EX-TESTEMUNHAS DE JEOVÁ
Seja muito Bem-vindo!

Regista-te aqui e descobre a verdade sobre a "verdade"

Lê as regras e respeita-as

Alguma duvida a Adm/Mod está pronta a ajudar.



"Quando aceitamos tudo o que a Organização diz sem verificar, mostramos confiança na Organização. Mas, se mantivermos um espírito atento e examinarmos 'quanto a se estas coisas são realmente assim' (Atos 17:11), então, mostramos zelo para com Jeová. Para quem você mostra zelo?"

Para quem ainda está ativo na Organização - Como evitar situações que comprometam a vossa consciência

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Para quem ainda está ativo na Organização - Como evitar situações que comprometam a vossa consciência

Mensagem por TJ Curioso em Qui Jan 31 2013, 12:39

@open mind escreveu:Obrigado TJC
É de coração

Eu sei open mind. Este tipo de textos certamente servem para uma profunda reflexão.
Creio que a maioria das TJ e ex-TJ que o lerem poderão retirar daí algo em que pensar.

TJ Curioso
Forista desativado

Mensagens : 9048
Likes : 416
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 43

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Para quem ainda está ativo na Organização - Como evitar situações que comprometam a vossa consciência

Mensagem por Condor em Qui Jan 31 2013, 13:44

@open mind escreveu:Vou percebendo por aqui, que há na consciência de alguns, situações menos bem resolvidas. Para quem está de fora, é mais fácil perceber e tentar ajudar na compreensão das mesmas.
Há a necessidade de todos perceberem que o facto de pertencerem, ou terem pertencido a uma religião, não é crime.
Apenas não há religião certa ou 100% acertiva, e a mais pura reside dentro de nós.
O facto deste religião ser as testemunhas de Jeová, dificulta uma série de procedimentos, de que é exemplo, o abandono dos seus membros.
Para quem esteve dentro da Org e conseguiu libertar-se do esquema, tem a obrigação de compreender a dificuldade dos outros e igual responsabilidade na ajuda aos mesmos.
Afinal, alguém tem que levar a candeia á frente para iluminar o caminho.
Não há necessidade, dos que ainda lá se encontram, se sentirem pressionados ou obrigados em tempo e escolhas.
Sabemos todos que, é um processo complexo, sensivel e dificil.
Sabemos também, que há uma série de condicionantes, e que por isso, cada caso é um caso.
Desde a educação Tj, desde a familia onde se está inserido, desde as amizades, desde o tempo que lá se está, desde os cargos que se ocupa,desde a congregação a que se pertence e outras tantas limitações, como a da própria consciência, tudo isto, individualiza o processo de cada um.
Não é crime estar lá dentro, não é crime estar cá fora e não é crime estar meio dentro, meio fora.
As razões das vossas escolhas, devem ser respeitadas, a começar por serem respeitadas por voçês mesmos.
E é aqui que bate o ponto.
Parece-me que muitos se sentem naquela situação de terem uma nódoa na roupa (e que ninguém repara), mas vão sempre achar que os outros olham para a vossa nódoa e que fazem juízos de valor da mesma.
Mas são voçês que não lidam bem com a nódoa, o certo é pensar que todos temos em certas alturas das nossas vidas, nódoas na roupa, e????
É legitimo quererem sair da Org, é legitimo quererem ficar, e é igualmente legitimo ficar meio dentro, meio fora.
Ninguém vos deve condenar por isso, é o vosso livre arbitrio....por favor, não se condenem a voçês mesmos.
O processo de saida desta religião, pode ser imediato (conforme alguns aqui descreveram preferirem ser radicais), pode levar 2 anos, pode levar 10 anos, pode levar uma vida, ou simplesmente nunca acontecer, e qual é o problema?
A vossa felicidade, é acima de tudo o mais importante.
O passo maior, foi abrirem os olhos, e enxergarem os erros. Mantenham os vossos olhos e coração em alerta, nunca percam a capacidade de análise, e estaram mais verdadeiros, sejam em que posição se encontrem.
Também lá dentro, aprenderam coisas úteis e boas, também tiveram experiências de vida positivas, bem como lições, também passaram bons momentos.
Claro, que isso é para aproveitar, nem tudo tem que ser um muro de lamentações. Nem tudo foi um murro no estomago.
Então para quê tanto incomodo?
Embora não haja religiões certas (estas servem exclusivamente para controlar),existe algo dentro de nós independente de qualquer religião, a nossa espiritualidade.
Não estar associado a uma religião, não é directamente proporcional a não ter espiritualidade. Estar ligado a uma religião, é um dos muitos meios de alimentar a nossa espiritualidade, mas também estar dependente de uma série de regras e obrigações, boas e más.
Por favor, compreendam, que têm uma vida inteira para fazer escolhas, para fazer valer o vosso livre arbitrio, nada tem que ser agora e já, com toda a pressão que isso acarreta.
Demore o tempo que demorar, façam-no com consciência do que querem e de quando querem, mantendo sempre a vossa capacidade de analise e auto-decisão, evitando controles e pressões.
Evitem problemas de consciência.
E não substituam problemas de consciência por outros, o que frequentemente acontece, quando não somos nós a dirigir os nossos processos.
Não há nada de errado em vós. Se o erro, foi estar numa religião errada???? como o podiam saber?, sem factos, e mediante o véu que vos cobria.
A verdade é uma construção relativa e subjectiva.
Não existem verdades absolutas e universais. Isso é diferente de não existirem principios de como a vida funciona, por exemplo o principio da gravidade, sabemos que existe.
Agora quando falo em verdade, falo daquilo que tomamos como certo na nossa vida, aquilo que acreditamos e que muitas vezes queremos *vender* e impor aos outros, porque nós sabemos.
A verdade não é real quando nos dizem ou a ouvimos, mas quando a descobrimos e sentimos.
A busca é interior e não exterior.
Podem dizer que meditar é maravilhoso, mas se eu não sentir algo especial para mim numa meditação, essa nunca será a minha verdade.
A maioria de vós, tem estado enredados em crenças, opiniões ou contruções mentais, que vos impedem de se descobrirem.
Se eu acreditar profundamente, por convicção moral, religiosa ou politica, que a minha raça -ou cultura- é superior, dificilmenta conseguirei descobrir dentro de mim uma verdade de comunhão ou igualdade com todos os outros seres.
Quando limpo as minhas*teias de aranha*, fico mais disponivel para aceder ao meu íntimo.
ENTÃO, A BUSCA DEVE CONTINUAR E É NECESSÁRIO DAR TEMPO, ESPAÇO E OPORTUNIDAE PARA ESCUTAR A MINHA VERDADE, PARA DEIXÁ-LA FLUIR LIVREMENTE.
A busca da verdade é um processo cíclico por duas razões fundamentais: existe uma multiplicidade de assuntos sobre os quais podemos procurar a nossa verdade.
A segunda razão está relacionada com a mudança da nossa verdade: ela pode mudar, pois a verdade não é estática, mas sim evolutiva, ou não fosse ela subjectiva. A nossa verdade muda com a nossa própria evolução.
É normal e saudável!

E como isto já vai longo, termino com um texto de Fernando pessoa, que no fundo diz tudo, e que particularmente me diz muito.

Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes, mas não me esqueço que a minha vida é a maior empresa do mundo, e que posso evitar que ela vá á falência.
Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver apesar de todos os desafios, incompreensões e periodos de crise.
Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornat autor da própria história.
É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndido da sua alma.
É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.
Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos.
É saber falar de si mesmo.
É ter coragem de ouvir um *não*
É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.

Pedras no caminho??
Guardo todas, um dia vou construir um castelo

Fernando pessoa

Espero ter ajudado, essa era a intenção, ainda que só a um ou alguns *poucos*, já fico feliz.

Uma colocação... perfeita. 500% de acordo.


"Tomei consciência que as minhas verdades, construídas ao longo de anos, foram as minhas prisões - não a minha liberdade" - Condor

Condor
Membros
Membros

Mensagens : 367
Likes : 41
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 53
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Para quem ainda está ativo na Organização - Como evitar situações que comprometam a vossa consciência

Mensagem por so em Qui Jan 31 2013, 13:57

open mind, gostei muito soube bem ler este texto .


Conhecereis a internet e a internet vos libertará.

so
Sócio APVIPRE
Sócio APVIPRE

Mensagens : 1965
Likes : 58
Data de inscrição : 01/03/2012
Localização : Norte

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Para quem ainda está ativo na Organização - Como evitar situações que comprometam a vossa consciência

Mensagem por open mind em Qui Jan 31 2013, 14:21

obrigado condor, tjc e so, é para vós, é para todos




open mind
Membros
Membros

Mensagens : 298
Likes : 35
Data de inscrição : 25/12/2012
Idade : 46
Localização : Setubal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Para quem ainda está ativo na Organização - Como evitar situações que comprometam a vossa consciência

Mensagem por Dream5 em Qui Jan 31 2013, 22:52

Beeeeemmmm etá muita bem conseguido,como sempre esmeráste-te cheers


Última edição por Dream5 em Qui Jan 31 2013, 22:54, editado 1 vez(es)




Dream5
Membros
Membros

Mensagens : 1008
Likes : 94
Data de inscrição : 04/12/2012
Idade : 42
Localização : palmela

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Para quem ainda está ativo na Organização - Como evitar situações que comprometam a vossa consciência

Mensagem por Kimba em Qui Jan 31 2013, 22:54

LOL, aldrabar nas horas. Been there, done that. Tou a ver que é universal....


"Aquele que procura a verdade corre o risco de a encontrar." - Isabel Allende

Kimba
Membros
Membros

Mensagens : 703
Likes : 89
Data de inscrição : 30/08/2012
Idade : 42
Localização : Aveiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Para quem ainda está ativo na Organização - Como evitar situações que comprometam a vossa consciência

Mensagem por Dream5 em Qui Jan 31 2013, 23:19

Havia uma pioneira lá na minha cong,que fartava-se de passear e tinha sempre as horas mais adiantadas do que as outras pioneiras,,,então o segredo era este.....ela dava testemunho por carta e enviava pelo correio,,,por isso contava o tempo que escrevia a cartinha,em casa sentadinha com o ar condicionado ligado,e as outras lá andavam a gastar sola de sapato ao sol e á chuva,,,,se fosse eu a dar testemunho por carta então era pioneiro especial,,,,é que eu não sei bem escrever no teclado...só bato poletra...como diz o quim barreiros Morrer a rir




Dream5
Membros
Membros

Mensagens : 1008
Likes : 94
Data de inscrição : 04/12/2012
Idade : 42
Localização : palmela

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Para quem ainda está ativo na Organização - Como evitar situações que comprometam a vossa consciência

Mensagem por Fidel Apostate em Sex Fev 01 2013, 09:47

@open mind escreveu:Vou percebendo por aqui, que há na consciência de alguns, situações menos bem resolvidas. Para quem está de fora, é mais fácil perceber e tentar ajudar na compreensão das mesmas.
Há a necessidade de todos perceberem que o facto de pertencerem, ou terem pertencido a uma religião, não é crime.
Apenas não há religião certa ou 100% acertiva, e a mais pura reside dentro de nós.
O facto deste religião ser as testemunhas de Jeová, dificulta uma série de procedimentos, de que é exemplo, o abandono dos seus membros.
Para quem esteve dentro da Org e conseguiu libertar-se do esquema, tem a obrigação de compreender a dificuldade dos outros e igual responsabilidade na ajuda aos mesmos...

Muito obrigado open mind pela tua reflexão sobre o assunto, assino por baixo a opinião dos foristas anteriores. cheers cheers

Quanto às horas, gostaria de salientar o seguinte:

Quem exige as horas? A organização!
Para onde vão os relatórios de horas? Para a organização!
Para que servem? Para a estatística da organização!
Com que objectivo? Principalmente para a organização ver onde pode ajustar mais ou menos os seus planos de "vendas" de literatura! Comparar se em relação à tiragem/colocação de literatura, que desvios houve, que contribuições receberam por cada filial!

Portanto amigos as horas do meu relatório são as que infelizmente trabalho para a organização, as restantes como cristão são minhas!

Grande abraço a todos!



"Os amigos da verdade são aqueles que a procuram e não os que se vangloriam de a ter encontrado." - Condorcet , Marie

Fidel Apostate
Membros
Membros

Mensagens : 839
Likes : 75
Data de inscrição : 01/08/2012
Idade : 50
Localização : Portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Para quem ainda está ativo na Organização - Como evitar situações que comprometam a vossa consciência

Mensagem por Dream5 em Sex Fev 01 2013, 20:54

@Fidel Apostate escreveu:
@open mind escreveu:Vou percebendo por aqui, que há na consciência de alguns, situações menos bem resolvidas. Para quem está de fora, é mais fácil perceber e tentar ajudar na compreensão das mesmas.
Há a necessidade de todos perceberem que o facto de pertencerem, ou terem pertencido a uma religião, não é crime.
Apenas não há religião certa ou 100% acertiva, e a mais pura reside dentro de nós.
O facto deste religião ser as testemunhas de Jeová, dificulta uma série de procedimentos, de que é exemplo, o abandono dos seus membros.
Para quem esteve dentro da Org e conseguiu libertar-se do esquema, tem a obrigação de compreender a dificuldade dos outros e igual responsabilidade na ajuda aos mesmos...

Muito obrigado open mind pela tua reflexão sobre o assunto, assino por baixo a opinião dos foristas anteriores. cheers cheers

Quanto às horas, gostaria de salientar o seguinte:

Quem exige as horas? A organização!
Para onde vão os relatórios de horas? Para a organização!
Para que servem? Para a estatística da organização!
Com que objectivo? Principalmente para a organização ver onde pode ajustar mais ou menos os seus planos de "vendas" de literatura! Comparar se em relação à tiragem/colocação de literatura, que desvios houve, que contribuições receberam por cada filial!

Portanto amigos as horas do meu relatório são as que infelizmente trabalho para a organização, as restantes como cristão são minhas!

Grande abraço a todos!

pois é estou completamente de acordo Very Happy




Dream5
Membros
Membros

Mensagens : 1008
Likes : 94
Data de inscrição : 04/12/2012
Idade : 42
Localização : palmela

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Para quem ainda está ativo na Organização - Como evitar situações que comprometam a vossa consciência

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 13:40


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum