."


Algumas regressam, mas será que é por genuíno arrependimento do pecado ou porque desejam apenas ter de volta, aquilo que lhes pertence por direito - o relacionamento familiar com seus pais, irmãos, etc.?
Só Deus o poderá avaliar.


É exactamente neste trecho que eu me sinto!!! Cheguei a dizer aos meus pais que estavam a fazer chantagem emocional comigo!! E também já pus a hipótese de ir ás reuniões para ser readmitida e depois não voltar a por lá os pés!!

Referi também aos meus pais que o que eles estavam a fazer não era correcto, porque em vez de me estarea a fazer pensar em voltar,estavam a revoltar-me cada vez mais, e também estão a dar mau testemunho ao meu actual marido, que já ne sequer pode ouvir o nome Testemunhas de Jeová, não querem saber dele nem do meu filho mais novo.... enfim!!

Por último, também cheguei a referir que eles não são ninguém para e julgar, porque são homens e pecadores como todos os outros!!!


Elektra

elektra
Membros
Membros

Mensagens : 148
Likes : 10
Data de inscrição : 26/12/2012
Idade : 38
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A desassociação dos tempos bíblicos é igual à desassociação praticada pelas Testemunhas de Jeová?

Mensagem por so em Dom Fev 10 2013, 09:30

TJ Curioso , bem argumentado bom texto para esfregar na cara a quem defende a ORG neste assunto


Conhecereis a internet e a internet vos libertará.

so
Sócio APVIPRE
Sócio APVIPRE

Mensagens : 1965
Likes : 58
Data de inscrição : 01/03/2012
Localização : Norte

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A desassociação dos tempos bíblicos é igual à desassociação praticada pelas Testemunhas de Jeová?

Mensagem por hobbit em Dom Fev 10 2013, 11:56

TJC, pesquisa excelente ! Você é o cara!

@TJ Curioso escreveu:
Nem mesmo diferenças de opinião a nível doutrinal, levavam um cristão a ser expulso da congregação. A imoralidade, a idolatria ou mesmo a apostasia (que no contexto do 1º século tratava-se de negar os ensinos de Cristo ou a repudiar Jesus como o Messias ou Filho de Deus) eram os casos extremos para alguém ser expulso.

É interessante notar que todos esses pecados que eram punidos por "expulsão" ou "excomunhão" na primitiva igreja podem cair na categoria de pecados públicos e escandalosos, em que o sujeito além de pecar, defendia publicamente tal prática.

Não há indício de que a igreja punisse publicamente pecados privados, por mais pecaminosos que fossem, ou que tivesse a autoridade e o poder de investigar a vida "privada" dos crentes.

hobbit

Mensagens : 64
Likes : 8
Data de inscrição : 24/08/2012
Idade : 24
Localização : Brasil

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A desassociação dos tempos bíblicos é igual à desassociação praticada pelas Testemunhas de Jeová?

Mensagem por Ana Cláudia em Dom Fev 10 2013, 17:25

Obrigada TJC por mais uma questão bem tratada e explicada!

Ana Cláudia
Forista desativado

Mensagens : 3331
Likes : 140
Data de inscrição : 16/05/2012
Idade : 34

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A desassociação dos tempos bíblicos é igual à desassociação praticada pelas Testemunhas de Jeová?

Mensagem por Destemido em Dom Fev 10 2013, 22:13

T J Curioso :

Apreciei muito esta tua explanação. Está muito bem elaborada e bem apoiada com o livro que dizem defender. É uma vergonha e ofensa a Deus o que estes senhores vêm fazendo. Permite-me aproveitar esta oportunidade para lançar aqui mais uma questão, que poderá vir a ser tópico de outra postagem. Está relacionada com o livro a que fazes referência de 2ª Tessal. 3:. ... Tentem perceber, ( o que não vos será difícil ) a quem o apostolo se está referindo, e acima de tudo, o PORQUÊ. Quem eram esses a quem Paulo por diversas vezes neste breve capítulo alcunhou de DESORDEIROS contra os quais se devia tomar nota ?

Um abraço, e mais uma vez, obrigado pela postagem.




Destemido
Membros
Membros

Mensagens : 95
Likes : 43
Data de inscrição : 26/11/2012
Idade : 66
Localização : Setúbal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A desassociação dos tempos bíblicos é igual à desassociação praticada pelas Testemunhas de Jeová?

Mensagem por ellipsis em Dom Fev 10 2013, 22:31

Este tópico foi colocado no INDICE
É um tópico MUITO esclarecedor




Vamos trabalhar juntos para manter neste fórum um ambiente limpo e amigável. Boas postagens!


Admn sugere:
     
Respeite as regras do fórum e seja um bom membro.
Antes de criar um novo tópico faça uma pesquisa rápida.Podes começar por AQUI
Se perdeu a senha do fórum, contate um administrador por MP.


ellipsis
Admin
Admin

Mensagens : 8065
Likes : 275
Data de inscrição : 20/09/2011
Idade : 42
Localização : Vila de Cucujães

Ver perfil do usuário http://escravodaverdade.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A desassociação dos tempos bíblicos é igual à desassociação praticada pelas Testemunhas de Jeová?

Mensagem por ellipsis em Dom Fev 10 2013, 22:38

Não querendo fugir do tópico mas continuando na desassociação. À uns tempos escrevi um artigo no meu blog que mostrava quantas pessoas Jesus desassociou - Desassociação, Tome Nota ,Repreenção e Jesus Cristo




Vamos trabalhar juntos para manter neste fórum um ambiente limpo e amigável. Boas postagens!


Admn sugere:
     
Respeite as regras do fórum e seja um bom membro.
Antes de criar um novo tópico faça uma pesquisa rápida.Podes começar por AQUI
Se perdeu a senha do fórum, contate um administrador por MP.


ellipsis
Admin
Admin

Mensagens : 8065
Likes : 275
Data de inscrição : 20/09/2011
Idade : 42
Localização : Vila de Cucujães

Ver perfil do usuário http://escravodaverdade.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A desassociação dos tempos bíblicos é igual à desassociação praticada pelas Testemunhas de Jeová?

Mensagem por TJ Curioso em Dom Fev 10 2013, 22:43

@ellipsis escreveu:Não querendo fugir do tópico mas continuando na desassociação. À uns tempos escrevi um artigo no meu blog que mostrava quantas pessoas Jesus desassociou - Desassociação, Tome Nota ,Repreenção e Jesus Cristo

Também esclarecedor Ellipsis.
Obrigado.

TJ Curioso
Forista desativado

Mensagens : 9048
Likes : 416
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 43

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A desassociação dos tempos bíblicos é igual à desassociação praticada pelas Testemunhas de Jeová?

Mensagem por Dissociadalegre em Dom Fev 10 2013, 23:11

Talvez por Jesus ser o "Maior Homem", eles(CG) o metem em 2º plano, porque não lhe chegam nem aos calcanhares.

Cambada de hipocritas.




Dissociadalegre

Mensagens : 13
Likes : 1
Data de inscrição : 10/02/2013
Idade : 44
Localização : Sul

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A desassociação dos tempos bíblicos é igual à desassociação praticada pelas Testemunhas de Jeová?

Mensagem por Crixus em Seg Mar 11 2013, 21:50

muito bom. mas vindo de ti nao era de esperar outra coisa.




Crixus
Sócio APVIPRE
Sócio APVIPRE

Mensagens : 1030
Likes : 55
Data de inscrição : 26/11/2012
Localização : Grande Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A desassociação dos tempos bíblicos é igual à desassociação praticada pelas Testemunhas de Jeová?

Mensagem por lapis azul em Dom Jan 05 2014, 00:16

Obrigado pela excelente explanação TJC.




lapis azul
Membros
Membros

Mensagens : 113
Likes : 7
Data de inscrição : 25/07/2012
Idade : 46
Localização : lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A desassociação dos tempos bíblicos é igual à desassociação praticada pelas Testemunhas de Jeová?

Mensagem por Pesquisador em Ter Fev 25 2014, 19:48

Vi sua recomendação no fórum brasileiro para que se leia seu artigo sobre este tópico. Interessante que escreveu dizendo concordar que os primitivos cristãos expulsavam pecadores.

Todavia, no que escreveu, explicou, explicou e tentou explicar e, ainda assim, não foi substancial. Fez tamanha confusão entre a expulsão clara mencionada na situação em 1 Coríntios 5:1-13 para com um homem envolvido numa prática imoral e com outros mencionados 2 Tessalonicenses 3:6,11, 13-15 que trata de desordeiros e que não andam corretamente, mas que não foram considerados merecedores duma expulsão total, pois se este fosse o caso, Paulo teria dito que deviam também ser expulsos como orientou os em Corinto. Paulo seria sem dúvida, coerente.

Para o caso imoral e mais serio do cristão mencionado em 1 Coríntios 5:1-13, o apóstolo Paulo ordenou: “Cessai de ter convivência.”, e “removei o homem iníquo de entre vós” (1 Cor. 5:11,13) Antes de dizer isso ordenou: “..... entregueis tal homem a Satanás....” (1 Coríntios 5:5) O relato é claro:

- pessoa entregue a Satanás,
- não ter convivência e
- remoção.

Baseando-me no primeiro desqualificador pergunto: “Quem iria manter relações de qualquer natureza com alguém entregue a Satanás?

Você fora mais longe afirmando: “.... no grego esta expressão traduzida aqui (em 1 Tessalonicenses 3:14) por "parai de associar-vos com ele" é a mesma usada em 1 Coríntios 5:11. Apresente qual é a palavra grega usada nas duas cartas e suas conotações semelhantes. Quer ensinar usando a dedução? Quer rebater a organização com dedução? Como pode recomendar a outros que reavalie o ensino da organização se você obscurece seus argumentos?

Outra citação explicada incorretamente por você foi a de 2 João 9, 10. O apóstolo João escreveu: “Todo aquele que se adianta e não permanece no ensino do Cristo não tem Deus. Quem permanece neste ensino é quem tem tanto o Pai como o Filho. Se alguém se chegar a vós e não trouxer este ensino, nunca o recebais nos vossos lares, nem o cumprimenteis.

Você argumentou inadequadamente: “Este é o anticristo, uma categoria de pessoas, pessoas que não aceitam Jesus como o Messias, como tendo vindo na carne. Isto é que é, definido pela própria Bíblia, o "ensino do Cristo". Aquele que "não trouxer este ensino" está na categoria de anticristo. Este é que não deve ser recebido nos lares dos cristãos e nem ser cumprimentado por eles.

Ora! Quando Jeová Deus tiver de destruir os que estão longe dele, nenhuma diferença de tratamento haverá, se levavam uma vida imoral ou não aderiam ao ensino de Cristo. Serão todos destruídos da mesma maneira. Igualmente, o tratamento que antecede isso, deve ser o mesmo.

Você cita ainda o relato do filho pródigo (Lucas 15: 11-23), cuja aplicação é para a situação de tratamento a ser dada a um pecador que está arrependido e não para o caso de se tratar quem ainda deve mostrar arrependimento. O filho pródigo decide levar uma vida devassa e:
 
- Viaja para fora, a um país distante, e ali esbanja os seus bens por levar uma vida devassa.

- Gasto tudo, ocorre uma fome severa em todo aquele país, e passar necessidade.

- Agrega-se a um dos cidadãos daquele país, e este o envia aos seus campos para pastar porcos.

Tudo isso envolve um tempo considerável, não sendo o caso de sair hoje e voltar no mês seguinte. Quando pecadores entre as testemunhas mostram estar arrependidas, são readmitidas. O prazo para isso é determinado pelo arrependimento demonstrado, lógico que, comensurável ao grau de desvio da lei divida.

À base de tudo isso, seus comentários não convencem, antes, um embuste interpretativo do que os relatos apresentam. Eu poderia abordar outros pontos do que escreveu, contudo, falta-me tempo. Agora tenho de explicar as outros a estrutura e função dum axônio e os neuro-transmissores do sistema nervoso periférico.

Pesquisador
Membros
Membros

Mensagens : 195
Likes : 1
Data de inscrição : 17/10/2013
Idade : 39
Localização : Santo André

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A desassociação dos tempos bíblicos é igual à desassociação praticada pelas Testemunhas de Jeová?

Mensagem por ellipsis em Ter Fev 25 2014, 20:33

@Pesquisador escreveu:

Você fora mais longe afirmando: “.... no grego esta expressão traduzida aqui (em 1 Tessalonicenses 3:14) por "parai de associar-vos com ele" é a mesma usada em 1 Coríntios 5:11. Apresente qual é a palavra grega usada nas duas cartas e suas conotações semelhantes. Quer ensinar usando a dedução? Quer rebater a organização com dedução? Como pode recomendar a outros que reavalie o ensino da organização se você obscurece seus argumentos?

Desde quando o TJ Curioso afirmou que nos dois textos a palavra era a mesma?

Se quer dialogar, pelo menos seja honesto consigo mesmo.

O TJ Curioso simplesmente se limitou a mostrar aquilo que a própria ORGA mostra na tradução com referências (Bíblia grande)

@Pesquisador escreveu:Ora! Quando Jeová Deus tiver de destruir os que estão longe dele, nenhuma diferença de tratamento haverá, se levavam uma vida imoral ou não aderiam ao ensino de Cristo. Serão todos destruídos da mesma maneira. Igualmente, o tratamento que antecede isso, deve ser o mesmo
.

Essa é a tua opinião. Que para mim vale o que vale...

Mais uma vez estás a ser desonesto e incongruente.





Vamos trabalhar juntos para manter neste fórum um ambiente limpo e amigável. Boas postagens!


Admn sugere:
     
Respeite as regras do fórum e seja um bom membro.
Antes de criar um novo tópico faça uma pesquisa rápida.Podes começar por AQUI
Se perdeu a senha do fórum, contate um administrador por MP.


ellipsis
Admin
Admin

Mensagens : 8065
Likes : 275
Data de inscrição : 20/09/2011
Idade : 42
Localização : Vila de Cucujães

Ver perfil do usuário http://escravodaverdade.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A desassociação dos tempos bíblicos é igual à desassociação praticada pelas Testemunhas de Jeová?

Mensagem por TJ Curioso em Ter Fev 25 2014, 22:35

Pesquisador, já nem me preocupo em rebater os teus argumentos, muito fracos por sinal. O que eu expliquei no meu texto está lá bem detalhado e explicado de uma forma que qualquer criança sabe ler e interpretar. Se fosse outra pessoa deste fórum a questionar teria todo o gosto em explanar mais o assunto, agora tu?

Tu pegas em sentenças descontextualizadas e tentas demonstrar uma suposta incoerência no meu texto. Achas que vou perder tempo contigo?

 Morrer a rir  Morrer a rir  Morrer a rir  Morrer a rir  Morrer a rir  Morrer a rir  Morrer a rir  Morrer a rir

TJ Curioso
Forista desativado

Mensagens : 9048
Likes : 416
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 43

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A desassociação dos tempos bíblicos é igual à desassociação praticada pelas Testemunhas de Jeová?

Mensagem por Pesquisador em Qua Fev 26 2014, 13:01

@TJ Curioso escreveu:Pesquisador, já nem me preocupo em rebater os teus argumentos, muito fracos por sinal. O que eu expliquei no meu texto está lá bem detalhado e explicado de uma forma que qualquer criança sabe ler e interpretar. Se fosse outra pessoa deste fórum a questionar teria todo o gosto em explanar mais o assunto, agora tu?

Tu pegas em sentenças descontextualizadas e tentas demonstrar uma suposta incoerência no meu texto. Achas que vou perder tempo contigo?

 Morrer a rir  Morrer a rir  Morrer a rir  Morrer a rir  Morrer a rir  Morrer a rir  Morrer a rir  Morrer a rir

Eu usei o texto bíblico comentado por você.

Pesquisador
Membros
Membros

Mensagens : 195
Likes : 1
Data de inscrição : 17/10/2013
Idade : 39
Localização : Santo André

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A desassociação dos tempos bíblicos é igual à desassociação praticada pelas Testemunhas de Jeová?

Mensagem por Pesquisador em Qua Fev 26 2014, 13:20

@ellipsis escreveu:
@Pesquisador escreveu:

Você fora mais longe afirmando: “.... no grego esta expressão traduzida aqui (em 1 Tessalonicenses 3:14) por "parai de associar-vos com ele" é a mesma usada em 1 Coríntios 5:11. Apresente qual é a palavra grega usada nas duas cartas e suas conotações semelhantes. Quer ensinar usando a dedução? Quer rebater a organização com dedução? Como pode recomendar a outros que reavalie o ensino da organização se você obscurece seus argumentos?

Desde quando o TJ Curioso afirmou que nos dois textos a palavra era a mesma?

Se quer dialogar, pelo menos seja honesto consigo mesmo.

O TJ Curioso simplesmente se limitou a mostrar aquilo que a própria ORGA mostra na tradução com referências (Bíblia grande)

@Pesquisador escreveu:Ora! Quando Jeová Deus tiver de destruir os que estão longe dele, nenhuma diferença de tratamento haverá, se levavam uma vida imoral ou não aderiam ao ensino de Cristo. Serão todos destruídos da mesma maneira. Igualmente, o tratamento que antecede isso, deve ser o mesmo
.

Essa é a tua opinião. Que para mim vale o que vale...

Mais uma vez estás a ser desonesto e incongruente.


Sabe muito bem que este não é caso. Falar que sou desonesto é coisa fácil, mas provar é o âmago da coisa. Dizer que sou incongruente é simples, mas provar com argumentos é o sustentáculo do que escreve!

Ele falou sobre a expressão grega "parai de associar-vos com ele" ser a mesma usada 1 Coríntios 5:11. Ocorre que "parai de associar-vos com ele", não é a expressão grega, antes a tradução da expressão grega. Por conseguinte, a argumentação não é digerida quando não se apresenta a real expressão grega que origina uma tradução igual em 1 Tessalonicenses 3:14 e 1 Corintios 5:11 como é a afirmação proposta a contrariar a postura das Testemunhas de Jeová quando á desassociação.

Se ele não quer argumentar, tudo bem. Esqueçamos o assunto.

Pesquisador
Membros
Membros

Mensagens : 195
Likes : 1
Data de inscrição : 17/10/2013
Idade : 39
Localização : Santo André

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A desassociação dos tempos bíblicos é igual à desassociação praticada pelas Testemunhas de Jeová?

Mensagem por TJ Curioso em Qua Fev 26 2014, 14:33

@Pesquisador escreveu:Ele falou sobre a expressão grega "parai de associar-vos com ele" ser a mesma usada 1 Coríntios 5:11. Ocorre que "parai de associar-vos com ele", não é a expressão grega, antes a tradução da expressão grega. Por conseguinte, a argumentação não é digerida quando não se apresenta a real expressão grega que origina uma tradução igual em 1 Tessalonicenses 3:14 e 1 Corintios 5:11 como é a afirmação proposta a contrariar a postura das Testemunhas de Jeová quando á desassociação.

Se ele não quer argumentar, tudo bem. Esqueçamos o assunto.

Pesquisador, estás realmente com dificuldade em entender aquilo que escrevi, embora esteja escrito de modo bem simples e direto. Relê novamente o que escrevi sobre esse ponto, mas com calma e vais ver que aquilo que estás a apontar já está lá explicado. Já agora acompanha a explicação com a TNM com Referências.

TJ Curioso
Forista desativado

Mensagens : 9048
Likes : 416
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 43

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A desassociação dos tempos bíblicos é igual à desassociação praticada pelas Testemunhas de Jeová?

Mensagem por ellipsis em Qua Fev 26 2014, 18:40

@Pesquisador escreveu:

Sabe muito bem que este não é caso. Falar que sou desonesto é coisa fácil, mas provar é o âmago da coisa. Dizer que sou incongruente é simples, mas provar com argumentos é o sustentáculo do que escreve!

Ele falou sobre a expressão grega "parai de associar-vos com ele" ser a mesma usada 1 Coríntios 5:11. Ocorre que "parai de associar-vos com ele", não é a expressão grega, antes a tradução da expressão grega. Por conseguinte, a argumentação não é digerida quando não se apresenta a real expressão grega que origina uma tradução igual em 1 Tessalonicenses 3:14 e 1 Corintios 5:11 como é a afirmação proposta a contrariar a postura das Testemunhas de Jeová quando á desassociação.

Se ele não quer argumentar, tudo bem. Esqueçamos o assunto.

Mas provar o quê? O TJ Curioso já explicou tu é que não queres entender e quando é assim, mas vale não gastar latim.

Mas como gostas deste assunto aqui vai - http://www.testemunha.com.br/conteudo.asp?cod=15




Vamos trabalhar juntos para manter neste fórum um ambiente limpo e amigável. Boas postagens!


Admn sugere:
     
Respeite as regras do fórum e seja um bom membro.
Antes de criar um novo tópico faça uma pesquisa rápida.Podes começar por AQUI
Se perdeu a senha do fórum, contate um administrador por MP.


ellipsis
Admin
Admin

Mensagens : 8065
Likes : 275
Data de inscrição : 20/09/2011
Idade : 42
Localização : Vila de Cucujães

Ver perfil do usuário http://escravodaverdade.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A desassociação dos tempos bíblicos é igual à desassociação praticada pelas Testemunhas de Jeová?

Mensagem por Kristy123 em Sab Maio 17 2014, 19:50

TJ Curioso,

Tu estás imparável.....
 tass bem

Kristy123
Moderador
Moderador

Mensagens : 4023
Likes : 222
Data de inscrição : 15/10/2013
Idade : 97
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A desassociação dos tempos bíblicos é igual à desassociação praticada pelas Testemunhas de Jeová?

Mensagem por River raid em Sab Maio 17 2014, 20:02


"Esta censura da parte da maioria é suficiente para tal homem, de modo que agora, ao contrário, deveis perdoar-lhe bondosamente e deveis consolá-lo, para que tal homem não seja de algum modo tragado pela sua excessiva tristeza. Exorto-vos, portanto, a que confirmeis o vosso amor por ele."

Recordo que, tal como está na Bíblia e na explanação do TJ Curioso, o homem tinha relações sexuais com sua mãe ou madrasta.

Quantos hoje são desassociados por "picuíces" ou coisas sem importância?

Veja-se o divórcio no qual o casal de divorciados se reconcilia sem haver fornicação. Porque têm de casar outra vez no registo?

Muitos são desassociados simplesmente por a Torre dar mais importância à lei de César do que à Lei de Deus.


River raid
Membros
Membros

Mensagens : 4534
Likes : 202
Data de inscrição : 02/09/2013
Idade : 41
Localização : Maia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A desassociação dos tempos bíblicos é igual à desassociação praticada pelas Testemunhas de Jeová?

Mensagem por TJ Curioso em Qui Maio 22 2014, 23:07

@River raid escreveu:
"Esta censura da parte da maioria é suficiente para tal homem, de modo que agora, ao contrário, deveis perdoar-lhe bondosamente e deveis consolá-lo, para que tal homem não seja de algum modo tragado pela sua excessiva tristeza. Exorto-vos, portanto, a que confirmeis o vosso amor por ele."

Recordo que, tal como está na Bíblia e na explanação do TJ Curioso, o  homem tinha relações sexuais com sua mãe ou madrasta.

Quantos hoje são desassociados por "picuíces" ou coisas sem importância?

Veja-se o divórcio no qual o casal de divorciados se reconcilia sem haver fornicação. Porque têm de casar outra vez no registo?

Muitos são desassociados simplesmente por a Torre dar mais importância à lei de César do que à Lei de Deus.


Nem mais River Raid. O mais impressionante é que entre a primeira e a segunda carta passaram-se apenas alguns meses e conforme Paulo demonstra, nem todos cortaram relações com esse homem imoral, o que revela que não era uma questão de obediência mas uma questão de consciência ter ou não contacto com ele.

O problema é que a Organização transformou uma questão de consciência numa questão de obediência, tentado demonstrar que o corte total ou quase total de relações com alguém que sai ou é expulso é uma obrigação.

TJ Curioso
Forista desativado

Mensagens : 9048
Likes : 416
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 43

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A desassociação dos tempos bíblicos é igual à desassociação praticada pelas Testemunhas de Jeová?

Mensagem por antonio1965 em Sex Maio 23 2014, 22:13

Excelente argumentação TJC e River Raid




antonio1965
Membros
Membros

Mensagens : 1260
Likes : 85
Data de inscrição : 23/08/2012
Idade : 51
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A desassociação dos tempos bíblicos é igual à desassociação praticada pelas Testemunhas de Jeová?

Mensagem por River raid em Sex Maio 23 2014, 22:27

O cristianismo "primitivo" tinha a Lei do Cristo, ou seja, a lei do amor.
Daí terem conseguido transformar o império Romano num Império religioso que existe até aos dias de hoje. Tem coisas boas e tem coisas más.

Depois vieram estas religiões americanas do Novo Mundo que não passam de amostras de puritanos se dizem "Restauracionistas"...

"Restauraram" o quê? NADA!

O Cristianismo primitivo não era nenhuma empresa ou organização. As pessoas eram movidas pelo Espírito Santo. Aliás, pela experiência de vida que tenho suspeito que deve haver pessoas dessas (com o Espírito Santo) em quase todas as religiões, inclusive as muçulmanas. "Pelos frutos os reconhecereis" Mateus 15-20.
Vi, assisti e ajudei em muitos desses "frutos".

E, muito sinceramente, podem chamar-me parvo ou estúpido mas tenho certeza que existem alguns foristas que são movidos por esse Espírito. Se eu estiver enganado, que Deus me perdoe.

River raid
Membros
Membros

Mensagens : 4534
Likes : 202
Data de inscrição : 02/09/2013
Idade : 41
Localização : Maia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A desassociação dos tempos bíblicos é igual à desassociação praticada pelas Testemunhas de Jeová?

Mensagem por Índigo em Sab Maio 24 2014, 03:38

A Org é perita em deturpar a bíblia para sustentar as suas regras.

Deixo o julgamento da Org na mão de Deus, porque eu como mera humana já não consigo ser misericordiosa.


Vamos trabalhar juntos para manter neste fórum um ambiente limpo e amigável. Bons comentários!

Índigo
Colaborador
Colaborador

Mensagens : 3348
Likes : 218
Data de inscrição : 07/05/2012
Localização : Norte

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A desassociação dos tempos bíblicos é igual à desassociação praticada pelas Testemunhas de Jeová?

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 22:12


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum