EX-TESTEMUNHAS DE JEOVÁ
Seja muito Bem-vindo!

Regista-te aqui e descobre a verdade sobre a "verdade"

Lê as regras e respeita-as

Alguma duvida a Adm/Mod está pronta a ajudar.



"Quando aceitamos tudo o que a Organização diz sem verificar, mostramos confiança na Organização. Mas, se mantivermos um espírito atento e examinarmos 'quanto a se estas coisas são realmente assim' (Atos 17:11), então, mostramos zelo para com Jeová. Para quem você mostra zelo?"

Judeus vivem a crise sem lamentações, testemunhas de Jeová defendem vida regrada

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Judeus vivem a crise sem lamentações, testemunhas de Jeová defendem vida regrada

Mensagem por Condor em Sex Dez 28 2012, 10:03

Na congregação a que pertenci várias são as "irmãs" idosas que não tendo condições para viverem sozinhas, e porque não tem familiares, ou noutros casos porque se afastaram da família "mundana" e/ou dessassociados, acabaram por... umas irem para as misericórdias e outras indo viver para junto da família dessassociada/mundana.

É curioso porque se antes não podiam falar com os dessassociados agora já podem ser cuidados por eles. Outro facto lamentável é que algumas destas "irmãs" tiveram que se desvincular da igreja católica para se baptizarem mas agora... já não faz mal serem cuidados pela igreja.

Hummmm... é o suposto amor em acção... Evil or Very Mad




"Tomei consciência que as minhas verdades, construídas ao longo de anos, foram as minhas prisões - não a minha liberdade" - Condor
avatar
Condor
Membros
Membros

Mensagens : 367
Likes : 41
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 54
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Judeus vivem a crise sem lamentações, testemunhas de Jeová defendem vida regrada

Mensagem por TJ Curioso em Sex Dez 28 2012, 10:26

@Maer escreveu:Havia de fato uma caixa de dinheiro para custear as necessidades de Jesus e seus apóstolos e que
eventualmente era usado para ajudar os necessitados ( João 13:29).
Não é mentira que a principal ocupação de Cristo e seus seguidores foi a difusão do evangelho.
Isto nem é discutível , quase todas -senão todas-as religiões que professam o cristianismo concordam com isso. Uma farta literatura teológica fala sobre isso.

Maer, o NT é coerente em mostrar que era uma prática comum de Jesus e seus discípulos ajudar os mais desfavorecidos (pobres) através de ajuda monetária, bem como através das curas e logicamente, através da mensagem das boas novas.

Era por este conjunto de acções: ajuda aos carenciados + curas + mensagem de salvação, que o cristianismo era conhecido. Ninguém diz que a principal ocupação de Cristo não era a difusão do evangelho. Mas o erro que cometes, assim como a Organização, é considerares que a caridade está desvinculada da mensagem do evangelho. Não está!

Ela faz parte. Jesus não apenas pregava o reino por vir, como demonstrava através das suas obras, o resultado maravilhoso desse reino. A fraternidade e a irmandade com que tratava a todos, demonstrava isso mesmo.

Os seus discípulos apenas o imitaram e seguiram seu proceder. A religião cristã foi por isso, pioneira na forma como tratava e ajudava as pessoas de todos os estratos sociais, principalmente os de mais baixo estrato social – os mais carenciados.

Por isso a mensagem cristã teve tanto impacto na sociedade humana daquele tempo. Não apenas divulgavam a mensagem do reino de Deus, como contribuíam para minorar o sofrimento e a carência presentes.

É isso que fazem as TJ, hoje em dia, através da sua Organização? É porque nem aos seus eles ajudam, quando em necessidade. Não existem provisões organizadas nesse sentido, como no primeiro século.

E não me venhas com a ajuda prestada durante catástrofes naturais, porque esses são casos extremos de ajuda, e TODAS as religiões se envolvem nessas atividades, e mais, sem olhar a quem (não ajudam apenas ou principalmente os membros de suas igrejas).

TJ Curioso
Forista desativado

Mensagens : 9046
Likes : 417
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 44

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Judeus vivem a crise sem lamentações, testemunhas de Jeová defendem vida regrada

Mensagem por Maer em Sex Dez 28 2012, 15:04

As tj ajudam as pessoas sim, e eu já vi muito disso. Acontece que as tj não mantem uma instituição para isso porque este não é o foco do cristianismo e nem nunca foi. Embora Jesus ajudasse as pessoas , ele não focou isto. Até na ocasião que alimentou multidões ele estava preocupado do fato de não terem pastores . Alimentar multidões não era algo frequente e sim aconteceu ocasionalmente. As curas já aconteceram com mais frequencia pois tinham um propósito. Se não ficou claro , repito : Jesus não foi ajudar "todos" primeiro e sim os seus "patrícios"depois os outros. Nada mais justo, quem deixaria o filho com fome para dar comida ao vizinho? A própria Biblia diz : "Quem não fizer provisões para os seus é pior do que alguém sem fé".
Os textos mencionados não deixam dúvidas quanto a quem deve ser priorizado na ajuda - os irmãos na fé- e é isso que Jesus fez.
Quanto a manter uma instituição para estes fins é outra coisa. As tj costumam ajudar as pessoas quando tem oportunidades para isso sem os holofotes da mídia apontado para elas .Quando fazem , fazem porque querem fazer não porque vai receber algum benefício disso. Os locais tem de cuidar dos seus ao invés de lançar a responsabilidade sobre outros. Muitos que criticam as tj , gostariam de jogar seu "idoso" num asilo para esquecê-lo lá.
O idoso tj tem qualidade de vida , recebe visitas , se socializa se sente gente. Quanto a maioria dos idosos são deixados de lado pelos próprios filhos e morrem na mais pura solidão. Não pretendo convencer ninguém disso , apenas explano o que eu vejo. Quanto a mim este assunto já está esgotado.
avatar
Maer
Membros
Membros

Mensagens : 261
Likes : 9
Data de inscrição : 30/03/2012
Idade : 47
Localização : rio de janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Judeus vivem a crise sem lamentações, testemunhas de Jeová defendem vida regrada

Mensagem por Condor em Sex Dez 28 2012, 15:17

@Maer escreveu:Quanto a mim este assunto já está esgotado.

Para mim já esgotou faz... uns bons anos.


"Tomei consciência que as minhas verdades, construídas ao longo de anos, foram as minhas prisões - não a minha liberdade" - Condor
avatar
Condor
Membros
Membros

Mensagens : 367
Likes : 41
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 54
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Judeus vivem a crise sem lamentações, testemunhas de Jeová defendem vida regrada

Mensagem por Fidel Apostate em Sex Dez 28 2012, 15:48

@Maer escreveu:As tj ajudam as pessoas sim, e eu já vi muito disso. Acontece que as tj não mantem uma instituição para isso porque este não é o foco do cristianismo e nem nunca foi. Embora Jesus ajudasse as pessoas , ele não focou isto. Até na ocasião que alimentou multidões ele estava preocupado do fato de não terem pastores . Alimentar multidões não era algo frequente e sim aconteceu ocasionalmente. As curas já aconteceram com mais frequencia pois tinham um propósito. Se não ficou claro , repito : Jesus não foi ajudar "todos" primeiro e sim os seus "patrícios"depois os outros. Nada mais justo, quem deixaria o filho com fome para dar comida ao vizinho? A própria Biblia diz : "Quem não fizer provisões para os seus é pior do que alguém sem fé".
Os textos mencionados não deixam dúvidas quanto a quem deve ser priorizado na ajuda - os irmãos na fé- e é isso que Jesus fez.
Quanto a manter uma instituição para estes fins é outra coisa. As tj costumam ajudar as pessoas quando tem oportunidades para isso sem os holofotes da mídia apontado para elas .Quando fazem , fazem porque querem fazer não porque vai receber algum benefício disso. Os locais tem de cuidar dos seus ao invés de lançar a responsabilidade sobre outros. Muitos que criticam as tj , gostariam de jogar seu "idoso" num asilo para esquecê-lo lá.
O idoso tj tem qualidade de vida , recebe visitas , se socializa se sente gente. Quanto a maioria dos idosos são deixados de lado pelos próprios filhos e morrem na mais pura solidão. Não pretendo convencer ninguém disso , apenas explano o que eu vejo. Quanto a mim este assunto já está esgotado.

Tens a certeza que estás a falar da Organização das Testemunhas de Jeová?
Continuas a confundir organização com as pessoas individuais amigo, a organização nada faz!
Continuas com o raciocinio circular da organização, andam em volta mas não conseguem enchergar que, o bem que podemos fazer não tem nada a ver com pertencer aqui ou ali, como já disse anteriormente Jesus apontou isso com a parábola do Bom Samaritano, exatamente porque foram as tradições que trouxeram o preconceito para o seio da nação judaica.
Por isso pergunta a ti mesmo, quem é o teu próximo?
Não pode ser aquele que foi desassociado da congregação?

As regras matam, o amor edifica!
Assunto encerrado!

Abraço,
Fidel Apostate



"Os amigos da verdade são aqueles que a procuram e não os que se vangloriam de a ter encontrado." - Condorcet , Marie
avatar
Fidel Apostate
Membros
Membros

Mensagens : 840
Likes : 75
Data de inscrição : 01/08/2012
Idade : 51
Localização : Portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Judeus vivem a crise sem lamentações, testemunhas de Jeová defendem vida regrada

Mensagem por mjp em Sex Dez 28 2012, 16:46

@Maer escreveu:... Embora Jesus ajudasse as pessoas , ele não focou isto. Até na ocasião que alimentou multidões ele estava preocupado do fato de não terem pastores . Alimentar multidões não era algo frequente e sim aconteceu ocasionalmente. ...

...Quanto a mim este assunto já está esgotado.

Sermão da Montanha, todo.

Mas, Mateus, cap. 7, vers. 12

Definitivamente encerrado, também me parece.
avatar
mjp
Forista desativado

Mensagens : 6491
Likes : 223
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 57
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Judeus vivem a crise sem lamentações, testemunhas de Jeová defendem vida regrada

Mensagem por TJ Curioso em Sex Dez 28 2012, 17:07

@mjp escreveu:
@Maer escreveu:... Embora Jesus ajudasse as pessoas , ele não focou isto. Até na ocasião que alimentou multidões ele estava preocupado do fato de não terem pastores . Alimentar multidões não era algo frequente e sim aconteceu ocasionalmente. ...

...Quanto a mim este assunto já está esgotado.

Sermão da Montanha, todo.

Mas, Mateus, cap. 7, vers. 12

Definitivamente encerrado, também me parece.

Esta "cegueira espiritual" da parte de TJ, tira-me do sério. Pessoas como o Maer, não vêm a realidade à frente do nariz.

Eles criam uma realidade alternativa e vivem nela, como se fosse uma bolha fora do espaço-tempo.

Mesmo que a prática da religião seja uma, continuam a fechar os olhos, fingindo não ver o óbvio.

Usam os mesmo argumentos gastos da sua entidade patronal religiosa, para se descartar da sua obrigação moral e religiosa, em imitação daquele que afirmam ser seu Senhor e Mestre.

Lamentável!

TJ Curioso
Forista desativado

Mensagens : 9046
Likes : 417
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 44

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Judeus vivem a crise sem lamentações, testemunhas de Jeová defendem vida regrada

Mensagem por Fidel Apostate em Sex Dez 28 2012, 17:08

@TJ Curioso escreveu:
@mjp escreveu:
@Maer escreveu:... Embora Jesus ajudasse as pessoas , ele não focou isto. Até na ocasião que alimentou multidões ele estava preocupado do fato de não terem pastores . Alimentar multidões não era algo frequente e sim aconteceu ocasionalmente. ...

...Quanto a mim este assunto já está esgotado.

Sermão da Montanha, todo.

Mas, Mateus, cap. 7, vers. 12

Definitivamente encerrado, também me parece.

Esta "cegueira espiritual" da parte de TJ, tira-me do sério. Pessoas como o Maer, não vêm a realidade à frente do nariz.

Eles criam uma realidade alternativa e vivem nela, como se fosse uma bolha fora do espaço-tempo.

Mesmo que a prática da religião seja uma, continuam a fechar os olhos, fingindo não ver o óbvio.

Usam os mesmo argumentos gastos da sua entidade patronal religiosa, para se descartar da sua obrigação moral e religiosa, em imitação daquele que afirmam ser seu Senhor e Mestre.

Lamentável!

x2



"Os amigos da verdade são aqueles que a procuram e não os que se vangloriam de a ter encontrado." - Condorcet , Marie
avatar
Fidel Apostate
Membros
Membros

Mensagens : 840
Likes : 75
Data de inscrição : 01/08/2012
Idade : 51
Localização : Portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Judeus vivem a crise sem lamentações, testemunhas de Jeová defendem vida regrada

Mensagem por mjp em Sex Dez 28 2012, 17:54

Os cínicos


Sua filosofia partia do princípio de que a felicidade não depende de nada externo à própria pessoa, ou seja, coisas materiais, reconhecimento alheio e mesmo a preocupação com a saúde, o sofrimento e a morte, nada disso pode trazer a felicidade. Segundo os Cínicos, é justamente a libertação de todas essas coisas que pode trazer a felicidade que, uma vez obtida, nunca mais poderia ser perdida.

Jesus ensinou que nem só de pão vive o homem... se nem só... é porque também.

Aliado ao discurso, também o modo de vida do cínico deveria ser conforme as ideias defendidas. Para eles a virtude reside, sobretudo, na conduta moral do homem, naquilo que lhe é intrínseco - e não nas conquistas materiais, na aparência exterior.

As TJ ensinam que não nos devemos empenhar pelas coisas materias, quando é dos ensinos de S.Paulo que nos empenhemos em fazer um bom trabalho, para que, com aquilo que ganhamos, possamos ajudar os outros, se necessário.

Os cínicos, assim como Sócrates, nada de escrito deixaram. O que se sabe sobre eles foi narrado por outros, em geral críticos de suas ideias.

Bem, as TJ escrevem... e de que maneira. Ainda bem!

O mais importante representante dessa corrente foi um discípulo de Antístenes chamado Diógenes. Ele vivia dentro de um barril e possuía apenas sua túnica, um cajado e um embornal de pão. Conta-se que um dia Alexandre Magno parou em frente ao filósofo e ofereceu-lhe, como uma prova do respeito que nutria por ele, a realização de um desejo, qualquer que fosse, caso tivesse algum. Diógenes respondeu: "Desejo apenas que te afastes do meu Sol". Essa resposta ilustra bem o pensamento cínico: Diógenes não desejava nada a mais do que tinha e estava feliz assim (apenas, no momento, gostaria que seu sol fosse desbloqueado).
O Sol também pode ser entendido como a Sabedoria ou a fonte do Conhecimento. Platão usou a metáfora do sol em seu mito da caverna, significando a presença do Conhecimento e da Verdade que ilumina. Assim, Diógenes, quando pede para Alexandre Magno não se interpor entre ele e o Sol, aponta para o fato de que o Filósofo não necessita de nenhum poder situado entre ele e o Conhecimento.

O Sol das TJ, é a Bíblia, mas quais cientistas pré-Galileu, põe a Bíblia a girar em torno do homem, e não o homem a girar em torno da Bíblia. Adoradores da Bíblia, ficando-se nas tintas para o que ela ensina, a menos que dela extraiam um qualquer pensamento que se possa assemelhar ao dos cínicos.

Assim como a preocupação com o próprio sofrimento, a saúde, a morte e o sofrimento dos outros também era algo do qual os cínicos desejavam libertar-se. Por isso que a palavra cinismo adquiriu a conotação que tem hoje em dia, de indiferença e insensibilidade ao sentir e ao sofrer dos outros.

Não vos faz lembrar alguém, ou alguma Organização?


As TJ, não são cristãs... são, é uns enormes cínicos!

Quando me provarem que ser cristão é andar com uma Bíblia debaixo do braço, dormir com ela na cabeceira, e desconsiderar o que não nos interessa, e considerar só e distorcidamente o que nos interessa...

Cínicos! As TJ são, é discípulos de Diógenes... mas esse não ia incomodar ou bater nas portas de ninguém com as suas teses... nem nisso conseguem ser imitadores de nada.

Cínicos!
avatar
mjp
Forista desativado

Mensagens : 6491
Likes : 223
Data de inscrição : 26/09/2011
Idade : 57
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Judeus vivem a crise sem lamentações, testemunhas de Jeová defendem vida regrada

Mensagem por MariaL em Dom Dez 30 2012, 21:40

@Fidel Apostate escreveu:
@TJ Curioso escreveu:
@mjp escreveu:
@Maer escreveu:... Embora Jesus ajudasse as pessoas , ele não focou isto. Até na ocasião que alimentou multidões ele estava preocupado do fato de não terem pastores . Alimentar multidões não era algo frequente e sim aconteceu ocasionalmente. ...

...Quanto a mim este assunto já está esgotado.

Sermão da Montanha, todo.

Mas, Mateus, cap. 7, vers. 12

Definitivamente encerrado, também me parece.

Esta "cegueira espiritual" da parte de TJ, tira-me do sério. Pessoas como o Maer, não vêm a realidade à frente do nariz.

Eles criam uma realidade alternativa e vivem nela, como se fosse uma bolha fora do espaço-tempo.

Mesmo que a prática da religião seja uma, continuam a fechar os olhos, fingindo não ver o óbvio.

Usam os mesmo argumentos gastos da sua entidade patronal religiosa, para se descartar da sua obrigação moral e religiosa, em imitação daquele que afirmam ser seu Senhor e Mestre.

Lamentável!

x2

Completamente!


Não há pequenas coisas nem grandes coisas, todas são importantes. - Oscar Wilde
avatar
MariaL
Sócio APVIPRE
Sócio APVIPRE

Mensagens : 973
Likes : 83
Data de inscrição : 12/05/2012
Idade : 43
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Judeus vivem a crise sem lamentações, testemunhas de Jeová defendem vida regrada

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum